Tag Archives: Steins;Gate

Melhores Animes de 2011

Melhores Animes de 2009

Melhores Animes de 2010

Pelo terceiro ano seguido [sendo o primeiro aqui no Nahel Argama] publico uma lista dos dez melhores animes exibidos no ano que se passou que sim, pode ser profundamente pessoal, mas que em grande parte reflete o que foi produzido de positivo no Japão com lançamento em qualquer forma de mídia entre Primeiro de Janeiro e Trinta e Um de Dezembro de 2011.

Claro que longe de assistir tudo, pode ser que considere que faltou algo. Natural, até porque a diversidade de gostos entre as pessoas que curtem anime pode ser bem grande – mas nesta lista que mais do que nos anos anteriores acabou refletindo o gosto popular [até porque faltou um Kemono no Souja Erin ou HeartCatch PreCure! em 2011] também demonstra que animes divertidos, de DOG DAYS a THE [email protected], no geral não passaram muito de – sim, bom – entretenimento a ser consumido na velocidade de um fast food.

Bem, já falamos demais para uma introdução, não é mesmo? Hora de conhecer os dez melhores de 2011. Continue lendo

Melhores Animes de 2009 Melhores Animes de 2010 Pelo terceiro […]

Steins;Gate

Origens: Do Jogo Ao Anime

Ao contrário do fracassado anime de Chaos;Head, a Visual Novel original fez sucesso o bastante para a ideia de repetir-se a parceria entre as produtoras 5pb e Nitroplus prosperar desta vez em Steins;Gate, que confia na história o suficiente para não ter cenas de sexo nem múltiplas rotas desenvolvidas para o leitor literalmente escolher qual das garotas gostaria de transar. Apesar de ser um novo jogo que aproveita o hype do antecessor para vender, o que é mantido é o espírito, sendo o máximo que acontece são alguns cameos de personagens de C;H em S;G, cuja história ocorre um ano após os acontecimentos do primeiro jogo.

A principal mudança que vale ser citada aqui é o envolvimento de huke [Black Rock Shooter] no character concept da série, excelente sacada de marketing que pode ter atraído os executivos da Kadokawa dispostos a financiar um anime baseado no jogo lançado para XBOX e PC em 2010 – e apesar do baixo orçamento do qual falaremos adiante, algo essencial [muito para o bem, mas um pouco para o mal] cuja falta foi um dos motivos da ruína do inicialmente intrigante Chaos;Head foi obtido: a garantia da exibição em dois cour, ou 24[+1] episódios. Assim, havia a possibilidade de tempo para desenvolver uma história na medida certa para fisgar o espectador, sem qualquer pressa. Até demais. Continue lendo

Origens: Do Jogo Ao Anime Ao contrário do fracassado anime […]