Checklist da editora JBC: Abril/2013

Checklist-Editora-JBC-Abril13 títulos. Duas despedidas. Confira o checklist do mês de abril da editora JBC.

Chegamos ao mês de abril na editora JBC e começamos a vislumbrar mudanças a caminho. A primeira dela e possivelmente a menos sentida pelos leitores é o cancelamento oficial de Futari H, dando ao fim não somente à fama da editora ser a única a não cancelar nenhum dos seus produtos, mesmo que vendessem pouco, mas também ao mito de que peitos vendem meio que no automático. Ainda vou tratar sobre essa questão mais afundo em um post futuro, mas fica o anúncio.

Enquanto uns vão embora por força maior, dois vão por um caminho mais glorioso. Primeiramente temos o fim de uma das minhas séries favoritas, Bakuman., que conclui (de uma forma não muito agradável. Mais detalhes AQUI) sua história com o volume 20 e sua bela capa – além de incluir um mini-poster colorido como mimo para os leitores! Curiosamente o manga termina de ser publicado no Brasil no mesmo mês em que o anime terminou sua terceira (e última) temporada no Japão. Sinto que tem algum esquema global em torno de tudo isso… principalmente por “coincidentemente” também no mês de abril surgir boatos de que uma nova série da dupla Ohba e Obata está próxima de chegar na Jump… Claro que muito antes teremos que nos “contentar” com a edição de luxo Death Note Black Edition que chegará – ainda sem data certa – para manter a grife da dupla em voga e continuar girando a máquina de dinheiro.

Outro que se despede (com um lindo e óbvio spoiler violento na capa do seu volume #38 para os desavisados) é Ranma 1/2 que conseguiu terminar sua verdadeira saga no país e ser concluído nada mais, nada menos que 15 anos após o primeiro capítulo vir para o Brasil pela já esquecida editora Animangá (Quer conhecer mais sobre editoras que vieram e foram embora do mercado de mangas brasileiros? Veja esse ótimo artigo sobre o assunto do parceiro Anikenkai).

E se dois mangas se despedem em abril, maio não será uma época com menos lágrimas já que esse mês temos os penúltimos volumes da série de horror Another (#3) e do relançamento em edição especial do clássico Sakura Card Captor (#11). Preparem-se para um segundo semestre bem renovado!

Mirai Nikki #3 reaparecesse como quem não quer nada, pois foi remanejado de março para abril, então sem muitos comentários. Por outro lado os defensores de Atena, Cavaleiros do Zodíaco – Saint Seiya ultrapassa a metade da coleção com o volume #15, mas ainda com muita lenha pra queimar nesse segundo relançamento da série no país (e alguém duvida que depois a franquia retorne em uma edição especial/luxo? Eu não). Ah! Você pode ver em outros sites que Lost Canvas Gaiden #6 sai esse mês também. Como não recebi essa informação junto das outras que vieram direto da editora, não vou confirmar aqui.

Soul Eater #9 continua como um dos principais shounen da editora (na minha cabeça é como se ele fosse um irmão mais velho de Blood Lad da editora Panini, o que vocês acham?), Rurouni Kenshin em sua edição especial volta a ter uma bonita capa com esse volume #6 (sim, vamos esquecer aquilo que vimos mês passado na edição #5, ok, todos de acordo?) e Nura completa esse parágrafo ao chegar no seu volume #7 onde dizer que possui uma bonita capa não chega a ser chover no molhado, pra ser sincero achei a menos interessante de toda coleção até o momento. Você que compra Nura, concorda comigo? Discorda? Quer me xingar de herege? Os comentários são livres!

Freezing, já no volume #10, segue em seu ótimo padrão de qualidade técnica e coloca uma bundinha marota no canto da página para vender mais e por mais que eu não goste do material, é inegável dizer que ele se consolidou bem no Brasil. Level E, obra de Yoshihiro Togashi, vem com seu segundo volume – já estando na metade – e me parece não ter empolgado muito os leitores, pelo menos ouço pouquíssimas pessoas comentando sobre ele (ainda que quem comente fale muito bem!). Já quase no fim RG Veda ultrapassa a metade da série com o volume #6 caminhando para o seu final com uma série que traz toda mês uma arte de ficar alguns segundos olhando para os detalhes só da capa!

E para finalizar esse checklist, temos Fairy Tail #29. Por que eu deixei uma série que não acompanho para o parágrafo final? Simples. Agora com o fim do anime o manga se torna ainda mais importante por ser a única fonte de diversão para os fãs da obra de Hiro Mashima. São apenas oito volumes separando nossa edição da original japonesa. O tempo voa e logo as obras estarão encostadas, é bom valorizar o que tem enquanto é tempo!

Melhor capa do mêsFairy Tail #29 (Outro mês de forte concorrência, especialmente com a última capa de Bakuman.)

Depois dos anúncios de Death Note Black Edition e da volta de Love Hina em uma edição especial, somados com o término de algumas séries tanto agora em abril quando depois em maio, o que você espera da JBC no final desse primeiro semestre e início do segundo?

Claro, não deixe de comentar capa por capa; a mais bonita, a mais feia, a mais bizarra… o espaço é todo seu!

Curta o Gyabbo! no Facebook e siga-nos pelo Twitter!

13 títulos. Duas despedidas. Confira o checklist do mês de […]