SHIROBAKO – Primeiras Impressões

Eu adoro quando não se tem muitas expectativas para um anime, ou acha que ele vai ser de uma maneira X, mas acaba sendo da maneira Y e te surpreende positivamente. Esse é o caso de SHIROBAKO, um anime sobre as dificuldades de se trabalhar na indústria da animação japonesa e dos personagens que nela habitam.

shirobako_001

Esse primeiro episódio começa de maneira a quase nos parecer se tratar de mais um anime escolar com um grupo de meninas trabalhando juntas para realizar seu sonho de terminar seu próprio OVA. Porém, ele logo surpreende ao encerrar esse clima escolar e já nos jogar 2 anos e meio no futuro onde a protagonista, Miyamori Aoi, está trabalhando em um estúdio de animação. Sua função é pegar os desenhos com os animadores freelancer que trabalham para o estúdio.

shirobako_004

Após uma sequência fantástica, claramente homenageando Initial D, onde Miyamori disputa um racha com um assiste de outro estúdio – “I.G. Staff”, uma alusão a Production I.G. e J.C. Staff, estúdios reais – ficamos conhecendo vários personagens e o contexto no qual eles estão inseridos. O anime que o estúdio está produzindo, “Exodus”, está estreando naquela noite e é uma das grandes apostas para a Temporada de Outono. Achei interessante essa especificação de temporalidade. Ela cria sutilmente uma ligação com a realidade – SHIROBAKO é exibido na Temporada de Outono –  que nos faz entrar melhor naquele universo. Com essas referências, o anime se torna mais verossímil, uma característica bem positiva para uma série que é situada no “mundo real”.

No entanto, o anime comete a sua única falha ao apresentar personagens demais em tão pouco tempo. São mais de vinte personagens que aparecem com seu nome e cargo. Impossível lembrar de todos. Talvez essa tenha sido uma estratégia do diretor, Mizushima Tsutomo, e da roteirista, Yokote Michiko, para fazer o espectador entrar naquele clima caótico causado pelo atraso de um funcionário e pela consequente corrida para solucionar o problema a tempo já que o anime já começou a ser exibido. Se foi, melhor, mas ainda assim poderia ter sido melhor. Acredito que a partir de agora as relações entre os personagens serão mostradas melhor, mas a primeira impressão já ficou.

shirobako_002

Ainda assim, o anime atrai bastante pelo seu tom mais verossímil e por tratar de um tema interessante para quem gosta de animes e mangás, o processo por trás daquilo tudo. Se você é um daqueles que, como eu, gosta de ficar fuçando para saber mais sobre seu hobby, acho que SHIROBAKO vai ser um bom anime para se acompanhar. Mas mesmo para quem não se interessa tanto sobre o tema, ainda vai poder aproveitar bons momentos de drama, como visto pela problemática do episódio e pela cena final, alternando com momentos de comédia e um bom desenvolvimento de personagens. Eu confio no trabalho dessa dupla diretor/roteirista e esse primeiro episódio se mostrou promissor.

Outras opiniões sobre esse anime:

>> Gyabbo!

Sobre Diogo Prado

Tradutor, professor, host do Anikencast, apaixonado por quadrinhos, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

Eu adoro quando não se tem muitas expectativas para um […]