Os Dez Mangas Mais Vendidos de 2012

O poder do anime.

2012 ainda não acabou, mas o ano fiscal japonês já – e como mostra o parceiro Anikenkai, as editoras já estão trabalhando como se 2013 fosse. Assim, por que não vemos quais os dez mangas mais vendidos de 2012, pelo critério de volumes vendidos? A lista, que cobre o período entre 21 de Novembro de 2011 e 18 de Novembro de 2012, simples, eficiente e sem mais delongas como sempre, abaixo:

1 – One Piece [Eiichiro Oda/Shueisha] | 23.464.866
2 – Kuroko no Basket [Tadatoshi Fujimaki/Shueisha] | 8.070.446
3 – Naruto [Masashi Kishimoto/Shueisha] | 6.495.240
4 – Uchuu Kyoudai [Chuuya Koyama/Kodansha] | 5.413.899
5 – Fairy Tail [Eiichiro Oda/Kodansha] | 4.128.665
6 – Kimi ni Todoke [Karuho Shiina/Shueisha] | 4.039.715
7 – Gin no Saji [Hiromu Arakawa/Shogakukan] | 3.603.710
8 – HUNTERxHUNTER [Yoshihiro Togashi/Shueisha] | 3.439.839
9 – Magi [Shinobu Ohtaka/Shogakukan] | 3.437.182
10 – Bakuman. [Tsugumi Ohba e Takeashi Obata/Shueisha] | 3.211.191

Um [One Piece], dois [Naruto], três [HUNTERxHUNTER], quatro [Bakuman.], cinco [Kuroko no Basket] mangas da gigante Shounen JUMP na lista – pelos motivos em sua maioria corretos é a grande revista da área e estende seus domínios inclusive para as vendas de volumes. One Piece, Naruto e HUNTERxHUNTER dominarem é a constante há quase uma década; assim, o que chama a atenção é o fato de Bakuman. e principalmente Kuroko no Basket – que assusta por estar nada mais nada menos que na segunda posição, muito a frente de Naruto – estarem presentes na lista.

Se o fim do manga [e o do anime também está muito próximo] contribuiu para que alguns fossem as lojas simplesmente completar a coleção completa, o segundo destaca melhor o fato destas cinco obras serem justamente as que que tiveram a chance de brilhar em versões animadas. O que inclusive pode ajudar a explicar o sumiço de Bleach, Gintama e Katekyo Hitman REBORN!.

E se em outros anos Ao no Exorcist e Toriko venderam horrores beneficiados pela versão animada que mesmo no Japão acaba sendo mais consumida que o original [mesmo One Piece e seus três, quatro milhões de volumes vendidos fica pequeno perto dos dez por cento de audiência televisiva que atinge], em 2012 foi a vez de Magi e Uchuu Kyoudai [este, o incrível e único seinen na lista, também beneficiado por um filme com atores reais] darem o ar da graça e surfarem no já famoso efeito anime – isso mesmo sem a série arrebatar os consumidores de discos e otras cositas más que garantem a sempre sonhada Segunda Temporada.

Vale apontar que apesar de para alguns o efeito anime ser passageiro, outros se beneficiam a ponto de nunca mais sair da lista dos mais vendidos – e Fairy Tail e Kimi ni Todoke, amados por uns, odiados por outros, sempre procurados por muitos, permanecem ali, simples, eficientes e muito populares em suas fórmulas de sucesso e carisma.

Por fim, a exceção que confirma as regras e ao mesmo tempo fascina: se Bakuman. deve muito de sua fama ao dos mesmos criadores de Death Note, Gin no Saji, o novo manga de Hiromu Arakawa [FullMetal Alchemist], simplesmente tomou de assalto a Shounen Sunday e desbancou o próprio Magi e Meitantei Conan para ser o principal pilar da revista mesmo contando a história que passa em uma escola de agricultura, mesmo ainda não tendo anime. Ainda.

O poder do anime. 2012 ainda não acabou, mas o […]