J-Drama Review #36 – JIN

JIN
Diretores: Hirakawa Yuichiro, Yamamuro Daisuke e Kawashima Ryutaro
Produção: TBS
Nº de Episódios: 11
Ano: 2009

Olá pessoas!
Depois de alguns dias sumido devido a alguns problemas envolvendo o PC e também outras coisas mais simples, estou de volta e dessa vez para mais um J-Drama Review. O dorama que eu comentarei neste post é JIN, série médica que mistura ficção e acontecimentos do Japão feudal de uma forma muito bem feita e criativa. Este dorama foi a primeira série que eu assisti inteiramente em FULLHD e fiz muito bem em ter escolhido tal resolução já que os cenários e tudo o que envolve este incrível dorama é de encher os olhos.

JIN conta a história de Minakata Jin (Osawa Takao), um médico cirurgião que vive a sua vida com uma certa angústia já que há 2 anos a sua noiva entrou em estado vegetativo depois de uma operação. Certo dia, Minakata-sensei encontra algo estranho no hospital e somado a isso, um paciente surge sem ninguém saber quem é de onde ele veio. Algum tempo depois tal paciente some junto com um artefato e ao ir à busca de tal pessoa, Minakata-sensei acaba sofrendo um acidente que lhe transporta para o período Edo (1603 – 1868). Sem entender nada e num lugar que o mesmo não faz idéia de onde seja, Minakata-sensei é atacado por samurais de verdade, mas é salvo por um homem chamado Tachibana Kyotaro (Koide Keisuke) após o mesmo arriscar a sua vida para salvar o doutor da morte, o que ocasionou um ferimento sério na cabeça de Kyotaro e que Minakata-sensei se dispõe a curar, mesmo não tendo o mínimo de equipamentos necessários para tal operação já que naquela época equipamentos cirúrgicos ainda eram bastante arcaicos e as condições de higiene e tratamento para os pacientes de alguma doença ainda eram bastante simples.

Mesmo com todas as dificuldades , Minakata-sensei consegue salvar a vida de Kyotaro, o que acaba despertando a curiosidade da irmã do jovem samurai, Tachibana Saki (Ayase Haruka) que com o tempo começa a admirar muito as técnicas de Minakata-sensei e que se propõe a ser sua auxiliar. Após Minakata-sensei se contentar que realmente voltou no tempo, ele decide fazer de tudo para melhorar a vida das pessoas que vivem em sua volta ao mesmo tempo em que tenta encontrar alguma maneira de voltar para a sua Era sã e salvo.

Como podem ver, JIN é um dorama que mistura diversas coisas tendo o começo de seu enredo ambientado nos dias de hoje e logo em seguida transportado para uma época onde o personagem principal teria diversas dificuldades para resolver problemas de saúde, já que naquele tempo as condições para tal serviço eram bem diferentes das que ele teria a disposição hoje em dia. Tendo um desenvolvimento bastante interessante, JIN foi um dorama que me surpreendeu muito devido a quantidade de detalhes da produção tendo sido este o meu primeiro dorama tecnicamente histórico.

Tendo como um dos plots uma viagem no tempo, o dorama segue algumas regras que supostamente de adéquam a tal ficção como modificação do futuro caso algo aconteça no passado. E é esse um dos pontos que o personagem Jin se preocupa mais durante a série, devido a vários fatores que tornam a presença do mesmo em tal época bastante perigosa para a sua própria vida e de outras pessoas que no presente estão diretamente ligadas a Jin. Outro personagem que merece destaque é Tachibana Saki, interpretada por Ayase Haruka. Inicialmente ela era um dos motivos que me fizeram assistir a série já que eu admiro muito o trabalho da atriz e fiquei curioso para saber como ela se sairia num dorama de época. A personagem de Ayase se desenvolve muito bem com o passar da série evoluindo cada vez mais junto com o personagem do ator Osawa Takao (Minakata Jin) que é sem comentários, pois dá um show de interpretação e sabedoria interpretando Minakata Jin.

 Os cenários e as paisagens de JIN são extremamente bem feitos, dando uma grandiosidade magnífica para o dorama que tem na medida certa tudo o que uma série de samurais precisa ter para se tornar um sucesso, tanto que devido a popularidade do dorama ele ganhará uma segunda temporada, prevista para o ano que vem.

Gostei demais de JIN sendo esta uma série que me marcou muito por causa de suas cenas marcantes, uma delas inclusive, a que eu considero uma das cenas mais lindas que já assisti, tendo uma carga emocional muito grande e uma produção magnífica. JIN é um daqueles doramas que você assiste e se surpreende bastante com o decorrer na série, pois este dorama definitivamente eu não esquecerei tão cedo e estou bastante ansioso pela continuação.

Sobre Leo-Kusanagi

Apaixonado por cultura japonesa desde criança, começou a escrever sobre japonices em 2008, no Mithril e de lá pra cá cobriu diversas transformações da música japonesa ao longo dos anos. Viciado em games, doramas, animes, filmes e design, tem como objetivo informar e disseminar a cultura japonesa na internet.

JINDiretores: Hirakawa Yuichiro, Yamamuro Daisuke e Kawashima RyutaroProdução: TBSNº de […]

One thought on “J-Drama Review #36 – JIN”

Deixe uma resposta