Quando você aprende com o seu hobby

Ontem minha namorada comentou sobre a quantidade de alunos que a mãe dela, professora de espanhol, tem que estão ali aprendendo a língua só porque são fãs de Rebeldes (sim, aquela banda/programa de TV). Eles estão aprendendo seja para entender melhor o que eles falam ou só para se sentir, de alguma maneira, mais próximos de seus ídolos.

Em um paralelo, nesse exato momento estou estudando sobre o Período Edo no Japão e a todo momento, quando eu leio sobre um fato ou alguma figura histórica, não são raras associações com Samurai X ou outros animes/mangás de época. Isso me fez lembrar de mim criança, quando Samurai X ainda passava no Cartoon Network e eu era um pequeno viciado naquele que viria a ser meu anime favorito até hoje.

Naquela época, ainda com uma internet um tanto rústica, tentava procurar o maior número de conteúdos possíveis sobre história do Japão para poder entender as referências e os momentos históricos que se passavam naquela série que eu gostava tanto de ver. Eu não queria ser só um espectador. Queria me sentir como parte daquela história, nem que fosse fazendo pesquisas históricas e conhecendo um pouco mais daquele universo. Isso me motivou a estudar e estudar e estudar e estudar. Quantas horas eu “perdi” estudando sobre história do Japão, pegando pedacinhos em diversos sites e compondo o quebra-cabeça da história daquele país.

japanese

Lembro-me de ficar também irritado pelo fato de no currículo escolar não ter história oriental, nem a China nós estudávamos. Era só história européia e ocidental. Ad eternum. Era preciso que eu buscasse meus próprios estudos. E o que motivou isso? Um desenho animado! Caramba, se pensarmos em quem eu sou hoje e o que eu quero ser no futuro, aquele singelo desenho animado sobre um ex-retalhador do Bakumatsu tentando viver a vida afastado de seu passado após a reforma Meiji foi onde tudo começou.

Não pude deixar de filosofar de leve sobre a quantidade de gente que é impulsionada a estudar algo por causa de seus hobbies…

Quantos fãs de Gundam já se interessaram por engenharia?

Quantos fãs de figures não se interessaram por escultura ou artes plásticas?

Quantos fãs de cosplay já não se interessaram por moda?

Quantos fãs de mangá já não se dedicaram a desenho industrial… pintura…

Quantos fãs de O Laboratório de Dexter não se interessaram por física e química? (nostalgia)

E a lista segue e segue e segue…

language_guy

Seja aprendendo uma língua nova, se interessando por história, uma carreira profissional, etc, aprender coisas novas graças a um hobby é uma coisa muito boa e deveria ser incentivado. Quanta coisa existe para ser aprendida fora do currículo escolar pré-formatado! Aprender coisas por prazer é a melhor maneira de se aprender! Se você já pensou em aprender algo graças a um anime que você viu ou um mangá que leu, vá em frente! Acredite, estudar não é chato como fizeram parecer pra gente na época da escola.

Enfim, deixem nos comentários caso vocês já tenham aprendido alguma coisa graças a um anime/mangá! Gostaria de saber as histórias de vocês!

Sobre Diogo Prado

Tradutor, professor, host do Anikencast, apaixonado por quadrinhos, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

Ontem minha namorada comentou sobre a quantidade de alunos que […]