Full Metal Panic Sigma e Otomen oficialmente cancelados pela Panini

full-metal-panic-sigma-otomen-panini-canceladoOtomen e Full Metal Panic Sigma oficialmente cancelados… vamos aos detalhes!

A notícia não é nova, na verdade foi “divulgada” na última quarta-feira, (23/10/2013), através de uma mensagem publicada pela conta oficial da seção de mangas da editora Panini no Facebook – a fanpage Panini Mangas – dentro de um tópico que abordava a promoção da assinatura de Shingeki no Kyojin – Ataque dos Titãs, confira abaixo:

Apesar de se tratar de um canal de comunicação oficial da editora, achei muito estranho tal anúncio se dar dessa forma visto que era algo questionado pelos leitores (e pelo Gyabbo!) durante vários anos sem resposta alguma.

Para quem não lembra, Otomen teve seu último, volume, o #7, publicado aqui em 2011 e Full Metal Panic Sigma parou em 2010 no seu volume #9, ambos longe dos seus finais.

Enviei, então, um e-mail para meu contato dentro da editora a fim de confirmar tal informação e hoje recebi a resposta. De fato ambos os títulos, um shounen e um shoujo, estão cancelados em razão de terem apresentado vendagens insuficientes para continuação (infelizmente não sabemos que número é esse, o mesmo contato reafirmou que a editora não revelará números de vendas).

Foi ressaltado que a Panini tem sempre a intenção “de finalizar todas as séries, e quando algum título começa a apresentar sinais de queda iniciamos um trabalho intenso para buscar formas de viabilizar sua continuidade ou volta, que podem incluir novos formatos de publicação, novos preços materiais, diferentes processos logísticos, formatos de venda etc”, por esse processo ser longo, isso pode explicar a razão de tamanha demora para uma posição oficial sobre os mangas. Além, foi afirmado que cancelar um título é sempre a última opção, evitada ao máximo, em respeito à importância que cada título tem para seus fãs e para as próprias pessoas que trabalham com ele na editora.

Como eu disse anteriormente no post sobre o cancelamento de Nausicaä: Do vale do vento pela editora Conrad (mais detalhes clique AQUI), deixei na deixei na minha pré-adolescência a lógica de que uma editora deve publicar até o fim uma obra mesmo que ela esteja dando prejuízo. Editoras são empresas e lucrar é preciso. Títulos que não vendem bem devem sim ser cancelados para que outros possam vir. O que me incomoda nessa situação toda também não é a demora para essa oficialização, afinal, conforme foi explicado, ela se dá justamente pelo esforço da editora em buscar novas formas de continuar a publicação – ainda que isso poderia ter sido explicado no passado para deixar o leitor ciente do que está acontecendo com a obra que compra. O problema está na perpetuação de um modo de lidar com os leitores.

Que Otomen e Full Metal Panic Sigma seriam cancelados praticamente todo mundo já esperava, mas o mínimo seria ter essa informação divulgada com a importância e clareza que necessita, não entre centenas de outras mensagens em um tópico acerca da assinatura de outra obra. O Planet.Zip está aí, por exemplo, hoje mesmo o programa no Youtube da editora repassou informações sobre Berserk, Homunculus e Shingeki no Kyojin (que os leitores do Gyabbo! já conheciam, por sinal, através do nosso Boletim de Informações), por que não reservar um espaço ali para um anúncio com destaque?

Apesar de eu ver o esforço da editora para resolver todas suas pendências, envolvendo sim cancelamentos, e achar isso e uma mudança progressiva na forma de se comunicar com o leitor, não poderia deixar de fazer essa crítica aqui, sempre pensando em melhorar nosso mercado.

Mas agora quero saber a opinião de vocês, como se sentiram com essa situação toda?

PS: Sem alarmismos bobos do tipo “Não comprarei mais nada da editora!!!11!”, cancelamentos fazem parte e é preciso que os leitores estejam cientes disso.

Otomen e Full Metal Panic Sigma oficialmente cancelados… vamos aos […]