Video Quest 47 – Angel Beats – Mais um Animê de Escolinha (?)

Nossa contribuição para a Corrente de Reviews do Diogo Prado: ANGEL BEATS!

E dessa vez tentamos um formato ligeiramente diferente: ao invés de analisar todo o anime, em todos os aspectos, vamos focar em apenas um assunto, e analisá-lo totalmente (ou pelo menos tentar).

OPINEM, digam o que acharam desse novo formato!

Acesse a página da CORRENTE DE REVIEWS e leia todos os posts!
E nossa indicação para o Anikenkai é: BOKU NO PICO!

ACESSE:

Genkidama
Twitter @Video_Quest
Fanpage no Facebook 
E-mail: [email protected]

Twitter dos Aventureiros:
@LeoKitsune
@Fabio_O_Urso

Nossa contribuição para a Corrente de Reviews do Diogo Prado: […]

  • Redfox

    Cheguei atrasado no colegio apenas para assistir video quest,quando morre vou parar no Limbo do Angel Beats por causa de voces.(to perdendo minha vida escola XD)

    • Leonardo Kitsune

      HAHAHAHAHA

  • eu acho que esse formato só funciona com animes curtos em que o resto provavelmente nem importa tanto, isso não daria tão certo com um anime com muita informação e com muito mais coisas a serem discutidas.

    ass:m.o.p.

  • Jéssica

    Ainda não assisti Angel Beats e provavelmente nem poderia opinar sobre o formato, mas aqui vão as impressões de uma sujeita que assiste o Video Quest antes mesmo de ver o anime: Não achei muito diferente do que foi feito em outros vídeos, como o de Midori no Hibi por exemplo, pois ambos são animes curtos, com alguns aspectos que chamam a atenção.Talvez eu percebesse a diferença se tivesse visto o anime antes, ou se fosse sobre um anime mais longo, como já disseram aí em cima.De qualquer forma, a análise ficou muito boa, até me deu vontade de ver o anime pra conferir, e continuou sendo divertido, que pra mim foi a principal razão pra continuar assistindo o Video Quest, desde o 7 até agora.Obrigada pelo trabalho não remunerado de vocês!

  • O formato ficou bom, como não vi o anime, então não tenho como ficar frustrado por alguma coisa ter sido deixada de lado, mas o que foi apresentado, foi bem apresentado.
    Masss, mesmo assim não foi algo que me motivou a ver o anime… Mas tanto faz, pra mim o legal do VQ é ver o anime sendo analisado, eu conhecendo ou não. (e essa escolha de musica no final foi ótima! =P)

  • Leonardo Kitsune

    Como disse a Jessica e o Mauricio, não daria pra fazer isso, por exemplo, com Berserk, e dizer “esse é O Video Quest de Berserk”. De vez em quando dá, com animês pequenos. Mas os fãs de coisas muito grandes iriam nos odiar se falássemos, sei lá, de Naruto, e só abordássemos a questão da “dor” no mangá.

    (e já nos cobraram de ter esquecido de falar de um personagem, pelo Twitter, então daí já dá pra ver q deixamos bastante coisa de fora)

    • é… eu não vi o anime, mas senti falta de conhecer os personagens no video.
      Mas… E se vocês criassem a possibilidade de não haver apenas 1 VQ de um certo anime? tipo, futuramente fazer um novo VQ de AngelBeats, mas com outro foco? (tipo como vcs fizeram em HxH, mas ao inves de dividir pra sagas, dividir pra focos de análise)

      • (OU então adicionar mais 10 minutinhos ao video pra apresentar os personagens sem aprofundar em suas personalidades. só pra quem não conhece saber que tipo de personalidades estão envolvidas na trama…)

      • Leonardo Kitsune

        Não acho que iremos fazer isso com Angel Beats especificamente, mas não vejo problema em ter mais de um VQ sobre um animê abordando pontos diferentes.

        • sim, sim, a sugestão foi para posteriores VQs. eu pessoalmente não fui fisgado pela temática de AngelBeats a ponto de querer mais, mas para futuros VQs, seria algo interessante… dependendo do anime é claro. tem anime que é curto e não possui muitas coisas a serem exploradas.

  • igor dâmaso

    gosto muito do video quest mas a demora entre a analise dos animes é broxante…seria interessante pelo menos alguns side quests ( 1 ou 2 ) por semana, para manter a vontade das pessoas de acessarem o site..nesses sides quests poderiam ser abordados pelo menos os mangas que saram na semana. fica minha dica ae .. aa em relaçao ao anime de hoje estou no trabalho e não da para ver quando chegar em casa eu assisto. abraço a todos.

    • Leonardo Kitsune

      Mas é exatamente o que estamos fazendo, cara.
      Sempre que dá, incluo um SQ pra abordar outros assuntos, e geralmente na semana de Leitura de E-mails. Pode conferir.
      Mas, tem aquele negócio chamado VIDA que é meio difícil de deixar pra lá, sabe…

  • OIOIOIOI! Para tudo!
    É sério que vocês vão fazer o Diogo assisti Boku No Pico? Não creio…

    Ainda não assisti mas… acho essa proposta interessante.
    Dá certo aquele esquema tradicional de tentar se falar na série em geral, algumas tem bastante coisa para falar, mas essa proposta de se concentrar em um aspécto é interessante, se for na parte que acharam melhor ou que mais gostaram e sentir a necessidade de se aprofundar naquilo.
    Por mim, não me incomodaria.

  • Tommy Hola

    Não gostei, achei que o Kitsune ficou 20 minutos repetindo a mesma idéia, e sem se aprofundar bem no assunto, o que deixou o vídeo bem boring…

    É só minha opinião, mas eu gostava mais do VQ quando vcs planejavam bem o que iam falar (e até anotavam numa prancheta XD), e assim conseguiam ser mais informativos.

    É sério, revejam o VQ de Seikon no Qwaser, está MUUUUUITO melhor do que esse aqui, que é de um anime que merecia muito mais.

    Desculpa o desabafo, não me levem a mal, eu sou fã do VQ, mas eu precisava falar isso!!! XD

    • Leonardo Kitsune

      “revejam o VQ de Seikon no Qwaser, está MUUUUUITO melhor do que esse aqui”
      OK.
      ISSO é novidade.

      • Tommy Hola

        É por que eu não gostei mesmo desse novo formato aqui, como eu falei, vcs ficaram dando muitas voltas no mesmo assunto, e não chegaram a lugar algum.
        (Em 20 minutos vcs praticamente só falaram: “A escola, a igreja e Deus servem pra controlar e moldar as pessoas”)

        Eu citei o VQ de Seikon por que ele foi muito mais dinâmico, informativo, e abordaram bem os pontos fortes e ruins do anime.

        Enfim, só acho que quem ainda não assistiu Angel Beats, não ficou com vontade de assistir depois de ter visto esse vídeo. (e isso é ruim, já que o anime é bonzinho se comparado com esse monte de animes escolares que existem…)

        • Leonardo Kitsune

          Mas nós não estávamos a fim de “chegar a uma conclusão”, e sim expor a abordagem do animê, e como isso foi construído.
          Aliás, acho que nesse sentido, “chegamos a um ponto”, sim.
          Mas, enfim, opinião do senhor, devo respeitar. E lamentar.
          (poxa, SEMPRE nos esforçamos pra deixar a coisa bem estruturada, e na minha opinião estamos melhorando esse aspecto a cada programa novo… enfim…)

          • Tommy Hola

            Vc não deve lamentar a minha opinião, afinal foi vc que a pediu no post:

            “OPINEM, digam o que acharam desse novo formato!”

            tá aí, eu dei a minha opinião, e eu juro que eu queria que fosse positiva, mas eu não vou mentir pra vc e falar que eu gostei.

            E sobre o que eu me referia sobre o VQ de Seikon ser “mais bem planejado”, foi no sentido de vcs irem gravar já sabendo o que iam falar (até anotavam), e não no sentido da escolha do tema.

            Enfim, não vou ficar mais enchendo o saco, vc que sabe o que vc faz com os seus vídeos!!! XD

          • Leonardo Kitsune

            “Lamentar” mais no sentido de ser uma pena que não te agradem os últimos VQs, entende…
            Mas beleza, valeu pelo feedback!

    • o__o poha… o VQ de Seikon no Qwaser? REALLY?

      • Tommy Hola

        Sim, mesmo o anime sendo uma porcaria, aquele VQ ficou muito mais bem feito, na minha opinião. ^^

        • q iiiissu… XD bom, cada um com seus cada um né. respeito sua opinião.
          =P Já pra mim, VQ marcante foi o de Madoka. foi o primeiro que eu vi, e achei muito bom.

          • Tommy Hola

            Só deixando claro que eu NÂO acho o VQ de Seikon O MELHOR DE TODOS, eu só acho que todos os primeiros VQs eram melhores, porque eram mais bem planejados.

            Pra mim, o melhor VQ foi o de Haruhi, e eu gosto do anime!! XD

          • Haruhi?? caaaara, eu respeito MUITO a opinião do Kitsune, até pq ele não “joga” a opinião, ele argumenta. Mas MESMO ASSIM, não tive como assistir o VQ de Haruhi sem xinga-lo algumas vezes enquanto assistia! (nada pessoal Kitsune, rsrsrs =P) XDDDD Eu aaaamo a série da Haruhi~

  • Marcel Thiago

    Gostei do novo formato, acho que ele funciona com animes que são muito genéricos, mas tem algum ponto mais relevante.

    Sobre o personagem principal, vocês não acham que a felicidade dele por ter dado o coração a alguém depois de morto não é uma referencia a Jesus Cristo, que morreu para o bem de toda humanidade segundo a mitologia cristã ?

    PS: videoquest de Hokuto no Ken !!!

  • Luk

    O Diogo do Anikenkai vai para o Limbo escola depois de ver Boku no Pico.

    • Me pergunto como ele não pediu pra trocar.

    • Luciano Villanueva Nielsen Baptista

      Tenho medo do japão depois de procurar o que é Boku no Pico.

      • Cristian

        Que merda velho, que merda! xD
        É muita “falta” de sacanagem! kkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Gouka

    Concordo plenamente com o que o Urso disse, Angel Beats é tematicamente interessante. Mas só isso. Acho a reflexão sobre o papel da escola deveras interessante. Entretanto, qualquer ambientação pra “otaku japonês” (ou seja, todos aqueles clichês que vendem lá) acaba por deixar um tema possivelmente relevante menos importante, porque acaba parecendo que mesmo tendo algo que possa chamar a atenção nesse tipo de obra, o diretor parece deixar isso em segundo plano. É como se ele tentasse esconder o máximo possível disso do espectador. E ficar tentando filtrar algo bom desse tipo de mídia não é nada gratificante. Na minha humilde opinião, não vale à pena.

  • flasHQ

    Eu gosto muto de falar sobre religião, na verdade sobre religiões, afinal estamos falando de filosofia, de entendimento de um povo em sua época sobre o mundo material, sobre as consequências de posicionamentos, de como interpretam a natureza e talvez da comunicação com o mundo fora da matéria (seja ele psicológico ou a capacidade mental é a absorção da comunicação deste mundo), no final, religião é acumulo de conceitos, e supondo que o mundo fora da matéria se comunica de fato conosco, é importante entender que eles mandam, signos que possamos entender, o problema é que pegam estes signos metafóricos e tentem transformar em verdades, metáfora é lição e não manual de instrução. As religiões tentam decifrar deus, ou manipulam o sentimento natural do ser humano de ser inferior a algo maior (Natureza=tudo=Deus) para se apropriar ou manipular Deus, mas A Natureza, o universo, a verdade não é propriedade de ninguém, por isto as ditas religiões ou igrejas falham miseravelmente, pois estão contra a natureza. religião é um estado individual e não um local para se fazer parte de um grupo. religiões se preocupam com Deus, mas Deus não se preocupa com as religiões e suas interpretações infantis… Sem duvida Deus deva ser muito injusto numa leitura de uma única vida para se ser perfeito ou sofrer as consequências eternamente mesmo as regras não sendo nada claras… isto é controle imposto pelo medo e a força por séculos.

    Acho que aqui não era o lugar ideal para isto…

    • Leonardo Kitsune

      Ainda vou ler BEM o que o senhor disse aqui, mesmo que não seja “o lugar certo”, hehehe

      • flasHQ

        Mas é que é muito recorrente nos animes/mangás os temas espiritualistas e muitos com ótima qualidade, por exemplo, Shaman King, por mais que pareça pueril, ele é bem fiel ao apresentar cada vertente religiosa (por mais que adapte para encaixar na trama). O mais interessante nesta série é mostrar que variam as formas de se entender as manifestações espirituais, elas são constantes em todas as culturas apresentadas.

        Imagine um monte de gente falando sobre quadrinhos, mais uns chamam de mangá, outros de comics, outros de fumetti, mas todos são desenhos sequenciais que formam uma ideias, possuem suas diferenças, mas são todos uma mesma linguagem. Alguns se prendem as diferenças outros aproveitam o melhor que cada um pode oferecer.

        Acho que a metáfora não foi das melhores… Mas a maioria das coisas apresentadas nos mangás são muito relevantes e fieis a alguma coisa. Fullmetal Alchemist é um capítulo a parte! Mas até o Yu Yu Hakusho é coerente em algumas coisas…

    • Oi flash, como está? Eu vi angelbeats mas nao vi o VQ — mals ae kitsune, e galerinha boa, mas o VQ anda muito fraco, desculpe; assim é so opiniao, continuem com o trab d vcs — enfim, creio q vc está certo em parte. Qlqr religiao nao vm de conceitos a priori [ideias gerais sobre algo], mas sim, de sensações cujos seus fundadores sentiram, e que seus fieis tabm sentem. Ou seja, todas elas provem de percepções individuais cujas sao explicadas por cada grupo [comunidade] q as sentem. Ou seja, se um grupo A sentiu algo, vai “revelar” esse algo conforme sua cultura/costume/linguagem. Nao vou aq aprofundar mais no tema, haja visto q é complicado de mais [a filosofia se exime de falar de religiao hj], mas sinto dizer q Angelbeats nao fala de religiao [voltando ao anime].

      Ele trata de conceitos explorados no budismo, da “teologia” taoista, e tbm da ciencia espirita [essa escola q eles vivem nao é um “limbo” mas um conceito chamado aq no ocidente de Umbral; digo conceito por difenreças culturais] O problema é q nós somos hj, ou ateus
      [dificil encontrar mais crentes q ateus; conselho, sejam Céticos!] ou não entendemos muito do reviver, portanto, conceber um anime tao profundo como esse é meio dificil e compreensivel que seja, haja visto nossos costumes. De resto, nao foque o tema “religiao” que nao é o tratado aq, mas sim a não-ação, ou melhor, a doação que todos os personagens fizeram para si mesmos e para os outros [e q foi necessário para que eles passassem].
      E isso meus caros amigos, é compreensivel em todo lugar do mundo, sem credo, sem crença, de uma forma humana mesmo.

      E pessoal do VQ, uma dica, voltem a falar de shonens.

      ps:antes q alguem pergunte, sou teísta.

      • flasHQ

        Bacana, concordo com muita coisa que apontou, mas como falou, vc não viu o VQ, e eu não vi o anime e minha fala vem de algo dito no VQ.

        Ainda sim, entendo que religião seja o ato de se religar com “Deus”, mesmo que Deus seja a natureza em si (espiritual ou total) ou a força de origem da mesma. Logo, ao nos espiritualizarmos seja qual for a filosofia, e pode até ser em uma filosofia que não se reconheça como religião, mas desenvolve seu estudioso/praticante a controlar sua própria evolução moral/intelectual/física/espiritual, ele pode atingir o equilíbrio necessário para se sentir em estado de religião e talvez mais que isto, e alcançar a sabedoria do espirito que transcende a matéria, o estado búdico/iluminado/ungido/gnose.

        Infelizmente o povo anda materializando demais o dito Umbral e não se percebem responsáveis pela própria maneira que entendem o mundo nos dois planos, caindo em suas próprias armadilhas. Gostei muito como em Shaman King eles trataram do Karma e culpa do personagem Chocolove quando ele ressuscita!

        Grande abraço!

        • Perfeito flasHQ, concordo integralmente. Este estado de completude com o todo, ja foi descrito senao me engano por neoplatonicos [Plotino?], mas como posso estar enganado, prefiro nao falar muita coisa. De resto, de um modo muito estranho, varias filosofias e religiões acabam “dizendo” conceitos diversos, porem q guardam em si os mesmos sentidos [até msm na argumentação moral], portanto foi perfeito sua colocação do “iluminado/ungido/gnose”. Sem dúdivda seu comentario é de alguem q compreende bem. [eu colocaria aq tbm, mesmo q num outro conceito, o do Homem-Sagrado taoista, q por acaso, representa bem o Yuzuru Otonash,
          q se doa por completo, e portanto, se eterniza.]

          Mais uma vez concordo com o “materialismo”, com os “dois planos”, mas são coisas que infelizmente nao se pode falar abertamente, haja visto que vivemos numa sociedade de crentes muito forte [falo dos irmaos ateus…por favor, sejam céticos!] de resto meu amigo, eu advirto que vc veja o anime. É uma obra maravilhosa, gigante mesmo — alem de muito engraçada — e q por conta de de todos os problemas culturais que existem aqui no ocidente, me motivou a fazer um texto no finado blog Afontegeek
          [http://afontegeek.wordpress.com/2012/09/08/conversando-sobre-angel-beats-o-lindo-encontro-entre-uma-anja-e-um-rapaz-de-coracao-sagrado/] lá eu fiz uma review de todo o anime [tem spoilers] e perpasso por todos os conceitos que penso, ele nos fala.

          Por fim, mais uma vez, minha opniao que nao vale nada, voltada ao kitsune, ao pessoal do VQ de q voltem a falar de shonens. Essa não é a area do VQ, falar de animes mais “serios”, mais “complexos”. Foi realmente Triste o modo como o pessoal abordou Nazo no Kanojo X [cujos emails foram muito melhores q os comentarios dos amigos, peço perdao pela sinceridade] e digo o mesmo sobre Guilty Crown. [Acho que falar de Chobits vcs poderiam ir bem. taí uma dica]

          Agora, shonen, vcs sao mestres e todos os q eu vi foram maravilhosos.
          O full metal, o dbz [akira toryama], os tokus, Devilman [caara o do devilman foi o MELHOR!], mas animes mais filosoficos e psicologicos eu não sei…bom, nao gosto do jeito q vcs falam, é so uma opiniao minha msm, “de merrrrda”, e acho q vcs devem evitar falar de animes assim.

          Abraços imensos, o papo foi muiiito proveitoso 🙂

          • flasHQ

            Estudarei sobre o Homem-Sagrado taoistae o Yuzuru Otonash.

  • Mattheus, 18, Rio de Janeiro

    Tinha planejado começar a assistir Angel Beats hoje, para não ser Spoilado vou assistir depois volto aqui e opino .-.

    • Leonardo Kitsune

      BOUA.

  • Caras

    Só acho que vocês do VQ criticam demais os animes que vocês analisam…

    Meio estranho vocês terem um Vlog de animes/mangás, e criticalos todo tempo…^^

    • Leonardo Kitsune

      Temos um vlog de animes pq gostamos de animes.
      Criticamos animes porque GOSTAMOS de animes, e por isso tentamos ser exigentes.
      E não é como se SÓ criticássemos negativamente, uai.

      • Luciano Villanueva Nielsen Baptista

        Boa Kitsune. Imagine como seria o mundo se não houvesse críticas, acho que não seria um mundo muito bom pra se viver.

    • Pois é “Caras”…reveja seu pensamento. Você quer que fale apenas coisas positivas sobre os animes?
      Se as pessoas já xingam quando tem critica. Imagina se ficar falando apenas coisas boas?
      Vão metralhar, dizendo que o VQ, elogiou uma porcaria de anime e não falou seus pontos fracos.
      Critica esta ai para isso. Pode ser ruim da mesma forma que podem ser boa.

  • Luciano Villanueva Nielsen Baptista

    Eu vejo esse anime mais como o Urso, a ideia é boa mais é muito chato assistir. Os personagens são chatos, eu não gosto de anime que alunos usem armas e muito menos animes que tenha temática musical, então já viu como eu assisti esse anime né?! Só assisti porque falavam bem dele e eu esperava uma reviravolta na historia, mas nada desse anime me impressionou. Se fosse dar uma nota, daria de 6 a 7.

    PS: Já pensaram num VQ de GTO?

  • Aha! eu sabia que voces iam falar de Angel Beats!

    Haviam outras possibilidades como Bleach etc.

    • Luciano Villanueva Nielsen Baptista

      Já teve VQ de Bleach.

  • Tiago – PVH (27 anos)

    não gostei muito desse novo formato de vocês. podia te explorado mais a serie como umm todo. pra quem não conhece AB, quando assistir o vq, provavelmente não vai nem se interessar em assistir a serie.

    a serie pode não te agrado vocês, mas isso não quer dizer que seja ruim. até porque se fosse mesmo ruim, o urso não iria perder a chance de da umas alfinetadas.

  • Gostei da ideia do novo formato. Pelo foco maior na filosofia e ideologia do que na narrativa e toda parte mais “técnica” (muitas áspas), o Kitsune pode mostrar sua eloquência e belas análises. Entretanto, acho que isso é privar um pouco, além de ser um programa pouco “comercial”, já que, pelo que eu vejo, o público do VQ, em sua maioria, não é do tipo que pensa tão profundamente e se importa tanto com esses assuntos. Eu, particularmente, gosto muito das análises de roteiro, me interesso de verdade e muito do que aprendi foi gerado dos questionamentos do VQ perante as obras. Resumindo, gostei do formato, acho interessante a abordagem filosófica, mas isso priva um pouco as palavras do Urso, limita muito e deixa partes mais técnicas esquecidas e, principalmente, é reto demais. Ao meu ver, com o formato antigo, pode-se analisar a filosofia junto com a história e personagens, pois tudo está entrelaçado, pode ser discutido de maneira mais homogênea. Mesmo assim, gostei bastante dos pontos filosóficos e ideológicos levantados, mas acho que o formato precisa captar mais coisas para ficar melhor, não apenas coisas “técnicas” que faltaram, mas ainda mais pontos dos assuntos ideológicos.

    Obs: Os melhores VQs são assim, Bleach, Devilman, FullMetal, todos possuem uma visão unida com a parte profundo e superficial da obra. Esse formato, explorando uma faceta do VQ, pode ser uma entrada no caminho para o Video Quest Perfeito.

    • João Gabriel Jardim

      A única coisa que não gostei no Video Quest de Full Metal foi que não falaram muito (na verdade nada ou quase nada se não me engano) do Hoenheim, que é um puta de um personagem interessante.

    • Vitor

      O estido desses VQs são os melhores, mas eles não podem realizar VQs nesse formato se o anime/mangá/novel/filme ou sei lá mais o que for escolhido não forem profundos. Bleach e Fullmetal (não li e/ou assisti Devilman) e Madoka possuem grande profundidade e se permitem analizar, porém animes, mangás, novels, filmes que são rasos não podem ser implementados nesse formato.

      Mudando de assunto…
      Queria um VQ sobre a novel de SAO e com a presença de um programador ou algo parecido!

  • Panino Manino

    Como o Urso resumiu, e alguns aqui reforçarem, me junto ao coro: tematicamente interessante.

    Nas últimas semanas houve aquela velha controvérsia sobre “esse anime não é bom” em torno de Angel Beats. Ele é e não é bom.
    O roteiro poderia ser melhor amarrado, ele tem um ritmo meio estranho, algumas partes entre os episódios parecem picotadas. Nesse ponto ele tem defeitos, certo, mas as qualidades são superam os defeitos? Não entendo a dificuldade de alguns entenderem porque tanta gente gosta da série e tem saudades dos personagens.
    Os personagens são divertidos, a série é feita explicitamente e sem nenhuma vergonha de apenas te divertir sem filosofar muito, tanto é que quase tudo que foi discutido por esse VQ ficou implícito no anime. Acabou que os defeitos que se tornaram esquecíveis com o tempo, enquanto que as qualidades cresceram. O Kitsune aparentemente passou por isso.

    Só fiquei decepcionado foi com a falta de TK no vídeo… no início deu a entender que seria um VQ inteiro sobre o TK. Teria sido melhor se fosse.

  • Panino Manino

    Como o Urso resumiu, e alguns aqui reforçarem, me junto ao coro: tematicamente interessante.

    Nas últimas semanas houve aquela velha controvérsia sobre “esse anime não é bom” em torno de Angel Beats. Ele é e não é bom.
    O roteiro poderia ser melhor amarrado, ele tem um ritmo meio estranho, algumas partes entre os episódios parecem picotadas. Nesse ponto ele tem defeitos, certo, mas as qualidades são superam os defeitos? Não entendo a dificuldade de alguns entenderem porque tanta gente gosta da série e tem saudades dos personagens.
    Os personagens são divertidos, a série é feita explicitamente e sem nenhuma vergonha de apenas te divertir sem filosofar muito, tanto é que quase tudo que foi discutido por esse VQ ficou implícito no anime. Acabou que os defeitos que se tornaram esquecíveis com o tempo, enquanto que as qualidades cresceram. O Kitsune aparentemente passou por isso.

    Só fiquei decepcionado foi com a falta de TK no vídeo… no início deu a entender que seria um VQ inteiro sobre o TK. Teria sido melhor se fosse.

  • Opa! Vídeo daora, caras! Um assunto mais específico é bom, até porque já existem análises mais abrangentes por aí.

    Bem, o fato de o anime se passar em uma escola faz sentido para atrair um público, sim. Mas também remete às vidas dos personagens que não foram condizentes com as de um jovem comum. E qual seria a vida de um jovem comum? Fazer amigos, ir à escola, fazer coisas erradas, etc. E esses conceitos são muito bem explorados em Angel Beats!. O próprio protagonista, o Otonashi, não teve uma vida normal na adolescência. Até decidir ser médico. E quando ele consegue decidir isso e achar um rumo pra vida: boom! Ele morre.

    E já vem o fato de a morte precoce ser algo muito mais trágico que a morte de um velho. Sem querer parecer arrogante, já sendo, um velho de 70 anos já viveu muitas coisas, principalmente aquela juventude que denota ao tempo perdido dos personagens de Angel Beats!. Os conceitos de destino e lutar contra o sistema, que no caso é a sociedade imposta pelo colégio, para constituir sua própria vida também são bem feitos no anime.

    Claro, há os seus erros de roteiro que não conseguem falar de 30 personagens em 13 episódios, dando atenção a poucos deles que acabam não fazendo muita referência no enredo, assim como a queridinha do Girls Dead Monster, Iwasawa.

    Mas, levando em conta o nome do próprio anime, Angel Beats! conta essencialmente a história de Kanade. Os batimentos do coração dela, que na verdade eram do Otonashi, fazem sentido ao que o anime quis mostrar como um todo. Enfim, personagens carismáticos como o TK poderiam ser melhor explorados, mas não foram. Isso não desmerece a obra, é ‘apenas’ uma grande falha.

    Foi um dos primeiros animes que vi (lol) e eu gostei dele por inteiro, mesmo com falhas que até eu já tinha percebido. É recomendado, até por ser polêmico.

  • Eu achei Angel Beats bem chato a maior parte do tempo, não via razão pra ele ser tão aclamado. Se você contar a historia ela fica até interessante, mas o que fizeram no anime é bem cansativo sim. Pelo menos eu gostei do final, ficaram batendo drama na sua cara pra te fazer chorar kkkk porém foi bom tudo aquilo.
    Eu vi a série faz um bom tempo, que eu me lembro a Yuripe não morre com os irmão na cena da casa. Ela fica viva e se culpa pela morte dele. Além disso ela diz que não se suicidou, pessoal que se matam não iam para a escola, talvez porque suicídio é um pecado. No manga. no qual não leio, explica como ela forma seu grupo. Devem entrar em maiores detalhes sobre o passado dela lá.
    Outra coisa que fiquei em dúvida é que se a Tenshi recebeu o coração do Otanashi como ela estava na escola antes dele chegar? Era para ela morrer depois dele então. E quem nomeou ela Presidente e lhe deu poderes? Até mesmo dela tomar atitudes tão exageradas para limitar os alunos, ela mesma diz que não era inimiga deles ou coisa assim. Mesmo que fosse bem chato eu até que gostaria de ter visto explicarem essas coisas no anime. Talvez tenha mais sobre essas coisas no manga ou light novel, mas não é algo que me motivou tanto pra ir buscar mais informações neles.

  • Livia

    Livia, 48, São Paulo

    Achei o formato interessante para certos tipos de anime. Não sei se funcionaria com obras mais ricas como Hunter x Hunter e Yu Yu Hakusho (aliás, gostei muito dos VQs dessas duas séries). Quanto a Angel Beats, estou meio com pé atrás justamente por causa do desenho dos personagens que é muito parecido com Haruhi Suzumiya e o fato de ser um Gakuen story. Entretanto, como já aconteceu de um anime que eu achava pouco interessante me surpreender (Tiger and Bunny), talvez eu arrisque assistir.

  • Rogério Leal

    Rogério Gusmão de Lima Leal,RJ 21 anos.
    Parabéns. Angel beats é um dos meus animes preferidos. Me agradou os comentários de vocês.
    Urso quando você encontrar seu lado kawaii, você vai ver o valor de angel beats. Eu particularmente não consigo relacionar angel beats com nenhum outro anime, ele aparenta ser um anime de escola porem tem muito mais a oferecer. O episódio especial, em que eles fingem seguir o sistema é muito épico e a história por traz do passado (e do futuro) de cada um deles ,é realmente de fazer chorar.

  • Sendo bem sincera… (vixe haha) eu só vi uns 2 VQ (acho que esse é o terceiro) então eu não sei bem o que poderia ter sido melhorado nessa nova versão.

    Mas eu gostei, talvez poderia ter durado mais tempo, tava divertido vcs dois falando -bem- da série rsrs. Vcs captaram a essência do anime, lembro qd acompanhava o lançamento da série e mtas pessoas não entendiam a mensagem de Angel Beats e só concluíam besteira e desistiam de assistir.

    Acho bom ter algo “focado” tb. Diferente do que comentaram aí, não achei que vcs ficaram dando voltas naum, tá bem coerente e desenvolvida a ideia de vcs e isso que importa.

    Eu só não recomendaria esse vídeo pra quem não viu a série, não por causa dos spoilers, mas pode ficar confuso entender a argumentação de vcs (acho q essa é a desvantagem de ter algo focado) além de já ser um anime confuso. Pra quem assistiu é interessante e esclarecedor.

    Ah e achei bacana vcs falarem do controle da escola no anime. A primeira impressão que dá é essa, mas na verdade a escola não está ali para reprimir os desejos deles, mas sim ajudá-los a tirar o rancor do coração e serem gratos antes de morrerem de fato.

    Na verdade é a Yurippe quem está instigando o diabo em todos ali rs. Ela criou a ideia de que estão sendo controlados, pq ela acha deus manipulador, injusto e cruel. Os outros apenas seguem ela sem pensar muito (apesar que o Otonashi desconfia várias vezes dessas ideias dela). Faz parte do sonho dela ter sido uma boa “irmãzona” e liderar os outros.

    Enfim, já falei demais, parabéns pelo VQ!

  • Kitsune…disse no video que o animes, escolheu o “limbo”, uma escola. Que talvez para atrair o publico alvo.
    Mais a pergunta é: Quem é o publico alvo?
    Ta certo. Adolescentes, escola, formatura no final.
    Tudo indica adolescentes.
    Mais pelo que que vocês colocaram, existe muito simbolismo. Algo que muitos adolescente, não estão nem ai, ou não reparam, etc.
    Se for repara, o anime tem muito simbolismo, coisas que você, provavelmente, pegaria, só depois de rever uma segunda ou talvez terceira vez.
    Não posso falar muito desse anime.
    Eu vi apenas o primeiro episodio, e faz muito tempo
    Então não tenho muito o que falar sobre o anime todo.

    Gostei do VQ…sempre inovando…é isso ai. Fora mesmice.

    • PS.: resumindo, para algo com o foco, adolescente, ele parece ter uma ideia bem mais adulta. Podendo ser até meio sonolento para muitos

    • Leonardo Kitsune

      Na verdade eu quis justamente demonstrar q, ao contrário de animes de escola q só usam isso pelo público alvo, ESSE tem um propósito por trás do conceito.

      • Você passou isso muito bem, mas… se de fato havia uma razão pra ser uma escola, por que ficou de implicancia com a escolha do autor de usar a escola como cenário?
        Eu tb fico meio “=/ ihh… se passa no colégio?!…”, mas pelas associações que você fez, a escola pareceu uma escolha ideal para as mensagens que a obra queria passar.. (bom, mas posso ter te entendido errado tb…)

        • Leonardo Kitsune

          Fiquei de implicância no começo, e POR ISSO indaguei, questionei, pensei e…. PIMBA! Video Quest 47. Entendeu?

      • Entendi tua colocação.
        Tentou diferenciar o clássico anime escola, com um tema mais adulto.
        Mais é aquele negócio que eu comentei.
        A grande maioria, acredito eu, não irá reparar essas coisas, associar, na primeira olhada, acredito eu, achando assim, o anime meio chato, monótono.
        Tu colocou bem teu ponto de vista.
        deu até vontade de ver (mais que provavelmente não irá acontecer, hahahaha)

  • Gustavo D Mends

    eu ri muito com a indicação de vocês kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    nha cara esse formato é legal, mais para fazer AS VEZES, não sempre xD

  • Cristian

    Que pilantragem essa recomendação de vocês xD

  • João Victor

    Achei legal o VQ, vou dar uma assistida nesse anime 🙂

    Valeu Video Quest ^^

  • João Victor

    Façam um SIDEQUEST envolvendo o lançamento da versão impressa do vol.2 de Ledd 🙂

    • Leonardo Kitsune

      BOOOOOOUA sugestão! o/

  • Samuel Fortaleza

    Valeu por ter feito um review do Angel Beats, um dos meus animes favoritos. Gostei muito do revir e achei bem aprofundado. Outro lado interessante não explorado foi a necessidade das pessoas realizarem seus desejos, o quanto isso impacta numa vida verdadeiramente vivida.

    Outro anime favorito meu são “Nana”e “Berserker”. Sinceramente eu prefiro animes filosóficos, com ou sem luta, do que animes só de luta. Infelizmente Berserker é muito violento, mas…
    Gostaria de mais animes sugeridos, principalmente por ser filosóficos também. Abraços,

  • Lucas

    Another Brick in the Wall no final do vídeo. huahuahuahuahuhaa.

    Acho que deveriam pelo menos citar a incoerência do final. Dos dois finais na verdade. O desejo da Anja e o pós-créditos.

    • Lucas

      VQ muito bom, gostei do formato. Acho que assim pode dar uma profundidade maior nas suas análises, que na real, tava precisando…

  • Wesley Reborn

    Ola galera do Video Quest…
    Esse é meu primeiro post entaum desculpe qualquer
    erro que eu fizer kkkkk.
    Acompanho vcs desde o primeiro Video Quest de vcs e gosto muito,
    sempre espero seus videos como espero um anime semanalmente.
    Queria tambem so recomendar para vcs fazerem sobre katekyo hitman reborn,
    que é um anime que ja acabou mas o manga continua, e poderiam fazer como fizeram
    com bakuman falar so ate um arco principal do anime como foi com detetive trap se me
    lembro bem me desculpe se estiver errado.
    Bem galera abraços e continuem assim vcs são 10!

    • Wesley Reborn

      Esqueci uma coisa…
      Meu nome é Wesley Pereira tenho 17 anos e moro em Icarai Niteroi RJ abraços.

    • Diogo Rikio Miyazaki

      O Primeiro post sempre é o mais difícil de todos,acho que nem faz um més o meu primeiro post,mas sempre da aquela vergonha de mostrar seu comentário,aquele nervosismo de que “sera que vão aceitar bem meu comentário?” ou coisas do gênero.
      Acho que é por isso que grande maioria do pessoal que assiste o VQ e não comenta nada pelas redes,por causa dessa vergonha ou dessa isolação social que eles fazem consigo próprios,desse medo de comentar e se relacionar com outras pessoas.
      Mas enfim o segredo é sempre ser bem humorado e não ter vergonha de seus comentários,sim eles poderão ser criticados e questionados ou poderão se elogiados,mas você nunca poderá saber se não comentar.

      • Wesley Reborn

        né? kkkk

      • não pode ter vergonha de expor teu comentário.
        É a sua ideia, seus pensamentos. Não importa se vão gostar ou não, é a sua ideia.
        E normalmente, os controversos, da maioria, geralmente é o que da mais polemica, hahaha.(Fala mal de One piece pra você ver, hahahaha. Eu falei mau, e deu comentário pra 1 mês)
        Mais, é isso. Ponha seus pensamentos pra fora.
        Se esta certo ou errado? Ninguém esta certo ou errado.
        Que se exploda quem acha que você esta errado, mais é a sua ideia e ponto.
        E tenho dito, até os próximos polts Diogo

  • Fukuro

    Acho que dia 21 de dezembro de 2012 é uma boa data para o VQ de Code Geass.

    • Diogo Rikio Miyazaki

      Cara,não brinca com isso,pois se nesse dia eu ver que tem VQ de CG,ai sim vou acreditar que os maias estavam corretos sobre suas previsões.

    • Leonardo Kitsune

      BRILHANTE sugestão.

  • Pedro Aguilar

    Eu gostei desse novo formato, na verdade sou muito fã de coisas novas. Não costumo ser muito crítico, porém não gosto de sempre ver a mesma coisa, e o VQ pelo menos está mostrando para mim que quer nos entreter de alguma maneira, parabéns e espero mais vídeos nesse novo formato… falando um pouco sobre o vídeo em si, eu nunca assisti esse animê, porém gostei da análise, e discordo de quem acha que o nível decaiu, porra nenhuma… o nível continua o mesmo ou então melhor, e porra caras, para que reclamar de coisas do gênero “esqueceu de um personagem e mimimi”, eu por exemplo sou igual ao urso, nunca lembro dos nomes dos personagens, mas não é por isso que eu vou julgar se um vídeo é bom ou não, isso se chama análise de forma superficial e eu não gosto disso.

    Flw!!!

  • Thomaz Henrique

    CARALHO PINK FLOYD NO FINAL DO VIDEO FOI GENIAL!!!

    ANother bring on the wall

    • ~LK

      Vc quis dizer Another brick on the wall, né…

  • leandro rocha

    adorei o VQ esse formato na minha opinião só funciona com anime pequenos, gostei muito do aprofundamento no enredo que vocês fizeram e da o parabéns ao Kitsune por pega o espirito de argel beats cara você falo tudo o que eu entendi quando assisti o anime eu ate me emocionei e serio rsrsr abraços a vocês do VQ e continue assim ^^

  • Jonas Isaac

    Code Geass é fantástico, ritmo empolgante, bom visual, além de ótimo conceitualmente também.

    Admiro o trabalho de vocês e continuarei assistindo (mesmo depois de terem destruído a Haruhi), pois vossas críticas são sempre muito pertinentes. Sempre muito informativo, assisti Freezing, Bakuman e Durarara (e não me arrependi) graças ao Vídeo Quest. Foi ótimo saber que teremos novas temporadas de Initial D e Bakuman, mal posso esperar!

    Angel Beats pode ter um ritmo cansativo, mas conceitualmente de fato é muito bom! Além dos temas citados, gostaria de acrescentar que o nome “Angel Beats” se refere claramente à batidas de coração. Esse símbolo é bastante utilizado durante a série (algo que lembra um cardiograma, durante a abertura por exemplo). Esse simbolismo me tocou bastante e eu o interpreto da seguinte forma: Otonashi teria chegado nessa dimensão com seu coração batendo no peito de outra pessoa, o que explicaria a afinidade e afeto quase mágicos que passaram a existir entre ele e Tachibana. Essa seria uma forma alegórica de retratar um “amor predestinado” ou “alma gêmea”. Sem falar que a doação durante a vida passada seria um gesto de amor que estaria sendo retribuído.

    Jonas Isaac (não sou judeu, nem ateu), 23 anos, mineiro morando no Rio de Janeiro.

  • Diego Camara

    Diego NA CAIXA, Campinas – 23 anos
    Olá pessoal o/
    Bem… eu gostei. Senti sim um pouco da falta da introdução dos personagens da história, e de situar como é a dinâmica dentro dela. Por exemplo: não sei dizer se existem lutas nesta história baseado só no vídeo de vocês, no máximo, sei que a pseudo-Haruhi tem uma sniper. Entrar em alguns detalhes também fez falta… mas isso até acaba nos instigando a querer assistir, outro exemplo: fiquei intrigado sobre do que se trata o tal Arquiteto… falar sore ele tornaria mais completo o programa, mas sua ausência não prejudicou a execução.
    Outro ponto, que talvez tenha sido uma feliz coincidência (ou um bo planejamento hehe), o tema abordado foi sobre aquilo que há de essencial na história, e exceto pelas ressalvas anteriores, deixou o VQ completo, pelo menos tematicamente.

    Isso aí, abraços =)

  • Alita

    primeiro: sinto muito dizer mas esse angel beats é tão chato que ate o video quest de hj ficou chato.
    segundo: mais uma referencia de filme para esse Angel beats: essa ideia de ir para um lugar como purgatorio apos a morte ja foi usada no filme japones Depois da vida(1998) “Wandâfuru raifu” no titulo original (esse filme ja passou na tv futura)… sinceramente… deu um feeling q esse angel beats nada mais é do que um ctrl+c ctrl+v de alguns filmes… 😛
    terceiro: voltem a falar sobre a porra toda, nada de 3 episodios, ou determinado assunto…please….
    adoro o VQ vejo toda a semana…. mas gatos, please…. hj foi uma merda…

    • Leonardo Kitsune

      #chateado

      • Alita

        não fique 🙂
        vcs mandam bem, só dessa vez que não foram felizes 😉
        não dá pra acertar sempre^^

    • Alita, completamente revoltada.
      Nem eu lembrava mais desse filme.
      Vou até ver se não tem referencia a Casablanca ou quem sabe Os Mortos Fazem a Festa

      • Alita

        é capaz que encontre! rsrsrs

  • Diogo Rikio Miyazaki

    Único Anime/Manga que a temática escola/colégio que me agradou foi GTO.Em um dos pontos que vocês abordaram no vídeo de que a escola tem ser algo bom,divertida e prazerosa,me lembrei de GTO que praticamente sobre isso,um professor que tenta passar para os seus alunos a visão de que a escola é um lugar,não só para formar cidadãos,como também um lugar para se aprender sobre a vida,se divertir e aproveitar a juventude.Tive a grande oportunidade de assistir e ler essa grande obra(Porque as editoras brasileiras não licenciam esse manga aqui??)que é GTO.

    Bom deixando momento baba ovo de lado,sobre o novo formato,acho que analisar apenas uma temática do anime e não tudo da obra,ajuda muito na hora de assistir,pois vocês acabam fazendo apenas uma analise mais detalhada,do que varias analises passando somente por cima delas e ficando meio pobres em conteúdo.É claro que sempre vai ter gente que vai reclamar da falta de conteúdo que vai ficar,por exemplo eu já não gostei de não terem feito uma apresentação de certos personagens como o TK,mas acho que VQ já deixou de ser um Vlog de apresentar Animes/mangas para ser mais como “Vamos discutir sobre tal anime/manga.”,então detalhar muito uma obra fica meio que desnecessário,e é melhor atracar apenas em discutir sobre um tema interessante da obra,na qual acho que é um dos pontos fortes do VQ.

    18 anos/Curitiba,Paraná

  • Victor

    O Urso tem toda a razão o anime é massante mas ao mesmo tempo as dúvidas e suspense que a história confusa causa acaba prendendo até certo momento, porem, tem 2 pontos que quando assistir me chamaram a atenção: primeiro não é a morte que causa eles indo para no Limbo e sim a vida desgraçada ou uma tragédia em particular (como a yurippi que não morre com as irmãs como vocês disseram)que impediram eles de viver achei até por isso que eles estão presos na escola que é um local onde vc é obrigado a ir diferente do trabalho que vc “pode” mudar, o período escolar é o momento de menor autoridade da sua vida. Outro ponto é com relação ao casal final na hitória o grupo já enfrentava o “anjo” (ao que imagino a um bom tempo) que recebeu o coração do protagonista, logo, ele teria morrido primeiro (ou ele sobreviveu sem coração) e só depois da morte da tachibana que ele vai para o Limbo POR QUE? pergunta não resolvida

  • vou ver se animo de fazer um video e coloca o link aqui neste comentário, particularmente gosto de Angel Beats, ele entrar para o escarço grupo de animes que me fez parar e filosofar sobre a msg do anime.

    este é o tipo de anime que OU (filosófico MOD ON ) vc assisti querendo entender a msg e refletir sobre ela, onde encara tudo que esta sendo apresentado como mera ferramente para a msg que esta sendo desenvolvida OU vc fica entendiado e acha o anime “chato” e “entendiante”… com toda certeza Angel Beats não é anime para fãs de shounen combate.

    certos animes como Clannad After Story / xXxHOLiC Kei / Bakemonogatari / Ergo Proxy / Evangelion / karekano / Mawaru Penguindrum / Serial Experiments Lain e Nana ou se assisti por gosto a filosofia, psicologia pesada ou mensagem do anime, ou não se assiste, e se este ritmo não é do agrado, passe longe porque eles tem um ritmo próprio.

    no mais, eu gosto do tema, adoro a musica de abertura, mas sou suspeito pq sou fã da Lia desde Clannad After Story.

    sobre o video quest – bem foi boa a abordagem porque ela foca exatamente o que o anime tem de melhor (sua msg) o resto é mera ferramente para isso, logo para mim valorizaram a unica coisa que tinha para valorizar no anime.

    muito provavelmente é mera encheção de saco de minha parte por “revoltinha” pelo fato do urso não gostar do anime, mas eu NÃO entendo o gosto dele, fico imaginando que ele so valoriza as obras ofensivas a zona de conforto humana (que agrida as pessoas que assiste).

    no mais é isso…

  • Raphael Pavanelli

    Gostei desse novo formato é bem legal e VQ ficou Muito Bom espero q continue assim (minha opinião) mas é bom falar sobre tudo mas dessa forma eu gostei mais.
    Acho q se eu morrer e volta para a escola ia ser horrível estudar ate depois de morto é foda né kkkkkkk. Mais é isso muito bom o VQ continuem assim ouve uma grande evolução quando começaram vlw

  • Revoltado

    Cade VQ de Code Geass!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • ~LK

      NOPE!
      hehe, zuera…

  • Matheus Duarte

    Achei legal o VQ porem … Esse formato só daria certo com animes curtos , vejamos vocês tiraram leite de pedra ai , realmente acho que esse anime não tem tantos pontos positivos então vocês se focando em apenas um meio que esconde os defeitos e atrapalha um pouco se eu já não tivesse visto essa (COISA) até diria que vale a pena assistir kkkk . Mais não acho viável fazer isso com animes que existem vários pontos positivos a serem trabalhados

    • Matheus Duarte

      Matheus Duarte , 18 anos , JP Paraíba O-O .

  • ~LK

    Bom vídeo, ainda não assisti o anime e quase peguei spoiler do final, pq o tempo que tava escrito pra passar pro final do vídeo tava errado, o tempo certo é 22min e 17s.

    Sobre o formato do Video Quest, eu gostava mais do formato antigo, quando vcs analisavam os 3 primeiros episódios e normalmente zuavam o anime hehe. Poderiam alternar a cada vídeo, por exemplo, em uma semana o VQ pra falar mal de um anime ruim e na outra para falar sobre um anime que vcs gostaram, e claro, alguns especiais para animes que são clássicos ou são ótimos mesmo.

    E Kitsune vai rolar um VQ de Samurai X(Rurouni Kenshin)?
    ~FLW

    • ~LK

      Ah, meu meu nome é Lucas Bonato,14 anos, Curitiba.

  • Arthur Lucas

    O engraçado do final é que se o Otanashi doou o seu coração para a Tachibana antes de morrer, pq diabos ela estava naquele mundo antes dele ? Não faz sentido nenhum. Todo aquele dramalhão do final não colou pra mim porque eu tava a 2 minutos fazendo um facepalm na frente do computador. Sério, furo FEIO DEMAIS.

  • Natália, 20 anos, São Paulo, SP.

    Olá galera do Video Quest

    Esse é meu primeiro poste aqui, me deixa feliz e ao mesmo tempo muito nervosa. Rsrsrs! xD
    Acompanho o VQ desde já há certo tempo, encontrei por acaso no Youtube (nem lembro mais qual foi o vídeo primeiro que eu vi, hehe! xD)

    Adoro os comentários de vocês sobre os animes, Kitsune e Urso, para poder conhecer outros que nunca ouvi falar. Essa é a parte mais divertida de tudo isso.

    Eu sempre espero os vídeos de vocês com muita animação assim como um anime divertido e bom de assistir. =D

    Para finalizar, gostaria de pedir um VQ sobre Sailor Moon, só que não o anime, mas assim sobre o mangá, já que lá ele possui muitos itens importantes que faltaram na trama animada. =o

    P.S: Pó gente, indicação para o Anikenkai, o Boku no Pico. Eu não vi, mas tenho informação suficiente, para saber que ele é mó cilada. Na moral! Huahuahaua! xD

    • P.S.S: Esse anime Boku no PIco é a passagem para o purgatório, só de ida e sem volta. Sinceramente, acho que quando os caras fizeram esse troço tavão meio que drogados, alguma coisa assim, porque não é possível galera. xD

  • Thiago Bittencourt

    Por que todo esse odio de Code Geass? k k
    Bem sobre o novo formato, achei interessante, em determinados animes pode ser bem mais eficiente. Por ex Angel Beats tem muito personagem, a maioria só serve pra ser cômico sem profundidade alguma, poderias escolher uns 5 razoaveis digamos assim. E com o novo formato sendo bem direto, vocês puderam cortar toda a babozeira e se concentrar no que realmente importa, voltanto a dizer que só se deve ser aplicado em determinados animes.
    Otimo VQ, otimo anime, recomendo a todos.
    PS: Só eu me emocionei no ultimo episódio?

  • Lucas Carvalho B.

    Concordo com a maioria das coisas ditas,menos os fatos de o anime se passar na escola e o fato de combater deus burlando as regras.
    Bem em meu ponto de vista todos tiveram vidas tristes e morreram jovens ou seja não puderam aproveitar suas vidas ESCOLARES(sua adolescência),o outro fato deles combater deus burlando as regras é pelo motivo que quem respeitou as regras(viveu uma vida normal no mundo)acabou desaparecendo eles pensavam que isso era errado então descobriram que não respeitando as regras,assim fazendo tudo de modo meio LOUCO,como por exemplo fazer um mega show apenas para no final pegar bilhetes de comida poderia evitar que eles desaparecem-se daquele mundo,depois no final do anime eles acabam aceitando suas vidas e descobrem que se aquele mundo era para eles curtir uma vida normal(que eles não tiveram)e assim acabam desaparecendo porque aceitam seu destino,então o que eu tirei de tudo isso foi que aquele mundo(que não é o único mundo pós morte)era para dar a eles uma boa vida que eles não tiveram.

  • Ciel

    adoro esse anime,já assisti ele duas vezes,adoro alguns questionamentos sobre ‘Deus’ que são feitos nele e também o romance da Yui e do Hinata é muito legalzinho xP

  • rafael dos santos tomas

    ja estou baixando esse anime

  • Não gostei do formato mas o vídeo ta legal.

  • juliano

    Só faltou dizer que eles estão la pra fazer as coisas que eles não conseguiram fazer quando estavam vivos, a escola significa um lugar onde foram felizes mas cada um tem uma coisa que deixou de fazer e acha muito importante, e por isso nao vaio para o ceu ou volta a vida,etc. Como por exemplo a yui, ela ficava presa na cama e para ela a felicidade foi poder se mecher livremente e realizar seu sonho de ***(spoiler).

  • Lucas Macedo

    Quem foi injustiçado na bíblia ,colega Fábio Urso ,foi Jó ,q perdeu tudo e depois recebeu tudo em dobro por DEUS…

  • zigfrid

    Legal ver o pessoal querendo ver Code Geass, e até imagino motivos para não faze-los.
    Code Geass foi um anime original e portanto eles tentaram por de tudo no anime, ecchi/vida escolar e mais uma penca de coisas, mas essas duas que comentei são as principais deles quererem repudio da obra, outro exemplo Death Note foi feito, mas o mesmo não fica com essas putices por isso fizeram.
    Exemplo desse comportamento é Guilty Crown que tbm era anime original e tbm tentou abranger de tudo, é cômico ver a reação do kitsune, eu pessoalmente gostei do anime (não é nem de perto meu favorito).

    Code Geass ia ser bem engraçado o kitsune xingando bastante.

    Eu pessoalmente gostaria de ver sobre Mirai Nikki que eu gosto muito, sei que tem seus defeitos mesmo no manga, mas mesmo assim vou comprar o manga qdo vier pro brasil, tenho certeza q kitsune e urso iam aloprar em cima desse antro de psicotapas.

    • zigfrid

      Alias 31 anos, Barra Bonita – SP

    • Yago Honda

      A diferença de Code Geass é o protagonista cara. Poucos personagens tem um carisma tão grande quanto o Lelouch. Tira o protagonista, Code Geass perde metade da sua essencia.

      Ja em Death Note, o Light não conseguiu segurar a qualidade do anime sem o L e o protagonista de Guilty Crown é uma bosta.

  • Yago Honda

    Eu gostei desse novo formato. Voces conseguiram se profundar bem no conteudo e expor de forma clara ideias interessantes de Angel Beats. E são exatamente esses tipos de ideias que torna o VQ tão interessante. Paranbéns, continuem assim.

    PONTOS POSITIVOS: Boa exposição de ideias e bom aprofundamento, em relação a VQs anteriores.

    PONTOS NEGATIVOS: Pode se tornar meio massante discutir o mesmo tema por 20 minutos, não consegue transpor outras características interessantes da obra (como colegiais sendo multilados a cada episodio, com um clima cômico) e “Não é um VQ de Code Geass” XD.

    Particulamente eu aprovo esse formato.

    OBS: Voces conseguem ser muito TROLLS com essa indicação de BOKU NO PICO. XD

    Para quem não viu, a reação de quem viu esse troço:

    “eu já vi muita coisa bizarra no mundo dos animes e mangás… mas nada se compara a Boku no Pico. Sério… PARA TUDO! Se você tá lendo esse review pois está cogitando arriscar assistir a essa série e acha que não deve ser tão bizarra quanto dizem… amiche… sério… NÃO VEJA ESSA BOSTA! APAGA ESSA IDEIA DA SUA CABEÇA! PEGA UM AVIÃO, VAI PRAS MONTANHAS NEVADAS DO TIBET E SÓ SAIA DE LÁ QUANDO PARAR DE TER CURIOSIDADE DE ASSISTIR A ESSE PEDAÇO DE M*RDA QUE EU TIVE O DESPRAZER DE ASSISTIR!”

    “Mano, essa m*rda é tão f*dida em tantas maneiras, vei- Tava falando com um de meus amigos brancos e ele me mandou três vídeos com o nome somente escrito “Boku” eu disse pra este mano, que m*rda é essa? Ele só riu e disse “Só assiste e GARANTA QUE NINGUÉM ESTEJA POR PERTO ENQUANTO VOCÊ VÊ!” Aí eu pensei que era algum pornô estranho ou m*rda parecida mas quando eu vi o primeiro vídeo eu tava meio “Mano… que p*rra é essa…” AÍ EU CONTINUEI e foi tipo “Maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaano……………..” AÍ ELES ENTRAM NA P*RRA DO CARRO E AÍ EU DISSE “MAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAANO” eu não podia acreditar naquela m*rda que eu tava vendo, era como se Satã me desse sua coleção de pornô, m*rda era tão perturbadora. MAS EU NÃO CONSEGUIA PARAR DE ASSISTIR, AÍ O VÍDEO DOIS E ERAM DOIS DELES….. ESSES PUTOS… MAAAAAAANO… ESSES PUTOS… E AQUELA MINA VIU ELES ENTÃO ELA… MAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAANO… ENTÃO AQUELE PUTO PEGOU AQUELE BRINQUEDO DE CACHORRO E MAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAANOOOOOO…………….. ERA COMO QUE SE SUA MINA QUISESSE TER SEXO COM VOCÊ MAS ELA QUISESSE ALGO “DIFERENTE” E ISSO FOSSE ERRADO PRA C**ALHO E ASSUSTADOR QUE VOCÊ SÓ… IA VENDO… E FOI O QUE EU FIZ!!!!!!! AÍ EU VI O VÍDEO TRÊS… TRÊS PUTOS… TRÊEEEEEEEEEESSSS!!! ERA… TRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRREEEEEESSSSSSSSSS!!!!!!!!!! E COCO ERA SEU NOME MANO, COCO ERA A P*RRA DO NOME!!!!!!!!!! MEU DEUS, NÃO VOU MAIS PRO CÉU MANOS, JÁ VENDI MINHA ALMA PRO CAPETA!”

    Esse ultimo co, certeza, vai dar uma passada no purgatório.

    Yago
    19 anos
    Distrito Federal

  • archermnx

    MANCHETES RETURNS MARÇO 2013 é serio One piece , Bleach e Zatch bell esta foi a noticia mais legal e animadora deste ano eu so um fa da mancha ate k enfim uma boa emisora para animes pro brasil.

  • Eliza

    Gostei muito desse novo formato,porem acho que funcione para animes de no maximo 30 episodios.

  • Fred

    Urso, Kitsune vc participam de algum forum de animes/mangas?

  • sou muito fan de voçes. e tambem do anime.

    EU ENVIEI UMA MENSAGEM PARA O IMAIL DE VOCES LEIAM ELA NA LEITURA DE IMALS 47
    ELA NÃO É GRANDE
    DEI MINHA OPINIÃO LÁ COM POUCOS ERROS ORTOGRAFICOS E FIZ DO JEITO QUE VOCES SEMPRE PEDEM PARA FAZER

  • Marcus Paulo Araujo

    Gostei do formato que vocês utilizaram nesse VQ, tentei ver Angel Beats há zilhões de anos, achei chato, nem um pouco interessante, e não arriscarei rever. Mas o VQ está muito bom, acho que esse formato pode funcionar! Se for possível um dia façam um VQ de Shiki, Tenjou Tenge ou D Gray Man! Gostaria de ver o que vocês tem a dizer desses animes o/

    Até

  • Depois da bela interpretação de Kitsune, do Marcelinho, as pessoas estão com medo de escrever comentário, hahahhaha…

    Acredito que no próximo SQ, vão falar mais sobre a temporada de outubro de anime.
    Que esta muito melhor que as anteriores.
    Não vejo nenhum, com potencial de ser longo, como os famosos Bleach, Naruto, etc…mais tem muita coisa bem bacana de se ver em.
    E parece que a modinha agora são animes falando de jogos virtuais…acho que no minimo tem 3…vou querer saber a opinião do Kaneda, sobre eles.
    Acho que o anime “K”, é o mais promissor deles. bem melhor que Sword Art, eu acredito.

    • PS.: errei feio…falei do anime “K”…mais “K” não tem nada a ver com jogos online.
      O anime que eu queria falar era “BTOOOM!”. Dos animes que, fala sobre jogos online, esse parece o mais interessante.

  • Jimi d’Alv
  • Fists of Fire

    Vão fazer um side quest pra falar sobre o primero episodio do anime de JOJO??

  • Rodrigo Campos

    Acabei de ler no Anikenkai a sacanagem que vocês fizeram, e só tenho uma pergunta. Qual de vocês dois é o pervertido que conhecia este anime, pois pelo que parece, aquele anime é um hentai para pedófilos ou para alguns padres.

    • Leonardo Kitsune

      É um anime que circula por aí, principalmente no 4chan. Sempre q alguém pede recomendação, alguém vem com Boku no Pico.
      Não sei se o Urso viu, mas eu não vi (ainda. sim, vou ver um dia. preciso saber como é essa merda)

  • Matheus Rezende

    Acho que um dia vcs falarão de code geass hein! nem que seja la para o video quest 130, 200 sei laa

  • …só eu tinha CERTEZA de que o Kitsune ia fazer aquela piada com o nome do Naoi? XD

  • Fui assistir esse anime porque eu só ouvia gente falando super bem dele, mas quando fui conferir de perto achei muito chato e massante, sinceramente. Não aguentei assistir mais que 3 episódios. Anyway, ficou legal o vídeo de vocês!

  • caro leonardo, tenho que lhe parabenizar pelo trabalho feito em torno de angel beats, pois, nem todos conseguiram entender a temática do anime , e sua analize está excelente, você conseguiu abrangir todo o enredo do anime em poucas palavras, mas esqueceu de coentar 1 coisa, o lugar onde eles estão é simplesmente 1 lugar para eles reverem suas vidas passadas e aceitarem o que aconteceu, na verdade é 1 pré-preparação para eles entenderem que nem tudo que a gente quer, a gente vai ter, agora, PQP, você leonardo falo e muito bem sobre o anime, e soube comentar, mas o URSO em compensação,não falava nada o VQ inteiro, e quando abria a boca pra falar algo, só falava merda( isso mesmo, merda ) se ele não gostou, beleza, mas se for para criticar, critique entendendo a trama, pois, ao que parece, pra ele, anime bom é somente anime SHONEN, porra, que saco…

  • monkey d. luffy

    na caixa foi foda xD