Mayoiga – Primeiras Impressões

Você se cansou desse nosso mundo conturbado? Que tal viajar para um vilarejo desconhecido onde você poderá começar uma nova vida? Esse é Mayoiga!

Mayoiga conta a história de um grupo de pessoas que decidiu fugir de sua vida normal e partir para um vilarejo chamado Nanakimura – um lugar desconhecido dos mapas, polícia ou qualquer um, onde o guia do passeio diz ser possível encontrar um lugar sem moeda corrente, governo ou qualquer tipo de opressão. Um lugar onde se pode recomeçar a vida do zero, deixando para trás emprego, família e todas as suas frustrações.

Mayoiga1

A primeira coisa que chama atenção nesse anime é a quantidade de personagens. Só na lista de presença de passageiros apresentada no início do episódio, sem contar o guia e o motorista, foram 29 ao todo. Isso levanta um grande ponto de interrogação se eles conseguirão ser bem apresentados ao longo da história, ou se simplesmente vão ser descartados ao longo dos 12 episódios por meio de mortes ou desaparecimentos. No entanto, é importante notar que o diretor Tsutomu Mizushima vem afiando essa habilidade, variando em sucesso como o mais ou menos Another e o ótimo SHIROBAKO, ambos com elencos mais numerosos e cujas histórias dependem exatamente disso.

Outro fator que também deixa dúvidas é o teor que terá essa série. Não fica bem claro se ela será um drama, um terror, um thriller ou mesmo uma dramédia. Existem personagens que trazem experiências pesadas de sua vida, como abuso sexual, bullying e problemas familiares, dando grande importância à interação entre as pessoas que formam o passado, o presente e o futuro de cada um. Porém em outros momentos o que parece ser construído é um ambiente de terror. A trilha sonora é gritante, tentando criar tensão a todo instante. Em vários momentos se cria uma sensação de que algo ruim poderá acontecer e é justamente nesses momentos em que o anime se sobressai.

Mayoiga2

Infelizmente isso não é majoritário e boa parte das intenções e dos diálogos entre os personagens acaba sendo piegas e até mesmo permeados por clichês caricatos, algo que acaba quebrando um pouco o clima de terror e a iminência de perigo. Outra fator que contribui para isso é arte. Mesmo não sendo “fofinha” ou com apelo direto ao moe, ela parece ser muito limpa e com uma colorização muito clara para um anime de terror ou mistério.

Nesse seu primeiro episódio Mayoiga apresenta altos e baixos, um bom clima que por vezes é quebrado por causa de clichês e alguns personagens interessantes acompanhados por outros que são simplesmente “mais do mesmo”. Todavia pode-se dizer que o positivo desse anime se sobressaiu em relação ao negativo e pelo menos o segundo episódio vale a pena assistir esperando descobrir o que vai acontecer com esse grupo de pessoas tão peculiares e o que é esse tal vilarejo.

Mayoiga3

Você se cansou desse nosso mundo conturbado? Que tal viajar […]