Bakuon!! – Primeiras impressões

Seria Bakuon!! o novo K-ON! sob rodas da temporada? Descubra aqui no Gyabbo!

Bakuon!! faz parte dessa safra de animes da temporada de primavera 2016, adaptado da obra homônima de autoria do mangaká Mimana Orimoto. Está sendo produzido pelo TMS Entertainment com a direção de Junji Nishimura. Antes de ver o primeiro episódio, confesso que não tinha grandes expectativas. Sua sinopse não me cativara, nem sua arte. Tinha a impressão que não haveria uma história concreta, tendo apenas como apelo garotinhas fofinhas pilotando suas motocicletas.

ba01

O anime narra a história de Sakura Hane, uma estudante do ensino médio um tanto abobalhada que, um certo dia, ao subir uma estrada montanhosa com sua bicicleta para chegar no colégio feminino onde estuda, encontra uma garota chamada Onsa Amano em sua motocicleta. Imediatamente passam a ter algo em comum e juntas ingressam no clube de motos da escola.

Ao entrar no clube ambas conhecem a presidente, uma figura enigmática de poucas palavras, ou melhor dizendo, de nenhuma palavra. A maior parte do episódio se foca em Hana indo tirar a carta de habilitação e conhecendo mais uma amante das duas rodas chamada Rin que também decide participar do clube.

ba02

Em seu primeiro episódio, a obra apresentou vários problemas com seu ritmo, mostrando os personagens de maneira rápida demais, jogando informações sem se preocupar em desenvolvê-las. Apesar disso ser lugar comum em animes desse tipo, como aqui temos uma proposta mais diferente, seria interessante “perder” um tempo maior para fazer o espectador realmente comprar a ideia.

Apesar disso, trabalha bem seu foco principal com a parte cômica bastante eficaz. Há um bom equilíbrio entre todos os personagens, minimamente distintos entre si, ainda que obviamente não haja aprofundamento algum. É justamente nos velhos estereótipos que o anime se baseia, dando ênfase da dinâmica das relações das integrantes do clube e seu amor pelas motos. É uma pena, no entanto, que o que poderia ser uma boa diversão descompromissada puxe tanto para o fanservice masculino, seja em alguns diálogos ou alguns closes desnecessários para o andamento da história.

ba03

A parte técnica, ainda que oscile algumas vezes no decorrer do episódio, consegue fluir bem e apresentar um character design com um mínimo de personalidade, além de cenários muito bonitos, principalmente nas tomadas externas. Sua trilha sonora está animada, complementando todo o trabalho e auxiliando principalmente as cenas cômicas.

Com isso, posso dizer que o anime me surpreendeu bastante. Ainda que não seja para mim, se você curte motos, meninas fofinhas e uma generosa pitada de ecchi, vá em frente!

ba05

Sobre Karolina

Técnica em comunicação visual, 20 anos, mora em São Paulo. Desde
criança conviveu com animes na sua vida, mas só se interessou mais a fundo na 7ª serie do fundamental e está até hoje presente em sua vida. Fangirl de shoujo, animações clássicas e psicodélicas, também é fã de carteirinha de Evangelion e Noragami.
Twitter: @KarolFacaia

Seria Bakuon!! o novo K-ON! sob rodas da temporada? Descubra […]