Demo – Catherine


Terça-feira (12/07/2011) saiu a demo do jogo da Atlus, Catherine. O jogo já foi lançado no Japão a bastante tempo mas chega ao mercado ocidental apenas agora, dia 26 de Julho de 2011 para Xbox360 e PS3.

A história é pouca e é tudo tão rápido. A própria Atlus tem pedido aos jogadores que evitem dar spoilers sobre o jogo e tem banido os usuários do Youtube que soltam spoilers (link da noticia). Vincent está indeciso em deixar o relacionamento com Katherine (com K) mais sério, até que um dia ele acorda com Catherine (com C) na cama dele. Em paralelo, pessoas estão morrendo deitadas na cama e não se sabe se é assassinato ou suicidio.

O jogo é dividido em duas partes, jogo de relacionamento de manhã e puzzle durante os pesadelos á noite. De manhã o Vincent pode salvar o progresso e responder mensagens dos outros personagens do jogo, afetando o relacionamento entre eles, neste ponto o jogo peca um pouco, você pode escolher os trechos da frase que você vai enviar como resposta no celular. O jogo te dá algumas alternativas, mas para saber todas as alternativas o jogador tem que ficar testando, o legal é que uma frase tem vários trechos e o trecho anterior muda os próximos trechos.
De noite é um puzzle cujo objetivo é chegar no topo de uma escadaria empurrando e puxando blocos enquanto um monstro vai destruindo a escadaria e te atrapalhando ao deixar as caixas mais pesadas, o que deixa o personagem mais lento para mover as caixas, no meio do caminho tem itens como dinheiro e vidas extras.

Na questão de interface (menus) o jogo se arrisca num visual mais moderno e acerta em cheio, foca no contraste do fundo preto com as informações em rosa e branco. Dá pra ver que é a mesma equipe que fez Persona 3 e 4, pelo visual dos menus. Cenários, personagens, bem modelados, cheio de detalhes. Apesar das cenas em anime não seguir a linguagem visual do resto do jogo, tem um timing muito bom.

Deu pra ter o felling do jogo, mas pelo video que aparece depois da demo, tem mais coisas que eles não incluiram nessa versão, como mini-games e chefes. A demo cumpriu seu objetivo, entendi a ideia principal do jogabilidade, o visual é bonito, deu vontade de jogar mais e deu vontade de comprar o jogo.

Agora que a equipe do Persona está livre e aprenderam a mexer na nova geração de videogames, estou cruzando os dedos para que o Persona 5 não demore a sair.

Terça-feira (12/07/2011) saiu a demo do jogo da Atlus, Catherine. […]