Gundam AGE – Primeiras Impressões

Toda temporada alguns animes chegam com grandes expectativas, imagine se, além disso, ele for baseado em uma grande franquia já consolidada e que agora quer buscar um público mais novo.

Esse é o caso de Gundam Age que estreou agora dia 09 de Outubro no Japão e ele não fez feio mostrando um episódio consistente. Em apenas 20 minutos foi possível ter um panorama bem geral de tudo que a série pretende abordar.

Na primeira cena já somos apresentados ao jovem protagonista Flint Asuno que em meio à destruição de sua colônia espacial vê a morte de sua mãe. Ainda em meio aos destroços ela explica a ele sobre o lendário robô Gundam e lhe entrega um estranho dispositivo que o ajudaria a reconstruí-lo.

O restante do episódio se esforça em conseguir mostrar o caráter e a força de vontade do personagem principal. Podemos dividir esse início em três pedaços: os acontecimentos que motivam o personagem a construir o Gundam, a construção do robô (essa parte acaba servindo também para apresentar os personagens secundários) e por fim o personagem assumindo seu destino como piloto de sua própria invenção.

A animação e o visual dos personagens também são destaques nessa estreia, espero que a qualidade se mantenha ao longo de todos os episódios. Gostei do design de personagens mais arredondado tanto para os humanos quanto para os robôs. Em relação às batalhas não tivemos nada de muito impactante ainda, mas acredito que nesse quesito o anime não irá decepcionar.

Já no quesito OP e ED nada a reclamar, as animações de introdução e encerramento estão bem bacanas e as músicas são muito agradáveis de ouvir com destaque para a canção “Asu” da banda Galileu Galilei.

A parceria entre a Sunsire e a empresa de jogos Level 5 conseguiu mostrar nesse primeiro episódio o equilíbrio necessário, temos um legítimo Gundam mas ao mesmo tempo vemos situações e personagens sendo explorados de uma maneira mais jovial.

Recomendo para iniciados e não iniciados em Gundam!

Sobre Wagner

Wagner é o manda chuva do Troca Equivalente. Formando em algo sem relação alguma com o universo dos animes e mangás, está sempre por aqui dando seus pitacos. Pelo nome do blog já dá para imaginar qual é o seu mangá/anime favorito.

Toda temporada alguns animes chegam com grandes expectativas, imagine se, […]