Keijo!!!!!!!! – Primeiras Impressões

Um anime sobre um esporte onde mulheres, e apenas mulheres, lutam usando trajes de banho em cima de uma pequena plataforma flutuando no meio de uma piscina só podendo usar seus peitos e sua bunda para atacar as adversárias parece um prato cheio para um anime fanservice mais do mesmo. E Keijo!!!!!!!!, sem dúvida, é um banquete de fanservice, uma vitrine para mostrar zooms em peitos e bundas, mas também, de alguma maneira, ele não é só isso.

Conforme vamos assistindo Keijo!!!!!!!! vamos percebendo que ele segue muito mais uma estrutura de anime de esporte do que de anime de fanservice. Tanto seu roteiro quanto sua narrativa visual são trabalhados para nos envolver, nos fazer torcer e nos fazer sentir o impacto dos golpes. Só que, ao mesmo tempo, as personagens tão ali, de biquíni, batendo peitos e bundas umas nas outras. Mas é exatamente nisso que Keijo!!!!!!!! se destaca dos demais. Essa capacidade de, cretinamente, apresentar elementos que vão além do fanservice, para que o espectador que não busca apenas peitos e bunda num anime tenha o que aproveitar.

É de uma cretinice tão genial que não tem como não aplaudir quem teve essa ideia. Imagino que não deva ser fácil criar golpes criativos nesse contexto. Não só criá-los como dar nomes dramáticos e mostrá-los como grandes técnicas milenares. Keijo!!!!!!!! pode ser visto como uma sátira, pode ser visto como um anime puramente fanservice e, surpreendentemente pode ser visto até como um anime de esporte que se leva a sério.Tem que ter um misto de muita cara de pau e competência para fazer algo do tipo.

Eu não vou aqui dizer que vocês estarão diante de um grande anime ou algo imperdível. Keijo!!!!!!!! tá mais para um besteirol do que qualquer coisa. Porém, é bem possível que os autores resolvam apresentar arcos dramáticos bem construídos e plots empolgantes em meio a esse festival de fanservice. Mas no final não deixa de ser um anime de fanservice e pare o fanservice. Se a reclamação, no entanto, é que anime fanservice não tem conteúdo além do próprio fanservice, talvez Keijo!!!!!!!! seja a resposta que todos estavam buscando.

Sobre Diogo Prado

Tradutor, professor, host do Anikencast, apaixonado por quadrinhos, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

Um anime sobre um esporte onde mulheres, e apenas mulheres, […]

10 thoughts on “Keijo!!!!!!!! – Primeiras Impressões”

  1. “Tem que ter um misto de muita cara de pau e competência para fazer algo do tipo.” Concordo… Mas tem umas coisas que são MUITO bizarras naquele primeiro episódio… É desconcertante…

  2. Já eu me decepcionei bastante. Conheço o manga e devo ter criado muita expectativa mas as modificações que foram feitas diminuíram muito a personalidade da protagonista e coadjuvantes (até no caracter design muito genérico). Não vou continuar assistindo mas recomendo muito o manga.

    1. Tb li o mangá e achei bem válidas as mudanças na ordem dos eventos. Talvez eles trabalhem o resto em flashbacks ou explorem as características da personagem em outros momentos.

      1. Acho bom que tenhas gostado disto e espero sinceramente que a maioria das pessoas goste. Isto com certeza é melhor tanto para quem assiste agora como para consolidar e aumentar a fambase de Keijo!!!!!!!, o que aumentaria a possibilidade de trazerem o manga para o Brasil (se Freezing veio, por que não?) e produzirem mais coisas com mais qualidade. Entretanto para mim foi meio chato vê-lo, talvez como disse antes isto, se deva as minhas expectativas.

  3. Diogo eles pularam muita coisa do mangá , o primeiro ep foi puro cliche mal feito.

    1. Outra coisa ta muito forçado , a você sentir algo desconcertante vendo o anime , se você não levar na zoeira não vale apena ver

  4. Gente, só porque a história se leva a sério, não significa que vocês precisam levá-la também. A proposta da obra não é apresentar um esporte sério e fundamentos extremamente bem definidos, com um puta background para cada personagem e personalidades interessantes. O legal desta obra é que ela se leva a sério, mesmo sendo desse jeito. IMO.

Deixe um comentário!