No Game, No Life do brasileiro Yuu Kamiya vai virar anime

A revista Comic Alive anunciou através de sua conta no twitter que a light novel No Game, No life recebeu sinal verde para ganhar uma adaptação animada.

Essa seria mais uma noticia normal de light novel de sucesso virando anime, se não fosse à particularidade do autor dessa novel ser o brasileiro Yuu Kamiya que na verdade se chama Thiago Lucas Furukawa.

Thiago nasceu no Brasil na cidade de Uberaba em Minas Gerais, mas foi moral no Japão ainda pequeno na época que era comum os descendentes de japoneses irem a “terra do sol nascente” buscar uma vida financeira melhor. O tempo foi passando, o garoto se acostumou ao país, aprendeu a língua local e claro acabou virando um otaku. A carreira de mangaká dele começou quando foi abordado por um editor no evento Comic Market onde ele estava expondo seus dojinshis (histórias que usam personagens de mangás famosos). Depois disso ele publicou os mangás Earth, Greed Packet Unlimited, Itsuka Tenma no Kuro Usagi e atualmente está com a novel No Game, No Life sendo publicada na revista MF Bunko J.

No Game, No Life - autor Yuu Kamiya

Ainda não foi informado quando o anime deve estrear e nem o estúdio que ficará responsável pela adaptação (até porque deve estar em um estagio inicial de desenvolvimento). A light novel, que até o momento possui quatro volumes, tem feito bastante sucesso no Japão e já vendeu mais de 500 mil cópias, além de ter ganhado uma versão mangá escrita também por Thiago e desenhada por ele e sua esposa.

Em No Game, No Life acompanhamos a história dos irmãos Shiro e Sora que passam seus dias jogando vídeo game e já possuem bastante fama nos jogos online, eles são tão viciados que praticamente nem saem de casa. Tudo muda quando eles recebem o convite de um garoto chamado God para irem a outro mundo onde todos os problemas são decididos com partidas de games. O problema é que a raça humana tem ido mal nessas partidas e os dois foram chamados como sendo a última esperança para humanidade voltar a ganhar território que esta sendo tomado pelos outros competidores.

CLIQUE AQUI e confira nosso review sobre o primeiro volume do mangá No Game No Life lançado pela editora Newpop.

Abaixo um vídeo com uma entrevista feita com o Thiago, não reparem no português dele, como mora lá há muito tempo é normal que tenha alguma dificuldade com a nossa língua. Na época da entrevista ele ainda não publicada No Game, No Life que só começou a ser lançada em 2012.

Para você que é brasileiro e ainda sonha em ser um mangaká, e ter um anime passando na TV, agora já sabe que não é tão impossível assim.

Fonte: ANN

Sobre Wagner

Wagner é o manda chuva do Troca Equivalente. Formando em algo sem relação alguma com o universo dos animes e mangás, está sempre por aqui dando seus pitacos. Pelo nome do blog já dá para imaginar qual é o seu mangá/anime favorito.

A revista Comic Alive anunciou através de sua conta no […]