8 anos de Gyabbo! – Fim e recomeço de um ciclo

As infinitas reinvenções da vida.

Mais um ano se passou e com ele comemoramos outro aniversário do blog Gyabbo!, possivelmente o ano mais difícil de todos que se passaram. Quem acompanha o blog deve ter percebido a diminuição drástica de posts, especialmente os meus, basicamente inexistentes se descontarmos os Guias das temporadas. Durante muito tempo eu imaginei até quando conseguiria manter o blog. Pensei que o final da faculdade me impediria, ou quem sabe o curso do mestrado. Ainda assim, esses momento críticos foram ultrapassados com crescimentos, algo que eu agradeço demais a todos que colaboraram direta ou indiretamente para isso.

Foi apenas quando mudei da casa dos meus pais para minha própria, agora casado e com a obrigação de pagar todas as minhas contas junto de minha esposa que o Gyabbo! realmente sofreu como nunca. Mais do que falta de tempo – o que também foi um fator considerável -, a falta de ânimo foi o que mais atrapalhou. Depois de um exaustivo dia de trabalho, a ideia de ligar um notebook lento – meu titular quebrou – para pesquisar, escrever e revisar se tornou quase que insuportável.

Ainda assim, o gosto de todos esses anos produzindo não me deixaria encerrar o blog oficialmente. Mas como o próprio número oito, existem momentos onde um ciclo precisa ser terminado para que outro comece; não sei se melhor ou pior, mas certamente diferente. Ainda não posso dar muitos detalhes, mas os mais atentos logo perceberão. E mesmo que tudo fique muito diferente, conto com vocês para mais um ano.

Obrigado a todos.

Confira também:

Nossa Avaliação
Avaliação dos leitores
[Total: 0 Média: 0]

As infinitas reinvenções da vida. Mais um ano se passou […]