Diário de Bordo Gunpla #002 – Montagem Básica

Olá, nobres viajantes. Foram-se três semanas de espera, mas chegou meu novo modelo, o 00 Gundam Seven Sword/G  versão SD (Super Deformed). O curioso é que comprei esse modelo junto do meu MG Wing Gundam Zero Custom e com um frete mais barato (SAL sem registro) e chegou mais rápido (que o outro que comprei em SAL registrado). Ou seja, fica a dica: se vocês não se importam em ficar rastreando sua compra o tempo todo, peguem o frete mais barato pois pode chegar antes e ainda é BEM mais barato.

Mas acabou que o Seven Sword SD ter vindo antes foi proveitoso para a coluna “Diário de Bordo Gunpla”. Dessa forma, poderei usá-lo para mostrar a vocês como se monta um Gunpla de forma básica, sem pintura e outras firulas. Praticamente a montagem usa só o que vem dentro da caixinha. Então mãos a obra! Clique em Read More para continuar! LEMBRE-SE: Todas as imagens podem ser aumentadas! Basta clicar nelas.

Quando você abre uma caixa de Gunpla, é basicamente isso aí que você encontra. Grades de peças e uma cartela de adesivos. Todas as peças de seu modelo estão aí.

Juntamente vem um manual explicando como proceder com a montagem de seu modelo. Não se assuste pelo manual estar em japonês. As indicações de peças são feitas com letras e números arábicos e são de fácil entendimento (B-15, A2-1, A1-23, PC-A, etc). Tudo é bem ilustrado e fácil de se compreender.

Você pode ver na foto a identificação de uma das grades (A2, no caso). As peças nessa grade serão identificadas por A2-# sendo # um número qualquer. Os adesivos também vem identificados, mas por caracteres do katakana, um dos alfabetos da língua japonesa. Não fique nervoso se não souber japonês (novamente), pois os caracteres são de fácil assimilação e não é difícil achá-los na cartela.

Para montar esse Gunpla eu praticamente usei só esses dois instrumentos: o alicate de corte e o estilete de precisão. Usei também um marker preto para delinear alguns detahes do rosto do modelo.

Para começar, você ê a instrução no manual. Depois, identifica a peça em questão na grade correspondente. Daí você corta com cuidado os pedaços de plástico que mantem a peça presa na grade. Por fim, você limpa as “pontas soltas” que ficaram após o corte com o estilete de precisão. Tome cuidado para não cortar seus dedos! Esses estiletes são bem afiados. E faça tudo com calma, não use força excessiva, senão poderá danificar sua peça.

Depois, pode ser que você tenha que aplicar alguns adesivos. Para a maioria deles, basta você retirá-los e aplicá-los com uma pinça, pressionando bem com um palito depois pra não deixar pontas soltas ou bolhas de ar. Eles tem que ficar bem aplicados! E reparem o que eu fiz para os olhos. Eu recortei o adesivo com um estilete só na parte do olho verde, deixando a parte preta de fora. Daí apliquei só o verde e o contorno fiz com um marker preto. O efeito fica bem melhor e dá a idéia de relevo, que se perde com o adesivo completo. Uma pequena dica. Mas corte com cuidado seu adesivo, ein!

Após seguir o passo a passo, seu modelo ficará dividido em vários pedaços que só precisão ser conectados para ficarem juntos e formarem o corpo básico do seu modelo. Repare também que eu tracei detalhes em preto na cabeça do Gundam. A cabeça é parte importantíssima do seu modelo, ressaltar certos detalhes com um marker preto (de ponta bem fina) é essencial para dar um efeito legal! Senão fica tudo branco, meio sem vida. Treine bastante isso! E percebam que eu não mexi no corpo ainda, né? Não usei o marker no corpo pois fiquei meio descontente com algumas cores do modelo e estou pensando em pintá-las com spray separadamente (mas isso é assunto para outro Diário de Bordo).

Após a montagem, é comum sobrarem peças. Elas são usadas algumas vezes como substitutas de outras peças do kit, ou até mesmo para se customizar outras peças, unindo com outros kits e por aí vai. Mas customização também é assunto para outro post. O importante aqui é guardar essas peças sobressalentes muito bem e identificadas. Eu guardo em saquinhos ziplock com o nome do modelo escrito no saco. Assim fica fácil achar depois.

Por fim, a foto do modelo finalizado! Repare que ele está cheio de acessório (pistolas, sabres, escudos, etc), eles também fazem parte do modelo e serão montados de acordo com o manual. Equipe seu modelo com os equipamentos que quiser. Você não precisa usar todos. É legal ficar trocando os equipamentos do seu Gundam de tempos em tempos! Mude a pose também, eles são articulados pra isso!

Terminamos aqui mais um post do “Diário de Bordo Gunpla”. Espero que vocês tenham gostado. Meu MG Wing Gundam Zero Custom está chegando em breve. Ele é bem maior do que os dois que eu já montei (incluindo o do post de hoje) e provavelmente irei usar técnicas mais diferentes e avançadas de pintura. Por isso, fiquem ligados para os próximos Diários de Bordo. E a propósito, eu também irei postar por aqui o resultado final do modelo de hoje após algumas pinturas e traçados. Até a próxima. Câmbio desligo.

PS: Para os interessados, existe uma versão normal (sem ser SD) desse modelo de Gundam, confira no link o MG Gundam 00 Seven Sword/G.

Sobre Diogo Prado

Tradutor, professor, host do Anikencast, apaixonado por quadrinhos, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

Olá, nobres viajantes. Foram-se três semanas de espera, mas chegou […]