Mirai Nikki – Vol. 01 pela JBC (Diário do Futuro)

mirai nikki

Mirai Nikki teve um anime que fez bastante sucesso nos últimos tempos e, como é de costume nesses casos (assim como Another que virá em breve também) o mangá é lançado por aqui. Eu nunca cheguei a ver o anime, então pra mim é uma experiência totalmente nova, mas será que pra quem já conhece a estória vale a pena colecionar? Até porque 14 reais não é nenhum troco do pão…

Bem, como mencionado, o preço é realmente extorsivo. A edição não tem nada que uma edição de Freezing não tenha por um real a menos e nada que vários mangás da Panini não tenham por 3 (!!!) a menos. Não entendi direito o preço estipulado aqui. A única ideia que passa é tirar uma graninha extra, porque a edição em si não tem nada de especial.

Isso não quer dizer que a edição está ruim. Está competente. Sem grandes erros, uma impressão boa, algumas páginas coloridas e só. O papel da capa também é diferente dos papeis utilizados em outros mangás da editora. É um pouco mais grosso e sem aquele acabamento plástico por cima.

Enfim, vamos ao mangá em si. Eu não conhecia Mirai Nikki e sequer li o texto introdutório sobre o mangá então não tinha noção alguma do que iria encontrar e fiquei realmente de queixo caido com o quanto é um bom mangá. Pau a pau com Air Gear, Kekkaishi e 20th Century Boys pelo posto de melhor mangá nas bancas.

A história é sobre Yukiteru, um garoto isolado que mantém um diário onde escreve sobre os fatos que ele vê em seu dia a dia. Yukiteru não tem amigos reais, só imaginários. Um deles é Deus, um homem de aspecto estranho que controla o tempo e o espaço. Um dia, Deus decide começar um jogo com Yukiteru, onde o diário que ele vinha escrevendo passa a contar sobre o futuro e as coisas que virão acontecer. No começo Yuki tenta tirar proveito, mas sem saber quantos problemas isso vai gerar pra ele…

Achei a história bem inovadora. Ainda que o protagonista não seja, o modo como ela é desenvolvida e seus personagens são bem interessantes e me deixou realmente empolgado enquanto lia. Ainda que a trama geral no fim seja algo que já foi abordado de diversas formas e estilos, é um twist que me prendeu a atenção e espero ver o crescimento dos personagens de acordo com as situações que eles viverão, assim como novos planos e histórias envolvendo o diário maluco. Adoro mangás em que os personagens ganham mais pela cabeça do que pelo punho.

Estou ansioso pela próxima edição. Não sei se vale a pena para quem já assistiu o anime, até porque nem vi o mesmo, mas sei que não se deve esperar um produto de luxo apenas pelo preço de luxo. A única coisa aqui que realmente é digna de nota é o argumento presente. A editoração do gibi em si é apenas boa e está de acordo com o que já vinha sendo visto nas edições de outros mangás da JBC. Ainda que seja uma melhoria infinitesimal em relação a outros tempos (que nem fazem tanto tempo assim), ainda não é razão pra cobrar a fortuna que cobram….

Sobre Fred

I'm a very twisted person. Gosto de animes e mangás por boa parte da minha vida e comentar sobre isso é sempre um prazer... Desde que eu tenha algo útil pra falar. Afinal, Dirac já dizia: "Eu não começo uma frase sem saber como ela vai terminar". Sou também um quimicuzinho que sabe falar bobagem o suficiente pra parecer inteligente.

Mirai Nikki teve um anime que fez bastante sucesso nos […]