Primeiras impressões do Fred: Ai Mai Mi

ai-mai-me

Mais um anime de 3 minutos nessa nova temporada, Ai Mai Mi relata a saga heróica de um grupo de meninas que pretende fazer um mangá (Não confundir com Mangirl, onde elas querem editar um mangá).

Ai Mai Mi é um caso especial que há muito eu não via. E queria que tivesse continuado assim. Terrível. Não vejas se tiveres amor a vida.

O anime é proibido pra menores de 18, o que demonstra que o autor foi clemente e quis poupar os jovens dessa naba. Fazer crianças arrancarem os olhos para fugir dessa tortura chinesa é algo que nem mesmo o mais cruel dos vilões iria querer.

As piadas só são melhores que a animação, que é repulsiva. Graças a Deus, o anime é cortado o tempo todo pra ter um eyecatch falando “ai mai mi” que é sem graça pra caramba também, mas qualquer coisa pra impedir o prosseguimento das piadas é viável.

Um momento épico presente é quando uma das meninas da série diz que não vai poder mais se casar. Eu também, nós dois fomos deflorados ontem. Mas eu terei minha vingança falando mal nesse blog. Nada poderia ser pior.

Se fosse pra dar nota, eu daria nota “ofendido como ser humano” mas darei a nota dois polegares pra baixo e dois dedos médios pra cima. Abominável.

Sobre Fred

I'm a very twisted person. Gosto de animes e mangás por boa parte da minha vida e comentar sobre isso é sempre um prazer... Desde que eu tenha algo útil pra falar. Afinal, Dirac já dizia: "Eu não começo uma frase sem saber como ela vai terminar". Sou também um quimicuzinho que sabe falar bobagem o suficiente pra parecer inteligente.

Mais um anime de 3 minutos nessa nova temporada, Ai […]