VQ Review – Photo Kano – Ep. 03

banner-SQ---Post

O que te faz assistir um anime? Cada pessoa tem os seus critérios, seja para assistir um anime, filme, ler um mangá e até mesmo jogar video-game. Assistir Photo Kano tem se provado uma tarefa difícil, mas ao mesmo tempo interessante.

RESUMO

Kazuya se aproveita do segredo que tem de Muroto para fazer uma sessão de fotos sensuais. O plano do clube de fotografia fica cada vez mais ousado e cabe ao protagonista defender sua amiga de infância de ser fotografada. Só que ele não imaginava que isso poderia dar muito errado. Também descobrimos um pouco mais dos hobbies de Yunoki Rina, a Miss Fotogênica do ano passado.

EU ACHO QUE…

Photokano_02

Já deu para perceber que, infelizmente, Photo Kano não é um bom anime para eu assistir. Pode ser para você que esta lendo esse review, pois buscamos coisas diferentes ao assisti-lo. Cada pessoa tem o seu nível de suspensão de descrença e a definição de que algo seja bom ou ruim, pode soar diferente e gerar muita discussão.

A brincadeira que quero propor é a seguinte: Por que você assiste um anime? Diversão? Adquirir cultura? Passar o tempo? Independente da razão, o que assistimos define muito da nossa personalidade. Normalmente temos um conjunto de categorias que mais acompanhamos e nos mantemos nele. O motivo aqui muitas vezes fica subentendido nas escolhas das obras que acompanhamos. Se você só assiste anime Battle Shonen, isso pode estar relacionado a você querer se divertir.

Photokano_03Pouco pensamos nos motivos de continuarmos assistindo certos animes. Talvez a arte te interessou, o design dos personagens ou o cenário chamou a sua atenção. O plot da história é interessante e você esta curioso em descobrir o que irá acontecer. Os personagens são carismáticos, ou simplesmente a pura curiosidade.

O meu motivo de assistir Photo Kano é claro (os reviews para o Video Quest), mas quais motivos alguém teria para assisti-lo? O anime não é ruim, só é genérico demais. O traço do anime é básico, sem muita identidade. Os personagens são rasos (principalmente as garotas), que pouco demonstram personalidade e quando o fazem são contraditórios, pois agem de acordo com o que roteirista quer. Se o protagonista não gosta de tirar foto pervertida das garotas, por que ele não sai do clube?

Photokano_01

O motivo é simples: Garotas. Tudo é uma desculpa para mostrar o maior número possível de garotas interagindo com o protagonista. O ambiente escolar é perfeito para isso, pois se explora os clubes, as atividades e tudo mais, portanto é um prato cheio para você que quer ver um pouco de echii. As cenas são bem feitas, as fotos não são exageradas e há uma preocupação em destacar a “garota do episódio” com um giro em 3D no momento da foto. O único cuidado do anime é nesse momento.

Photokano_04O que mais me interessa ao assistir qualquer coisa são os personagens. Gosto de ver o desenvolvimento deles, a forma com que enfrentam as situações do roteiro e as consequências de seus atos. Geralmente boas histórias são feitas de um universo que responde diretamente aos atos de seus personagens, independente do seu propósito ou público. Photo kano não tem isso, por isso tenho dificuldades em acompanhar esse anime. Refleti tanto do porque não gostava do que via me fez pensar no que realmente busco nas obras: Bons personagens.

CONCLUSÃO

Assistir Photo Kano me fez pensar um pouco sobre isso e gostaria de ouvir a opinião de vocês. Portanto, entre na brincadeira também: “O que buscam ao assistir um anime? Por que não gostaram desse ou daquele anime?”

O que te faz assistir um anime? Cada pessoa tem os […]

31 thoughts on “VQ Review – Photo Kano – Ep. 03”

  1. Isso me lembra as eternas “discussões” que sempre tenho com o Urso. Eu assisto exatamente pelo mesmo motivo seu: personagens. Aliás, personagens e IDEIAS. “O que essa história quer me dizer?” é a pergunta que me move sempre assisto/leio algo.

    Já o Urso, normalmente, gosta de ver como a história cria um mundo, e o que é feito com este mundo. Quais as possibilidades daquele universo e tal.

    São ambas formas válidas, mas bem diferentes.

    (aliás… sou seu irmão, quero o seu bem, não precisa sofrer assim… se estiver tão merda assim, pode parar de fazer as reviews… hahahahahaha)

    1. O anime não é ruim, só não tem conteúdo. Dá pra assistir de boa, o clima é bobinho, mas p/ review fica complicado achar algo para escrever. É até um ótimo desafio. Pode deixar! XD

    2. kkkkkkkk… o anime é assistivel.
      a ideia de um fotografo no meio de um harem de garotas, me agrada um pouco. até porque eu também curto tirar fotos, e iria adorar tirar fotos de lindas mulheres (mulheres sempre são uma exelente inspiração…rs)

      meu unico problema com a serie, é com as garotas do harem. ja que elas vão ser o foco, poderiam te algo mais a apresentar. tirando a presidente, o restante das garotas ainda se mostraram muito rasas pro meu gosto.

      e sobre meu criterio, também sou parecido com o kitsune, avalio um anime mais pelos personagens e a ideia base da historia. somando isso mais a diversão prorpocionada, são os pontos chaves pra um exelente anime. um bom exemplo disso, é shingeki, que tem tudo o que me agrada.

      um bom romance também me agrada, quando é bem desenvolvido. mas não é obrigatoriamente necessario que tenha romance. até porque não gosto que a historia fique focada no romance.

    3. algum motivo em especial por vc se foca nos personagens Kitsune? tipo querer se senti no lugar deles, observar a reação dos personagens a determinadas situações! para aprender com as situações ou para admirar ou reprovar a resposta dos personagens!

      gostar de pensar nos personagens como se fosse seus amigos! ou estudar ou simplesmente se diverti com os tipos de comportamento!

      entender pontos de vistas diverso, entender a linhas de pensamento dos personagens!
      (neste parte eu adoro quando de um lado tem um personagem que defende: o fim justifica os meios, e o outro lado algum defende o mal necessário!)

      enfim…. o que faz vc gostar de personagens?

      1. Quase nada disso, xD
        Eu não sou de “me identificar”. Só acho que somos seres sociais, e se existem ideias, elas (em sua maioria) serão representadas por relações sociais e impressões subjetivas. Muito pode ser dito com o próprio mundo, mas gosto de ver como “pessoas” agem no tal mundo, e o que elas pensam.

        Acho mais difícil criar bons diálogos do que criar um mundo coeso. (opinião pessoal, feel free to disagree).

        1. Bom ponto de vista… eu gostaria de adicionar que quando gosto do cenário, eu gosto também de sentir que os personagens fazem parte desse cenário e mundo.

          Como eu disse antes, sou mais de cenário bem construído, do que personagens, porém em inúmeros casos as interações dos personagens com o mundo é que ajudam tornar o cenário mais coeso.

          Na verdade, vai um chutão. Prefiro buscar cenário legal, mas se tiver cenário legal e personagens ótimos então perfeito!

  2. Eu compartilho o interesse em assistir anime( ler, mangá e livros) para conhecer personagens novos, é apenas isso, e quando eles perecem orgânicos ou interessantes, com virtudes e vícios eu me fascino com a obra, e quando acaba, eu sinto saudade desses personagens, assim como qualquer outro amigo(a) real. Com mangá, anime e livros, eu não sigo a regra de “assistir apenas para passar o tempo”, apenas com vídeo games que eu abro exceção.

  3. “O que buscam ao assistir um anime?”
    Acho que depende muito do com que “cabeça” você esta indo ver um anime ou outro. Por exemplo se você for assistir “Ergo Proxy”, você primeiro lê a sinopse, vê algumas imagens e assiste ao trailer. Com essas informações você já tem uma ideia de “como” você ira ver esse anime. No caso desse exemplo (“Ergo Proxy”) eu assisti com a impressão de que seria uma história séria e cheia de detalhes. O que não foi o caso quando vi animes como “Furi Kuri!” que desde o começo sabia que não seria algo para se levar com seriedade, era apenas “comédia pastelão” que não merece uma analise séria.

    “Por que não gostaram desse ou daquele anime?”
    Pessoalmente, não gosto de animes do tipo “Photo Kano”. Porque o que me faz gostar de uma anime, ou de qualquer outra obra de ficção, é o “Objetivo” da obra.

    Gosto de me perguntar: Por que o altor criou essa história? O que ele quer dizer com essa história? Se ele (altor) não quer mostrar nada nessa história, ele deixa isso claro, ou tenta forçar um objetivo pouco convincente?

    Se eu vejo um anime que não tem “Objetivo” ou esse objetivo não me convence, parece forçado ou como no caso de Photo Kano, mostra um objetivo (ao meu ver) “vazio” digno apenas de hentais. Essa história então, não me atrai.

  4. Kaneda, você foi sensacional nesse review.

    O que eu busco nos animes? Eu gosto muito de ver histórias que me dêem sentimentos fortes. Seja um romance simples mas intenso, como Suki-tte Ii na Yo; ou um romance que te surepeende com o tempo, com um toque de misticismo e sentimentos muito fortes, como Clannad/Clannad;After Story. Mas também não deix o de gostar e muito de Battle Shonen’s que me façam pular da cadeira de emoção também, como Fairy Tail e Bleach. Então acho que é isso, pra mim um anime é tão forte quanto as emoções positivas que pode causar.

    ps: Kaneda, vc já assistiu Clannad/Clannad;After Story? Depois do seu Side Quest sobre Tonari no Kaibutsu-kun e os comentários de você curtir shoujo, acho que seria mt indicado pra você.

  5. Hahaha que dó cara… O que mais gosto é de uma boa história com bons personagens e que se saia bem no que se propõe a fazer. O que quero dizer não é que só espero assistir “Evangelions”, Paradise Kiss é um excelente romance/drama, FMA uma ótima aventura, GTO é uma comédia divertda… todos com excelentes personagens e com uma mensagem que vai ainda além do que é proposto inicialmente. A trilha sonora e arte acabam sendo mais um “plus”, mas que coincidentemente (ou não) todos estes trazem também uma grande qualidade técnica.

  6. Eu não tenho nada contra esse anime. É bem levinho, e tem umas imagens bonitas e umas meninas gostosas. É um ambiente gostoso e que tenta te deixar confortável ao assistir.
    Minha relação com esse anime é semelhante à que eu tenho com a música. Minha prioridade é ouvir heavy metal, assim como minha prioridade com animes é shonen de porrada e seinen, mas é gostoso ouvir uma bossa nova ou um jazz para relaxar de vez em quando. Para mim photo kano é isso, um passa tempo descontraído e sem conflitos. Então pegue sua cerveja, sua porção de amendoim e relaxe.

  7. Antes de começar, Kaneda, veja esse vídeo curto… os 5 estágios de uma girafa na areia movediça… me pergunto se tu não chegou no estágio da barganha. 🙂
    http://www.youtube.com/watch?v=aXKaH7uqQCA

    Okay, aqui vai minha opinião.
    Eu leio de quase tudo, tenho uma abrangência enorme de temas que leio. Eu não busco nada, na verdade… eu busco achar séries que me convençam do universo proposto, independente do tema.

    Posso citar como exêmplo, eu por padrão não curto esportes, mas Kuroko no Basket e Haikyuu são excelentes excessões. Não gosto de shoujo, mas as vezes surge um Last Game que consegue me fascinar.
    Como a maioria das pessoas, personagens são para mim muito importantes… porém eu não acho eles definitivos. Eu já lí histórias onde odiei 90% do elenco, mas curti o desenvolvimento do plot e a construção de mundo/universo (cof… cof… Toriko! … cof… cof).

    Eu poderia dizer que dois fatores são importantes para mim:
    1) Proposta – Se a proposta me parece nova ou inusitada, ou se alguma coisa alí desperta um pingo de interesse meu. As vezes a arte funciona como convite para ler a proposta. Muitas vezes me deparo com “Vou ler isso porque é impossível de eu gostar disso”… acontece…

    2) Construção/Universo – O quanto aquilo apresentado a mim é coeso. As vezes, pode ser algo completamente absurdo, mas contanto que esteja nas regras propostas pelo universo, isso se torna automaticamente interessante.

  8. Roteiro é fundamental, a arte secundária e trilha sonora é muito importante, mas não essencial. O que me atrai são histórias com alguma novidade, sem forçação e “profundo”.

    Por isso em geral, animes harém (ou que tem muitas meninas) não me interessam, pois até a comédia japonesa (único ponto que poderia me interessar em um harém) raramente me cativa (com poucas exceções como Angel Beats, que não é harém mas falo pela comédia). Aliás, é um problema que tenho com a maioria dos animes atuais, que são simples clichês ou forçações de barra muito forte. Chuunibyou é exemplo que pra mim começou muito bem (ser diferente e aceitar isso) e depois mudou drasticamente para a mesmice e forçação de barra (romance bem raso).

  9. eu assisti por todos os motivos sitados kaneda, tanto é que falei outra vez que basicamente assisto todos (ou quase todos) os animes das 4 temporadas do ano (antigamente eram 2 temporadas na épocas os animes padrão de 26 episódios)… 1º pq gosto de anime e não assisto TV a quase 4 anos e 2º por eu ser o data center de animes dos meus amigos por ser o único PC game do grupo…

    mas entrando na brincadeira, vamos por parte…

    sempre separei os animes que assisto por entre “animes sérios/top”, animes “bons/acima da media”, “animes seção pipoca/simples” ou media” e o “resto”…

    para eu colocar um anime como serio, é necessário que ele me exija o menor nível de suspensão de descrença possível, isso não é necessariamente o anime ser realista em relação a realidade, mas sim o anime respeitar sua PREMISSA que muda do mundo real e tudo aquilo que ela NÃO diz que altera do mundo real, que realmente não se altere… (nivel quase nulo de buracos de roteiro, ja vi o kitsune usar um termo em inglês para isso)

    Que a Física/química e coerência argumentativa e novas premissas sejam respeitas o máximo possível, e toda vez algo que NÃO deveria acontecer vier a acontecer que tenha uma argumentação que me convença, a Explicação NEM precisa ser realmente valida no sentido real, mas ao menos uma BOA IDEIA possível já basta. Em essência o mundo aqui tende a ser CINZA, não assiste conceito de BEM e MAL, ou Certo e ERRADO, mas sim MEU PONTO DE VISTA e o seu, minha verdade e a sua verdade…

    Alem disto, o anime precisa ser construtivo e me ganhar na sua linha de ideia, e geralmente OU o foco é no personagem (character driven) e sua revolução como pessoa ou o foco é em uma historia/ambiente/acontecimentos (story driven), ter lições de moral, criar debates sobre ideologias e pensamento.

    Psycho Pass é o ultimo grande anime de nível “serio” que passou! esta temporada tem bons animas mas ainda não estou convencido…

    quando penso em “bons/acima da media” eu não tenho tanto criterio em relação a seriedade do anime, o enredo sendo bom e eficiente como narrativa, me divertido, e tendo ao menos ALGO para se pensar e filosofar com a mensagem do anime acho que ja basta para ele ser acima da media… ate tolero os buracos no roteiro também ate certo nível… geralmente são animes que se LEVAM a serio mesmo não tendo gabarito para isso. em essência o mundo/historia aqui em horas é preto e branco e em horas é cinza.

    ja na seção “animes seção pipoca/simples” eu assisto pelo puro divertimento barato, pela comedia Involuntária ou voluntaria do anime, pelo ecchi ou pela belas imagens, pela tempo livre que eu tenho, ou simplesmente para ter assunto para conversar com a GRANDE maioria dos amigos/conhecidos que gostam de anime, pq a massa OTAKU se encontra mais aqui, os Battle Shonen em sua maioria se encontram aqui, o mundo aqui é colocado muito no PRETO e BRANCO, o lado bom o lado MAL, os personagens por mais CARISMÁTICOS que sejam, eles ainda tem uma essência muito preto e branco….
    O nível de suspensão de descrença aqui na no MAXIMO do MEU TOLERADO, eu aceito quase tudo ate certo pronto, basta me diverti um pouco e algo me chamar a atenção ou na ausência disto ao menos passe o tempo..

    o resto é o resto nem precisa explica….

    o Mais importante é que por mais que eu separe os animes assim, NÃO necessariamente um anime SERIO é superior no meu GOSTAR do que os demais, as vezes eu me vejo gostando muito de animes simples e nem me envolvendo tanto com obras de arte animesticas… mas o meu GOSTAR não porte de forma nenhuma me levar a confundi ou distorcer o nível da temática ou o nível de nível de suspensão de descrença do do anime (não confunda gênero do anime com temática).

  10. Eu assito animes/leio mangas acho que por tudo que é possivel. Eu gosto de personagens bem desenvolvidos, historias bem contadas, animações ou arte bem feitas, evolução dos coadjuvantes conforme o protagonista. Tudo isso me entretêm. Histórias rasas e personagens pouco desenvolvidos são muito tediosos pra mim. Ou quando a histórias tem coadjuvantes muito merdas e você depende só do protagonista, isso quando tem (por falar nisso, curti o tema do fala otaku sobre protagonistas.)

    Enfim, não tenho acompanhado photo kano, somente mushibugyo e SnK (por enquanto, vou começar a ver suisei no gargantia também) e os dois por influencia de vocês (Kitsune e Kaneda). Gostei dos dois, e de formas diferentes. Muito obrigado pelo canal e pelo vlog e continuem assim ^^

  11. Geralmente vejo um anime ou leio um mangá, ou em alguns casos jogo games por 1 motivo padrão, os personagens. Mas ao longo dos anos os conceitos mudam e por exemplo no Naruto, eu acho muito mais interessante o mundo ninja do que os personagens (e tbm pq os meus 2 persongens favoritos não aparecem há décadas), assim como em Deadman Wonderland, que o mundo na prisão, eu acho bem mais interessante que os principais.

    Porém ainda, leio One Piece, Evangelion, Fairy Tail, e alguns Hqs americanos pelos personagens. Isso sem falar de Gantz, Toriko, e Bersek por causa das cenas de ação. Depende muito da obra.

    Não pretendo assistir Photon Kano, por que pelo que li até agora no VQ, o anime não me interessou. Ao contrário de Mushibugyo que não levei muita fé pelas imagens, mas pelo seu review do primeiro episódio resolvi dar uma chance, e até hoje não me arrependo (O assassino dos 99 é um personagem muito interessante).

  12. Eu assisto animes e leio mangas, dependendo do que eu quero ver em determinada obra. Em certas obras eu assisto pelos personagens, porque eu quero ver o desenvolvimento deles, oque acontece com eles, afinal existem gêneros como slice-of-life que praticamente não tem um enredo para se desenvolver, nos vamos apenas acompanhar a vida dos personagens, nesses casos oque sustenta a obra costuma ser o próprio personagem.

    Em outras obras a historia é oque me interessa, onde mesmo que tenhamos personagens desenvolvidos de maneira ruim ou sem carisma se tiver uma boa ideia, um roteiro ou um mundo interessante eu assisto sem problemas.

    Acho que depende muito da obra em si, se ela tem uma proposta mais realista oque sustenta são os personagens, mas quando a obra é mais fantasiosa o mundo que ela cria é capaz de sustentar a historia por si só. Acredito que é necessário uma boa historia seja ela criada pelos personagens ou pelo mundo, precisa se uma historia interessante ou no minimo divertida.

  13. Eu curti Photo Kano por que as reações das garotas não são exageradas, como na grande maioria esmagadora de animês, seja Ecchi ou não, pelo menos nesse animê as garotas sabem que foi acidente, isso pra mim já foi o bastante para que eu tenha gostado do animê, já tava cansado dos acidentes dos outros animês, tipo do To love ru, é muito chato por que vc já sabe o que vai acontecer .a.

  14. Offtopic:

    Ei Kaneda, não tenho nenhum link pra ti, mas um contato meu muito confiável postou: “It is confirmed that Gantz is heading toward the ending.”

    Que tu acha da notícia?

  15. Cara que discussão mais besta ,ai assisto ou não serio
    gente, ta ai pra assisti eu não tenho nenhum filme ou Pokémon pra vê vo
    assisti, os outros eu vo tudo que eu conseguir assistir mesmo sendo uma merda ,
    ate porque curso de manha e escola a noite que tempo falta as pencas então
    discutir com alguém sobre o que assistir ou não é perda de tempo para mim eu prefiro ver peitos balançando as vezes , e fui chutado recentimente então ta dose pra mim.

    1. A proposta da brincadeira é justamente pra trocar ideias, pessoal se conhecer, coisas do tipo.

      O que cada um gosta/procura não influencia nos gostos dos outros, então participar da brincadeira é completamente facultativo.

      Also, o redator do post está interessado no que os leitores do blog se interessam. Eu diria que na pior das hipóteses isso serve para conhecer o público que frequenta, e saber que tipo de coisas são mais atraentes para esse público.

      Pesquisas são importantíssimas no mundo dos negócios. 😉

  16. começeia a assistir pelo review do 1º eps. mas no 2 já não tinha mais saco para ver, mas veio o 3º assisti
    bom já to nessa vamos lá, bem no 4º caiu a ficha mas que bosta,que venha o 5º eps. o 6, 7 bem sou masoquista e adoro anime.

  17. Eu vejo animes por dois motivos básicos: mundos interessantes o suficiente pra se fazer RPG, e motivações dos personagens. Gosto de absorver um pouco das resoluções e reflexões dos personagens para mim; é uma experiência mais ou menos interessante. As vezes eu vejo um ou outro só pelo fanservice ou pela comédia.

  18. assisto photo kano, por causa do clube de fotografias, todo episódio eles tem uma estrategia pra tiras fotos das meninas,cada um tem uma especialidade a uchida até fica invisível.quero ver se eles vão conseguir exercer o trabalho do clube mesmo o principal impedindo, realmente o principal até agora só atrapalhou o clube nun sei nen porque ele ta la

  19. Esse anime vai ser igual a Amagami SS, aonde vai se ter vários finais, uma para cada garota! Eu particularmente gosto de animes nesse formato, quero dizer o único que conheço nesse formato é o Amagami SS, por que deixa a historia mais completa e sem aquela sensação de que o personagem principal não passa de um bundão! Eu no começo desse anime estava com minhas duvidas, mas agora vou ver até o final! Parece que como Amagami SS, esse vai ser um anime que vai prometer! E ainda choto que pode ter um “PLUS” como o Amagami SS…

  20. Eu normalmente não “Dropo” animes, quando vejo um, tenho que ver até o final! Esse anime vai ter o mesmo formato de Amagami SS, onde cada personagem feminina vai ter o seu próprio final, eu acho esse tipo de formato legal porque cada personagem feminina tem personalidade própria e isso gera uma rota e eventos diferentes, na linha de Amagami SS acontece que quando uma personagem é conquistada tudo é “resetado” e um novo arco começa para outra personagem. Nada contra animes do dia-a-dia, na verdade eu acho até bom esse tipo de anime, sai um pouco da porradaria dos shonem’s. O lance ou a “manha” de ser ver esse tipo de anime e deixar juntar uns 3 episódios e ver tudo de uma vez… Acho que um ponto positivo desse anime é a trilha sonora! Muito boa! E tipo só saquei como seria o anime depois que ví o episodio 6 hoje! Força Danilo! Tem animes piores por aí! Tipo Queens Blade! hahahaha

  21. Acho que o problema não é do anime em si, nem de qualquer outro anime (independentemente de ser do estilo deste Photo Kano ou não).

    O problema está no posicionamento e no pensamento (na minha opinião, sem sentido) de uma boa parcela da fanbase de animes de que animes sérios (como Steins;Gate) são sempre bons e animes não muito sérios (incluíndo animes contendo ecchi e fanservice, como HOTD e este Photo Kano) são sempre ruins. Junte isso ao agravante de que dentro desta parcela do fandom temos pessoas facilmente influenciáveis, e nós temos várias pessoas que dão opinião para o anime mesmo não vendo nenhum episódio (mesmo alguns deles dão opinião negativa antes e mesmo assim assistem depois). No caso deste Photo Kano, ele se enquadra na categoria dos animes que não são tão sérios e isso por causa das várias cenas de fanservice que possui (que não são tão apelativas assim se compararmos com outros animes ecchi, tanto que não houve a necessidade de colocar efeitos para censurá-las) e por isso ele é duramente criticado por esta parcela do fandom.

    O que eu estou achando do anime em si? Para quem não sabe este anime é baseado na visual novel para PSP lançado pela Enterbrain, empresa que também lançou as VNs de Amagami e Kimikiss, que também ganharam suas adaptações para anime (e eu considero que estas adaptações estão entre os melhores animes de romance que eu já vi) e isso já bastava para eu hypar este anime antes da estréia. E por enquanto diria que este anime está me agradando muito, pela abertura, pelo clima de romance em alguns momentos, por ele ser realista e pela estrutura que o anime adotou. A história nos quatro primeiros episódios realmente não se desenvolve muito, porém a partir do quinto ela toma um rumo e o anime melhora, porque passa a adotar o esquema de arcos, como em Amagami SS, inclusive tivemos no sexto a conclusão de um dos arcos com uma das garotas (cada uma delas com uma personalidade diferente). Assim teremos no próximo episódio um reset (creio que partindo do final do episódio 4) para começar um novo arco. E como foi dito pelo Willian esse anime ajuda a sair um pouco dos animes mais manjados (casos de Naruto, One Piece, SAO e Shingeki no Kyojin). Então eu acho que você, Kaneda, devia dar uma chance para este anime, principalmente por causa dos episódios 5 e 6 onde as coisas melhoram.

    Ah, e eu também não dropo animes. Quando eu começo a ver um, eu também vejo até o final.

Deixe uma resposta