Tanaka-kun wa Itsumo Kedaruge – Primeiras impressões

Ao contrário de todos aqueles personagens esforçados que salvam o mundo por nós, Tanaka-kun wa Itsumo Kedaruge é um anime sobre um preguiçoso como eu e você. Confira as primeiras impressões aqui no Gyabbo! 

Tanaka-kun wa Itsumo Kedaruge está sendo produzido pelo estúdio Silver Link com a direção de Shinya Kawatsura (.hack//Gift; Kokoro Connect; Non Non Biyori) e adapta um manga homônimo de autoria de Nozomi Uda.

A história narra o cotidiano da vida de Tanaka, um garoto que é muito preguiçoso, vive dormindo em qualquer lugar, principalmente nas aulas, e se esforça ao máximo para fazer o mínimo de esforço possível, por mais paradoxal que isso seja! Seu amigo Oota está sempre do seu lado apoiando o seu bizarro estilo de vida, ao mesmo tempo que tenta fazer com que ele se mexa um pouco mais.

tanaka01

Nesse primeiro episódio, pouca coisa acontece. Vemos, sob o ponto de vista do Oota, a vida de Tanaka, não saindo muito da premissa citada acima. Na primeira parte, nosso protagonista preguiçoso está se queixando que seu braço dói quando fica muito tempo apoiado, portanto, decide participar da educação física para poder ficar forte o suficiente para poder relaxar o quanto quiser sem adormecer nenhuma parte do corpo, mas as coisas acabam não saindo do jeito que gostaria. Na segunda parte, seu amigo Oota percebe várias atitudes estranhas de Tanaka e desconfia que algo está errado, o que será?

A séria é um slice of life recheado de comédia e alivio cômico bobo, o que equilibra sua falta de enredo. Não há um desenvolvimento ou o cheiro de qualquer conflito até então que possa te envolver, mas, ainda sim foi interessante acompanhar a rotina desse bicho-preguiça.

 tanaka02

Seu maior problema, no entanto, foi sua duração. Vinte e cinco minutos o tornou cansativo de assistir. O estilo que a direção propôs levou tudo em um um ritmo muito desgastante, tornando as piadas repetitivas de maneira bem rápida. E olha que estamos falando apenas do primeiro episódio! Talvez um formato mais curto, uns 10 minutos no máximo, fosse uma escolha mais apropriada para proposta de Tanaka-kun.

Se o pacing é um problema na hora de preencher todos os minutos, seus personagens são bem divertidos, cativando-nos facilmente. A dupla principal possui uma dinâmica um tanto quanto bonitinha e a maneira com que Oota se preocupa com Tanaka é sem dúvidas algo muito fofo. A partir da interação entre eles pode se perceber que Tanaka-kun wa Itsumo Kedaruge foi feito para agradar o público feminino utilizando-se de elementos clássicos para chamar a atenção, como demonstrar um lado mais sentimental e sensível o tempo todo.

Com uma animação movimentada e cenários bonitos, Tanaka-kun wa Itsumo Kedaruge não foi um anime ruim, mas poderia ter sido bem melhor, ainda que consideremos unicamente sua proposta.

Sobre Karolina

Técnica em comunicação visual, 20 anos, mora em São Paulo. Desde
criança conviveu com animes na sua vida, mas só se interessou mais a fundo na 7ª serie do fundamental e está até hoje presente em sua vida. Fangirl de shoujo, animações clássicas e psicodélicas, também é fã de carteirinha de Evangelion e Noragami.
Twitter: @KarolFacaia

Ao contrário de todos aqueles personagens esforçados que salvam o […]