Coluna do Fred: Nausicaä cancelado. Surpreso?

Nausicaa

Perto da minha casa tem um sebo com todos os Nausicaä por dez reais cada. Sei que a qualidade, tanto do produto, quanto do material em si é incontestável, mas nunca consegui me animar de comprar, mesmo com o preço barato (um terço do valor original). O motivo? Conrad.

Hoje foi noticiado que a série foi cancelada e nunca será terminada por aqui (até que outra editora tente, se tentar, né…). É um absurdo e fico triste por todos que apostaram na série, mas se há alguma surpresa na história, é que a Conrad chegou a mencionar a existência de Nausicaä, ao invés de cancelar e fingir que nada rolou.

Comprar mangás da Conrad, de uns bons anos pra cá, já era um investimento de alto risco. A lista de cancelamentos é alta e os problemas financeiros que assolam a editora são públicos. Ainda assim, é uma editora que sempre teve muito carinho por apostar em material de qualidade e pouco conhecido. Que editora iria lançar Sanctuary, Ooru, Uzumaki e outros?

Mas não valia mais a pena servir de cobaia e comprar, o que acabava entrando no ciclo “Não compra porque tudo é cancelado ou é cancelado porque ninguém compra?”.

Nausicaä chegou com pompa aqui, com a melhor edição do mundo anunciada e um mangá com o nome de Hayao Miyazaki, ainda assim, ao longo dos tempos, a edição brasileira foi envolta em um espiral de problemas envolvendo a editora e muitos atrasos, até chegar a um ponto onde “Saía quando sair”, como tudo que a editora fazia.

A edição foi paralisada na terceira por muito tempo, até que saiu o número quatro e deu um sopro de esperança. Eu nem lembro mais quando saiu a primeira edição, de tanto tempo que começou essa empreitada. Acho que todos esperávamos um destino melhor, tanto pra Conrad, quanto pra Nausicaä… Infelizmente não era pra ser, pra nenhum dos dois.

A Conrad nunca mais será a mesma e Nausicaä nunca vai terminar. Quanto a isso, só podemos lamentar. Ao menos temos uma conclusão, mesmo que seja a pior possível.

Sobre Fred

I'm a very twisted person. Gosto de animes e mangás por boa parte da minha vida e comentar sobre isso é sempre um prazer... Desde que eu tenha algo útil pra falar. Afinal, Dirac já dizia: "Eu não começo uma frase sem saber como ela vai terminar". Sou também um quimicuzinho que sabe falar bobagem o suficiente pra parecer inteligente.

Perto da minha casa tem um sebo com todos os Nausicaä […]