Side Quest: Temporada de Outubro e Sword Art Online

Estréia do Danilo Kaneda no Side Quest! Falamos um pouco dos animes da Temporada de Outubro, e um pouquinho sobre Sword Art Online!

LINKS:

Gyabbo!: Temporada de Outubro 

Argama: Trailers 

Troca Equivalente: Temporada de Outubro

ACESSE

Fanpage no Facebook: http://www.facebook.com/canalvideoquest
E-mail: [email protected]
Twitter: https://twitter.com/video_quest

Twitter dos Aventureiros:

https://twitter.com/Fabio_O_Urso
https://twitter.com/LeoKitsune

Agradecimentos:

http://www.jbox.com.br/
http://www.leddhq.com.br/

 

Estréia do Danilo Kaneda no Side Quest! Falamos um pouco […]

133 thoughts on “Side Quest: Temporada de Outubro e Sword Art Online”

  1. O anime é mais ou menos, mas a LN(light novel) é muito boa. Só para deixar claro, não acho que uma adaptação do SAO para anime, poderia ser feita, sem perder muito da obra. Uma adaptação para anime do “ALfheim Online”, que acontece no 3º e 4º volume da obra, poderia ser melhor para se colocar num anime. Não vou contar o final do primeiro volume, mas só vou dizer, que muitas indagações do porque o Kayaba Akihiko “criou” aquele mundo, porque o Heathcliff é tão forte e outras, são respondidas de uma forma completamente imprevisível.

  2. fala Danilo Kaneda, boas criticas vc representa exatamente o maior erro de percepção que TODOS tiveram com Sword Art Online, eu mesmo como jogador de MMORPG e MOBA comecei a assisti pensando a mesma coisa que vc e critiquei a mesmas coisas.

    Achava um anime de batalha bem vago em seus conceitos e não sabia do que ele se tratava, já que por mais que tenha um mundo virtual inteiro para ser explorado e vários jogadores e suas varias personalidades, e de alguma maneira isso parecia irrelevante e mera ferramenta para o que estava sendo mostrado.

    foi quando saiu a Light Novel traduzida (pelo menos quanto eu achei) e parei para ler e tentar descobrir do que se trata SAO, apos terminar de ler em termos de MUNDO NOVO, COMBATE e JOGO ele era completamente oposto ao ACCEL WORLD (ambos são do mesmos criador).

    ACCEL WORLD –

  3. (vixi apertei algum atalho aqui que acabou postando o que estava escrevendo ante de terminar)

    ACCEL WORLD – SHOUNEN combate, com o romance de fundo como mera ferramente para da um gosto a mais no anime…

    Sword Art Online – SHOUNEN Romântico, com combate como mera ferramente de fundo para da um gosto a mais no anime…

    Basicamente quem quer assisti SAO pelo combate ou pelo espirito MMORPG vai se frustar e não gostar do anime…

    quem quer assisti o anime para ver o romance entre Kirito e Asuna vai gostar do anime e considerar um romance a razoável.

    Alem do romance que é o pilar central de SAO se faz leve abordagem sobre a questão: QUEM NUNCA SE IMAGINOU vivendo em um mundo diferente, “mais” emocionante e considerou o nosso mundo real entediante, nossas leis da física, química e biologia limitadas e nosso corpo “sem graça” se comparado as façanhas de personagens do mundo dos animes/mmorpgs, (esta é a abordagem final).

    enfim EU tb gosto do gênero romance em animes… quando decidi assisti o resto de SAO como um anime de romance e não um shounen combate voltei a gostar do anime e não tive mais problemas de perspectivas.

    1. Silas, perfeito. SAO é um Shonen Romântico e fui totalmente enganado pelo marketing que foi feito (Aposto que a grande maioria). Todo mundo esta dizendo que a Light Novel é mil vezes melhor, mas, repito, o anime deve ser bom por sí só.

      O que, no mínimo, o anime deveria fazer é explicar bem todas as regras do jogo de forma clara.

        1. Na verdade, bastantes respostas foram dadas no final do primeiro volume. Ainda estou no começo do terceiro volume. Posso dizer que estou gostando bem mais de alfheim online que do SAO.

      1. Danilo eu vi a Novel e não considero ela melhor pelo fato que o anime é TOTALMENTE FIEL a Novel, o anime retrata o Volume 1 e 2 da Novel.

        O povo esta muito acostumando com esta historia para boi dormir de “o original é melhor que a adaptação”

        como acabei de falar para os outros… eu tb Li a Novel e considero cada vez mais SAO um anime de pilar central o romance, chego ao ponto de dizer que é o primeiro anime romântico aos moldes Disney (onde vai existi o príncipe lutando contra tudo e todos para resgatar sua princesa = volume 3 )

  4. verdade que esse Cour foi terrível… o destaque de Kuroko [eu não tive disposição pra ver] é por ser um bom shonen de esporte, PONTO.

    o que ocorre com SAO* é bem simples: teve um bom começo, a idéia é interessante…. porém a execução é FALHA, o roteiro tem momentos que não empolga, mas tem bons momentos de drama [especialmente a partir ddo 8, aonde a historia “anda mais”…

    ENFIM, como já vi muitos dizerem, SAO se destacou tanto por ser um bom anime numa temporada muito fraca.

  5. SAO é um jogo onde as classes guerreiras se posso colocar assim, são unicamente de espadachins (Sword Art Online), se vc quer ver um manga de MMO com varias classes lê Half Prince, é bem mais parecido com os mmos que tem por ai.
    Alem disso não acho que o foco desse anime sejam as lutas, mais sim o como que os personagens se adaptam ao mundo virtual, as diferentes reações a um situação como aquela, aparece durante o anime pessoas que desistiram de sair, pessoas que se mataram,algumas pessoas formaram guildas para ajudar a completar o jogo, outras formaram um guilda pra tocar o putero e matar todo mundo, ou seja cade ser humano naquela situação reage de uma forma diferente. Além disso quando eles falam que a morte no jogo, significa uma morta na vida real, poem um peso maior na morte de um personagens, eu acho que esse é o diferencial do anime.
    Mais essa é somente a minha opinião.

  6. Interessante seu ponto de vista. Porem você deixou muitas coisas escaparem.

    1- No episodio 01 é explicado a falta de magia. O jogador quando esta ensinando o outro a jogar explica que Swort Art é um RPG diferente, onde é utilizado apenas a tecnica com espadas (como o nome mesmo diz: Arte com Espada) e por isso não tem magias. Então não adianta esperar, pois é apenas espadas e lanças.

    2- O animes só começa a história real do mangá agora. Depois que ele aprende a usar 2 espadas. Curiosamente, os episodios que você ainda não assistiu. Os primeiros foi so pra apresentar personagem.

    3- SAO tras na verdade a questão social. Como por exemplo: todo mundo usa o MMORPG como uma forma de fazer coisas que é impossivel (ou a etica não permite) fazer na vida real. Só que, como fazer tudo isso, quando sua vida real esta em jogo? Por isso poucos se aventuram nas quests.

    Essas são apenas umas colocações que eu tive diferentes de seu comentario.

    Pra quem se interessar na minha opinião, eu tenho um blog onde falo sobre animes tambem. E escrevi dias atras sobre SAO. Pra quem tiver interesse de ler. (não sei se posso, mas ja faço a propaganda :P) http://3gpmaniaanimes.wordpress.com

    Vejo sempre o video quest e gosto muito.

    Abraços a todos.

  7. Gostei do video, tirando um pouco o nervosismo concordo com os pontos. Para mim Sword Art Online é um bom anime, um dos poucos que se salvam nessa temporada fraca. Ele me lembra muito uma mistura de Druaga com alguns .Hack apesar disto ser uma comparação superficial(e o universo deles terem grandes diferenças). Mesmo assim é um bom anime de se acompanhar, não é o melhor que existe e com certeza não é o melhor de RPG, mas ainda assim agradável se ver.

  8. Sword Art é otimo Achoque os conceitos é de como as pessoas mudão quando se tem poder ou presenciam algo novo quando alguem vira um “top rank” ele acaba ficando arrogante acho que é pra mostrar que o poder muda as pessoas, e que no fim todos são iguais esta mostrando pessoas em uma armadilha com obstáculos apenas os mais fortes e com uma personalidade ou vontade maior vão se sobressair.

    ELe peca em muito não devia ser muito criticado pois… ex como o corpo fisico da pessoa está? ele não come não vai ao banheiro nisso ninguém pensa… então? por que cobrar algo muito realistico de um anime que é mais voltado a umjogo de fantasia? nada é perfeito, outra coisa é sobre as magias… como dito no primeiro episodio classes magicas não foram implementadas por que não sei… mas o Kirito falou que achava que era muito melhor usar o corpo.

    se fosse pra adotar magias seria melhor fazer um Anime de fantasia em vez de um jogo virtual de um planeta tal. ai ninguém criticaria esses pontos de não ter magos e etc…

  9. Olá. Antes de qq coisa, para que o Kitsune não fique de mimimi, tenho 22 anos e sou do Rio.
    Agora…
    A opinião do irmão do Kitsune é válida, mas demonstra que não tem prestado muita atenção do que viu… Primeiro que a idéia do jogo é vivenciar um mundo de lutas com espadas (isso é evidenciado até mesmo no titulo). pode ser uma fixação do escritor, exaltar a arte da espada, até pq mesmo depois que o Kirito zera o Sword Art Online e vai jogar Alfheim Online, o ponto principal no Kirito é sua habilidade com espadas e, posteriormente em Gun Gale Online, onde se joga com armas de fogo, apenas o Kirito joga de espada. Então, na minha opinião, é o autor querendo exaltar a arte da espada mesmo.
    Segundo que, no jogo, Ferreiro não é uma classe, é uma profissão. na batalha todos lutam com espadas. mas vc pode exercer a profissão que quiser, bastando apenas evoluir as habilidades que você precisar, como Forja, Pesca, Culinária etc.
    Terceiro que eles não estão em casa, no primeiro episódio já fala que todos foram transferidos para hospitais e estão conectados ao servidor de SAO (enquanto ficam deitados em camas de um gel que estimula o funcionamento das celulas do corpo, para não sofrer nenhum problema por estar tanto tempo imóvel). Mas essa equipe não pode interferir no jogo, só conseguem vigiar informações basicas, como nivel do personagem)
    Quarto que, após a queda de Aincrad, ainda vai ter MUITA história contada no mundo real.
    e Kitsune, por favor, mas POR FAVOR! se for algum dia fazer VQ de SAO, leia os dois primeiros volumes da novel! A ordem cronologica do anime faz ele parecer não tão sério entre o primeiro episódio e o episodio 8, quando o anime retoma o arco do Volume 1 (os outros episodios são historias paralelas na novel, a maioria contada no volume 2, e com MUITO mais explicações do porquê de várias coisas, porisso preço que leias os 2 primeiros volumes)

    1. Queria ter feito meu comentario após este aqui ter sido postado.
      Simplesmente perfeita a colocação.

      Compreendo que vocês analizaram o anime até o episodio 08.
      Porem para um VQ fica o pedido: leiam a Novel. E não apenas o anime.

      Muita coisa é diferente.

      1. Vou responder o mesmo que respondi no Youtube: uma obra precisa ser boa por sí só.

        Você depender de ler a Light Novel para poder “entender” o anime é prejudicial.

        1. Na verdade o anime não foi fiel até o episodio 09.
          Apartir do 09 ele esta “seguindo” a historia orginal.

          Diriamos que quem assistiu apenas os 8 primeiros episodios, assitiram na verdade “fillers”. Pois a verdadeira historia recem começou.

          Lembrem que a verdadeira obra é a Light novel. E não o contrario.

          1. Se a verdadeira obra é a LN, pra que serve o Anime?

            Ao meu ver deveria despertar o interesse de querer ler a LN, mas isso, INFELIZMENTE, o anime não me proporcionou.

            Mas, repito, estou assistindo ainda, mas até o 11 que ví, nada demais ainda. XD

          2. Flávio Haag disse: Diriamos que quem assistiu apenas os 8 primeiros episodios, assitiram na verdade “fillers”. Pois a verdadeira historia recem começou.

            Vc acabou de chama o capitulo 2 da Novel de “fillers” Flavio.

          3. Silas:
            Sim, tanto que se você procurar pela internet, não encontrar o cap. 2 tão facil quanto os outros capitulos.
            Pois ele é uma reunião de histórias paralelas.
            O proprio Kawahara disse isso quando foi lançado, que seriam historias que não iriam interferir.
            Por algum motivo o anime resolveu colocar isso antes da historia principal.

            É como o comentario do Azrael mais abaixo: deixar de ler por causa de filler não tem logica.
            Se fosse por isso, eu nunca teria começado a ler Bleach ou Naruto.

          4. o volume 2 basicamente tem algumas utilidades pratica para a historia….

            por ordem dos episódios “fillers”.

            justificar o motivo que kirito prefere ser um jogador solo.
            desenvolver um pouco do relacionamento entre Kirito e Asuna.
            conta a historia da segunda espada…
            Mostrar a mensagem de imortalidade exclusiva dos GM.

            basicamente são as coisas que o volume 1 passa meio batido que foi adicionado no volume 2 para justificar algumas coisas do volume 1.

      2. Se nos propusermos a fazer VQ sobre O ANIME, não vou precisar ler a Novel. Uma é feita com base na outra, mas o anime tem q se sustentar sozinho. Se todas as falhas do animê não existem na novel, OK, muito bonito, mas isso só prova que o animê é falho, e isso é sim algo a ser apontado.

        Sou contra desculpar uma obra adaptada só pq a original é supostamente melhor e “mais completa”.

        (e só lembrando q o SQ são comentários rápidos e pontuais, não análise aprofundada)

        1. Ok, entendo sobre o anime ter de se sustentar por sí, até concordo até certo ponto, mas nao vo discutir isso, o meu ponto é que, sem a novel, ficam alguns detalhes que sem explicação, MAS, não precisa usar a novel como desculpa e compensar a falha, mas indicar a falha do anime e comentando o que está de falta faltando alí ao inves de ficar “E o que que ele quis dizer com isso? É isso? É aquilo?” como Kitsune costuma fazer (isso NÃO foi uma reclamação do jeito como Kitsune fala!), mas já saber qual a explicação e então, criticar a mau-adaptação com base pra isso. Mas se não achar q SAO mereça uma análise desse nivel, eskece o que eu disse… Gosto da novel, critico varias coisas no anime sim, mas eu acho mais valida a critica de quem conhece uma obra original do que a pessoa que só vê a adaptação (exemplo disso, varios livros q viram filme, como Harry Potter, Percy Jackson…)

          1. CUIDADO: MIMIMI DO KITSUNE CHEGANDO!

            Continuo não concordando.
            Um crítico de cinema, se vai criticar o FILME do Harry Potter, não tem absolutamente nenhuma obrigação de comentar falhas do filmes com base na não-falha do livro. Aliás, considero isso até errado. Afinal, a crítica do filme deve ser sobre o filme. Se fosse uma análise da FRANQUIA Harry Potter, beleza (aí dá pra incluir tudo. Dá até pra dizer, sei lá, “nunca levei a sério os poderes, mas quando joguei Lego Harry Potter percebi X ou Y” que seria cabível).

            Aliás, acho problemático esse pensamento de “eu acho mais valida a critica de quem conhece uma obra original do que a pessoa que só vê a adaptação”. Ou seja, um crítico de cinema, com anos e anos de estudo de CINEMA, é desacreditado e invalidado por estar justamente FALANDO DE CINEMA?

            Não, não temos anos de estudo, nem tenho pretensão de dizer q minhas opiniões sobre anime/mangá/seja-lá-o-que-for são mais ou menos válidas q qualquer coisa. Só digo q quero defender o meu direito de dizer que, se o anime de SAO tem problemas, os problemas devem ser analisados e criticados. Se a novel não tem os mesmos problemas, ótimo. Mas eles não fazem os problemas do animê desaparecerem.

            Seria o mesmo que dizer “Não gosto do mangá de Naruto, pq o animê é cheio de fillers que estragam a história.” Se a lógica pode ir num sentido, pode voltar do outro também, não?

          2. Devemos lembrar que boa parte das críticas feitas, são mistérios que ainda não foram revelados no anime e foram revelados na LN. Só no último episódio(ep 12), foi citado o AinCrad.

            Sobre a analogia do HP, durante muito tempo, o porque de HP sobreviver ao avaca kadabra, só estava nos LIVROS. Isto não faz ser cento, alguém que só viu o primeiro filme dizer que é uma “falha de roteiro, pois não foi explicado”, mesma coisa com SAO.

            Se fosse fazer um anime de romance, com lutinhas, eles trariam a temática medieval. O motivo pelo qual o autor decidiu trazer um mmorpg e tantos conceitos, PROVAVELMENTE vai ser explicado no Anime.

        2. kkkk, mimimi…

          Hmmm… pensando sobre o crítico de cinema, faz sentido… Nesse ponto me convenceu.

          E outra coisa que pensei agora há pouco… Não acho coveniente que a adaptação seja totalmente fiel ao original. Porque senão não haveriam razões pra comprar o livro depois. Havendo tantas brechas que as pessoas comentam, seria um incentivo aos novos fãs a comprarem o livro e ler… O que acha?

          ‘__’ Mas esse seu último parágrafo… er… um exemplo bem forçado, não? E (saindo desse âmbito de animes), não dá pra generalizar essa idéia de “Se a lógica pode ir num sentido, pode voltar do outro também”…

          1. hmmmmmmmmmmmmmm…. seria mesmo besta se fosse pensando em outro titulo, como por exemplo, criticar SAO pensando em .hack//, mas criticar um titulo pensando numa adaptação diferente… pode não ser o objetivo, e aí nós que assistimos VQ temos q respeitar, mas… não acho que seja algo besta… bom, espero não ter criado nenhuma repulsa pelo título em si em seu coração por causa da discussão XD

        3. Então Kitsune, não concordo com sua ultima afirmação. Nesse caso não dá pra aplicar a lei de retorno, pois a obra original é o mangá, e alguém que não vai ler o mangá por conta dos filers do Anime é no minimo sem noção.

          1. Eu so acho que as críticas são algo que so deve ser apresentado depois que o anime estiver no final/acabar, temos que ver o desenrolar da historia e aguardar, mas uma coisa eu admito esse romance ta comendo episodios ao inves de desenrolar a historia no campo de batalha, uma das coisas que nao deveria ter na minha opnião NO MOMENTO e esse love, deviam ter arrastado um pouco mais para poder desenrolar a historia. falei tanto que acabei meio q críticando :P, assim como Steins gate tem hora pra romance.

            So uma coisa eu não entendi, por que algumas pessoas tem habilidades especiais? por exemplo(two swords) oque ele fez para merecer/ganhar aquilo? #misterio a muito a se desenrolar ainda.

          2. O Side Quest não é análise aprofundada de nada, são comentários breves. Não é uma “crítica”, portanto não precisa “ser apresentado depois que o anime estiver no final”

          3. Lucas, as “Habilidades Únicas” são habilidades que aparecem quando um usuário se adequa a certos quesitos. mas tais quesitos não são informação pública no jogo. mas o Kayaba Akihiko explica posteriormente que a Twin Blades do Kirito é uma habilidade única que é dada ao usuário com a maior agilidade em Aincrad. (de fato, Kirito é o mais rápido no jogo)
            E o anime não ta desenrolando a historia pq optou por seguir a ordem cronologica dos fatos. na light novel, o volume 1 tem o inicio do jogo e então já pula pro 74º andar de Aincrad. as outras histórias são publicadas separadamente (o Volume 2 da novel é que conta as historias da Sachi, Silica, Lizbeth e Yui, mas o jogo já é zerado no final do Volume 1)

          4. As pessoas tem que aprender a interpretar melhor o que os outros dizem, escrevem, etc…
            o SQ, é algo curtinho.
            Então já vem o povo querendo detalhes, pedindo que leia o volume, e que tem que fazer isso ou dizer aquilo…

            Pooooh…vocês sabem que aqui, o foco é o Anime, o filme.
            Na hora de comentar, esqueça o mangá. Finge que não existe.
            (se bem que em HxH, vocês falaram mais do mangá, hahahaha)

          5. Em HxH a gente SÓ falou do mangá. Ou seja: foda-se o animê (tirando brincadeirinhas com a censura, mas isso não é análise)
            A gente tenta sempre avisar DO QUE estamos falando. E mesmo assim, cobram que falemos de TUDO. É complicado.

          6. Lucas, eu li em inglês na Baka-Tsuki, mas lá não tem PDF, é leitura online. em portugues vc encontra na Light Novel Project, mas só tem o volume 1, 3 e agora tao traduzindo o 4. pularam o volume 2.
            SE vc não se importa de ler em ingles e quiser o PDF, só falar q eu tenho…

            E Rafael Santos, lê direito o que foi escrito antes de falar. ninguem tá reclamando de falta de informação do SideQuest, nós sabemos do que se trata um SQ…

  10. a falta de magia, servi pra deixar o jogo ainda mais difícil. especialmente pra enfrentar os chefões.

    porque geralmente em jogos, existe uma classe magica que usa magia de cura, e um tanker pra segurar o boss, enquanto os outros jogadores causam dano. já em SAO é quebrado essa tática básica dos jogos online. então basicamente todos são de classe fisica (obviamente uns mais voltados ao ataque, outros mais voltado a defesa, e outros equilibrados)

    agora quanto a essa critica de que a historia tinha que se dividir em 2 focos, no jogo e na realidade. eu já discordo disso. eu acho que a historia tem que seguir o foco do jogo e não do mundo real. até porque fica aquele mistério que é um dos pontos mais importantes da historia “será que os jogadores realmente morrem na vida real, se eles morrerem no jogo?”.

    e como o kitsune mesmo disse, também acredito que o anime vai passar uma mensagem, talvez até seja algo impactante. mas isso com certeza só no final do anime. (opinião de quem só acompanha o anime)

    minha unica critica negativa sobre o anime, é o fato de não apresentar muita coisa a respeito do jogo, no maximo nos é apresentado o basico do basico. o jogo em si poderia ser melhor explorado.

  11. acho o anime fooda demais,dos tempos para ca acredito que se tem focado mais em animes de qualidade e SAO e um deles,o fato de nao mostrar o mundo real e totalmente sem sentido,e por nao ter magia iria acabar extrangando o charme que a serie tem,dessa atmosfera meio tensa,com as intrigas e acontecimentos que vao surgindo conforme a historia passa,outro fator foi que na verdade sim tem o romance do kirito com a asuna,mas eu honestamente nao vejo como um ponto negativo,pelo fato de ser um light novel(que se relaciona com o cap 16.5),pela progresso que tem na relçao em sincronia com a historia,sem falar que nao e de fato como qualquer romancisinho,pois a asuna e uma mulher forte,com determinaçao,resumindo SAO e foda,e historia e muito bem estruturada,se mostrou como revelaçao,e honestamente considero o melhor da temporada!!!

    1. O Romance do anime é legal, minha critica não é a existência do romance, mas a ausência dos demais elementos.

      Mas tensão?!A todo momento a série diz que o Kirito é o fodão que resolve tudo, por isso o único momento tenso foi quando ele foi salvo pela Asuna no episódio 10 se não me engano.

      O que eu gostei foi o desenvolvimento do romance deles, pelo menos não foi rápido, nem forçado, foi natural. Pelo menos isso.

      1. começo a achar que sou o único que entendeu que SAO não se trata de anime de combate e sim um romance… (eu comparo SAO ao kokoro conect que é o outro anime da temporada que me fez passar pela mesma situação).

        pelo visto TODOS ainda insistem com a temática combate.

        (pelo visto vc entendeu o que eu falei Kaneda)

    2. Ao ver SAO, eu queria perceber essa “atmosfera meio tensa”. Tudo que o anime fez foi criar um romance com lutinhas como base de fundo. E o clima, na maior parte do tempo, é um clima de “Lua de Mel”. Mostram paisagens bonitinhas com o Kirito e uma menina (sim, aparecem varias diferentes) passeando por ai, buscando um objetivo particular.

      Como romance, o anime é até bom.

      Agora na parte de explorar o jogo, fazer analise do lado psicologico dos personagens (até agora so fizeram citações, sem desenvolver nada), explorar as lutas ou mesmo desenvolver os personagens, isso está deixado muito a desejar na minha opinião.

      ZONA DE SPOILER

      O Kirito já viu vários jogadores morrerem e ficou claro sua revolta com isso. Ele até ja matou uma pessoa. Só que, ele se revolta momentaneamente, e derrepente tudo é esquecido. Porque não colocar ele com o objetivo de zerar o jogo mais rapidamente? Ou criar uma forma de organizar os jogadores, criando uma especie de governo, para evitar mortes? Ou mesmo explorar seu lado psicologico com enfase no cara que ele matou?

      Não, ele resolve sair de ferias pra aproveitar o romance e ainda arruma uma “filha”…

      Por isso SAO se mostrou um anime com grande potencial, mas como muitas vezes acontece, esse potencial é desperdiçado.

  12. Bom concordo em partes com a crítica apresentada pelo seu irmão Kitsune , sobre os elementos de MMO o Kirito fala sobre isso , sobre magia e arcos não me recordo bem mais a justificativa é que isso por parte da maioria dos jogadores se tornaria algo apelativo , sobre sistema de classes realmente sinto falta disso porem , já começaram a aparecer algo parecido com isso, não quero dar spoilers. Outra coisa que você criticou foram as guildas e que elas não tinham sentido , nesse ponto eu não concordo com você , elas existem para reunir players e fazer com que eles se ajudem (ou seja upem Oo) para que assim sejam capazes de completar o game(é isso que o anime mostra).

    1. As guildas realmente tem essa função Matheus, blz, mas você viu eles efetivamente fazerem algo? Pode até ser que com a entrada do Kirito na Guilda da Asuna que a história evolua, mas até o momento as guildas quase não tiveram participações.

      Novamente gente, minha expectativa estava grande me decepcionei. Torço para que melhore bastante.

  13. sinceramente prefiro accel word ,não que SAO seja ruin mas não conseguiu me impresionar em nada ainda não não terve um unico capitulo que me surprendeu ou me fez parar pra pensar ,dai voces vão me dizer mas a light novel,sim eu li ela de fato é melhor que o anime mas ainda sim na minha humlide opinião deixa a desejar

  14. 19 anos – Belém
    Quando comecei a assistir SAO eu fiquei muito impressionado e fui buscar a obra original. Quando eu li a light novel (não é mangá) vi que o anime é uma bosta. O que mais me irritou foi a questão dos conceitos, onde na novel são muito bem explicados e detalhados, pois o kazuto não é apenas um beta tester mas sim uma pessoa viciada em jogos e por isso ele explica muito bem os conceitos e vai além explicando até mesmo conceitos computacionais de jogos (ele é bem nerd mesmo). Até as lutas são bem mais excitantes na light novel. Se você é nerd e/ou gosta de MMORPG, ou gosta de uma boa historia a novel é uma boa opção mas o anime é mais voltado para os adolescentes otakus que gostam de Another (hahahahaha sim acabei de ver o VQ e gostei).
    Resumindo, SAO como obra é muito boa, como anime mais ou menos e como adaptação é uma bosta.
    Ainda acho que o criador irá unir as historias (SAO e Accel World).
    Só mais uma coisa: o contexto da historia e o mundo futuristico (não muito distante do nosso) é praticamente excelente, tão bom que ele fez duas historias no mesmo mundo, sendo possivel criar mais historias baseado neste mundo, que também é uma crítica muito boa sobre a dependencia da tecnologia (não é atoa que as historias se passam em um mundo 15 à 40 anos no futuro).

  15. Sword Art Online é um bom anime, não é o MELHOR anime, tem suas falhas, mas acho que até o episódio final as coisas vão ser explicadas.

    A ação de SAO é secundaria ao romance, ou seja, é uma desculpa para um amor entre os personagens, não que isso seja ruim, mas não agrada muita gente(pelo menos as que percebem isso).

    Sobre não mostrar o lado de fora, pra mim parece ser um mistério, por exemplo, quando as pessoas morrem no jogo elas morrem mesmo na vida real? Ou, o que esta acontecendo fora do jogo para que as pessoas não tenham sido desconectadas ainda?

    O motivo de não haver classes como Magos, Arqueiros, Clérigos e etc não me incomoda tanto, até pq o nome do jogo é SWORD Art Online.

    Essa é só minha opinião,
    ~FLW

    PS: KISTUNE FAZ UM VQ DE SAMURAI X!!!!(Rurouni Kenshin pros fracos…)

  16. Wiliam, 36, Rio de Janeiro.
    O que me levou a assistir SAO? A espectativa de que se assemelhasse a .hack//Sign
    De certa forma, dá para se fazer um comparativo e possui até várias semelhança de temática entre as duas obras.
    Mas, SAO não é .hack// embora ter assistido .hack// (e jogados seus jogos) tenha facilitado o entendimento e a apreciação das propostas de SAO.
    Só fui ler a Light Novel depois de assistir 4 episódios do anime. E digo é uma obra muito complicada de adaptar. Geralmente na transposição de uma obra para outras medias sempre se perde algo, sempre há de se abrir mãos de algumas coisas e de se adaptar muitas outras para a linguagem da media alvo.
    E embora muitos possam dizer que a LN é muito melhor que o Anime, o anime é muito bom (na minha opinião).
    Sobre algumas reclamações do Kaneda: A equipe que adaptou a obra para anime, escolheu apresentar os acontecimentos em ordem cronológica, diferente do LN em que muita coisa se dá em flashback. Ou seja no LN tem um evento que dá um gancho p um flashback que introduz algo novo ou explica algo. Na LN o autor usa muito disso para resolver algo que ficou pendente e atar pontas soltas do enredo.
    Isso ficaria complicado num anime com orçamento definido e com um limite estipulado de episódios por temporada. Então muito ficou de fora (como as partes técnicas sobre o jogo) e foi priorisado a parte de relacionamento e personalidade dos personagens e seus conflitos.
    Então o conceito básico do anime é “Garoto introvertido, com dificuldades de se relacionar, preso num mundo virtual mortífero, tenta voltar para o mundo real a todo custo. Garoto sofre perdas e traumas, amadurece e na jornada acha o verdadeiro amor. E ganha mais uma motivação, para voltar para o mundo real e encontrar seu amor em carne e osso”
    Claro que tem muito mais coisas. Muitas coisas mais surgem no decorrer da obra. Mas, muito mais também depende se todos os volumes da LN serão adaptados. O Arco atual é só o primeiro volume (no Japão já vai para a publicação do volume 11). E há inclusive interligação com outra obra do autor. Mais para frente tem um crossover com o Accel World.

    Quanto a falta de magia no jogo: No jogo do primeiro volume não existe magia. Mas, nos próximos volumes cada jogo tem propostas diferentes.
    Não há exatamente divisões de classe em SAO. Há diversas skills que qualquer um pode aprender. Mas, alguns jogadores se especialisam apenas em skills de âmbito mercante, seja por medo de ir para linha de frente e acabar morrendo ou outro motivo. No anime isso é apresentado em diálogos entre o Kirito e a Asuna (mais como um comentário casual).

    As skills de combate: São coletivamente chamadas de Swordskills. Embora haja diferentes tipos de armas. Não há só uma forma de atacar. Há diversos tipos de skills e golpes. Há sim uma forma padrão de ativar o golpe, que é tomar a postura especifica do golpe e se concentrar para o sistema do jogo ativar o golpe. Ou seja, embora os jogadores tenham liberdade de movimentação, para usarem os skills e golpes mais efetivos, eles os devem ativar e deixar por conta do sistema fazer o resto com base em algoritmos. Mas, isso não fica exatamente claro no anime. Mas, é um ponto chave para o Kirito desmascarar o vilão no final. E acredito que deva haver um dialogo explanatório no ultimo episódio da temporada para isso.

    Quanto a exploração do mundo exterior: não é importante, agora, para o desenvolvimento do Kirito, nem de seu relacionamento com a Asuna e com os demais personagens. Mas, se houver uma segunda temporada e adaptarem os demais volumes, será mostrado o mundo real e como as coisas se desenrolaram nele.

    Não sei dizer se o anime se vale por sí só. Mas, digo que ele me empolgou o suficiente para buscar as outras versões da obra. Estou lendo o LN e o Manga.

  17. SAO é tosco²,simples assim!O pior é que peguei uma raiva desse anime,e um dos motivos dessa raiva é justamente essa apresentada por vc Kitsune no que se refere a esse povo fã de SAO achar que o anime é o melhor de todos os tempos ¬¬ aff.
    Kaneda falou tudo e mais um pouco.Ri do cachorrinho atrapalhando ele ao fundo.

    PS:Tobi um ferro de passar?LOL,achava que ele fosse um refrigerante
    http://www.refrigerantespakera.com.br/shared/img/lightbox/tobi_guarana_2lts_1286402886.jpg

  18. Parei de assistir no epi 08, eu acho, mas por curiosidade eu tentei ler um capitulo do novel(naquele dia eu tava muito loko)e a parte que eu estava lendo era sobre a irmã do kirito falando sobre o kirito e isso mostra que vai ter uma parte do anime em que vai mostrar o como está o mundo de fora do jogo.
    Obs: Já larguei essa bosta então to nem ai e nem ali.

  19. Sword Art Overrated*
    Sério mesmo, superou até Ano Hana nesse quesito. E sempre dou risada quando o Kitsune começa a falar de um anime que as pessoas gostam “pooor algum motivo” XD

    1. Acho que iria aproveitar mais de SAO se não tivesse sido tão hypado. Sabe aqueles animes que você não espera nada, e graças a isso consegue acompanhar sem se decepcionar e as vezes até se surpreende positivamente com algo dele? Com SAO é o contrário, falaram tanto desse anime, botaram tanta expectativa sobre ele que eu acabei esperando alguma coisa também, e acabei me decepcionando. Agora vou acompanhar até o fim esperando algo que atenda as minhas expectativas, e vou ficar falando mal enquanto isso não acontecer.

  20. Livia, 48, São Paulo

    Kuroko no Basket é um ótimo anime. Não vi Slam Dunk portanto não posso comparar, o que posso dizer é que KnB foi bom o bastante para fazer uma pessoa como eu, que nunca gostou de anime de esporte, assistir a temporada inteira com gosto. Tem personagens carismáticos, humor e os jogos conseguem prender a atenção até de quem nunca teve paciência de assistir uma única partida de basquete inteira. O único senão é que achei o final meio insatisfatório, creio que poderia ter avançado um pouco mais na história já que o mangá está agora na apresentação do último membro da Geração dos Milagres. Entretanto, ainda existe a esperança de haver uma segunda temporada, se isto se confirmar, não terei do que reclamar sobre este anime.

      1. Haha, eu vi alguns comentários de fãs de Kuroko dizendo que Slam Dunk é melhor sim, mas que ficaram frustrados com o anime, que ficou muito aquém do mangá. Vou procurar para ler, então.

        BTW, ri muito com o seu “Détch Noutch” e o comentário sobre Reborn (sim, eu cheguei a assistir Reborn, parei quando as reviravoltas na história começaram a ficar absurdas demais até mesmo com o mecanismo de suspensão de realidade ligado em potência máxima)XDD

        1. O animê eu não cheguei a ver todo, mas sei que a animação é capenga e não cobre todo o mangá.
          Prefira o original.
          (e vão cair matando depois desse comentário, sem saber separar as coisas. vai vendo)

      1. Eu assisti alguns episódios de Captain Tsubasa por causa do meu sobrinho que era fã. Achei curioso a visão que eles tinham do Brasil.

        Jamais vou esquecer daquela cena que mostra pessoas comendo pão de queijo com garfo e faca… XDDD

  21. O final do SQ, o Kitsune lembrou os finais das animações de Mundo Canibal, hahahaha

    Esse mês, foi bem decepcionante, os animes.
    Eu estava acompanhando Moyashimon Return. Esse anime, para quem conhece, agora, até pensa que é mais um, de bichinhos fofinhos, que lutam entre si, mais não é.
    Na verdade da uma aula, de como são usado fungos, para o beneficio, na culinária, japonesa e mundial.
    As vezes pode ser entediante com tantas explicações, mais gosto de ver.

    Estou acompanhando também Kokoro Connect. Estou muito curioso em saber como deve ser de verdade o “Semente Coração” e “Semente Coração 2”, não acredito que seja apenas por diversão, que eles trocam as personalidades, dos 5 amigos.
    Acho bem interessante. Mais acredito que o final não será muito surpreendente.

    Sword Art Online, vi apenas os 2 primeiros também, pretendo ver o resto, mais também não tenho preça.
    Não foi algo que me atraiu muito.
    Acho que se acontece-se da forma como o Kaneda, colocou. De mostrar não só dentro do jogo, mais fora. Porque as pessoas estão vivas, sem poder comer, sem poder se mexer, apenas deitadas. Acho que seria muito mais chamativo, se tive-se um heroi dentro do jogo (Kirito), e um no nosso mundo, algum detetive.
    Mais que não demore mais de 8 ep. para mostrar o real.

    E vendo também Campione, que é só mais um anime comum, de um colegial que ganha poderes, e mulheres de todo tipo, querem ele como marido, affff.

        1. Bom…não entendo muito, de animações.
          Mais vi um video, da bandai, acho que uns 40 min., que aparece uma rápida animação no inicio, aparecendo um personagem desenhando paginas do mangá de JoJo, e depois surgindo os bonecos em 3D, do jogo.
          para mim aquele inicio, é em flash.
          Depois vi um outro video. Mais ai do anime mesmo, que parecia uma animação normal, usada hoje em dia, mais que achei os traços, dos personagens, bem + ou -.

  22. Por alguma razão, detesto acompanhar Animes curtos semanalmente, prefiro esperar a temporada terminar pra assistir tudo, então nem assisti SAO e nem pretendo até que acabe.

    Mas preciso comentar depois do que li aqui nos comentários: ”O Mangá é melhor que o Anime…hummm…então o Anime é uma bosta” WTF?!

    Só pq o Mangá é melhor então o Anime é taxado como bosta? Usando o exemplo do Kitsune, é a mesma coisa que dizer que os filmes do Harry Potter são uma bosta só pq os livros são melhores ¬¬

    1. Concordo…Kokoro Connect, esta bem interessante. A curiosidade, em saber quem é? o que é? o que quer o “Semente Coração”, em brincar com a personalidade, do personagens?
      Ele parece ser apenas algo bobinho, de relacionamento, entre os adolescentes, mais acaba indo bem mais fundo.

      1. Exato, também pensei que Kokoro Connect seria um anime sem noção e chato mais é muito engraçado e é muito mais profundo do que eu poderia imaginar. É o único anime da temporada que eu estou acompanhado, também gostei de Binbougami ga! que é um estilo de comedia que eu curto bastante, mas esse eu vou esperar terminar pra assistir.

        1. Kokoro Connect é um anime de experiencia psicológica/sociais e lições de moral com um plano de fundo de romance so para da um gosto a mais?

          ou um anime romântico exótico que usa suas experiencias psicológicas/sociais para ter algo a mais que o romance…

          (Luciano como faz para ter a foto no avatar aqui?, não achei o botão de logar pelo face como tinha antes)

  23. Depois de Ler sobre e pelo pouco que assisti. Gostei muito + do Accel World, não sei porque, mas, acho que o enredo apresentado faz mais sentido (pra mim). E me diz ai, quem não queria viver no mundo de Accel World (Tanto no Real quanto no Virtual).

  24. Kaneda, quanto a sua ideia de mostrar o lado de fora, acho ela incabível dentro da proposta do anime. Eu acharia excepcional, mas entraria em outro gênero (investigação, talvez até seinen dependendo da abordagem) e trocaria o público alvo. Veja que o anime não se preocupa em fazer uma trama excepcional, mas sim juntar elementos em um shounen que agrade a maioria.

    O grande trunfo de SAO é pegar os fãs de jogos e colocar eles lá dentro e fazer ele sentir que estão vivenciando em todos os sentidos aquilo que eles amam e só podem apreciar superficialmente (no caso, com a visão e a audição, que é o que a tela do PC e as caixas de som permitem). Você pode reclamar que o mundo de SAO não explica bem os conceitos de um MMORPG, mas na vivencia dentro do mundo, não no jogo em si. Claro que seria interessante para as pessoas mais críticas (como eu próprio) que tivesse explicações melhores do sistema e das regras do mundo, mas o que o anime faz (e bem) é fazer quem assiste se sentir em um mundo fantástico (nesse sentido me lembra bastante Harry Potter), onde nossos limites são e muito superados.

    O anime tem erros que desagradam uma minoria mais crítica, mas ele não foi feito pra nós, e sim pra quem tem a imaginação mais afluente e um senso crítico menos apurado. Não é um anime pra pensar, mas sim para se sentir. É o que eu penso.

    PS: Só pra lembrar gente, ESTOU FALANDO DO ANIME, NÃO VI A NOVEL.

    1. “Você pode reclamar que o mundo de SAO não explica bem os conceitos de um MMORPG, mas O FOCO ESTÁ na vivencia dentro do mundo, não no jogo em si.”

      Perdão, esqueci de colocar um termo no meu texto.

      1. Não leve minha expressão ao pé da letra, mas sim o que eu quis dizer com ela… Talvez eu tenha me expressado de forma confusa, e se foi esse o caso, peço desculpas. O que eu quis é que o anime tem muitas brechas pra quem se preocupa com enredo e roteiro, esses que podem fazer o anime ser um anime comum entre vários outros, e pra esses que procuram grandes histórias, tramas emocionantes e bem feitas talvez não goste tanto assim de SAO. Quem é fã de verdade em SAO não se preocupa tanto assim com o roteiro, com explicação dos fatos ocorridos, do ambiente, mas sim com a imersão que esse mundo proporciona ao telespectador. Os “pensantes” que eu falei seriam os mais criticos que e procuram enredo, grandes personagens e uma grande história. Já os que vão “sentir” a série seria quem tem uma imaginação melhor, se emociona com o sensacionalismo daquele mundo e se sente nele. Agora fez algum sentido?

        Eu não sou dos que “sentem” o anime, sou dos que pensam, tanto que pra mim o anime não é tão atrante assim. Porém é um anime com uma hype altíssima, e eu tentei me colocar no lugar dos fãs da série para tentar entender isso quando escrevi esse texto. Talvez ele esteja equivocado, e se for o caso, sinta-se a vontade pra me corrigir .

  25. Eu acho que o Kitsune já cometendo o erro que muita gente faz em relação a Kuroko. Afirmar que não é melhor que Slam sem nem ter visto o anime. Pra mim desde o inicio que o pessoal comentava isso é meio que querer menosprezar um perante ao outro. Claro que são de basquete, mas vão ser retratados de forma diferente. Eu acho que é como essa guerra pra falar quem é melhor: One Piece, Naruto e Bleach que todo mundo já tá de saco cheio. Parece que resolveram ressuscitar a fama de Slam quando saiu Kuroko, porque não era comum (apesar de ter varios fãs, ser um ótimo anime) comentários sobre Slam Dunk nos dias de hoje, pelo menos o que estou vendo sempre que alguém fala de Slam é pra falar de Kuroko. Não vejo ninguém dizendo que um anime de esporte diferente é melhor ou pior comparado com outro. Por que só acontece com Slam e Kuroko?
    Assim que você tiver oportunidade assista \o. Varias pessoas que eu conheço que começaram a acompanhar gostaram bastante e todas com gostos bem diferentes. É um anime que vale a pena se você viu ou não Slam.

    Sobre SAo, eu acho que o anime nao quer mostrar nada ¬¬ apenas o casal de protagonistas. Achei o romances dele bem forçado, acho que é a unica ideia do anime foi essa. Passaram dois anos e nao mostraram nada. Apenas explicações rapidas. O que deveria ser desenvolvido não foi, apenas jogaram na nossa cara e ainda tem gente que tá engolindo.
    SPOILER: nos dois últimos episódios eles já tinham uma filha e era uma familia feliz.
    Kirito é o personagem phodão e anti-social, Asuna seu unico proposito mesmo foi pra ser o par do protagonista.
    Tambem acho que deveriam mostrar o que tava acontecendo no mundo real, tive a mesma ideia de que o governo poderia tentar mandar pessoas para SAO para acabar com tudo isso.
    Veja só, se passaram dois anos no anime, terminaram mais da metade dos andares e cadê que nós vimos alguma coisa?
    Conclusão sobre SAO: o autor nao desenvolveu muito a história, não desenvolveu o crescimento dos personagens na série. Ele apenas conta que foi assim e pronto.
    Sobre esse sucesso que não vejo motivos ou melhor dizendo lavagem cerebral é simplesmente pelo tema de MMORPG que pra mim faz muita gente se iludir que é bom. Em animes entrar num jogo e ficar preso nele pode ate ser uma novidade, mas a ideia não é original. Podemos ver isso em HQs, desenhos, filmes da America não é de hoje.
    Desculpem os erros, normalmente fico com preguiça de colocar acentos depois de algum tempo digitando rsrs

  26. Tipo eu não gostaria de ver o mundo real não, por que realmente não se sabe se eles estão presos naquele mundo virtual,por que eles pode não esta presos la, ai se você p mundo real pode quebra esse encanto ou mistério, Cara eu gostei mundo e da temporada ainda esta sendo o melhor da temporada, da “temporada”. vlw …. Manoel Henrique 24 anos Cachoeiras de Macacu RJ

  27. Amooo Reborn ,não entendi até agora o motivo do anime acabar “precocemente”(203 episódios) daquele jeito ,o Mangá está incrível ,sugiro que todos que assistiram o anime leiam a continuação do mangá .
    Ansioso pelo anime Psycho-Pass ,realmente o traço da Akira Amano no anime fica muito lindo ,mas no mangá… 😛 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Tb gostaria de comentar que assisto Sword Art Online (spoilers a seguir) ,e até agora não entendi como que o corpo continua vivo sem comida e mesmo após ter passado 2 anos O.o E achei horrível esse negócio deles terem casado ,ficou td mt superficial nesse romance que não contribui em nada pra história do anime(até filha eles já tiveram kkkkkkkkkkkkkk)… =/

    1. Na vida real, os corpos das pessoas no jogo são tratados como se estivessem em coma, e as pessoas são mantidas vivas em hospitais a base de soro. Espero que não liguem pra esse spoiler, ele é leve e não fala nada de comprometedor pra história…

        1. não foi explicado isso no anime, o Kirito pressupoe isso durante o volume 1 da novel, mas isso é o de menos…
          XD e pularam bastante no tempo da historia mesmo, pra ir direto aos eventos importantes. diferente da 4ª Geração do Full Dive (assista Accel World), a 1ª geração (o Nerve Gear) não tem o poder de aceleração.

          1. Então complica bastante ,quero ver qual será a explicação pra essas perguntas ,espero que não tenha nenhum furo no anime… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  28. Sou o Fábio de Portugal (!Kitsuni!)Castelo Branco
    1º Não vou aplicar o LN de SAO… to de acordo em que o anime tem de ser independente.
    2º Eu só da opinião em que o anime tenta mostrar algo…
    3º Sobre o anime em si.

    2º Ao meu ver o primeiro episódio de SAO foi bastante interessante, mostrar algo pralem do imaginável, como seria entrar realmente num jogo, sentir, viver o jogo, uma experiência única e o desenrolar da historia mostra essa mesma perspectiva.(uma experiência única).

    No Anime, no inicio da intenção de dizer <> bem isso não e o que acontece, o que realmente se passa e o que aconteceria se algo assim existisse no mundo, e quando o assunto se trata de vidas o sentido JOGO deixa de fazer o menor sentido (dai a experiência única) nos como seres vivos temos a habilidade de nos adaptarmos as situações e os lugares e rapidamente mostra que mesmo na situação em que estão (neste caso a possibilidade de morrer na vida real) o mesmo não impede que os players se matem uns aos outros, nessa situação difícil eles se adaptam ao jogo, arranjando empregos, fazendo uma vida de criminoso, roubando, enfim algo que seja necessário a sobrevivência. Na minha opinião esse e o que fez o anime desenrolar tão rápido sem explicar patavina sobre certos assuntos do jogo em si, como passaram tantos níveis, que monstros foram derrotados, as habilidades, etc… tentante só mostrar, que mesmo em situações como estas eles rapidamente tentam fazer vida dentro daquele mundo virtual, como arranjar casa, dai também o experimento aqueles que não se conseguem adaptar simplesmente morrem, gerando desespero, individualismo, ganancia, raiva…. só no fim vem a parte do contesto original o JOGO onde eles tentam ser os melhores por questões individuais, ou arranjar uma guilda para conseguir upar, e claro tentar sair dali… mas como a questão e a VIDA muitos limitam se a fazer uma vida normal com o medo de morrer….

    3º Eu gosto do desenho acho bastante bem feito…claro assim como eu e outros gostariam de ver PORRADA, mas como disse em cima esse não parece ser o objectivo principal do Anime, mas sim mostrar a vida dentro de um jogo…. quando não se pode escapar, e óbvio que a falta de informação acerca de certas questões do jogo nos faz ficar fulos e sem interesse, dizendo QUE BOSTA, como se passa assim do nível 1 para o nível 75 sem mais nem menos, e claro que gostaríamos de ver a evolução do personagem principal, as lutas dos outros bosses entre outras informações mas o que anime apenas nos mostra em maioria e vida das pessoas e o romance com a garota e o personagem principal……

    Eu to a gostar bastante do Anime apesar de não superar certas expectativas, tento sempre ver o lado positivo e me divertir…….. e pode ser que la mais pra frente se deixe de lamexisses e mostre um pouco mais sobre o Jogo em si (habilidades entres outras coisas) mais profundamente e claro muito mais PORRADA….
    Em questões a cerca da vida real no Anime ao meu ver acho irrelevante, porque se eles tentassem intervir e acabar de uma vez por todos com o jogo tiraria o protagonismo a figura principal que é Kirito.

    1. Isto e o que estava entre por alguma razão não apareceu XD

      porreiro eles vão ter que lutar pelas vidas deles e lutar contra monstros e passar níveis e vamos ver muitas lutas

    2. Boa. Mas infelizmente parece que o foco não é a ação (e eu queria mesmo que tivesse mais porrada), mas diferente de Accel World (do mesmo autor), que tb se passa em um jogo virtual e é focado nas batalhas e habilidades full over pow, onde o objetivo é mais se divertir com o jogo e alcançar niveis maiores, o objetivo que vi em SAO é mostrar mais o lado emocional de jogadores expostos a uma situação de vida ou morte. Bom, pelo menos é assim que eu enxergo o diferencial que o autor dá a cada uma de suas duas obras e acho isso interessante.

  29. 31 anos Barra Bonita

    Danilo você comentou de mostrar a investigação fora do jogo, e ao mesmo tempo mostrar o q acontecia dentro, o autor de SAO (sword art online) lançou essas publicações na internet justamento por volta de 2002, ano que estavam passando na TV o .hack//sign e saindo tbm .hack//liminality, sendo que o autor utilizou do mesmo meio pra usa história (os MMORPG), mas ele não poderia fazer o mesmo que .hack//liminality que fazia justamente isso que vc falou da investigação, se já acham a idéia de SAO extremamente chupada do .hack, imagine se seguisse mais esse meio.
    Alias antes que alguem fale que SAO foi lançado em 2009, sim a versão encadernada e vendida sim, mas o mesmo já existia online desde 2002 no site do autor (até o original é onde tem o cap. 16.5 [18+] )

    Agora um comentário pertinente: acho q é só eu mas qdo vi a imagem de miniatura do video que tá no youtube ficou parecendo que o danilo está segurando dois bonequinhos laranjas nas mãos.

    1. O.o bem notado esse ponto do Liminality… lembro que o Liminality marcou justamente por ser o primeiro .hack// a mostrar a vida real! Pelo menos, após o tempo passar, a novel de SAO já entrou no novo arco com o Kirito na vida real sem precisar se preocupar mais com essa comparação…

  30. Kuroko no basket melhor anime da temporada passada,é 100x melhor ki SAO mas nunca ira superar slam dunk ki estou a espera desde o video quest 5. Façam logo um VQ de slam dunk seus malditos xD.

  31. –>Concordo com o kitsune, mostrar o lado de fora em sword art online seria sem graça, já que esse se foca em dar uma certa nostalgia para os jogadores de rpg online!
    –>discordo na parte de não ter magia é ruim, afinal o jogo pega as ondas da mente, como se você movimentasse o seu corpo, como seria a sensação de se criar magia? não teria como repassar isso para o console, ficaria muito complicado e geraria uma longa explicação sem sentido.
    –> as guildas no anime tem um objetivo certo, sobreviver!!!! é a única coisa que realmente importa no fim de tudo!!! ficarem forte, passarem as fases, pegar o máximo de itens raros para ajudar e zerar a bagaça!!!!
    –> no começo do anime é explicado que não tem divisão de classes, mas mais para frente é mostrado que alguns personagems começam a desenvolver habilidades proprias para ajudar em sua sobrevivência, se eu não estiver errado, acho isso uma grande sacada! afinal algo que não estava escrito e adicionado as regras do jogo foi evoluido e apreendido pelos jogadores, tudo por motio de sobrevivência!!!!

  32. Realmente me impressionei com Kuroko no Basket.Eu nunca tinha assistido um anime de esporte então eu não esperava grandes coisas, mas Kuroko conseguiu me cativar.É um anime com jogos bem feitos, personagens legais e uma boa comédia, tanto gostei que comecei a assistir outro anime de esporte…Hajime no Ippo, que aliás estou gostando mais do que de Kuroko hehe…enfim, adorei Kuroko e não vou assistir Slam Dunk por pura preguiça…ví esse vídeo pensando que falaria de Gintama (meu anime preferido) mas isso não aconteceu, uma pena =/

  33. Não li o manga, nem light novel, só vi o anime. Foi dito no último VQ (sobre Another) que ele tinha virado modinha e tal, e na hora pensei “opa, Another nem foi isso de modinha não, mas se pensar nessa temporada, com certeza Sword Art Online é…”
    O fato de ser um MMO e não possuir magias, é citado se não me engano no primeiro episódio, quando Kirito está ensinando o básico pro outro maluquinho lá, que disse que era até algo ousado, ou algo desse tipo.
    Uma coisa que me deixou bastante incomodado, e que acho que ninguém comentou (pelo menos não nos coments que eu li)foi a questão de como o anime lida com a questão de passar do TEMPO. Por exemplo em um episódio eles estão lá nas cidadezinhas do inicio e tal, dai no próximo começa e já se passaram 6 meses, dai no outro já tem mais de 1 ano… e por ai vai… sério poderia ter sido tratado de maneira bem melhor.
    Concordo com quem discorda (hehe) que mostrar o que acontece do lado de fora do jogo não teria muita relevância, nesse momento, porque assim, seria necessária uma mudança do “foco” do anime, e não é essa a proposta do autor para esta “obra”.
    Concordo com que concorada de que o autor foi muito mais feliz em Accel World, que a propósito eu gostei bastante; não é aquela maravilha revolucionária, mas melhor que SAO (na minha opinião), com certeza. Outro anime, que eu é o que mais gostei nessa temporada(e normalmente não gostaria, pois não sou muito fã de animes de mecha) é Muv-Luv Alternative: Total Eclipse ^^ muito bom.
    Essa próxima temporada parece que realmente terão uns bem bonzinhos ^^ Tomara.

  34. Pessoas o anime de S.A.O foi muito bom, para mim, porem como você não leu o light novel você não entende. Essa é a primeira parte do anime, e segue bem a ideia do novel. Eu prefiro de longe S.A.O que A.W. . A historia é mil vezes mais profunda e o personagem principal é absurdamente melhor que aquele baixinho estranho. Tá tem animes melhores, porem dessa ultima geração para mim foi o melhor de longe.
    E gente ,porra, é um anime sobre um MMO, porem ele não precisa ser igual a seu MMO de merda! Se fosse lançado hoje e ninguém morresse no processo cada um de vocês seria um viciado querendo comprar. Se vocês quiserem podem ler o novel que é uma mídia esquecida porem muitas vezes melhor que o manga e o anime,ou podem continuar ignorantes! Rogleal, Rio de janeiro, 21 anos com minha opinião de merda parar merdas. PS: porra é até divertido ver vocês agirem ridiculamente. Porem porra no bar vocês desceram a baixo de seikon no qwaser. ..tsk..tsk..tsk…

  35. Meu maior problema com Sword Art Online é o fato de eu já ter visto tudo que o anime tentou fazer anteriormente e com maior competência. Drama? Já vi melhor. Mistério? Já vi melhor. Romance? Já vi melhor. Harém? Dane-se o harém.

    Ok, vamos lá:

    -Fraco desenvolvimento de personagens.

    -Episódios corridos.

    -Eventos da trama que tem algum significado especial para o protagonista não provém a mesma carga emocional ao espectador. É o caso de “isso serviu para aquilo”, mas não me interessa, pois não importo com o personagem principal.

    -Drama forçado. Algumas mortes precisaram de explicação da novel para fazer sentido. Outras não tiveram impacto algum, pelo fato de os personagens não se decidirem entre serem “red shirts” ou “mauve shirts”

    -Vilões sofríveis. Não, seu personagem não vai ficar mais legal derrotando vilões histéricos e simplistas. O mundo não é tão dualista assim. Até animes mais infantis como Shugo Chara! e Precure tem vilões melhores.

    -Conveniência de trama. De todos os jogadores de SAO, Kirito e Asuna seriam os únicos com “algo diferente” (seja lá o que for), o que fez Yui se interessar por eles.

    -Romance discutível. Quando a Asuna disse que o Kirito “mudou a vida dela” e aqueles flashbacks aparecem, eu realmente não consigo acreditar que aqueles eventos foram o bastante para justificar os sentimentos dela. Bom, o único requisito da princesa é ser salva, certo?

    -Tentativa frustrada de simular um relacionamento familiar. Yui, volte para o cardinal. O Kirito não é seu pai, a Asuna não é sua mãe, e voces são a pior família que eu já vi em anime. Sério. Não foi à toa que o Maeda gastou bastante tempo para desenvolver Clannad.

    E isso é apenas de minha parte. A cada episódio surgem mais e mais críticas. Por quê? Bem…metralhar Sword Art Online também é divertido. Assim como faziam com Guilty Crown.
    Podem esperar o VQ de SAO. Eles vão destruir o anime. E realmente, essa temporada foi uma merda.

  36. Lucas
    Blumenau/SC – 20 anos.

    Vi este Side Quest apenas hoje e infelizmente não tenho tempo para ler todos os comentários, então se alguém já postou algo parecido com meu pensamento, sinceras desculpas…

    SPOILER

    No começo do anime já foi explicado que o jogo não tem magia para ter uma maior interação do personagem com o mundo criado… Na minha visão seu erro foi: porque o criador do jogo não colocou magia,arco e flecha ou qualquer tipo de ataque a distância. Se pensares o que o criador do jogo diz no primeiro episódio tiramos a seguinte conclusão, seria ridiculamente fácil encerrar o game com este tipo de classe, do mesmo modo que não existe healer (priest) no game, o anime não mostra isso na cara mas foi uma das conclusões que cheguei.
    Sobre o mundo real… Espere mais um pouco, chegaremos lá ainda…
    Sobre a investigação fora (mundo real), não se tem por dois motivos, o primeiro é porque realmente não tem como hackear o game e o segundo é forças maiores ainda não mostradas.
    Quero lembrar que não sou dono da verdade absoluta e isso é apenas mera opinião.

    Leia a Light Novel, vale a pena mas ainda assim o anime está muito bem produzido.

  37. cara ‘-‘ eu nao curti SAO personagens nao carismaticos, a história até o episodio 11 (onde parei) é fraca e incompleta, é um anime com potencial mas mal aproveitado

  38. Eu discordo um pouco da opiniao sobre o Sword Art Online. Tambem estou consciente que esta análise foi feita ainda no oitavo episódio e eu já vi o 14º (no spoilers). O equívoco esta em pensar que o foco do anime é o mundo virtual. Na minha opiniao o foco do anime esta em mostrar a linha que distingue o real do virtual e os conflitos de 2 personagens que se apaixonam e resolvem viver plenamente essa vida, independente de qual é a realidade.
    Isso nao é constatado desde o principio e é natural pensar que o anime terminará quando o vilao seja derrotado e todos possam se livrar de seus “nerve gear”. Por esse motivo o anime nao esta se enfocando em mostrar classes ou estilos de luta de cada jogador. O anime está enfocando as relacoes humanas, o medo da morte virtual/real, os grupos que arriscam para livrar a todos dessa prisao que é o jogo, os grupos que resolveram levar uma vida pacata e esperar com fé que jogarodes de niveis superiores algum dia ainda conseguirao vencer o Boss.
    Nao quero dar spoilers, mas o anime nao termina no mundo virtual. Ele vai mais além.
    Enfim, quero esclarecer que é so a minha opiniao. Nao acho que seja o melhor anime do mundo nem sequer o melhor anime de 2012, mas é um anime muito bom se voce conseguir entender sua verdadeira intencao.
    Abraço

    1. 🙂 pois é concordo com o amigo acima. o foco do LN SAO vai muito mais adiante que somente o jogo de SAO. eu li até o final do volume 7 e parei porque não entendi o caminho que ta segundo os 3 sequintes volume senti que teve uma regreção igual ao volume 2… estou tentando entender o que ta acontecendo para poder voltar a ler! 😛 infelizmente estou com problemas para achar essa informação em portugues…
      Mais e um Anime/LN que recomendo!

Deixe uma resposta