4 anos de Gyabbo! – Comemorar, repensar e crescer!

gyabbo4anos

 

Repensar e crescer.

Posso dizer com muita certeza que o quarto ano do blog Gyabbo! – completos hoje no dia 18 de Janeiro de 2013 – foi marcado por essas duas palavras. Sim, porque se o título do seu terceiro aniversário anunciava “a consolidação de uma trajetória” inaugurada no já longínquo ano de 2009, parafraseando o grande Raul Seixas em sua música “Ouro de Tolo“:

Eu tenho uma porção de coisas grandes para conquistar e eu não posso ficar aí parado.

Longe da prepotência, vejo nesse verso a síntese perfeita para o momento do qual o blog passou durante esse período. Consolidado como um dos grandes blogs de animes do país, anualmente recebendo cada vez mais visitas, comentários, confiança profissional com pessoas do meio nacional, poderia com certa facilidade ter ligado o piloto automático.

Mas não, 2012 e o quarto ano do blog foram marcados por uma porção de mudanças – muitas voltadas para a forma como eu mesmo penso o blog – que almejam crescer mais, sempre buscando informar e entreter sobre esse mundo que nós tanto gostamos, o entretenimento pop japonês.

A principal – e mais difícil, diga-se de passagem – noção repensada nesse período foi reconhecer que eu sozinho não conseguiria alcançar aquilo que quero com o blog. É nessas horas que o sentimento de posse bate forte e que é necessário ouvir uma palavra vinda de outra perspectiva. Sempre vi o Gyabbo! como um projeto meu, única e exclusivamente meu, quase como um diário pessoal de um fã de animes, mangas e outras coisas do Japão. Mas como logo eu, que o amigo Dih do Chuva de Nanquim apontou como um dos grandes responsáveis pelo sentimento de companheirismo que cerca a blogosfera nacional, poderia me deixar levar por um sentimento egoísta desses quando poderia simplesmente fazer algo ainda melhor para todos os leitores que conquistei durante esses vários anos?

Assim, pouco a pouco, a ideia de abrir o Gyabbo! para outras pessoas que pudessem enriquece-lo com conteúdos que eu não teria como fazer foi se formando, primeira na ideia dos guest posts, trazendo convidados para participações especiais, amadurecendo com o primeiro colunista fixo, O Judeu Ateu e sua coluna “Mangas Undergrounds” (que recentemente foi renovada para uma nova temporada de seis meses nos bastidores!) e depois com o Trucy para trazer o mundo dos doramas , chegando à entrada de membros fixos no blog com o Luiz Rodrigo para falar do cinema asiático, até culminarmos no divisor de águas que foi a entrada para o Portal Genkidama.

De um blog apenas meu para um blog escrito por diversas mãos e membro de um ambicioso projeto coletivo com grandes nomes da área, tudo sem nunca perder de vista a qualidade e a responsabilidade ética que sempre marcaram a história do Gyabbo!.

É claro que apesar das grandes alegrias que esse último ano me trouxe, principalmente por ter acertado na maioria das coisas em que apostei – tendo errado em outras, no entanto – e ter tido o retorno positivo de vocês em meio a tudo isso (sim, eu senti medo da reação do meu público com essas mudanças), houve um tempo que se eu fosse mais religioso poderia chamar de uma verdadeira provação quando no auge e em um momento onde diversos planos tinham sido arquitetados a vida resolveu me pregar uma peça e o blog passou por sua maior dificuldade, quase dois meses parados.

Se a insegurança em frente as mudanças feitas aqui no último ano foi grande, o que dizer desse período? Vendo as visitas caírem dia após dia e perder o timing de muitos eventos, toda a alegria por esse ótimo ano do blog passou por um fio. Mas como disse o amigo Carlírio do blog Netoin! no comentário do último post de 2012, sabendo escolher bem as palavras, ao voltar em ritmo acelerado pude ver que um trabalho honesto e bem realizado de tantos anos não é esquecido com essa facilidade e hoje voltamos à programação normal.

Repensar e crescer. Essas continuarão a ser as palavras que guiarão o Gyabbo! para o seu quinto aniversário. Projetos já começaram a pipocar na minha cabeça e espero que você esteja comigo (e com todos os outros do blog já que novidades vem aí!) para que juntos possamos continuar nesse caminho.

Não vou fazer agradecimentos nominais, pois a lista seria realmente grande, desde os amigos de longa data dos blogs parceiros, daqueles que compartilham o Portal Genkidama até os milhares de seguidores do Twitter e da Fanpage do blog (se ainda não curtiu ou seguiu, essa é a melhor hora), mas cada um que fez parte dessa mais nova conquista, lendo, comentando, dando conselhos, enviando emails, passando informações, criticando ou simplesmente estando por perto e se divertindo meus sinceros agradecimentos e vamos juntos rumo ao quinto ano!

Agora convido vocês a deixarem nos comentários os seus posts favoritos desse quarto ano de Gyabbo!

  Repensar e crescer. Posso dizer com muita certeza que […]

14 thoughts on “4 anos de Gyabbo! – Comemorar, repensar e crescer!”

  1. Saudações

    Aniversários são datas que devem ser comemoradas com alegria… Nossos blogs acabam sendo uma extensão minimizada de nossas pessoas (ao meu ver), por isto curto cada momento de um período de comemoração em meu blog.

    Quatro anos é algo para se respeitar muito, Denys.

    Por isto, lhe parabenizo por mais este aniversário do Gyabbo!. E espero poder acompanhar a trajetória deste blog ainda por um bom tempo, coisa esta que tenho feito desde 2009, quando o mesmo surgiu.

    Sucesso com o blog, jovem amigo.

    Até mais!

  2. Oi Denys, meio atrasada, mas venho aqui dar meus parabéns por 4 anos completados de blogging. Não é fácil ADM um blog, principalmente um de grande fluxo como o seu, mas é a troca de experiências entre leitor blogueiro e o fato de você ainda se divertir com isto, que torna tudo mais leve. Então que este sentimento continue queimando dentro de você e que o Gyabbo continue fazendo mais aniversários e consequentemente crescendo.

    1. Betinha! Muito bom lhe ver comentando por aqui novamente, mesmo sendo um parabéns atrasado, é um parabéns que recebo com muita alegria! Realmente não é fácil manter um blog quando você quer crescer e dar qualidade aos leitores sempre, como também é o caso do Elfen Lied Brasil. Que a gente consiga manter esse sentimento em nossos blogs por um bom tempo!

      Gyabbo!

  3. Meus parabéns pelo trabalho! ^^~

    Aproveitado a passagem, vc viu?!
    “Clássicos em mangá
    “O Grande Gatsby”, de F. Scott Fitzgerald, “Manifesto do Partido Comunista”, de Marx e Engels (acima), e “Interpretação dos Sonhos”, de Freud, estão entre os 11 clássicos em mangá que a L&PM lança a partir de fevereiro de 2013.

    Publicada originalmente pela East Press, sob edição de Kasuke Maruo, a coleção é mais uma aposta da editora gaúcha num segmento de sucesso no exterior, mas para o qual as grandes casas do país nunca deram muita bola.

    Os títulos, organizados por Alexandre Boide, sairão sempre em duplas, começando com “Hamlet”, de Shakespeare, e “Em Busca do Tempo Perdido”, de Proust.”

    http://abibliotecaderaquel.blogfolha.uol.com.br/

  4. Grande Gyabbo! Está entre os que mais gosto, lembro até hoje quando passei na parte dos reviews e me deparai com Giant Killing que pra mim foi o melhor review que fizeste!
    Gostaria de parabenizar e felicitar seu trabalho e que continue por muitos anos!

    Banzai Gyabbooo \o/

    1. Muito obrigado, Pedro!

      Olha que você não foi o único, até fico surpreso com isso, mas durante muito tempo aquele post sobre Giant Killing foi o mais acessado do blog! Particularmente também gosto dele, foi muito bom de escrever assim como foi o anime!

      Gyabbo!

Deixe sua opinião