Dagashi Kashi – Primeiras Impressões

Um novo anime de comédia ou uma jogada de marketing de uma empresa alimentícia? Desvende o que é Dagashi Kashi aqui no Gyabbo!

Luck-and-Logic-282x400A temporada de inverno de 2016 já começou! Geralmente, a primeira temporada de animes de cada ano, em janeiro, tem a fama de ser a mais fraca, mas há que se dizer que desta vez o buraco está realmente fundo. Sem grandes promessas e com diversos títulos genéricos e desinteressantes, temos a impressão de que quase nada está estreando, mas a verdade é que nada se destaca fortemente. Em meio a tantas estreias fracas, Dagashi Kashi, que é adaptação de um mangá, aparece como algo provavelmente promissor, mas será que pode ser uma boa surpresa?

A sinopse é a primeira boa impressão que podemos ter, já que parece fugir um pouco dos roteiros colegiais ou lutas com magia que vemos em grande parte dos animes atuais. Na história conhecemos a loja de doces Shikada, situada numa cidadezinha rural do interior e chefiada por Shikada You e seu filho Shikada Kokonotsu. O pai de Kokonotsu vive insistindo para que ele assuma os negócios da família, mas o sonho do rapaz é se tornar um mangaká famoso, mesmo não tendo talento para isso. Num dia qualquer, uma moça bastante peculiar aparece na loja em busca de You, e diz que ele é uma lenda viva do ramo de doces. O nome da garota é Shidare Hotaru, herdeira da Shidare Company, uma das maiores empresas de doces e petiscos do Japão e ela quer que o pai de Kokonotsu trabalhe para ela. Por algum motivo, You impõe uma condição para isso: Ele entrará para a Shidare Company se Hotaru conseguir convencer Kokonotsu a assumir sua loja de doces e seguir com os negócios.

Dagashi 2

Em primeira instância, vemos a abertura logo de cara, o que é bastante difícil de acontecer na maioria dos animes de hoje em dia. A música é a animadinha “Checkmate!?” da cantora Michi, mas ainda assim não passa uma identidade ao anime. A trilha sonora também é fraca, mas os dubladores conseguem fazer um trabalho digno que salva a parte sonora da produção. O design do anime é ligeiramente diferente do habitual e nisso sim, não se pode reclamar de identidade. Cada personagem é facilmente reconhecível e com personalidades bastante definidas, principalmente a moça loira da cafeteria que é um show à parte! Shikada You também tem um visual bastante forte e interessante, assim como seu dublador que rouba a cena o tempo todo.

A qualidade da animação é razoável, com cenários bonitos, porém simples. Conseguiram passar uma simplicidade imporante visto que se passa em uma cidade rural, mas ainda assim a paleta de cores está bem viva, dando um contraste interessante. O trabalho do estúdio Feel foi competente, apesar de suas produções não estarem chamando atenção recentemente.

Quanto à qualidade do plot, não se pode dizer o mesmo. Em meio a paródias de outros animes como um “meteoro de pégasos” e algumas piadas simples, somos bombardeados por propagandas de doces e salgadinhos e isso tem um propósito! Não é porque se trata de uma loja de doces não, mas sim por se tratar de um anime baseado em alguns doces que são vendidos na realidade por algumas empresas de doces e petiscos como a Riska, que criou um petisco chamado “umaibo“, uma espécie de salgadinho (Parecido com o nosso Cheetos) que combina diversos sabores inusitados.

Dagashi 3O estranho disso é que a história de convencer o Kokonotsu a assumir a loja é esquecido alguns minutos após Hotaru fazer a promessa, pois ali ela começa a ver os doces da loja e comer incontrolavelmente o resto do episódio, e a cada coisa nova que ela come, faz uma publicidade que deixa a TecPix e a Iogurteira Top Therm no chinelo! Conhecemos o que é o tal umaibo, já explicado acima, mas também conhecemos umas balas de café, umas rosquinhas em tamanho mini que vem numa embalagem com quatro unidades, e também uma espécie de batata frita tamanho família, ou sei lá o quê… E o Kokonotsu? Ah, ele entra na onda e fica maravilhado com aquela estranha apresentando os doces que o próprio pai dele vende, mas que inexplicavelmente, ele não sabia que existiam. Tudo é muito jogado e parece que vai ser um anime puramente comercial com algumas piadinhas para não parecer um canal Polishop sobre doces.

Infelizmente isso é meio relevante nessa temporada de animes, já que com tanta coisa fraca, Dagashi Kashi tem algumas piadas razoáveis e pode servir para quem não tem nada de bom para assistir. Só que para quem já tem alguns e encontrou as poucas pérolas dessa leva ou ainda está preso a animes das temporadas anteriores, talvez Dagashi Kashi não acrescente em nada para você. Você vai dar uns dois ou três sorrisos ao longo do primeiro episódio e só. Ah, e a promessa da prévia do próximo episódio é de apresentarem “palitos kinoko” e “cerveja namaiki”… Se quer saber o que são essas coisas, manda bala, mas eu não tenho interesse em assistir um Polishop Bomboniére genérico.

Dagashi 4

Um novo anime de comédia ou uma jogada de marketing […]