Robotics;Notes – Episódio 2

Ação, romance e muita aventura é tudo o que NÃO tivemos em mais um episódio de Robotics;Notes. E isso foi bem promissor pode acreditar!

Mais personagens e o estranho protagonista

Tudo bem, romance até tivemos um pouquinho se formos pensar que o Kaito fez tudo o que fez nesse episódio por gostar muito da Akiho, apesar dele sempre tentar se mostrar insensível e fingir não querer fazer nada para ajudar (a menos que ganhem dele no Kill Balad). Esse segundo episódio foi totalmente focado em explorar mais sua estranha personalidade.

Paralelo a isso tivemos a Akiho correndo atrás de montar o robô Tanegashima Machine 3 para participar do campeonato Robo-One. Ela ficou encarregada também de apresentar os novos personagens: o mecânico Doc e sua neta karateca Junna Daitoku. Por sinal as cenas mais engraçadas ficaram por conta dela tentando pechinchar com o velhinho e ele negando qualquer acordo, gostei muito da personalidade dele (finalmente um velhinho não safado em animes).

Outro personagem que apareceu apenas de relance em algumas cenas foi à misteriosa irmã da Akiho, pelo visto as duas não se dão bem, já que no final do episódio vemos Misato recusando a ligação da irmã mais nova. Mas estranho mesmo for ver que Kaito parece ter alguma ligação com a irmã mais velha da sua amiga, eu acredito que tudo tenha relação com o acidente que eles sofreram na infância, vamos ver se eles exploram isso de maneira interessante mais pra frente.

Continuando em acontecimentos estranhos, tivemos a cena explicando que após um acidente de carro a acelerada Akiho passou a ter “síndrome do rato elefante” (que **** de nome é esse?!) que a faz ter espasmos que tornam tudo ao redor dela muito rápido durante alguns minutos. Não faço a menor ideia de como essa doença possa influenciar na trama principal, mas com certeza isso deve ser explorado futuramente.

Por essa eu não esperava

Sério, pra mim esse episódio teve duas cenas bem interessantes: uma que me surpreendeu mesmo (apesar de parecer meio irrelevante) e outra que mostrou uma nova faceta do protagonista:

1. A dona do mercadinho possui próteses que ajudam a andar, não tinha reparado nisso no primeiro episódio!

2. Que bizarro esse bolinho de maracujá que ele comeu, mas pelo menos descobrimos que Kaito não é um insensível e até se “sacrifica” para ajudar a Akiho.

Considerações Finais

Antes que alguém reclame esse episódio foi muito parado sim, mas é muito importante que continuem criando uma base para os futuros episódios, muita coisa “jogada” aqui deve ter desdobramentos importantes para a trama.

Por exemplo, já deu para perceber que a função dos protagonistas está bem definida, ela constrói os robôs, ele controla através do seu tablet, ela tenta se virar pra resolver as coisas, ele “as escondidas” ajuda ela a conseguir resolver o que deseja. E apesar dessa estrutura de casalzinho manjada, a química dos dois continua funcionando muito bem, ela não fica irritante demais com sua alegria excessiva e ele não fica chato demais mesmo com sua falta de carisma.

Só é uma pena que não tivemos referências a Steins;Gate ou Chaos;head nesse episódio (se você reparou em algo me avise) e que a menina que aparece no final do episódio anterior é completamente ignorada dessa vez.

Por enquanto a história continua a de um slice of life tranquilo, mas pelo menos outros personagens legais começaram a entrar na mistura.

Confira o Troca Equivalente também no Twitter e no Facebook.

Sobre Wagner

Wagner é o manda chuva do Troca Equivalente. Formando em algo sem relação alguma com o universo dos animes e mangás, está sempre por aqui dando seus pitacos. Pelo nome do blog já dá para imaginar qual é o seu mangá/anime favorito.

Ação, romance e muita aventura é tudo o que NÃO […]

3 thoughts on “Robotics;Notes – Episódio 2”

  1. Esse ainda não me empolgou não, mas vi uma melhroa do primeiro epi pro segundo.
    Espero que a historia surpreenda e não fique só nisso de construir robos (=

    obs: também não reparei na perna “mecânica” da mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *