Onsens, uma mania japonesa

Coisa simples do cotidiano de todo japonês, nem sempre é fácil para um viajante entender todas as nuances de etiqueta que envolve um banho de onsen (mesmo que seja um conterrâneo). Então como evitar aquela cara vermelha de vergonha se você quer ter uma experiência de Onsen?

O Japão é um dos países em que você estará mais propenso a cometer gafes se não prestar atenção. É um uso indiscriminado de palavrinhas como sumimasen (com licença/desculpe) pra lá, onegaishimasu (por favor) pra cá, misturado com linguagens corporais que você não faz idéia do que significa e pronto: a bomba-relógio para as gafices está montada e até mesmo em tarefas cotidianas como comer num restaurante você estará sujeito à isso. Se imagine agora num – na falta de tradução melhor – spa japonês (ou simplesmente Onsen), cuja cara você nunca viu mais gorda.

Onsen é tradução para fontes termais naturais, e se espalham por todo o país, sendo muito comum encontrar cidades cujo turismo é inteiramente voltado aos onsens. Japoneses de todas as faixas etárias adoram. Não é como aqui, em que fonte termal é sinônimo de hobby de terceira idade.Antigamente, há algumas décadas atrás, era comum as casas japonesas não terem banheira ou chuveiro. As pessoas costumavam usar as chamadas casas de banho públicas na vizinhança, conhecidas como “Sentô”. O Sentô usa água normal.

Quando água mineral é usada, é chamado de Onsen, e nesse caso vem com uma série de benefícios para o corpo de acordo com o tipo de mineral que provém da fonte. Tem de tudo (água com enxofre, água sulfúrica, água com ferro… e o povo japonês acredita que mergulhando o corpo no onsen cura dores crônicas do corpo e até mesmo algumas doenças).

Existem 2 tipos de onsen, o localizado na parte exterior (roten-burô) e o que fica na parte interior. Tem Onsen pequeno, grande, gigante, com jardim, pedras, cascatas, com neve caindo sobre suas cabeças…Alguns são mistos (para homens e mulheres), mas a maioria é para sexos separados.

Em alguns ryokans(pousadas típicas japonesas) ainda é possível reservar um onsen privativo só para você. Boa pedida para quem viaja em casal.

 

Confira também nosso post sobre os cuidados que você deve tomar para não cometer gafes quando for relaxar em um verdadeiro Onsen.

[Esse texto é da data de 20 de Abril e está sendo postado novamente porque devido a mudança de servidor o antigo acabo se perdendo]

 

Coisa simples do cotidiano de todo japonês, nem sempre é […]

One thought on “Onsens, uma mania japonesa”

  1. Eu sempre tive curiosidade de saber mais sobre esse assunto,até porque eu já tinha ouvido falar desses onsens em vários animes exemplo desses animes é Ranma,porém minha tamanha preguiça me impedia de procurar saber mais e a preguiça é tanta que eu nem me dava o trabalho de pesquisar no Google XD,mais esse post me deixou mais curioso pra saber mais ainda sobre essa mania japonesa kkkkk,é legal vcs terem abordado esse assunto aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *