VQ Review – Mushibugyo – ep.03

banner-SQ---Post

O universo de Mushibgyo se expande a cada episódio.

RESUMINDO

Jimbei quer ficar forte o quanto antes, mas descobre ser incapaz de cortar uma simples rocha em seu treinamento. Maravilhado com a habilidade de Koikawa Shungiku, Jimbei decide ser o seu discípulo e o acompanha na ronda do dia. Mas isso pode ser mais problemático do que se imagina. Uma onda de roubos se inicia em Edo e cabe a Jimbei provar que Koikawa não é o culpado por tais delitos.

Mushibugyo_04_FullHD

EU ACHO QUE…

Mushibugyo tem tudo para dar certo. Esta fazendo o dever de casa direitinho, explorando muito bem todos os elementos de um battle shonem de qualidade, para um público amplo, desde a garotada até o público mais velho. Temos os principais tipos de personagens no grupo, cada um deles com bastante personalidade, um plot inicial simples (garoto que quer provar seu valor), que pode ser expandido a qualquer momento. Aliás, é exatamente isso que ocorre neste episódio.

Mushibugyo_02_FullHDAs apresentações dos personagens estão sendo feitas de forma calma, sem pressa, do jeito que deve ser. Não há diálogo expositivo, a maneira como somos apresentados aos fatos relevantes de cada personagem é fluida e dentro do contexto. Também não há exageros em expor tudo logo no início. No episódio anterior conhecemos um pouco sobre a Hibachi e isso despertou ainda mais o nosso interesse por ela. O mesmo ocorre aqui, descobrimos o duro passado de Koikawa e as consequências de suas decisões. Passamos a entender o motivo dele beber tanto, suas cicatrizes e suas mágoas.

Um ótimo roteiro é feito de ótimos personagens. Mesmo com um plot simples, podemos prender o interesse do público com a interação dos personagens naquele universo, suas motivações, atitudes e consequências. Quando o personagem toma vida, seja o protagonista ou não, o universo responde as consequências de seus atos, e o que vemos até aqui é a preparação para algo maior, envolvendo principalmente o Mugai. Não é a toa que o protagonista o admira,  isso é para dar uma carga dramática maior quando vier a tona esse evento (Digo isso com base na cena do encontro de Mugai com uma ex-companheira dele, mas já era de se imaginas que isso ocorreria desde o primeiro episódio).

Mushibugyo_03_FullHD

Sobre o episódio em si, Koikawa mostrou ser um personagem muito mais interessante do que no início. Sua aparência pode ter nos dado uma má impressão, do tipo Zaraki de ser, viciado em luta sem motivo algum, mas com o adicional da bebida. Mas somos surpreendidos (pelo menos eu fui), com a demonstração de um personagem magoado pela culpa de matar os membros do seu clã que busca a redenção protegendo a população dos insetos que atacam a cidade. A bebida é a única forma que ele tem de esquecer o seu passado e olhar sempre a frente. Sua agressividade é sua defesa contra tudo e a todos para que ele não tenha que enfrentar a dor do seu passado.

Jimbei, como sempre, fez um ótimo papel como protagonista. Moveu a história de forma competente e clichê de protagonistas jovens, com muita energia e confiança em seus amigos. Também soube levantar a moral de Koikawa no momento que ele mais precisava. Quero muito ver a evolução dele, seja de força como de personalidade.

Mushibugyo_01_FullHD

CONCLUSÃO

Mushibugyo tem muito potencial e esta explorando muito bem isso. Mais um personagem nos é apresentado de forma competente e cada vez mais o mistério em torno de Mugai desperta o nosso interesse. Estou gostando demais de assistir esse anime.

O universo de Mushibgyo se expande a cada episódio. RESUMINDO […]

5 thoughts on “VQ Review – Mushibugyo – ep.03”

  1. Mushibugyo foi uma surpresa pra mim, é um Shounen de porrada honesto. Bem direto e simples, sem se preocupar com clichês. Mas talvez seja esse o segredo dele ser tão bom. Sem querer ser muito ele faz bem o que se propões com personagens que tem carisma em historias interessantes.

  2. Eu também estou acompanhando este anime e simplesmente AMANDO, definitivamente, é um dos melhores da temporada. Eu, assim como você, tive a mesma impressão enquanto ao desenvolvimento do Koikawa, com certeza é um grande personagem. Agora eu quero ver a história do Yu.

  3. E temos que dizer também, que por mais que estejam usando os episódios para introduzir os personagens, não deixaram ficar só nisso, de forma que estão preparando terreno para um provável plot mais profundo envolvendo o ex-grupo do Mugai, no próximo epi será a vez da baixinha, vamos ver se mantém o nível.

  4. Por enquanto o Koikawa é o meu personagem favorito do anime. O fato dele ter todo jeito de cara mal, mas se recusar a atacar as pessoas de Edo, mesmo sangrando com as pedras que lhe foram arremessadas. Lembra a melhor cena da saga da ilha do céu (One Piece), onde o Luffy e o Zoro não lutam no bar (para evitar lutas desnecessárias lembrando do que o Shanks disse no Cap.1). O próximo Ep, de Mushibugyo, vai ser do membro mais novo do grupo… Não levo muita fé nesse personagem (o garoto dos shikigamis).

Deixe uma resposta