Comet Lucifer – Primeiras Impressões

Uma cidade de mineração, cristais que brilham, casamentos arranjados, um protagonista transgressor de trânsito, uma menina de cabelo azul e… Mechas… Venha com a gente tentar desvendar Comet Lucifer!

Guia-Completo-Temporada-de-Outono-20151Com um nome chamativo e um trailer misterioso, que foi apresentado com cenas de storyboard e mais tarde trocado pelo oficial, Comet Lucifer estreou nessa temporada prometendo uma história bastante interessante. O anime é uma ideia original criada pelo estúdio 8bit que já tem uma certa gama de animes no gênero mecha com garotas bonitinhas como IS: Infinite Stratos, Aquarion Evol e Absolute Duo. O diretor também é o mesmo desse último, Nakayama Atsushi, que também já possui uma certa experiência no gênero. Então, prometendo 12 episódios Comet Lucifer chegou para arrasar! Será?

A princípio temos um rapaz dentro de uma cratera procurando por cristais. Sim, este é Sogo, nosso protagonista, e a cratera fica bem no meio da cidade de Jardim Indigo. Paralelamente a isso, temos um senhor idoso dizendo algumas palavras que parecem ser uma profecia ou algo do tipo e que não fazem muito sentido de início. Enquanto vemos a cena de Sogo escavando e ouvimos o velho declamando as tais palavras, um cometa rosa desce em direção a cratera e acerta o rapaz em cheio.

Quando Sogo se levanta do impacto, está com um cristal misterioso em mãos. Ele corre para a cidade para analisá-lo, o que dá início a cenas de ação frenéticas do jovem e sua moto planadora quase atropelando diversas pessoas, se metendo numa perseguição onde tem que ajudar uma garota chamada Kaon a fugir de um rapaz para quem ela foi oferecida num casamento arranjado. Não se perca, é isso mesmo que você está lendo! Após a perseguição, eles caem de volta na cratera. Um terremoto acontece, revelando um cristal gigantesco que explode em mil pedaços ao entrar em contato com o pedaço que Sogo possuía. Então de dentro sai uma jovem desmaiada que cria um mecha no ar.

Comet Lucifer 2É curioso que em nenhum momento nos é apresentado o que está acontecendo nesse universo ou quem são aqueles personagens e qual a relevância deles para a história. Não nos é explicado o que são os cristais e porque eles existem. Chega ao cúmulo de não explicar quem é a tal Kaon, se é amiga ou conhecida de Sogo, muito menos as pessoas que a perseguem. Será que todos ali se conhecem?

Comet Lucifer tenta nos pegar pelos mistérios criados em volta desse universo e o faz de tal maneira, deixando tantas questões sem resposta que parece até que não nos apresentou nada. Não existe nenhum tipo de diálogo expositivo, nem explícito e muito menos nas entrelinhas. Tudo é jogado como se você já fosse familiar a todo o contexto da história e apenas estivesse vendo pessoas que você já deveria conhecer, fazendo coisas que você deveria achar normal, certamente uma péssima escolha para iniciar a série.

Comet Lucifer 3Temos sim um visual bonito, com um bom character design que peca apenas na aparência do protagonista que é bastante simples e genérica, mas os cenários são impressionantes e bastante detalhistas. As cenas de Sogo correndo com sua moto e passando entre as casas é de deixar qualquer um boquiaberto e contracenam muito bem com a trilha sonora. A batalha apresentada entre mechas também é bem executada com uma animação bem fluida, com um trabalho eficiente de luzes e sombras, especialmente nas cenas dentro da cratera.

Tudo isso transforma a produção de Comet Lucifer em algo de dar inveja a muito anime por aí, uma pena que não tenha sido bem apresentado. Mesmo após 25 minutos de episódio, ainda não é possível dizer quem é Sogo ou como funciona seu mundo. Isso não significa que não será bem explorado nos próximos, mas a função que deveria ser do primeiro episódio, que é ambientar quem está assistindo, foi falha com certeza.

Comet Lucifer 4

Uma cidade de mineração, cristais que brilham, casamentos arranjados, um […]