Review – Super Smash Bros for 3DS

Olá pessoal! Meu nome é Rafael, a partir de hoje irei escrever análises e colunas no Tajogandokê. Espero que gostem, pois pretendo passar um excelente conteúdo através delas. Decidi então começar fazendo uma análise do jogo Super Smash Bros for 3DS.

Super Smash Bros for 3DS é o primeiro jogo da franquia que saiu para um portátil, então a jogabilidade dos jogos, que antes eram usadas somente nos consoles de mesa, foram adaptadas para o novo formato. Surpreendentemente isso acabou dando muito certo.

001O principal diferencial da franquia Smash Bros como um jogo de luta é o combate através de itens que serão jogados no meio da arena conforme o tempo avança, auxiliando o jogador no principal objetivo das batalhas: empurrar oponente para fora da arena. Os controles do jogo no portátil da Nintendo ficaram muito melhores do que o esperado, apesar de não haver a opção de mudar o controle do personagem do analógico para o d-pad do 3DS. Os comandos são: usar o analógico para mover o personagem, L e R para agarrar e defender, B e A são especiais e ataques corporais, X e Y tem a mesma função que é pular. Todos os botões do jogo são customizáveis, outro bom recurso.

A uma nova função é a customização de personagens. Ela permite ao jogador colocar power-ups para deixa-los mais fortes e mudar o golpe especial que irá usar em batalha, sendo que, cada personagem tem 3 golpes especiais diferentes para cada comando que o jogador pode executa no jogo. O gráfico, apesar de estar serrilhado (que se deve a limitação do portátil), não atrapalha em nada a experiência do jogador. Por estar rodando a 60 FPS, as batalhas se tornaram fluídas e dinâmicas. A câmera está muito bem adaptada e permite ao jogador conseguir acompanhar toda a ação da arena mesmo em uma tela pequena, até nos momentos em que a ela se distancia demais dos personagens.

002

O elenco de personagens do jogo é um dos melhores já feitos para um jogo de luta, principalmente por ser o único jogo que reúne desde personagens antigos, e marcantes na história dos games (Mario, Pac-man, Megaman e Sonic), até personagens recentes de franquias da Nintendo (Robin de Fire Emblem e Shulk de Xenoblade Chronicles).

003O jogo trouxe duas características distintas das suas versões anteriores, sendo uma delas a adição do Mii Fighter no elenco, que pode ser personalizado com um dos três estilos de jogo; Brawler, Swordfighter, e Gunner. A outra foi a separação de personagens que podiam ser dois em um, como Zelda e Sheik, em personagens individuais.

Os modos de jogo vão garantir dezenas de horas de diversão, mesmo que o foco principal do jogo seja estar voltado ao multiplayer. Existem centenas de troféus de personagens para serem desbloqueados ao longo das horas de jogatina, onde cada um deles possui uma descrição sobre tal personagem, transformando o jogo em uma espécie de Museu dos Games em um portátil.

004O Classic Mode foi melhorado, permitindo ao jogador apostar as coins (dinheiro do jogo), para escolher o nível de dificuldade, quanto mais coins apostar, maior será a dificuldade. Foi também adicionada uma escolha de caminhos antes da batalha começar. São três opções e cada um deles pode levar o jogador para uma batalha mais difícil ou mais fácil que as anteriores, mantendo o elemento surpresa nelas.

No All-Star Mode todos os personagens irão aparecer para batalhar em ordem cronológica , a partir do mais antigo (Mr. Game & Watch) até o mais novo (Greninja). No entanto, o jogador só poderá lutar contra personagens que já estão desbloqueados e terá que desbloquear novos para aparecerem neste modo.

Em Smash Run, modo exclusivo para a versão de 3DS, até quatro jogadores competem em uma batalha de duas partes. A primeira é parte envolve a exploração de um labirinto gigantesco para derrotar inimigos de várias franquias da Nintendo e outras produtoras japonesas e também coletar power-ups que melhorem as habilidades dos personagens. A segunda parte é uma luta de todos contra todos, onde os jogadores utilizam suas habilidades aprimoradas.

O último modo do jogo Stadium, acrescenta três tipos de mini-games:

  • Multi-Man Smash: onde o jogador luta contra vários tipos de Mii Fighters até cair de exaustão.
  • Target Blat: o jogador lança uma bomba para destruir quantos obstáculos puder.
  • Home-Run Contest: o jogador espanca um saco de areia e depois arremessa ele o mais longe que conseguir com um taco de baseball.

Um destaque marcante que vale para qualquer jogo de Smash Bros é coletânea de músicas que possuem. A versão de 3DS possui a maior quantidade de músicas reunidas na franquia até o momento e também as mais memoráveis. Cada música consegue passar o exato sentimento de cada franquia que marcam presença no jogo. Das milhares de músicas épicas e marcantes, as da franquia Fire Emblem merecem um lugar de destaque. A música Id (Purpose), tema do personagem Robin (Fire Emblem: Awakening), é a que melhor transmite o sentimento de esperança e desespero existente nas batalhas de Fire Emblem para as lutas de Smash Bros.

005Existem dois modos no multiplayer do jogo. O diferencial desses modos é que agradam tanto jogadores casuais quanto jogadores experientes. O modo For Fun é para jogadores casuais onde as batalhas são realizadas em arenas irregulares e com o uso de itens, tendo o elemento sorte como fator determinante nas batalhas. O modo For Glory é para jogadores experientes, tendo como foco o lado competitivo do jogo com batalhas realizadas em arenas planas e sem uso de itens.

Tanto as batalhas locais ou online possuem um atraso frequente em seus comandos quando o jogador está em uma batalha de 4×4, isso se deve ao fato do console portátil não suportar muita coisa acontecendo simultaneamente na tela, principalmente em batalhas que envolvem transmissão de dados. O recomendável é o jogador sempre fazer batalhas de 1×1 para evitar o atraso nos comandos em batalhas locais ou online.

Super Smash Bros for 3DS além de inovar sua própria fórmula de jogabilidade, é também o crossover memorável da história dos games. Um jogo de luta excelente, com vários modos para serem explorados, divertido e viciante, sendo uma excelente opção de compra para os donos de 3DS. Aguardem a versão para o WiiU, que terá ampliado e melhorado em diversos aspectos tudo o que a versão portátil possui.

  • Vinicius Bueno

    eu vi o Ganondorf ali… eu vou comprar. crtza. Realmente é td q eu esperava *0*

  • anon

    Cara, tem bowser jr. I’m sold

  • Paulo Barros

    Há alguma possibilidade de mudar o análogico para o controle normal da cruz?
    🙂

  • VinnyOz

    To jogando desde o dia 3 e mesmo com todos esses modos de jogo, o Multiplayer é o melhor desse jogo.