Video Quest 54 – Steins;Gate – El. Psy. Congroo.

banner 54

Olá, Aventureiros!

Conseguimos reverter as mudanças no espaço-tempo, e voltamos à Linha do Tempo Beta!
STEINS;GATE no Video Quest! WAAAHHH HA HA HA HA HA!!!

ACESSE:

Genkidama
Twitter @Video_Quest
Fanpage no Facebook 
E-mail: [email protected]

Twitter dos Aventureiros:
@LeoKitsune
@Fabio_O_Urso
@dnokaneda 

Olá, Aventureiros! Conseguimos reverter as mudanças no espaço-tempo, e voltamos […]

104 thoughts on “Video Quest 54 – Steins;Gate – El. Psy. Congroo.”

    1. Exatamente! Aliás, o Mangá de Bem-vindo à NHK está logo atrás do Leonardo Kitsune, um pouco a direita da cabeça dele, na estante. KITSUNE, VÁ LÊ-LO E FAÇA UM VIDEOQUEST JÁ! rsrsrrsrs

      Essa obra-prima carece de divulgação, muito hikikomori que vai descobrir que é.

  1. HAhaha, parabéns pessoal, muito bom!

    Queria parabenizar não apenas esse VQ como a preview postada antes também!

    Quanto ao gênero da série, ela é sim sci-fi, mas ela vai mais para o lado de Fantasy.
    Então, acho que o que vocês buscam para descrever a série é “Fantasia com elementos sci-fi”.

    Renan SHQ
    Porto Alegre – RS

    Idade: 23 anos

  2. so pra consta nao da pra da gostei quando quando o videoquest ta no genkidama então nao cobre pq nao vo abri o canal so pra da gostei vcs sao bos + nem tanto embora nesse eu vo faces pq esse foi muito bom o melhor d todos

    1. Translation (Tradução):
      “Só pra constar, não consigo dar um like quando o Videoquest está no Genkidama, e também não vou abrir o canal apenas pra dizer que gostei. Vocês são bons, mas nem tanto.

      Mesmo assim, dessa vez tive que fazer isso, pois esse VQ foi o melhor de todos.”

  3. Parabéns pelo Quest, ficou muito bom.
    Assisti o anime em 2011 e me lembrou que quando acabei, procurei um pouco mais sobre ele e suas referências, encontrei muita coisa legal sobre relatos de viagens do tempo, fotos, teorias da conspiração.

    Site sobre tudo referênte a John Titor:
    http://www.johntitorworld.com/

    Em vídeo:

  4. Vou dar MINHA OPINIÃO a respeito da definição de Ficção Científica:

    O que define se uma ficção é científica NÃO é o pano de fundo da história (viagens espaciais, tecnologia avançada, viagem no tempo, etc), mas o método usado para narrá-la. Para uma ficção ser científica, a narrativa deve seguir uma lógica científica; primeiro são definidas regras, leis, e a história se desenvolve a partir da interação dos personagens com essas leis.

    Isaac Asimov, mais especificamente em seu extenso trabalho sobre androides, é justamente o maior exemplo disso; todo o questionamento presente nos contos desta linha se dá através de uma articulação entre os personagens e as imutáveis Três Leis da Robótica.

    Seguindo minha definição, Steins;Gate é sim um Sci-Fi, pois todo o enredo e suas consequentes mensagens e questionamentos obedecem às muito bem definidas leis de “funcionamento” do espaço tempo (múltiplas linhas temporais, valor de divergência, etc). Já Star Wars, pra citar um exemplo, não tem nada de ficção científica; é uma Fantasia.

    No mais, ótimo VideoQuest. ^^

    Bônus: Aplique este conceito de Sci-Fi a FullMetal Alchemist (meu mangá/anime favorito, BTW) e veja como a Arakawa conseguiu fundir elementos de Sci-Fi e Fantasia de forma muito elegante.

    1. Não sei porque isto incomoda as pessoas se é Sci-fi ou adventure para nos isto não deve importa, o importante é que compartilhamos de uma bela estoria. como sempre falo não sou otaku sou amante de belas historias até hoje isto não teve um nome agora tem Sou Um Aventureiro.

  5. Meus gratos parabéns a esse VQ sobre uma obra de arte que é Steins;Gate. Ganharam meu like, compartilhar e um grande admirador do trabalho de vocês.
    Vou mandar um e-mail com algumas coisas referentes a Steins;Gate, mas no mais, wonderful work!

  6. Star Wars seria uma space opera, eu creio. Gostei do VQ, muito bacana aquela vinheta anterior também, não comentei lá por falta de tempo.

    Eu estava deixando Steins Gate para trás na minha lista justamente por que achava que era ficção científica pesada (eu gosto, mas acho difícil de acompanhar em japonês). Depois do esclarecimento do Urso, acho que vou arriscar assistir na minha próxima folga. =D

  7. Bem eu já assisti a um
    tempão, mas em minha opinião Steins acaba sendo como o batman , um párea
    aquele que faz escolhas não que agrada a
    todos , mas é o melhor para aquele grupo , a ilusão é importante um mínimo de inocência
    é importante para a criança e o adulto , assim eu continuo estudando e
    trabalhando e ainda sim tenho meu mundinho próprio, com Goku , Gatts , Steve
    rogers , DR. Doom, Gon,etc…, isto não
    ruim eu acordo todo o dia e me sinto um mínimo bem com migo mesmo e viajo em
    nossa realidade monótona e preta e branca ,Infantil sim mas dane-se o mundo 2.04325.

    1. Não vejo como trabalhar e estudar poderia afetar o nosso mundo próprio como anime mangas, literatura etc acho que o que deveríamos aprender com steins;gate é que podemos ser como somos e ainda manter o nosso lado serio. nem tão serio nem tão ilusório.

      1. Mas eu quis disser mais ou menos isto ,por exemplo meus
        amigos que discutem de politica comigo no meu curso são os mesmos que discutem
        sobre porque Hunter x Hunter demora tanto para recomeçar, ou meu professor de
        filosofia que adora superman e simpsons ,
        ja deu aulas com filosofia de filmes como Matrix e V de vingança, eu já
        passei muito tempo sem ler Hqs manga e muito menos livros, foi por causa de um
        certo site com dois imbecis que dão uma de critico de anime que eu comecei a ler
        assistir aprender compreender as coisas que eu via , quanto a afetar eu quero
        disser a falta de tempo para ver as coisas que te inspiram e você gosta e
        muitas coisas na trabalhar e estudar ate tarde, estas bobagens todas que nos
        faz perder a calma e o foco entendeu mais o menos.

        1. entendi, queria mesmo é discuti sobre isto até aonde nos podemos harmonizar o fantasioso com a realidade ou simplesmente os dois são harmonicamente proporcionais em nossas vidas? eu estudo, eu faço esportes , namoro mais sempre tenho um tempo para voltar as minhas raízes ver animes, ler livros e me sentir eu novamente e saber da onde eu sai será que esta também é a mensagem de Steins;gate?

          1. Acho que sim esta é a mensagem tenha um tempo para o
            fantasioso e um descanso do estresse mental que o dia a dia nos causa , acho
            importante isso porque muita gente tem um nível altíssimo de estresse mental e
            acaba tendo atos extremos apenas porque não tem uma fuga ou um descanso disto.

          2. realmente devemos nos lembrar o que somos e relaxar sem falar de relembrar o porque fazemos isso e a vida não seria só contas para pagar há muito mais além disto.

    1. Summer wars no final lembra/copia o filme de digimon, mas isso porque o criador trabalhou junto com o autor de digimon, ele é bom, só que eu acho Ookami Kodomo no Ame to Yuki do mesmo autor muito mais loko recomendo

      1. Ótimo cara, muito bão mesmo, a nível Princess Mononoke, que agradeço a vocês por terem me apresentado. Verei assim que possível, continuem com o trabalho foda! E espero 20th Century Boys no VQ, pois daria uma análise foda de vocês ^^

  8. Steins; gate cai em um relativamente pequeno gênero de anime onde muitos dos
    pontos da trama são adaptações de algum campo da ciência, neste caso a
    “teoria do caos”.
    Outros exemplos são Noein que se baseia na filosofia mecânica quântica,
    e Serial Experiments Lain que é baseado em inteligência artificial.
    Cerca de metade dos títulos de Steins; episódios Portão são referências
    diretas aos conceitos da teoria do caos, o mais importante o “efeito
    borboleta”. O efeito borboleta brinca que uma borboleta batendo suas asas no Texas pode causar um tufão 2 semanas mais tarde, em Tóquio.
    Essa é a premissa do show, que através do envio de mensagens de texto
    de 18 caracteres para o passado pode mudar dramaticamente o futuro.

  9. Vídeo Quest muito bom, só achei ele um pouco fã-boy.
    Steins;Gate é realmente bom, mas vcs só falaram coisas boas, esqueceram de falar por exemplo do ritmo lento, principalmente nos primeiros episódios (eu mesmo dormi em três deles), entre outras coisas.
    Senti falta também por vocês não falarem sobre o Jhon Titor que é algo importante pra se entender a história, inclusive ele é um personagem importante que vcs sequer mencionaram.

  10. Vídeo Quest muito bom, só achei ele um pouco fã-boy, mas enfim…
    Steins;Gate é realmente bom, mas vcs só falaram coisas boas, esqueceram de falar por exemplo do ritmo lento, principalmente nos primeiros episódios (eu mesmo dormi em três deles), entre outras coisas.
    Senti falta também por vocês não falarem sobre o Jhon Titor que é algo importante pra se entender a história, inclusive ele é um personagem importante que vcs sequer mencionaram.

    1. Bom, John Titor não era importante pra minha argumentação. E, quanto ao ritmo lento… vc viu ali no começo q eu disse q larguei S;G no começo, mas depois consegui me ajustar? Foi isso. Depois q eu me ajustei e entrei na história, não achei mais o ritmo lento. Aliás, os episódios passavam voando.

  11. Não esperava muito deste anime, comecei a ver e nem ligava, mais porque eu vi seu antecessor Chaos;Head um bom anime mais não me marcou, até eu começar a entender Steins;gate e juro que marcou minha alma de aventureiro, são poucos os animes ou mangas que me marcam como ex: yu yu hakusho, hokuto no ken, Shurato entre alguns o que me surpreendeu o anime me preender tando de um modo igual aos animes antigos que eu amava de coração. kitsune é impressão minha ou o ritmo de Steins;gate é igual ao dos animes antigos que passava muito mais conteúdo que imagens?

  12. Pequeno trivia:

    “Durante a série, o Okarin realizou três operações importantes, chamadas Urd, Verdandi e Skuld. Essas três deusas da mitologia nórdica são conhecidas como Nornas e, segundo essa mitologia, controlam a sorte, o azar e a providência (ou o passado, presente e futuro, em interpretação alternativa).

    A primeira a aparecer foi a operação Urd, que era a dos D-mails para mudar o passado. Urd é a guardiã do Passado, representada por uma criatura da raça humana de idade extremamente avançada. Dentro de suas obrigações está guardar os mistérios do passado não fornecendo as chaves dos segredos antigos.

    A segunda operação foi a Verdandi, quando o Okarin iniciou a série de pulos no tempo para tentar modificar o presente já alterado pelos D-mails. Verdandi é a vigia do Presente, encarna-se na forma de uma mãe e tudo que acontece é tecido por seus pensamentos. Ela representa o movimento, a continuidade.

    E a terceira e última é a Skuld, a guardiã do futuro, representada por uma virgem. Profecias e adivinhações estão relacionadas a ela. Skuld detém o controle de uma das maiores forças do universo: o Destino. A operação Skuld tem, então, o propósito de modificar o futuro caótico desencadeado pela Terceira Guerra Mundial.”

    Em nota pessoal, por fim, gostei muito de Steins;Gate e o anime me lembrou muito do LOST com sua estruturação narrativa não-linear, que apesar de ser algo complicado de se fazer de forma bem feita, foi desenvolvida com bastante competência em ambos os casos.

    E… Outro AMV legal centrado no Steins;Gate:

    1. interessante de fato é oque significa estas deusas mitológicas, passou batio para mim porque no inicio pensava que era tudo aleatório ele era maluco etc. mais uma coisa que me veio a cabeça, se Chaos;head, Steins;gate e o outro robot;”não recordo o resto” são de um mesmo universo qual são suas co-relações ou eles são idependentes como Dual paradox.

      1. Não discordo de você, mas considero que o agente ou a motivação da referência não seja tão relevante dentro da narrativa, assim como acontece na maioria dos casos em outras obras. Nesse caso mesmo ela poderia ter sido usada apenas como um título do episódio que ela conseguiria relativamente o mesmo efeito, que é o de prover ao espectador uma camada a mais de informação para situá-lo no contexto da obra (através de potenciais correlações temáticas ou o que quer que seja) e, além disso, dar um “payoff intelectual” àquele que prestou atenção e se motivou a aprofundar mais na série. Quando tal referência se mostra interessante, então, obtém-se um feedback positivo no qual o espectador se motivará ainda mais a investir sua atenção na obra referida, garantindo a perpetuação do seu consumo da narrativa até que esta atinja seu fim.

        LOST mesmo que eu mencionei no comentário anterior adorava fazer isso. Por várias vezes você era apresentado sutilmente (ou não) ao nome de uma obra cuja narrativa se ligava intimamente a temática da série no dado momento, provendo, então, pistas adicionais que ajudavam a desvendar o mistério em um escopo mais amplo. Na série, por exemplo, era relevante quem deixou uma edição do “A Tale of Two Cities” ou do “Catch-22” numa prateleira da estação Dharma? Não necessariamente, já que a apresentação deles por si só já te ajuda a fazer toda a analogia temática necessária para melhor esclarecer as circunstâncias dos eventos ocorridos dentro do contexto da série.

  13. fabio urso eo cara inteligente mas fabio urso tenho uma duvida o que vai acontecer com o eren se no manga 34 ele fica cego o skingeki kyoujin quem eo personagem principal

  14. Kitsune, tu coseguiste dizer em palavras (para Steins Gate) o que eu sinto por Code Geass suahsuhasua

    eu adoro Steins Gate e inclusive dei nota 9 no my anime list, mas eu quero mesmo é ver um VQ de Code Geass (que eu dei nota 10) uheuheuheueh

  15. VQ muito bom quando assisti o primeiro epsodio de Steins;Gate parei por ae mesmo pq ñ gostei muito, mais depois de ver esse VQ e acreditar no jugamento do VIdeo quest para obras boas com certeza vou dar continuidade e ver o que Steins;Gate tem de bom pra me oferecer… Video quest cada vez ficando melhor parabéns haa e estou esperando o vq de CODE GEASS que vocês enrolam tanto e nunca fazem.

  16. belo VQ, entra para o rank dos melhores que vcs fizeram! e a paixão pelo anime ajuda muito neste requisito!

    S;G é um grande anime, muito divertido, e com um humor mais “adulto”, como ja avia comentado antes, eu odeio humor japonês baseado em caras e bocas e em cenas surreais! e S;G não faz deste recurso! ele dentro de sua proposta se mantem serio e coerente!

    ótimos diálogos, para quem é fã de tecnologia também lembra que o anime S;G se passa em 2010 o ano de ativação do LHC (CERN) e isso de certa forma faz parte do anime!

    Kitsune vc esta falando de teoria de conspiração! valores de mudança! crescimento! e vc pediu um anime parecido! tenho que concordar o que aguem comentou! NHK ni Youkoso é o anime perfeito pelo seu pedido! ele tem absolutamente tudo que vc comentou que gostou em S;G, apesar de não executar ele de maneira tão brilhante como em S;G.

  17. Kitsune, algo aconteceu antes mesmo destes evento o okarin já tinha alterado o tempo no funeral junto com a amiga dele logo então eles não estão em sua linha original tem alguma informação estra sobre isso. mais uma coisa a alguma informação sobre como okarin conseguiu seus poderes paradoxais permanentes?

  18. Kitsune, não sabia onde postar isso, então resolvi postar aqui que é seu post mais recente. O formato do videoquest vai continuar sendo o de uma obra grande por mês, e tendo os sidequest para falar das obras menores, ou vai voltar a ser igual ao antigo que as obras que merecem destaque são do videoquest e as mais aleatórias ficam no sidequest?
    PS: Curti muito o videoquest do Steins;Gate, já tinha ouvido falar, mas nunca tinha me interessado a ponto de pegar para assistir. Valeu por me “apresentá-lo”.

  19. Okay Videoquest, fui olhar Steins;Gate. Na verdade, eu estava para ver faz tempo, e o VQ apenas deu um empurrãozinho.

    Ontem fui dormir as 04:00 tendo que trabalhar hoje, apenas porque eu tinha que ver como a série acabava.

    Muito bom mesmo, e finalmente pude ver os minutos finais do vídeo (do spoiler).

    Um ponto interessante do final do anime, é que tudo que ele fazia levava a ideia de “destino”, “imutável”, “inevitável”. Mas não é bem assim, no final ele mostrou também que é possível seguir mudar coisas sem criar a distorção temporal. Aliás, se pararmos pra pensar, o Okabe criou um linha de tempo nova. Ou podemos dizer que tudo que vimos “é a linha de tempo do Okabe”. Porque a história não tira ele do foco.

    Então é bem possível que os universos paralelos criados pelo Okabe realmente desapareçam após ele aplicar as correções, pois estas coisas deixam de fazer parte da realidade dele. É como um “garbage collector” do Java, aquilo que não é utilizado/necessário é apagado.

    Tem muitas coisas que valem pensar aqui, mas tem um pequeno quase-paradoxo que acho que não foi comentado pelo autor… ou pelo menos nos leva a crer que é um detalhe que no final não afeta o resultado:

    1) Okabe pega o brinquedo de metal para a Mayuri e depois vê a Christina morta (nessa realidade deduzo que ela esteja realmente morta).
    2) Isso acarreta todos os desenvolvimentos de viagem no tempo dele.

    3) Okabe volta para a realidade e mata a Christina, (ele do passado pegou o boneco de metal)

    4) O desenvolvimento 3) faz com que ele converse come ele no futuro que o manda para salvar a Christina

    5) Okabe faz com que o outro Okabe pegue um bonequinho de plástico dessa vez, então na realidade do boneco de plástico, o Okabe salva a Christina. Porém nesse caso, o outro Okabe fará todas viagens no tempo sem alteração… pelo menos até que…

    =====================

    – Aqui vamos dicutir teorias, o que acontece o Okabe da realidade onde ele pega o brinquedo de plástico:

    1) Okabe pegou um brinquedo de plástico pra Mayuri, então ele faz todas suas viagens no tempo.

    2) No momento que esse Okabe volta pra linha de tempo acima do 1%, ele não volta para sua realidade, pois se isso acontecesse, ele estaria numa realidade onde a Christina na verdade está viva. Então, temos que assumir que ele foi parar numa nova linha de tempo…

    =====================

    Aliás, isso nos leva a pensar que talvez o Okabe nunca tenha chegado acima do 1%, vi ontem, mas não lembro dele consultar o medidor de alteração temporal desde que este estava em 0,4%.

    1. Era isto que eu estava imaginando. vamos da nomes aos bois, a realidade em que Okabe pega o boneco de metal, o pai da cristina a mata por inveja, mais não explica como ele arrumou a viajem no tempo, chamemos de linha do tempo Alfa.
      – linha do tempo alfa –
      Por algum motivo okabe consegue descobrir sozinho como viajar no tempo, consegue os membros normais no laboratório sem aquela menina do celular, ninguém morre porque a organização não os descobriu, até acontecer a distopia.

      – linha do tempo Beta –

      Aqui é aonde começa a historia, a menina filha do hack viaja no tempo para tentar broquear a organização mais acaba no tempo errado, okabe consegue o boneco de metal, cristina morrer, mais a linha do tempo foi alterado fazendo okabe voltar, impedindo de cristrina de morrer pelas mãos do pai mais o boneco de metal ainda estava com ele garantindo as pesquisas da maquina do tempo.

      Nesta linha a mais alterações aonde okabe realiza junto com cristina só que a organização o descobre matando todos os seus amigos, a mais distorções no tempo e espaço fortalecendo e antecipando a distopia.

      – Linha do tempo Beta 2 –

      Restauração do tempo impedindo a distopia broqueando a organização e utilizando o boneco de plastico para no incêndio as pesquisas serem destruídas.

      aqui a outra distorção no tempo onde cristina não morre e o pai dela não desenvolve a pesquisa da filha.

      Ainda há

      – a linha do tempo Omega –

      Aqui eu chamo de linha do tempo original da onde sairão todas aqui aonde começa tudo aonde ouve uma distorção temporal no cemitério.

      – a linha do tempo tetra –

      aqui ouve tudo em harmonização com as mudanças feitas pelo okabe antes da morte de seus amigos.

      se a mais não me lembro mais provável existir ainda mais irei jogar steins;gates e descobri ou ler um detonado para saber.

        1. Sim sim, esclareceu bastante na linha beta 1 é a matriz das outras linhas é como se fosse a primeira, entretanto quando suzuha, voltou no tempo okabe criou mais uma distorção criando a linha do tempo dois, com o mesmo evento final entretanto christina estava com ele e algumas interverções assim okabe refaz alguns eventos antes distorcidos para poder voltar a linha beta 1 e criou a linha beta 3 interronpendo a distopia. sim sim isto é o que se retrata, o anime, mais tem algo além aonde o anime não da informações porque quando okabe era criança já ouve uma distorção temporal.

          1. Ah pois é!

            Essa distorção de quando ele era criança é a coisa que mais me fez falta no anime. Saiu um filme de Steins;Gate esse ano, espero que toquem nesse assunto.

            Outra coisa, referente ao desenho e nossa discussão, é que mesmo eu separando em várias linhas de tempo, eu acho que podemos considerar que final acaba tudo se tornando apenas uma.

            Eu acho que a linha 2, se torna a linha “Passado”, ou uma linha “Backup”. A linha 1 “desaparece”, pois entendo que o evento é refeito na linha 3.
            Mas ainda fica em aberto, se as ações do Okabe “Refazem” a linha de tempo, ou se as ações dele criam uma nova linha.

          2. ele sobre põe a linha do tempo, é como ele fizesse uma evento mais forte na linha do tempo 1, assim levando a linha a outro caminho como se broqueasse com uma represa e levasse para outro lado então á 1 é o inicio a base a 2 nunca existiu assim formando a 3.

          3. Alinha endiante depois da represa deixa de existir se deixa de existir a linha 2 nunca existiu, mais se a represa for quebrada ou seja tudo ocorrer de novo teremos um dejavu e um paradoxo já que ficaria eternamente se repetindo porisso o cuidado especial do okabe no final.

  20. Muito bom esse VQ mas, tenho que falar pra vcs que, a personagem “Chris”, foi inventada, pelo mesmo artista, que deu origen ao anime, “Black Rock Shooter” .Isso e so um aviso, e eu achei este VQ de mais.

  21. Eu discordo da analise é um só ponto xD, acho que a mensagem não é limitada a poucos generos, pois hoje em dia cerca de 97% das pessoas fantasiam, dessas uns 80% fantasiam muito….. “sonhos”…. quando está apegado a um sonho (diferente de objetivo) o individuo perde noção do seu raio de influencia, o caso comum mais comprovado, são casais, principalmente casais adolescentes recém apaixonados (culpa da dopamina)

  22. Assisti ao anime e no começo meio morno (acho que foram os 10 primeiros episódios) dei uma parada e fui acompanhar outras séries. Depois de alguns dias voltei a assisti e no episódio 12 houve uma grande reviravolta na trama, tornando-a, na minha opinião, muito interessante. Gostei de como o Okabe vai percebendo ao longo dos episódios seguintes que o que ele fez causou um impacto imenso para outras pessoas e de como cada vez mais ele vai ficando sério a medida que as coisas vão acontecendo, tipo, aquelas brincadeiras que ele fazia sobre organização, ele percebe que aquilo é uma realidade. A parte mais foda foi quando o seu eu no futuro manda a mensagem falando para ele enganar o eu dele no passado. Steins Gate passou a fazer parte do meu Top 10!

Deixe uma resposta