ONE OK ROCK NO BRASIL: Guia Definitivo para você curtir o show e a cidade de São Paulo!

 

TopoTopo

Olá pessoas, como estão?
O dia está chegando! Dia 2 de novembro de 2014 acontecerá o aguardadíssimo show do ONE OK ROCK em São Paulo. Neste post especial do Mithril você confere tudo sobre o show, além de dicas do que fazer em São Paulo durante todo o final de semana do espetáculo, VEM GENTE!

O ONE OK ROCK:

banda

O ONE OK ROCK surgiu em 2005 com Alex, Toru, Ryota e Tomo como uma banda de rock que fazia pequenas performances na região de Tokyo. Taka, que viria a se tornar o vocalista da banda, entrou pouco antes de Tomo, o baterista, decidir se desligar do grupo para se focar na carreira de ator. Durante todo o ano de 2006 a banda lançou dois mini-albuns e por causa das vendas, foram chamados para participar dos tradicionais festivais de verão japoneses, o que lhes rendeu notoriedade e também um contrato com a gravadora A-Sketch, da qual estão até hoje. Em 2007 e 2008 os cinco membros da banda lançariam 3 singles e dois álbuns, até que em 2009 Alex foi preso acusado de assédio sexual, causando o cancelamento do single que a banda lançaria naquele ano e também um hiatus que duraria algum tempo.

Em setembro de 2009 eles voltaram, agora com quatro membros para uma nova turnê e em 2010 eles lançariam aquele que é para muitos o single que faria a banda crescer: Kanzen Kankaku Dreamer. Daí pra frente os caras lançaram mais um álbum em 2010 e em 2011 outro, além de conseguirem um fato importantíssimo: Lançar o seu primeiro Live DVD, gravado nada mais, nada menos do que no Nippon Budokan, uma dos lugares de shows mais importantes do Japão. O grupo cresceu, principalmente pelas suas batidas fortes e suas letras intensas, conquistando fãs no mundo todo, inclusive aqui no Brasil.

O SHOW:

cine joia003

Vista a partir do palco

Anunciado dia 26 de julho de 2014, o show do ONE OK ROCK em São Paulo pegou a todos de surpresa. Quem poderia imaginar que os caras viriam para o Brasil? Nos dias seguintes, as informações foram saindo e se descobriu que o show faria parte da primeira turnê mundial da banda. Passando pela América do Sul e pela Europa, a turnê contará com 20 apresentações em 15 países diferentes e a apresentação em SP será bem no comecinho dela, no dia 2 de novembro.

O local escolhido para o show no Brasil foi o Cine Joia, no Bairro da Liberdade em São Paulo. Voltado para shows de pequeno porte, o Joia é instalado em um antigo cinema especializado em projeções de cineastas japoneses, identidade que o Joia inclusive mantém em seu interior, o que dá um toque a mais para o show do ONE OK ROCK por lá. A casa, que tem como proposta fazer shows e festas ao vivo, tem capacidade para 1.200 pessoas e fica há poucos metros do Metrô Liberdade, o que facilita MUITO a locomoção de quem pretende ir ao show por lá. Abaixo você confere todas as informações uteis.

INFORMACOES

GUIA MITHRIL PARA SOBREVIVER

EM SÃO PAULO

O show do OOR será num domingo a noite e muitas pessoas virão para São Paulo de outros Estados do Brasil, pensando nisso e para não deixar você na mão, resolvi, além das informações que você viu acima sobre a apresentação, fazer um guia para você se virar pela cidade. Hospedagem, alimentação, locomoção e programas legais para fazer além do show.

HOSPEDAGEM

Quem mora em São Paulo não terá problemas quanto a isso, mas e quem não mora aqui? Listarei aqui diversos lugares que, se não são próximos ao Cine Jóia, são relativamente baratos e ficam em regiões movimentadas da cidade. Como o Jóia fica pertíssimo do Metrô (sério, fica muito perto), qualquer lugar da cidade que você fique que esteja perto de alguma estação do Metrô (e até da CPTM, as linhas de trem) serve como referência para se locomover pra onde quiser. As dicas listadas aqui têm como base sites como o Decolar.com e o Booking.com, assim como recomendações de amigos que costumam vir pra São Paulo, seja por diversão ou a trabalho. Lembrando que o Mithril não se responsabiliza pelas dicas listadas, sendo elas apenas uma forma de facilitar a sua procura caso venha à SP.

Banri Hotel
Rua Galvão Bueno, 209 – Liberdade
CEP: 01506-000 (Ver no Google Maps)
Telefone: (11) 3207-8877

Banri Hotel

Hotel bem barato e a 2 quarteirões da Estação Liberdade do Metrô, bem perto do Cine Jóia. Segundo o Diogo do blog Anikenkai aqui do Genkidama, se você quer um hotel apenas para passar a noite sem muito luxo, o Banri é uma opção. Eles não aceitam reservas pela internet então você terá que ligar lá para saber todas as informações sobre quartos disponíveis. O Denys do Gyabbo também recomenda este hotel.

Bee W Hostel
Rua Haddock Lobo, 167 – Cerqueira César
CEP: 01414-001 (Ver no Google Maps)
Telefone: (11) 4328-6222
Diárias a partir de R$ 65,00

Bee W Hostel

Um dos hostels mais conhecidos e ~descolados~ da região da Avenida Paulista. Tem barzinho, restaurante, espaço de convivência… local conhecido por ter bastante gringo. Se você não se importa em dividir o quarto com uma galera (os armários são individuais), pode muito bem ficar neste que é perto de todo o ~fervor~ da rua Augusta e também dos ótimos restaurantes da região.

Escambo Hostel
Rua Coronel Oscar Porto, 33 – Paraíso
CEP: 04003-000 (Ver no Google Maps)
Telefone: (11) 3051-5344
Diárias a partir de R$ 40,00

Escambo Hostel

Hostel a duas quadras da Estação Brigadeiro do Metrô, há 5 minutos na Avenida Paulista. Segundo o Denys do blog Gyabbo, também aqui do Genkidama, é o local que ele fica sempre que vem à SP. Instalações e atendimento muito bons, transmissão de eventos esportivos em geral na área comum do hostel e ambiente descontraído, perfeito para quem quer conhecer pessoas novas. Hostels assim são ótimos para turistas, pois é só pedir informação na recepção ou até para outros hospedes, caso você queira conhecer algum lugar da cidade e tem dúvidas de como chegar lá.

Brazillodge All Suites Hostels
Rua Rio Grande, 167 – Vila Mariana
CEP: 04018-000 (Ver no Google Maps)
Telefone: (11) 2362-6495
Diárias a partir de R$ 65,00

Brazillodge All Suites Hostels

Mais uma recomendação do Diogo do Anikenkai, fica a cerca de 800 metrôs da Estação Ana Rosa do Metrô (10 minutos andando) e no coração da Vila Mariana numa região com vários bares e restaurantes. As opções de quartos são o padrão de hostels com quartos compartilhados. A nota no Decolar.com é bem alta e a diária inclui café da manhã, além de ter wi-fi liberado em todas as áreas. É mais uma ótima opção para quem quer conhecer mais uma galera ou vem em grupo.

COMIDA

A MELHOR PARTE, BRINKS~~
A Liberdade tem diversas opções de comida japonesa e chinesa. Mas São Paulo é uma das capitais mundiais da gastronomia então lugar pra comer por aqui é o que não falta, não importa o seu gosto. Listarei aqui alguns dos meus lugares preferidos para comer, todos, mais uma vez, bem perto de Estações do Metrô.

Banri Katian
Comida Japonesa / Chinesa
Rua Galvão Bueno, 205 – Liberdade
CEP: 01506-000 (Ver no Google Maps)
Telefone: (11) 3209-3092

Banri

Não é coincidência, o restaurante fica no piso térreo do Banri Hotel. Pra mim, o Banri tem o MELHOR OYAKO DOMBURI de São Paulo. Sério, o negócio é bom demais. Os preços variam de acordo com os dias da semana (no final de semana é mais caro), mas não costumam mudar muito. O Oyako Domburi, por exemplo, sai em média R$ 22,00, há rodizio caso você queira se esbaldar nas comidinhas e diversas outras opções. Mas na moralzinha, come o Oyako.

Karaokê Box Porque Sim
Comida Japonesa
Rua Tomas Gonzaga, 75 – Liberdade
CEP: 01505-020 (Ver no Google Maps)
Telefone: (11) 3277-1557

Porque Sim

O Porque Sim é conhecido pelo seu Karaokê de músicas japonesas com uma lista absurda para você se divertir por horas com a galera, mas também tem um restaurante que é muito bom. Especializado em Lámen, o lugar tem diversos tipos como Shoyu, Sauce, Misso, além de combinados com saladinha e também Yakissobas.O Lámen sai em média R$ 18,00. O local não é muito grande e nos finais de semana costuma lotar rápido. Ah, das 15h às 18h, assim como todos os restaurantes da Liberdade, ele fecha, então vá antes ou depois deste horário.

Espaço Kazu
Comida Japonesa
Rua Tomas Gonzaga, 90 – Liberdade
CEP: 01506-020 (Ver no Google Maps)
Telefone: (11) 3208-6179

Kazu

 

Considerado um dos melhores restaurantes da Liberdade, fica exatamente do outro lado da rua do Porque Sim. A comida aqui costuma ser um pouco mais cara, até pelo local, que tem um ar mais requintado. Também costuma ficar cheio durante o dia, mas mesmo que tenha fila de espera, não costuma demorar muito já que o local é grande. Da comidas, eu recomendo o Souce Tori Katsu Don (R$27,00), um Torikatsu maravilhoso de frango com cebolinha e um arroz com molho que dá água na boca. O prato é grande e vá preparado para sair de lá rolando, já que ele enche bem, hahahaha.

Hamburgueria do Sujinho
Hamburgueria
Rua Maceió, 64 – Consolação
CEP: 01302-010 (Ver no Google Maps)
Telefone: (11) 3231-5207

Sujinho

A minha hambúrgueria preferida de São Paulo. Fica há 10 minutos descendo a rua da Consolão a partir da Estação Paulista do Metrô. Lanches totalmente customizáveis, com preços honestos, inclusive nos acompanhamentos. O único grande problema do local é a política bizarra de não aceitar cartões, nem crédito e nem débito (!!!), apenas dinheiro. O motivo alegado pelos donos do lugar é que assim eles conseguem ter um preço mais baixo, o que é verdade, pois os lanches são muito mais baratos do que se costuma ver na região. Fora isso, os lanches são deliciosos e valem muito a pena, por isso passe em um caixa eletrônico e saque uma graninha pra ir sem se preocupar e aproveitar. Dica: peça a maionese da casa, é maravilhosa.

Domino’s Pizza
Pizzaria
Alameda Santos, 996 – Jardins
CEP: 01418-903 (Ver no Google Maps)
Telefone: (11) 3171-1441

Dominos

Ain, colocando rede de ‘fast-food’ na lista?” SABE DE NADA, INOCENTE!
Apesar de ser uma rede, as pizzas dos caras são incríveis. Se você já comeu no Pizza Hut, ESQUEÇA, porque a da Domino’s é MUITO melhor, o Denys é testemunha viva de que o negócio é de primeira. Na mesma rua da Domino’s há um restaurante America, um The Fifities e também um Starbucks, é o quarteirão da gordice! Caso não queira algo sofisticado ou quer ir comer com a galera em um lugar bacana na região da Av. Paulista (a Domino’s fica na primeira paralela da Paulista, sentido Jardins), este é perfeito. Pizzas grandes e bem recheadas, uma ótima pedida para ir num sábado a noite com a galera.

LOCOMOÇÃO

O Metrô e os Trens de São Paulo funcionam em uma rede integrada de transporte. O Cine Jóia como já mencionei, fica perto da Estação Liberdade do Metrô e mesmo o show sendo num domingo, acredito que não irá demorar mais do que 2 horas, dando tempo sossegado para você pegar o metrô e voltar pra casa/hotel sem se preocupar, já que o metrô e os trens funcionam até a meia-noite. A passagem aqui em São Paulo custa R$ 3,00, mas pra não ter que ficar comprando bilhete de metrô toda hora, recomendo comprar um Bilhete Único, o cartão magnético do transporte daqui da capital. Com ele você consegue fazer até 4 viagens de ônibus pagando apenas uma passagem ou até 3 viagens de ônibus e 1 de metrô/trem também pagando apenas uma passagem em um período de 2 horas. Infelizmente, o Bilhete Único não é comutativo no Metrô, então você terá que pagar 3 dinheiros sempre que passar na catraca, por isso certifique-se de que está no lugar certo para não ter que pagar mais uma passagem de bobeira. Abaixo, o mapa da rede metropolitana de transportes da cidade.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

PASSEIOS

São Paulo tem uma infinidade de lugares para aproveitar o final de semana, desde parques até baladas, shoppings, cinemas e teatros. Listarei aqui alguns programas para se fazer no sábado, já que domingo é o dia do show. Mais uma vez, todos os lugares são relativamente perto de alguma estação do Metrô.

Avenida Paulista/Rua Augusta

Avenida Paulista
É a principal região da cidade para fazer de tudo um pouco. Ao longo da avenida você tem 3 estações de Metrô (Brigadeiro, Trianon-Masp e Consolação) e mais 2 próximas (Paulista e Paraíso) que farão você aproveitar o máximo que a Paulista pode oferecer. Há 1 shopping de grande porte (Pátio Paulista) com cinema, teatro e muitas lojas, 1 de médio porte (Center 3) com uma praça de alimentação gigante e várias salas de cinema, além de cafés e lojas e 1 de pequeno porte (Top Center) com lojas e praça de alimentação. No entorno da Paulista você encontra uma variedade de restaurantes ótimos para todo tipo de público e bolso, além de teatros. Na Augusta, famosa rua boêmia da cidade, você vai encontrar de tudo também. Restaurantes, casas noturnas e até coisas mais “alternativas”, ou seja, a Augusta tem lugar pra todo mundo.

Bairro da Liberdade

Liberdade
Levando em conta que você irá no show do ONE OK ROCK, pressuponho que você goste, pelo menos um pouco, de cultura japonesa. O bairro da Liberdade tem tudo para quem gosta de tudo o que envolve o Japão, desde lojinhas vendendo bonecos, mangás, animes, cosplays até os restaurantes que listei há pouco. A praça da Liberdade é o local onde a galera normalmente se encontra, então ali você vai encontrar todo tipo de gente, desde os fãs de visual-kei, até lolitas. Se você gosta de cultura japonesa, aproveite que o show do OOR é aqui e vá conhecer o bairro e sua infinidade de lojinhas.

Parque Ibirapuera

mapa ibirapuera
Pensei um pouco em colocar ou não o Ibirapuera na lista. Ele não é beeeem perto do Metrô, mas também não é como se fosse muito longe da Paulista. Chegar lá é super simples e tem dois jeitos: O primeiro é ir andando a partir da Paulista e descer a Avenida Brigadeiro Luis Antônio sentido Jardins, dá mais ou menos 20 minutos de caminhada e é uma descida, então é de boa. O segundo é de ônibus. Atenção para a numeração e nome: 5119-10 TERMINAL CAPELINHA ou 5119-22 TERMINAL JOÃO DIAS. Estes dois ônibus são os mais fáceis para se chegar no Ibirapuera. Você pega ambos na Avenida Brigadeiro Luis Antônio também, em um ponto que fica quase na esquina da Brigadeiro com a Paulista. O sentido do ônibus é CENTRO -> BAIRRO, então o ponto fica do lado esquerdo da Paulista de quem vem da Estação Trianon ou do lado direito de quem vem da Estação Brigadeiro. Se andando você demora 20 minutos, de ônibus entre 5 e 10 você está no parque, só avisar o cobrador/trocador que quer descer no ponto mais próximo do Ibirapuera. É tranquilo, contanto que você não pegue o ônibus errado, hahahah. Para voltar você sai do parque pelo portão 9 e pega o ônibus na Av. Brigadeiro também, um ponto de referência é o Monumento às Bandeiras, que fica na frente do portão 9 do parque. Para voltar pra Paulista: 5119-10 LG. SÃO FRANCISCO ou  5119-22 LG. SÃO FRANCISCO. É o mesmo ônibus, mas agora sentido BAIRRO -> CENTRO. Só pedir para o cobrador/trocar te avisar quando chega na Avenida

========

Como falei, há uma infinidade de coisas para se fazer na cidade, mas as que listei aqui já dão uma idéia do que você pode encontrar para aproveitar o dia pré-show. Eu espero que este guia sirva como fonte de informação não só para o show do ONE OK ROCK, mas também para todos que queiram aproveitar a cidade. É um post 2 em 1, você fica sabendo do show e também conhece a cidade. Agora é esperar dia 2 de novembro e surtar loucamente com Taka e companhia no show que promete ser épico! Quem ainda não comprou ingresso corre que tem pra vender, e só digo isso: VEM GENTE, QUE ISSO SERÁ FODA DEMAIS!!!

Agradecimentos ao Denys do Gyabbo e ao Diogo do Anikenkai que ajudaram com informações de hospedagem.

Fontes e Informações consultadas no dia 13 de outubro de 2014 no Decolar.com, Booking.com e sites dos hotéis e restaurantes, além do Cine Jóia.

As imagens e nomes citados nesta matéria foram retirados da internet e são de propriedade de seus respectivos proprietários, tendo o Mithril. ou o Portal Genkidama nenhum vinculo comercial com quaisquer estabelecimentos ou empresas, sendo de responsabilidade da pessoa interessada averiguar as informações na data de leitura do post.

Sobre Leo-Kusanagi

Apaixonado por cultura japonesa desde criança, começou a escrever sobre japonices em 2008, no Mithril e de lá pra cá cobriu diversas transformações da música japonesa ao longo dos anos. Viciado em games, doramas, animes, filmes e design, tem como objetivo informar e disseminar a cultura japonesa na internet.

  Olá pessoas, como estão? O dia está chegando! Dia […]