Análise – mangá After school of the Earth vol.1

O que você faria se o mundo fosse atacado por uma terrível criatura e só sobrassem você e mais três garotas? Como seria morar em um mundo abandonado? A JBC nos trouxe essas resposta com After school of the Earth.

After school of the Earth (ou Chikyuu no Houkago, no original) é um mangá de Akihito Yoshitomi publicado em 2009 pela revista seinen Champion Red em 6 volumes. O primeiro volume brasileiro chegou agora em outubro pela JBC ao preço de R$13,90 e com páginas coloridas.

História

Em torno de dois anos atrás o mundo começou a ser atacado por uma estranha criatura negra, que, após um ano, fez com que praticamente todos os seres humanos desaparecessem. Aqui acompanhamos Masashi e mais três garotas, Anna, Yaeko e Sanae, em suas vidas como os últimos sobreviventes do Japão, que levam esses dias como se fossem um dia após a aula, que logo chegará ao seu fim e trará tudo de volta ao normal, pelo menos é o que eles querem acreditar após o desaparecimento dessa criatura.

AfterSchool-03

Com várias doses de um humor mais pornográfico e boas doses de moe e calcinha, temos um slice of life (pedaços do cotidiano, do dia a dia) com uma pitada de ficção científica e drama, que irá trabalhar o passado e a vivência dos personagens nesse mundo, enquanto buscam a resposta do motivo daqueles acontecimentos.

Neste primeiro volume podemos ver o vínculo que os quatro formaram ao longo do ano que passaram sozinhos, um pouco sobre seus passados e o que realmente podem estar vivendo, além de falar sobre a esperança de que todos ainda voltarão ou se precisarão seguir para sempre sozinhos. Os personagens, jovens abandonados no mundo, são bem trabalhados em alguns dos seus questionamentos e nas fases que perderam ao serem isolados de uma sociedade, tendo o foco mais no desenvolvimento deles do que na história em si neste primeiro volume.

Arte

A arte é boa, embora não seja nada que fuja do comum. Os cenários são bem simples, com grande parte dos quadros se focando mais nos personagens com fundo vazio, mas acho que isso serviu para transmitir bem a sensação de vazio e solidão.

Não é definitivamente o destaque do mangá, embora eu tenha gostado bastante do design dos personagens.

AfterSchool-01

Considerações Finais

A edição brasileira está ótima, não tenho nenhuma reclamação aqui. Não encontrei nenhum erro de português e a tradução está muito boa. A qualidade é idêntica à de Magi (me parece o mesmo papel, mas não sou entendido nisso), então imagino que esse R$1,00 de diferença seja devido as páginas coloridas. Ponto para JBC.

Para quem gosta de uma ficção que não se leva tão a sério o tempo todo, bastante slice of life e fanservice, aqui temos uma história que pode surpreender, nos resta esperar que não se perca durante o caminho, como vários mangás que temos visto ultimamente nas bancas, afinal temos bastante espaço (mais 5 volumes) para trabalhar bem esse tema.

Gostou do mangá? Quer comprar com desconto?

COMPRE AQUI

AfterSchool-02

O que você faria se o mundo fosse atacado por […]