Mangá Quest – Chobits 01, Assassination Classroom 05, Magi 10, Kuroko no Basket 10

CLAMP… e não é shoujo! Chobits 01!
Surge um assassino! Assassination Classroom 05!
Dungeon de novo! Magi 10!
Novo poder… não, hoje não! Kuroko no Basket 10!

CLAMP… e não é shoujo! Chobits 01! Surge um assassino! […]

345 thoughts on “Mangá Quest – Chobits 01, Assassination Classroom 05, Magi 10, Kuroko no Basket 10”

  1. Eu queria já ter lido os mangás do mês, mas ainda preciso terminar o livro que estou lendo (os filhos de anansi), triste, não poderei opinar nesse programa(nunca fiz comentário úteis mesmo)…

  2. Kushina, eu adorava quando comentavas sobre Haikyuu. Sei que a vida esta complicada mas espero que algum dia possa fazer um vídeo sobre o manga ou o anime. Boa sorte.

  3. A saga do manga “sailor moon short story” chegando a cidade da kushina,deve dar uma historia mais interresante que kuroko no basket inteiro

      1. o povo acha estranho que eu ando olhando pro chão, mas já consegui um real de moeda so com o que acho no meio da rua, por coincidência a maioria tá na saída da minha universidade… Acho que tem um bom samaritano jogando moedas pra mim!!

  4. Uma amiga minha queria que eu assistisse chobit pq é o anime que ela ama, mans quando ela me contou do “botão de ligar” minha reação foi “NAAAAAAAAAO!!!!!!”

      1. Esse microfone não é ruim a questão é que você não precisa ficar com o microfone muito perto da boca. Um bom exemplo é o Kitsune no final da live afastando o microfone dele para a Kushina e ainda dá para escutá-lo.

  5. Chobits é sobre um muleque punheteiro que quer transar com uma boneca? Pessoal, isso claramente é um mangá sobre a infância do Urso com a boneca da mônica.

  6. Hoje não vou assistir, só passei pra deixar Boa noite pra todos e dizer que esses volumes de Magi e Ass Class (Classe da Bunda kkkkkkkk foi mal…) estão muito legais. E sim, concordo com o Kaneda, o Koro-Sensei, o Nagisa e o Karma são os únicos da classe E que me importam ^^

        1. Eu estava especialmente envergonhada hoje! n///n” Tipo, se repararem eu estou cor-de-rosa o vídeo todoooo rsrs Aí falei menos, espero.. Porque quando falava, estava insegura.. ;-;

  7. concordo sobre a estrutura episódica de Ass. Class., que só gosta quem comprou, PORÉM, eu acho que à longo prazo, acho que o autor está planejando um grande arco. Ele já fez isso em Neuro, com a mesma estrutura episódia, até que ele fez a saga Hal, uma das melhores que a Shounen Jump já teve.
    Outro porém: Assim como House, mesmo preso nestas estruturas episódicas, ele tem um desenvolvimento de personagem. Neste caso, do Nagisa (vibro com as cenas de ação dele) e do Koro-sensei

    1. Assim como em House, sutilmente, o personagem principal se revela muito mais complexo que somente um cuzão, Nagisa evoluí, não como assassino, como alguém que está descobrindo o que é

  8. Assassination Classroom tem fórmula, mas eu acho que no futuro isso deixará de existir.
    Estou lendo conforme vai sendo publicado, mas como tem 14 volumes no Japão e por enquanto cada volume é um mês, espero que a fórmula seja abandona em algum ponto.

    1. Sabe quando a professora fica meia hora (literalmente) copiando no quadro? Enquanto isso, fico lendo. xD Então copio tudo em 5min, pra voltar a ler em seguida. rsrs

      1. Isso sim que é saber ser experta e rápida ein, eu também era assim pra copiar as coisas xD e mals pela demora pra responder, tive problemas na net..perde até a graça depois que a live já terminou a dois dias -q

          1. Eu também nem lembrava mais desse papo xD mas de boas, acontece…minha companheira -q e ´´técnica otimizadora de leitura“ que maneira mais sofisticada de falar basicamente ´´malandragem“ ein hsauhsauhas

  9. Eu sinceramente da Classe E só crio expectativas para o Nagisa e o Karma,os outros personagens são bem menos desenvolvidos,eles são tão sem graça e apagados,sem carisma algum

  10. Não posso falar do mangá, pois estou acompanhando o anime. Mas, no anime, foi uma boa parte de um episódio para trabalhar o desenvolvimento do Sugino (vulgo Cara do beisebol). Então, acredito que não tenha sido só uma página no mangá :p

  11. Falando nessas histórias de Salvador, fizeram isso comigo quando eu tinha uns 7 anos. O cara chegou (ele era bem mais velho, devia ter uns 20 e poucos) “olha moleque, esse colar é seu” e eu tipo “É? valeu, tchau” Tenho até hoje XD

  12. Nesse volume, eu percebi que eu não gosto do tanko de Magi por causa dos “ganchos”. Se tivesse um capítulo a menos nos tankos, eu gostaria mais. :/

    1. Os últimos capítulos geralmente servem para preparar o próximo tanko, nunca conclui uma situação(geralmente o penúltimo que faz isso), sempre está preparando outra.

  13. Sinceramente me interesso mais na fantasia e nas Dungeons que são bem divertidas e construídas do que a politica e o conflito entre reinos (apesar de ser boa) que inclusive as vezes fica um pouco massante como aconteceu em Barbad.

  14. Véi, graças ao VQ, agora não importa mais o contexto e nem quem fale (tadinha da Clara), eu não consigo mais ver “preliminares” em um sentido puro. Fui eternamente contaminada pela lama do Urso.

  15. Esse papo com Rei e esporte me lembrou haikyuu, opa..esse ai é bom, vou nem comparar(comecei a ver pelos comentários da Kushina e Kitsune, e oh, dahora)

  16. O problema do autor de Kuroko é que ele se perde nos personagens que ele cria,ele da umas voltas imensas pra explicar uma coisas bobas,ele usa uma formula bem boba

  17. Em questão de ver “torneios” de esportes e poderes eu prefiro The Prince of Tennis. O daora desse é que chega uma hora que dá pra ver que o anime brinca com o fato de que os golpes são absurdos. Se Kuroko fizesse isso, talvez não fosse uma merda completa.

        1. Sdds Animax. A dublagem de Prince of Tennis era muito boa.

          Um dos charmes dele é justamente o fato de aceitar o que é, mas brincar, em níveis (em níveis galáticos) em ser absurdos. Em um dos filmes provaram que foi o Tezuka quem causou a extinção dos dinossauros. #dorgas

    1. é igual fã de bleach, não importa o quão ruim seja, não importa o tanto de provas e argumentos tenha pra isso, ainda assim sempre dirá que é bom e ficara negando a verdade de todas as maneiras possiveis

    2. Eu defendo “tanto” porque acho que exageram um pouco, não é um péssimo mangá, é só ruinzinho/mediano. rs Mas me diverte, então gosto. Só esse volume teve situações ofensivas de ruim, tanto que ataquei também ;w;

  18. O mangá tinha que falar, olha tem essa geração milagrosa aqui,cada um deles tem um poder,isso que seria certo,mas não, o autor trata eles como ”humanos” e isso é errado,pq eles fazem coisas ilogicas,eles usam poderes, e o próprio autor nao adimite isso

Deixe uma resposta