Mirai Nikki – Vol. 01 pela JBC (Diário do Futuro)

mirai nikki

Mirai Nikki teve um anime que fez bastante sucesso nos últimos tempos e, como é de costume nesses casos (assim como Another que virá em breve também) o mangá é lançado por aqui. Eu nunca cheguei a ver o anime, então pra mim é uma experiência totalmente nova, mas será que pra quem já conhece a estória vale a pena colecionar? Até porque 14 reais não é nenhum troco do pão…

Bem, como mencionado, o preço é realmente extorsivo. A edição não tem nada que uma edição de Freezing não tenha por um real a menos e nada que vários mangás da Panini não tenham por 3 (!!!) a menos. Não entendi direito o preço estipulado aqui. A única ideia que passa é tirar uma graninha extra, porque a edição em si não tem nada de especial.

Isso não quer dizer que a edição está ruim. Está competente. Sem grandes erros, uma impressão boa, algumas páginas coloridas e só. O papel da capa também é diferente dos papeis utilizados em outros mangás da editora. É um pouco mais grosso e sem aquele acabamento plástico por cima.

Enfim, vamos ao mangá em si. Eu não conhecia Mirai Nikki e sequer li o texto introdutório sobre o mangá então não tinha noção alguma do que iria encontrar e fiquei realmente de queixo caido com o quanto é um bom mangá. Pau a pau com Air Gear, Kekkaishi e 20th Century Boys pelo posto de melhor mangá nas bancas.

A história é sobre Yukiteru, um garoto isolado que mantém um diário onde escreve sobre os fatos que ele vê em seu dia a dia. Yukiteru não tem amigos reais, só imaginários. Um deles é Deus, um homem de aspecto estranho que controla o tempo e o espaço. Um dia, Deus decide começar um jogo com Yukiteru, onde o diário que ele vinha escrevendo passa a contar sobre o futuro e as coisas que virão acontecer. No começo Yuki tenta tirar proveito, mas sem saber quantos problemas isso vai gerar pra ele…

Achei a história bem inovadora. Ainda que o protagonista não seja, o modo como ela é desenvolvida e seus personagens são bem interessantes e me deixou realmente empolgado enquanto lia. Ainda que a trama geral no fim seja algo que já foi abordado de diversas formas e estilos, é um twist que me prendeu a atenção e espero ver o crescimento dos personagens de acordo com as situações que eles viverão, assim como novos planos e histórias envolvendo o diário maluco. Adoro mangás em que os personagens ganham mais pela cabeça do que pelo punho.

Estou ansioso pela próxima edição. Não sei se vale a pena para quem já assistiu o anime, até porque nem vi o mesmo, mas sei que não se deve esperar um produto de luxo apenas pelo preço de luxo. A única coisa aqui que realmente é digna de nota é o argumento presente. A editoração do gibi em si é apenas boa e está de acordo com o que já vinha sendo visto nas edições de outros mangás da JBC. Ainda que seja uma melhoria infinitesimal em relação a outros tempos (que nem fazem tanto tempo assim), ainda não é razão pra cobrar a fortuna que cobram….

Sobre Fred

I'm a very twisted person. Gosto de animes e mangás por boa parte da minha vida e comentar sobre isso é sempre um prazer... Desde que eu tenha algo útil pra falar. Afinal, Dirac já dizia: "Eu não começo uma frase sem saber como ela vai terminar". Sou também um quimicuzinho que sabe falar bobagem o suficiente pra parecer inteligente.

Mirai Nikki teve um anime que fez bastante sucesso nos […]

14 thoughts on “Mirai Nikki – Vol. 01 pela JBC (Diário do Futuro)”

  1. ” Pau a pau com Air Gear, Kekkaishi e 20th Century Boys pelo posto de melhor mangá nas bancas.”

    WHAAAAAAAAAAAAAT???
    hehehehehe
    Não, cara, pelamordedeus, não faz isso. Tem um outro mangá que é a mesma merda hoje na banca, tão meia-boca quanto: Deadman Wonderland. E outro que faz isso com maestria: Battle Royale. Esse esquema de “todos se matem, só pode sobrar um” tá longe de ser “inovador”

    Mas assino embaixo quando você fala sobre o preço. Não tem justificativa pra tudo isso, e olha que nem to dizendo “não é bom o suficiente pra cobrar isso tudo”

    1. Também ri do “pau a pau com Air Gear e Kekkaishi”. 20th century boys e a adição de Monster eu concordaria que são os melhores nas bancas atualmente e definitivamente Mirai Nikki não estaria nessa seleção.

      A historia não é inovadora, o mangá utiliza de clichês atrás de clichês, porém acho que são bem trabalhados. Nesse ponto concordo que é um bom mangá, tendo em mente que está longe de ser inovador.

      Bom, sem querer fazer jabá, mas já fazendo, dei minha opinião sobre a edição da JBC aqui: http://mangacafebr.blogspot.com.br/2013/02/opiniao-diario-do-futuro-pela-jbc-bom.html

    2. Hahaha, eu me lembrei de Battle Royale quando escrevia. Eu concordo que a trama central não é nada que ninguém viu, mas acho que a história do diário do futuro é algo muito bem bolado e que gera umas situações bem inusitadas. Eu curti muito isso, até porque como eu disse, gosto muito desse estilo onde o protagonista tem que se virar com o que tem pra se safar de situações bizarras. Acho que um feijão com arroz bem feito é melhor que um mignon sem substância, Air Gear e Kekkaishi são sensacionais também e não tem nada que ninguém nunca viu. Acho que só 20th é uma coisa bem inesperada mesmo. Eu realmente curti muito Mirai Nikki, mas tem que ver se o mangá continua legal.

  2. Olha, honestamente, também achei inovador, sei que isso de todos se matarem e só poder restar um é algo clichê, mas eu não consigo comparar esse mangá à Battle Royale, Deadman Wonderland, sério, esse mangá é fodão porque não precisa apelar pra violência gratuita, acreditem, vale a pena ler!
    Só não vamos exagerar com o posto de melhor mangá das bancas, até porque, ele é fodão sim, mas Air Gear e 20th ainda são os reis da parada!!! :B

    1. É, talvez eu tenha exagerado, até porque é complicado comparar mangás que já estão aí faz tempo (ou a qualidade é inquestionável, como é com 20th) com um cuja primeira edição acabou de sair, mas eu realmente fiquei muito animado com ele e acho que ele tem um tremendo potencial. Estou apostando firme. 🙂

  3. “Pau a pau com Air Gear, Kekkaishi e 20th Century Boys pelo posto de melhor mangá nas bancas.” Parei aqui! rs

  4. Leonardo Kitsune você ja leu Mirai Nikki? Pela frase “Esse esquema de “todos se matem, só pode sobrar um” tá longe de ser “inovador” eu acho que não.

  5. Eu confio no gosto do Fred na maioria das vezes, mas sem dúvida nenhuma acho que rolou um pouco de exagero aí nessa afirmação de que Mirai Nikki tá pau a pau com os melhores mangás das bancas. Ainda não li, vou ler, mas já digo que não tenho uma relação muito boa com a história, vide o que eu escrevi quando o anime estreou lá em 2011. Mas vamos lá, como dizem que o mangá é melhor, darei uma chance.

    1. Mirai Nikki , na minha opinião, foi um dos melhores mangás que eu já li, empatando com Beelzebub e Fairy Tail, simplesmente tem uma trama que te puxa até o final, não lembro de um capítulo que eu não queria ler mais e mais.

    2. Bem, eu não vi nem um minutinho do anime, então não sei se é melhor, mas eu curti muito. Qualquer coisa depois eu te empresto.

  6. cara, Mirai Nikki é MUITO bom e está fácil no meu top 10 de mangás. eu acho MUITO melhor que Death Note, por exemplo. e é como não sei quem disse, o protagonista é um saco e mesmo assim a história te prende e te faz ler tudo rápido demais.
    eu super recomendo Mirai Nikki

  7. MEU AMIGO A JBC TA DE PARABENS COM ESSE MANGÁ , O ACABAMENTO TA MUITO FODA SÓ NÃO GOSTEI DA FALHAS DE JORMAL QUE PODERIAM TER SIDO OFFSET
    EU JA TINHA ASSISTIDO O ANIME E LIDO O MANGÁ E É MUITO FODA !!! VALE APENA SIM COMPRAR ESSE MANGÁ POR QUE O FINAL É MARAVILHOSO!!!
    ESSE MANGAKA SOUBE COMO DAR UM FINAL NA SERIE O MANGÁ DE MIRAI NIKKI É FODA MAS O ANIME NEM TANTO NÃO GOSTYERI DO FINAL MAS PARECE QUE VAI TER UM OVA DO ANIME ENTÃO EU TO SUPER ANSIOSO!!!!

Deixe um comentário!