Ghibli na TV – Sanzoku no Musume Ronja

Yo!

Novidade boa! Bora ver!

A Poligon Pictures anunciou que está fazendo um anime para o canal de TV estatal NHK e pro site de streaming Dwango. A empresa gringa é conhecida pelas animações “Transformers Prime” e Star Wars:Clone Wars” mas recentemente adaptou o mangá mais recente de Tsutomu Nihei, Knights of Sidonia.

NETFLIX CRUNCHYROLLIZANDO: SIMULCAST DE ANIME

Em sua segunda investida no mercado japonês de animação, eles sacaram o braço esquerdo do Exodia e colocaram na mesa Goro Miyazaki, o herdeiro do homem! O diretor de Gedo Senki e Kokurikozaka Kara é filho de Hayao Miyazaki e após o anúncio da aposentadoria do oscarizado, era cotado como o novo homem de frente do estúdio Ghibli, já que Takahata, o outro gigante de lá, já não tem ritmo e se muito vai fazer mais um filme depois do atual.

Sanzoku no Musume Ronja (Ronja, filha de ladrão, na versão de Portugal) é uma adaptação do livro infantil da escritora sueca Astrid Lindgren. Na história, Ronja é filha de Mattis, o líder de um grupo de ladrões que vive em uma metade de um castelo partido ao meio. A outra metade é dominada pelo bando de Borka, um grupo rival.  Ronja conhece por acaso Birkis, filho de Borka, e viram grandes amigos, pra desgosto dos pais. Para continuar a amizade, os dois fogem para uma caverna, e passam a viver por conta própria. Enquanto isso, Borka e Mattis decidem se entender para encontrar os filhos.

Apesar de ser uma produção da Poligon Pictures, o estúdio Ghibli vai estar nos créditos como co-produtora. É a primeira vez que eles fazem uma série para a TV, já que seu foco sempre foi na produção de longas para o cinema.

A série estreia no Outono deste ano, no Japão.

Fonte: AnimeAnime

O que eu acho? Revolução na Ghibli? O que é isso, foi só o velho sair que o moleque tá mudando todas as prateleiras da loja, é?

Bem, mas é uma boa mudança. Acho que o foco em filmes funcionou no estúdio porque os dois únicos diretores que havia na época podiam fazer só filmes e bancar tudo. A nova leva não tem o nome e prestígio de Takahata e Hayao Miyazaki, ainda precisam tomar muito leite pra crescer no mercado. E talvez fazer séries pra TV seja uma boa. Foi a escola das duas lendas também, não deve fazer mal pra Goro e nem pros outros novatos.

A história parece ser uma mistura de Lagoa Azul (clássico da Sessão da Tarde) com Romeu e Julieta, mas se for com um toque de Ghibli, espero que seja um anime bem vivo, movimentado, quem sabe lembrando o passado do estúdio, com Nausicaa, Laputa… Eu acharia demais, falta esse tipo de desenho pra crianças na TV, só tem coisa de retardado hoje em dia. Mesmo os mais divertidos parecem dar tela azul na cabeça, me sinto idiota vendo desenho com o meu sobrinho.