Video Quest 45 – Soul Eater e a Desconstrução Psicofágica do Shounen (ou não)

A desconstrução do shounen? OU só mais um mangá legal?
Sinceramente, tanto faz! Apenas leia SOUL EATER!

Comentado no VQ 45:

Blog Mangás Undergorunds
Post sobre Soul Eater no Gyabbo!
Twitter @ojudeuateu

ACESSE:

Genkidama
Twitter @Video_Quest
Fanpage no Facebook 
E-mail: [email protected]

Twitter dos Aventureiros:
@LeoKitsune
@Fabio_O_Urso

A desconstrução do shounen? OU só mais um mangá legal? […]

72 thoughts on “Video Quest 45 – Soul Eater e a Desconstrução Psicofágica do Shounen (ou não)”

  1. nunca acompanhei o mangá mas vi alguns episódios do anime de soul eater e posso dizer que o o enredo poderia ter sido muito melhor aproveitado se tivessem puxado mais para o lado sombrio da coisa e não pra comédia, enfim. Irei ouvir aos comentários aqui, abraços

    1. Mais eu acho que se deixassem a comédia de lado, ele iria deixar de ser shonen e viraria um seinen, e o público que soul eater é direcionado, é o público que le Naruto e One Piece. Ou seja talvez o mangá não faria muito sucesso. Pelo menos não pra esse público.

    2. Sem sombra de duvidas o inicio do manga (assim como do anime) tem muito mais humor, se voce notar o traco do inicio do mesmo vai ver que tem um jeito Negima ou Love Hina da vida, parecendo soh um ecchi de comedia. Mas com o tempo e com a introducao da insanidade o clima vai, sem duvida alguma, ficando muito mais sombrio, do mesmo jeito que o traco vai ficando mais serio. Eu mesmo acho que sem o humor o manga ficaria bem sem graca, eh um ponto fundamental para o carisma dos personagens.

  2. Lol como esqueceram de falar da medusa ? uma das melhores personagems de soul eater.
    Não concordo muito quando fala que o universo de soul eater é “jogado” mais como vocês falaram apenas dos 6 primeiros volumes da pra enteder o erro.
    Mais para frente tudo é explicado des do por que de terem humanos que viram armas ate quem sao as bruxas.

  3. Eu gostaria que um dia vocês falassem de Avatar: a lenda de aang. Pra saber suas opiniões a respeito da série. E também sobre o que vocês pensam sobre animações americanas.

    1. eu teria contracoes musculares involuntarias se um dia resolvessem falar da Lenda de Aang e quem sabe Korra, mas esse nao eh o local mais apropriado pra se discutir o assunto no momento xD

      1. É que Avatar foi considerado uma das melhores animações televisivas da década (que por mim não chega aos pés de FMA), mas o que me chamava atenção é que ela é americana. E americanos tratam o público pré-adolescentes (público shonen) com um pouco de infantilidade demais, e davam muito foco há desenhos de herois. E Avatar pra mim foi interessante porque eu ficava pensando, de como seria a reação do público americano ao ver um desenho com uma carga de anime muito grande. E queria saber muito a opinião do Urso e Kitsune. Mas como Kat já disse essa não é a hora apropriada para discutir esse assunto.

      2. Hahahaha….porque você teria contrações, Kat? hahahaha

        Avatar, foi um ótimo trabalho, bem feitinho, com boas lutas.
        Adoro a personagem, Toph Bei.
        Maaas…a saga de Aang, eu acho mais infantil.
        A de Korra, me fez brilhar, os olhos… tudo é bem feito… as lutas então, nem se fala.
        Se um dia tive-se uma animação das minhas histórias, queria lutas e movimentos, iguais a da saga Korra.

  4. Soul Eater é um prato cheio para Americanos, eles devem adorar por eles usarem o halloween como se fosse o mundo deles, em Soul Eater parece que eles estao o tempo todo no dia das Bruxas, até a Lua da risada e sangra

  5. oi meu nome é Suelder tenho 19 anos, morro em PE
    concordo com boa parte q vc’s falaram, oq não concordo foi o quando vc’s falaram sobre as bruxas e armas e tal, o fato do personagem ser imortal foi pq ele arrancou o olho d rainha das bruxas, e as armas são um tipo d raça eles nascem assim

  6. Rafael Santos, 28, Viamão/RS

    Muito bom esse VQ.
    Eu tenho todos os episódios do anime, mais até agora assisti, apenas 13.
    O manga eu ainda não li, mais ele esta na minha lista de esperas…uma hora eu paro para ler.

    Mais não é por não gostar da serie. É por falta de tempo mesmo.
    Acho que tenho alguns outros mais interessantes q eu gostaria de ver antes de Soul Eater.
    Mais acredito que quero ver o anime primeiro…Se eu for ler o manga antes. Quando eu chegar na parte Filler, vou me desanimar e não vou ver mais.
    Acho também muito bonita a arte…é uma arte simples, bem no estilo Shaman King.

    Se eu tive-se uma serie, de grande prestigio, o que mais eu ia querer era ver ele em animação, seguindo o manga.
    E não algo diferente…tira toda a magia do trabalho.
    E poucos são as animações, q não seguem o manga, que são boas.

    Muito boa a participação do Judeu…só discordo no negocio, de que, se fosse passar para o anime, o que tem no manga, não teria o mesmo impacto.
    Uma vez, um cineasta (não lembro o nome) disse que adorava fazer animações, pois é um mundo, que tudo pode ser feito.
    E eu concordo com isso…

    Se pegar uma empresa que leve o projeto a serio, e consegui-se transpor (seria essa a palavra correta), tudo que o autor quis passar pelo mangá, então estariam de parabéns.
    E tem muitos que conseguem.

    Até a próxima então…

    1. Um PS.:
      lendo agora o comentário do Suelder de PE, me veio a mente agora uma questão.
      Vocês bateram na tecla que os personagens jogam suas personalidades, sem dizer o motivo. Bruxa é bruxa e deu, etc.

      Esse mundo de Soul Eater, não seria algo do tipo mundos misticos (exemplo apenas).
      As pessoas nascem, naquela raça, não tem um motivo, e vai de cada um ser boa ou má.
      Se alguém nasceu numa raça de bruxas, bruxa será. nasceu numa linhagem de se transformar em armas, então assim será….
      Esta entendendo o q eu digo?
      Não tem uma explicação, cheia de firulas. Nasceu assim, e ponto.

  7. Esse Video Quest foi interessantíssimo. Me deu ainda mais vontade de ler Soul Eater. É engraçado como o mangá casou perfeitamente com a participação do Judeu. Soul Eater é, com certeza, diferente, um mainstream que possui ideias “undergrounds”, exatamente como o Video Quest. Essa união do Underground com o Mainstream mostra, tanto no VQ quanto no mangá, que esses são conceitos que geram um preconceito grande. Criam uma linha entre underground e mainstream e não se importam com o fato de serem conceitos extremamente vagos e até exagerados. O Video Quest é mainstream, segundo o conceito comum, sendo conhecido e direcionado à grande massa (mesmo que seja um nicho), mas possuem uma essência muito parecida com a do Mangás Undergrounds, privando a qualidade e a opinião sensata e não apenas agradar o máximo de pessoas. Por isso acho que são conceitos quase desnecessários da maneira que são postos. Soul Eater parece quebrar essa barreira e por isso tem minha atenção.

  8. Judeu Ateu?!?

    Tu és BEM diferente do que eu pensava! 0_0 Aparência de nerd clássico… branquelo… óculos… tipica timidez do pacote básico… vintage total. Hipster Geek! Adorei a camiseta! (tá namorando? *___*)

    Sobre Soul Eater, preciso criar coragem para comprar o mangá, pois o desenho malucão é o seu maior trunfo e eu sei que vai demorar um bocadinho até melhorar… tipo eu não querendo comprar YuYu Hakusho apesar de adorar a história.

    As explicações que vocês aparentemente querem na historia (uma bruxa é uma bruxa porque fez treinamento? Fulano é mal porque sofreu bulling ou algo assim na escola? as pessoas nascem armas como?! quais são os pais da Espada Bastarda? Por que a lua tem carinha?) acho que não cabe nesta obra. É estiloso ao extremo e acabou – o que importa é o traçado, o impacto, a embalagem. Pergunta para um designer porque ele usa a cor magenta… ele pode dar mil explicações decoradas que aprendeu na faculdade, ma no final sempre vai ser “Porque eu gosto!” Acho que esta é a vibe de Soul Eater.

    1. OOOOLHA esse Judeu, gostosão!!! HAHAHAHAHA

      Nós nem reclamamos dessa falta de explicação (talvez no vídeo não pareça), pq (como dissemos) o foco é nos personagens, e funciona.

    2. “Pergunta para um designer porque ele usa a cor magenta… ele pode dar mil explicações decoradas que aprendeu na faculdade, ma no final sempre vai ser “Porque eu gosto!””

      Discordo completamente.
      Estudo Design, e nós não utilizamos as cores porque gostamos mais dela… E não estudamos só pra dar uma explicação sobre o porquê utilizamos as cores preferidas.

      Aliás, uma das primeiras coisas que aprendemos na universidade é que não é porque gostamos de uma cor ou de algum outro elemento, que podemos utilizá-lo em tudo o que fizermos. Ou seja, existem cores e elementos adequados a cada tipo de trabalho e obra, e em Soul Eater, pelo que pude perceber na arte/design, não foi diferente. É tudo muito harmônico e todo o clima da série foi construído com muita colaboração das cores e traços, elementos de arte e utilizados pra uma finalidade, o que configura o design.
      Parece inclusive muito fácil olhar pra uma obra como essas e ver vários elementos fodas e pensar que o autor usou várias coisas fodas e por isso o conjunto ficou muito foda. Não é assim que as coisas acontecem. Muito provavelmente houve um conjunto estudo/talento/intuição do artista pra que tudo ficasse dessa maneira.

      Uma vez uma professora me disse que o melhor trabalho de design é aquele que não é percebido. E realmente é verdade. Quando você começa a reparar em determinados detalhes de um trabalho de design, é porque não foi bem feito, não ficou harmônico, etc. Mas quando os detalhes passam despercebidos e no final só fica a admiração pela beleza do trabalho, aí sim ,tá de parabéns!

      Soul Eater com certeza foi desenhado por alguém que, se não tem muita experiência com cores/traços/elementos artísticos, sem dúvida tem muito talento ou estudou bastante. [falando tanto do anime quanto do mangá]

      Malz, mas tive que defender minha classe! huahauahauahaua

      1. Ruby…concordo com você que se tem um estudo, para não fazer uma salada de fruta e uma poluição visual.
        Mais discordo dessa sua professora. Como assim: “Quando você começa a reparar em determinados detalhes de um trabalho de design, é porque não foi bem feito”.
        Penso completamente o contrario.
        Acho que se reparamos nos detalhes, acho que foi um puta trabalho (com o perdão da palavra).
        A gente nota, o quanto, o autor, se preocupou em dar mais realismo ao trabalho.
        Você pega “O Fantastico Mundo de Jack” onde tudo se move, não só as pessoas, em que a “câmera” esta focada, e pega o anime Mawaru Penguindrum, onde as pessoas em volta, são feitas de bonecos de porta de banheiro.

        Claro, isso não é uma regra… existem muitos que conseguem driblar.
        Mais aqueles que conseguem fazer algo onde você vê, até um balanço, ficar se mexendo ao fundo, dando a sensação de que realmente esta ventando no lugar. Além é grande de uma grande história. Esses estão de parabéns.

        1. Concordo com você, acho que pequei em ser generalista ao afirmar isso… Não quis me estender no comentário pra não ficar muito grande, e acabei generalizando!

          O que eu quis dizer foi o seguinte:
          Vou te passar o exemplo que ela costuma nos dar, que é em relação a livros: quando você lê e nem sente, é porque o design foi extremamente bem feito.. Mas quando você começa a reparar que a o tamanho da fonte está grande, ou que a diagramação incomoda, é porque tem algo errado…
          Foi nessa linha que eu quis chegar quando falei dos detalhes! xD

          Mas concordo completamente com você, inclusive os exemplos que você deu são de excelentes trabalhos artísticos/ de design! Fez ótimas observações =D
          Esses estão de parabéns mesmo!

  9. A participação do judeuateu foi realmente incrível, acrescentou muito. Soul Eater realmente um mangá/anime muito bom. E a obra realmente cresce de forma exponencial após a saga com a Arachne, contudo sinto a necessidade de uma maior profundidade nos personagens de rodeiam os protagonistas, mesmo sendo tudo feito em pares nunca é demais aprofundar a personalidade de cada um. Acho que Soul Eater é um shonen de transição, já que aborda temas diferentes dos atuais sem perder o carisma. Realmente desejo que os shonens comecem a sair da zona, confortável que estão, e tentem pegar o ritmo de Soul Eater.
    Parabéns ao Kitsune e ao Urso por todos os VQ’s já feitos além de ser engraçados conseguem enxergar detalhes muito interessantes de cada obra. Como essa é minha primeira vez comentando então senti a necessidade de agradecer.

  10. ancioso para o proximo VQ de soul eater em breve, por que as partes que mais adoro são a segunda temporada do anime que foca bastante no kishin, foca em algo mega-sombrio, é incrivel ( e acredito que para falar do resto do manga v6 também vão falar da segunda temp do anime ).

    cra, a origem deles na verdade é explicada porém, é algo só de relance, o fato de serem armas é uma raça, eles nascem assim, a imortalidade vem do olho de bruxa, e etc…
    nossa, nem voces sabem se é o crono ou crona kkkkkkkkkkkkkk, o black star é um dos meus favoritos xD
    a história diferente do padrão, não foca também em, nha deixa o soul o mais forte e pronto, por que vamos la, Blackstar e Death the kid são os mais fortes dali kkkkkkk, é literalmente um shounen ”diferente”.

  11. soul eart já estava na minha lista a um bom tempo,e esse video quest só reforça a minha ideia de ver soul eart ,mas o tempo esta meio curto qum sabe um dia eu começe a ler

  12. Soul Eater é um mangá muito bom,não lembro quando eu comecei a ler,mas lembro que foi na época que adorava um bom manga de shounen,com muita porrada e sangue.

    Nunca assisti o anime por causa dos fillers,no qual que colegas tinham me informado sobre eles,então peguei o mangá para ler.De começo o que fez com que eu gostar de Soul Eater foram os personagens,que de começo bem engraçados (Ainda dou risada até hoje da incrivel entrada do Stein com a cadeira de rodas)com design bem chamativos e estranhos mas que eu gosto muito(De novo,o Stein tem um maldito de um Parafuso na Cabeça,UM PARAFUSO QUE ATRAVESSA O CÉREBRO DELE,bota bizarro nisso),o cenário também chama muita atenção(Principalmente das carinhas da lua e do sol),mas o que fez que eu continuasse a ler foram as lutas,que são muito fodas,bem desenhadas,não tem aquele exagero de dragon ball com poderes que destroem galaxias,enfim foi o que mais me atraiu na obra.

    sobre a visão de vocês sobre soul eater,achei muito interessante sobre modo que vocês vem medo vs. insanidade,não concordo ou discordo por falta de argumentos,pois não tenho interpretações boas sobre a serie porque li a serie faz muito tempo e naquela época eu lia soul eater mais como um mangá shounen,então não prestava atenção pros detalhes interessantes
    da série ,o que eu queria ver era porrada e os personagens dando porrada em tudo e só isso(eu era só um garoto naquela época).

    Enfim o VQ fico legal,a participação ficou muito boa do judeu ateu(ela lembra a era do azrael),ela tira essa coisa de só o Kitsune e o Urso aparecem nos videos.O video deu muito sentimentos de nostalgia e deu muita vontade de comprar o mangá de soul eater(só não compro por falta de dinheiro e porque parece que o mercado de mangás no brasil esta dando mais espaço para os mangás seinens estou muito afim de ver quais os mangás que começaram a vir),e espero mais participações nos proximos VQ (e quem sabe até uma participação especial do Aurélio Dantas).

    18 anos/Curitiba(cidade do pinhão),Paraná.

    1. É raro encontrar alguém que lia mangas e assistia desenhos, e reparava, nos detalhes, no que significava cada coisa, ou o que o desenho quer mostrar…
      Minha época os guris gostavam de Cavaleiros dos Zodíacos e Dragon Ball enquanto as meninas, Cavalo de Fogo.
      E só hoje vejo o quando Cavaleiros e Dragon Ball, eram tosquinhos. São clássico… não deixam de ser uma grande obra, mais eram tosquinhos.
      Mais não estou dizendo que Soul Eater é tosco, mas que , é normal na época de garoto, ter visto apenas pela porrada

  13. Olá! Estou muito feliz por esse vídeo! Eu queria muito um Vídeo Quest de Soul Eater e por isso fiz até esse pedido por e-mail.

    Na minha opinião infeliz, Soul Eater é um dos melhores Shonens atuais. Todo mundo fala muito de Naruto e do Tobi e de abobrinhas, mas Soul Eater é um mangá que na MINHA OPINIÃO, não tem altos e baixos, tem um nível de divertimento bem elevado e picante -q

    É um mangá onde o tempo todo é bom de ler (claro que no começo a arte é bem infeliz, mas com a graça divina isso muda)

    Enfim, sem alongar demais, Soul Eater deveria ser mais conhecido entre os Otakus, mais do que já é, porque é um Shonen que quebra muitas “barreiras” e é bem agressivo e bom de ler.

    Obrigado, P. Otaku Inside’

  14. Belo VQ, esperava comentários sobre a insanidade (ponto mais forte de Soul Eater IMO) e não me decepcionei. Pena que vocês comentaram apenas a parte até a libertação do Kishin, tendo que deixar de lado a Aracnofobia (arco que eu particularmente adoro) e o MAGNÍFICO capítulo 87, o melhor momento do mangá e facilmente um dos melhores capítulos de mangá que li na vida. E outra pena que falaram pouco sobre o Stein, porque bom, eu adoro aquele filho da puta.

    Na espera de uma possível continuação futura sobre o resto do mangá (quem sabe quando acabar? Parece estar perto do fim), com uma outra possível participação do Judeu Ateu, que foi bem interessante nesse VQ.

  15. Vocês disseram que não é explicado como por exemplo, as pessoas são armas, as bruxas são bruxos. Na verdade isso é explicado bem à frente no mangá, mas como vocês só fizeram os comentários e análises ate o episódio 24 do anime/ volume 6 do mangá (acho) está correto, só comentei pra falar que existe sim resposta mas só nos capítulos recentes o que de certo modo é o correto a se fazer quando se quer ser um mangaká de sucesso com um shonen, informar sobre tudo é ruim no começo, na minha opinião torna o mangá chato. Obrigado.

    1. Caramba, rara essa compreensão de que não falamos X detalhe pq não estava no escopo do nosso programa. Em geral reclamariam. Muito obrigado por assistir o VQ. Ainda há esperança. hehehe

  16. ALGUEM SABE se vai ter uma segunda temporada de Soul eater ou cabo mesmo ,meu isso seria uma merda mas eu tenho esperança bom a maior prova de que nem sempre o primeiro anime é o melhor acho que todo mundo sabe Qual é o fullmetal alchemist bom quem sabe os produtores facão como com FMA E DEPOIS FMA:BH o segundo é muito melhor e divertida alem de ser mas racional e o final é uma metalinguagem perfeita bom eu espero um SE:BH kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk bom é só isso ate a proxima.

  17. Acho um Shōnen bom .,não um que vc pode falar que “porra” de mangá incrível , mais vale vc compra o mangá da JBC.
    Outra coisa tava maneiro esse VQ até o ojudeuateu falar que ele acha que esse é o melhor Shōnen da atualidade .

  18. Acho que não explicar os detalhes no começo foi boa idéia, pois como voces já comentaram em Freezing eles tentaram explicar tudo em apenas 1 episódio, e eu achei muito ruim.

  19. Olá, gostei bastante da análise de vocês, eu já assisti o anime e fiquei particularmente decepcionado com o seu fim, mas quem sabe futuramente eu comece a ler o mangá.
    Obs: Faltou comentar do personagem mais estiloso: Death Scythe e também do mais “carismático”: Exacalibur! Uhahahha…

  20. Achei esse VQ muito legal e gostei muito da participação do judeuateu. Soul Eater é facilmente um dos meus mangás favoritos e lembro que quando comecei a ler, li 15 volumes em uma semana. Espero mesmo que façam outro VQ de Soul Eater que aborde até o volume 16. Sei que é muito, mas é nesse ponto que acontecem as coisas mais legais do mangá para mim.

  21. Olho para Soul Eater com os mesmo olhos que vejo Katanagatari (um ou shounen combate alternativo do padrão) ou Tengen Toppa Gurren Lagann (um mecha alternativo) ou Madoka (mahou shoujo alternativo).

    O que me chamou a atenção em Soul Eater foi seus diferenciais, medo e loucura (quem gosta e mago a ascensão e dos desauridos, vai entender) é sempre algo interessante porque é algo bem estranho para um “shounen” abordar isso, é praticamente um assunto tipico de um seinen jogado em um shounen combate e observar como as coisas acontecem é empolgante.

    De certa forma chegou perto de ser considerado uma “desconstrução” do shounen combate, alem dos vários fatores comentados no VQ vale lembrar que Soul Eater lembra em vários aspectos o estilo de MADOKA usando curiosamente a mesma receita (bruxas, cenários escuros, protagonistas e enredo fora do padrão e foco nos personagens) mesmo um sendo um “shounen” combate e o outro um “mahou shoujo”.

    Enfim é um ótimo anime, da para se divertir, afinal AS VEZES é bom desligar o senso critico de coerência dos fatos e construção do mundo é pegar uma Porra louca bem feita e comer pipoca e ver no que esta bagaça vai dar ^^

    (é o estilo de anime inversamente proporcional ao estilo Yuyu ou HunterXHunter)

  22. VQ como sempre expandindo horizontes.
    Confesso que quando vi Soul Eater pela primeira vez minha opnião geral foi “Anime raso D+”. Mas como gostei das batalhas procurei o mangá, li um pouco e ainda sim minha visão continuou a de “Só mais um”. Sem falar que achei as piadas forçadas D+.
    Agora, após ver o VQ, isso mudou um pouco. Acho que não dei a devida importância a obra. Vou ver novamente e irei um pouco mais longe no mangá, e dessa vez, observando mais a questão do medo/sanidade/insanidade etc.
    Este não é o primeiro VQ que me faz repensar sobre um título, acho isto bastante válido. Continuem com o bom trabalho.
    PS: Mas nem por decreto eu consigo gostar do Death Star ^^

  23. Leco, 30 anos. Rio de Janeiro

    Dessa vez eu só tenho a agradecer. O vídeo ficou excelente! Foi a medida certa entre o descontraído e o interessante. A edição está cada vez melhor e o convidado, que eu não conhecia, mandou bem pra caramba na análise. Parabéns e muito obrigado.

    De Soul Eater eu só assisti o anime até hoje, mas confesso que agora estou empolgadíssimo para ler o mangá, principalmente os a partir do volume 6.

    Abraço.

  24. Belém – PA
    19 anos
    Bem, não concordo com a crítica em relação ao fato do mundo ser “jogado” na cara e não explicarem nada. Esse fato deixa as coisas mais interessantes, o criador do mangá vai explicando aos poucos e isso acontece não no meio mas sim desde o inicio, as vezes temos a impressão que o mundo vai crescendo junto com os personagens, seria quase como desvendar um mistério e foi esse fato que fez com que eu não ficasse só com o anime mas começasse a ler o mangá e provavelmente esse mistério só será resolvido com o término do anime.
    Fora isso o VQ foi bem legal e vocês estão prometendo muitas continuações do VQ, espero que cumpram.

  25. .. já havia percebido alguns pontos mas nunca parei pra refletir , algo em Soul Eater ”acorda” meu lado infantil o que causa isso acho que é o ambiente meio cartoon(ou de usuário de LSD), um sol e uma lua com grandes sorrisos( macabros)e prédios fora do padrão,ou sorrisos(de insanidade) que me lembram um smile bem cartoon, acabo lendo com um certo desprendimento me surpreendo mas não fico empolgado ou vidrado mensalmente esperando um próximo capítulo no final das contas leio por adorar as cenas de luta muito bem trabalhadas,.. acho bacana o jeito que o manga faz uma homenagem ao Frankenstein pelo personagem do Stein que como a critatura do livro vive uma batalha de existência entre monstro ou humano, já stein é insanidade ou sanidade duelando … bem é isso gostei do VQs continuem assim por favor!

    Gabriel 20 anos Es

  26. Bom video quest.

    Vocês falaram que Soul Eater mesmo seguindo os padrões shonen é diferente dos demais, eu acrescentaria que Soul Eater é uma das alternativa aos típicos shonen (outro é o D.Gray man).

    A verdade é que em todo o mundo o género que faz mais sucesso é o shonen, e os “genéricos” não são tão ruins como muitas vezes se fala, o problema é que quem vê One Piece, Naruto, Bleach e por ai fora, apesar de ver animes diferentes vê sempre a mesma coisa, e isto ao fim de algum tempo começa a chatear e a enjoar.
    É aqui que então mangas como Soul Eater e D. Gray man aparecem como alternativa, tem os ingredientes de um shonen, mas o tempero é diferente. Desaparece aquele ambiente bonito e claro para algo mais escuro, pesado e sombrio.

    Soul Eater é uma boa alternativa para todos aqueles que começam a ficar fartos dos top shonens, e que como falaram e muito bem no video, mesmo que não entrem completamente no mundo de um shonen alternativo, podem sempre ver soul eater como um battle shonen com um cenário diferente do habitual.

    Resta-me esperar por um video quest de D.Gray man um dos melhores shonen e uma das melhores historias alternativas aos genéricos One Piece e Naruto.

  27. Quantas vezes eu já quis acompanhar o mangá e não o faço por pura preguiça… eu devia comprar mas sei lá…
    E entrando no tópico de influências tipo Tim Burton e bla bla bla, aproveito pra deixar esse video aqui http://youtu.be/5Az_7U0-cK0 (mais pro finalzinho na vedade)
    Só não sei quem influenciou quem primeiro -q

  28. Ola estava lendo online algu=mas reportagens sobre a crunchyroll estar chegando ao Brasil eu acho ótimo nos termos um serviço de um nível bom feito de fans para fans ou de otakus para otakus , bom não sei se alguém aqui aguarda pra assinar este ótimo serviço da net pago eu aguardo porque se você paga você pode cobrar entendem . crunchyroll .

  29. Eu vi o anime de Soul Eater e pensava “o objetivo do Soul e da Maka era pegar as alma, virar uma Death Scythe e ficar foda!”, mas depois de um tempo tinha me esquecido das almas, me parecia Dragon Ball, aparece o vilão e eles matam ele.Porém, minha opinião(que é uma merda), o Soul não ter o objetivo que o faz querer ser mais forte(pelo que eu me lembro que eu assisti faz tempo), como o Black Star de querer ser o primeiro, ou o the Kid que o Judeu Ateu falou que iria ter que me deu vontade de ler o mangá ou até mesmo Naruto, Luffy e outros, se ele tivesse algo assim EU (não sei vocês) acharia mais interessante, se caso ele tenha, deve ter sido um objetivo pequeno que nem me faz lembra.
    Apesar disso eu curto pra caralho Soul Eater, porém eu curto mais Gintama(recomendo assistir se você gosta de shonnen com um estilo diferente e piadas sujas).
    Muito Obrigado Léo Kitsune, Fabio Urso e Judeu Ateu pelo Video.
    OBS: Só para lembrar Love Ritmo ID:MinoruVQ
    By: Marcos Minoru 16 anos

  30. Minoru, 16 anos, Mogi Das Cruzes/SP
    Eu vi o anime Soul Eater e pensava”o objetivo do Soul e Maka é virar uma Death Scythe e ficar foda”, mas depois eu esqueci das almas, e me fez lembrar Dragon Ball, aparecia o vilão e eles o matam.Na minha opinião(que é uma merda), o Soul e a Maka não tem objetivo de querer se tornar mais forte(pelo que eu me lembro que eu assisti faz tempo), como o Naruto querer ser Hokage, Luffy se tornar rei dos piratas, ou até mesmo no próprio anime Soul Eater, Black Star de querer ser o primeiro e por isso se torna mais forte, para mim isso é bom em um anime eu acho interessante, se caso ele tenha o objetivo me desculpe por não lembra, pode ter sido um objetivo pequeno e não reparei.
    Mas eu gosto pra caralho de Soul Eater, mas eu prefiro Gintama.(recomende se você gosta de um Shonnen com estilo diferente e piadas sujas)
    Valeu Kitsune, Urso e Ateu pelo video muito bom esse VQ
    OBS: ID: MinoruVQ (Love Ritmo, só para lembra)

  31. VQ interessante, explica e comenta muito bem os pontos positivos de Soul Eater. Porém, pecou na hora de falar sobre os aspectos negativos da obra, meter o pau mesmo, algo que vocês raramente não fazem. Abraços!

  32. Cara vcs mandaram muito bem mais uma vez nesse video quest! Otimo video, gostei pra caramba da participação do Judeu Ateu, e o que falar do anime/mangá soul eater? perfeito! lembro quando eu estava vendo o anime a alguns anos, caras eu me empolgava com esse anime, achava muito massa a arte e a animação do Bones excelente como sempre, o que me fez ver o anime foi uma otima resenha do site animehaus, antes de vcs começarem com o vlog eu me baseava lá pra escolher um anime. Concordo com o que vcs disseram de que o anime é bem conhecido do publico brasileiro, digo isso por que não tem um unico evento relacionado a animes e coisas do gênero que eu vá aqui em joão pessoa que não tenha no minimo 2 cosplayers se vestindo como os personagens dessa incrivel obra, não sei se é o melhor anime shounen da decada passada, mas se não for está entre os melhores pela forma o tanto quanto diferente que ele é, como vcs frisaram de forma excepcional, lembro que muitas vezes depois de ver o fim de algum capitulo do anime eu ficava refletindo logo após, e adorava aquela sensação, obrigado por me fazerem sentir essa otima nostalgia após ver o video de vcs! Abraços e que venham mais e mais animes/mangás apresentados por vcs garotos! sucesso e continuem com a mesma pegada! \o_ ^_^x
    Igo Leonardo, 29 anos, João Pessoa – PB

  33. Excelente análise, como sempre. A participação do Judeu Ateu também foi muito bem vinda, e gostei muito da comparação loucura X medo como a dualidade diferencial do mangá. Mas justamente por isso que eu gostaria MUITO de ver um Video Quest (ou talvez um Side Quest?) sobre o final do anime de Soul Eater, tão criticado nas internets da vida. Mesmo mudando o rumo, o final (final mesmo, a luta final contra o Kishin) é simbolicamente interessante, e gostaria de ver a análise de vocês.
    Abraços e continuem assim!

  34. Vocês realmente conseguiram fazer alguém que não conhecia a série se interessar por ela… e se não fosse a qualidade lamentável (e transparente) do papel da JBC, eu com certeza compraria =(

  35. Eu vi o anime de Soul Eater, nem sei por qual razao eu comecei. Acho que tava sem ideia do que ver na epoca kkkk De inicio nem gostei tanto e depois viciei. Anime é muito bom até mesmo o filler eu tava achando legal, só decepcionou mesmo o soco. Quem viu sabe do que estou falando, foi o que deixou muita gente chateada com o anime.
    O manga realmente tem umas paginas lindas *–* a luta do Black Star contra o Mifune no manga foi linda. O traço e todos os desenhos do cenario e a luta estavam demais.
    Eu acho que o manga tropeça depois do arco da Arachnophobia, já na estava mais no mesmo ritmo. A historia e os novos personagens já não estavam mais sendo tão desenvolvidos como antes.

  36. Acho que levando em consideram os primeiros 6 volumes, os personagem são rasos e o plot fraco. Mas uma coisa que notei, por ter lido todos os capítulos até o atual, que o plot vai ganhando corpo, assim como, os personagens profundidade. O plot se baseia na insanidade e usa o personagem do Kishin para isso. As coisas vão se amarrando em torno da temática da insanidade. E só recentemente, coisas como o fato de alguns dos humanos se tornarem armas é revelado. A minha impressão de que o plot vem tomando dimensão maior com o “amadurecimento” do mangá, e que a construção do mundo de Soul Eater vem se dando gradativamente. [SPOILER] Como o fato de motivações mudarem, mas não serem esquecidas ou não explicadas. Exemplo de Maka ter transformado Soul em Death Scynthe ao longo de um dos arcos, mesmo não sendo aquele o fator de motivação do arco.
    Para mim a diferença de Soul Eater é que nem o plot, nem o mundo, nem os personagem é definido, mas está em sempre desenvolvimento seja diferença crucial. Diferente dos outros que já tem forma e se tornam expansível ou não. Soul Eater vai ganhando forma ao longo do tempo.

  37. Olá pessoal do VQ é a primeira vez que apareço por aqui vou conetar brevemente pois só assisti os capítulos 1 e 2 e o segundo volume infelizmente não consegui o volume 1.Achei a arte principalmente no anime muito bem feita já não posso dizer o mesmo do mangá porem é um shonen fora do comum até pelos elementos apresentados já tina visto o sol rir mas nunca a lua sangrar poso dizer que as cores e os elementos apresentados principalmente no anime me fizeram querer continuar acompanhando a serie que eu não conhecia antes do VQ.
    A participação do judeu ateu foi boa mas cade o Azrael ?
    Tudo de bom para vocês e que muitos outros videos venham.

  38. Kitsune, Urso, vocês leram aquele livro Sandman: Caçadores de Sonhos? Eu fui ler a versão hq e vi um detalhe muito interessante que me leva a crer que descobri a fonte de inspiração para a criação do personagem Kishim Asura de Soul Eater.

Deixe uma resposta