VQ 04 – Leitura de emails e comentários + Mini Video-Quest


Leitura dos e-mails enviados para 
[email protected], e dos comentários feitos aqui no blog e no Youtube.

Leitura dos e-mails enviados [email protected], e dos comentários feitos aqui […]

One Piece 618 – Proposta

Este capítulo começa com um velho clichê do shonen, uma idéia muito forte de que o grupo é mais importante que o individuo. Assim o vilão sacrifica um de seus soldados para benefício próprio, enquanto o herói sacrifica a si mesmo. Bonito; serviu pra mostrar Hodi e seus “homens” que eles não são aquele grupo unido que pareciam ser. Mas é bastante clichê, e ser óbvio é meio chato.

Eu devo admitir que a facilidade com que os vilões foram derrotados me surpreendeu, em apenas um capítulo os vilões haviam sido derrotados; o que quase me faz pensar que aquele arco de treinamento realmente foi algo mais que uma desculpa para mudar as roupas e incluir aquela cicatriz à la Sagat que o Luffy ganhou (aliás, pensando bem, porque o Zoro não usa tapa olho? Ele é um pirata, afinal…). Ou seja, eles ficaram, de fato, fortes.

Eu acho que isso foi uma boa saída para esse arco: eliminar um vilão pouco carismático e outro cujo carisma vem de um vilão que não é exatamente popular. Ainda veremos o que o Jinbe quer, e provavelmente vamos descobrir alguma das histórias secretas. Mas sejamos sinceros: quem acha que isso acabou aqui? Claro que me surpreendi pela facilidade, mas logo me veio a mente a mensagem do Jinbe; então, sim, garotos e garotas, semana que vem temos mais lutas, fiquem tranquilos.

Alias a passividade da Princesa Moe é um saco. Ela não tem atitude nenhuma mesmo. Isso até pode fazer sentido pelo contexto, mas ainda sim me irrita ver uma pessoa assim tão sem vontade. Pronto, desabafei.

Ps: Vou ser justo aqui; eu acho que Usopp realmente evoluiu como personagem no arco de treinamento, mas só.

Este capítulo começa com um velho clichê do shonen, uma […]