Kyoukai no Kanata – Primeiras Impressões

kyoukainokankata004

Eu acho incrível como o Japão consegue mesclar tão bem seus conceitos mitológicos e sobrenaturais com a atualidade. Quantas vezes já não vimos histórias com youkai, caçadores de demônios, shinigamis, e por aí vai, ambientadas no Japão moderno? Essa mescla de mitologia com realidade se assemelha à literatura fantástica medieval do ocidente, com o diferencial de que estão nos contando uma história que pode estar acontecendo ao mesmo tempo que escrevo esse post e não num passado remoto. Não é a toa que esse tipo de história interessa tanto aos japoneses e aos fãs de animes em geral. Kyoukai no Kanata bebe bastante dessa fonte e recebe uma roupagem tecnicamente impecável do estúdio Kyoto Animation, que na temporada passada surpreendeu sua base de fãs com um lançamento mais voltado para meninas, FREE.

O anime já começa de maneira intrigante com uma menina no parapeito de um prédio como se fosse cometer suicídio. O nosso protagonista a vê e tenta impedir o trágico destino. Nisso ela dá um salto e perfura o coração do menino com uma misteriosa espada… mas ele não morre.

kyoukainokankata002

A história segue uma linha bem simples no decorrer do episódio. Menino meio-youmu que é perseguido pela menina herdeira de extinto clã de Guerreiros Espirituais. A graça está no fato de que ele é imortal e ela, apesar de ter um poder sensacional de controlar sangue, nunca matou um youmu na vida. Tudo fica mais enrolado quando os outros Guerreiros da área, por algum motivo não gostam da menina e estão atrás dela.

Para um. Primeiro episódio eu confesso que fiquei bem interessado no plot que apresentaram. Achei os personagens bem apresentados e as possibilidades que se abriram bem interessantes. O fato de eles já começarem com poderes legais desde o começo já me agrada. Espero que, apesar dos momentos engraçadinhos serem parte do anime, como pudemos observar nesse episódio, ele siga uma linha mais misteriosa e obscura. Eu realmente espero isso.

kyoukainokankata003

Além de tudo isso temos essa habilidade de controlar sangue que, com certeza será usada para algo mais interessante além de só uma espadinha. Os outros Guerreiros parecem temer bastante esse poder.

De qualquer modo, as cenas de ação provavelmente vão compensar no decorrer do anime. Muito se deve à qualidade da animação da KyoAni, tradicionalmente bem feita para os padrões de televisão. Torço para que seja um bom anime. Certeza que acompanharei.

Sobre Diogo Prado

Tradutor, podcaster, jornalista, amante de cinema, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

Eu acho incrível como o Japão consegue mesclar tão bem […]