White Album

Domingo chegou, meu Flamengo ganhou e é dia de post novo (Apesar de que estou pensando em postar mais, esperar uma semana é muita coisa)!

Pra seguir o subtítulo do blog, vou falar de um anime que começou recentemente no Japão e que até agora eu vi dois episódios; White Album.

Animes baseados em Eroge não são nenhuma novidade, obras como Air (2005), To Heart (1999) e Kanon (2002) são alguns exemplos de animes relativamente famosos que foram baseados em jogos do tipo. White Album, lançado nesta temporada do inverno japonês 2009, é mais um desses casos, sendo baseado em um erogame de 1998.

O anime conta a história de Touya Fuji, um jovem universitário e sua namorada, Yuki Morikawa, uma futuro Idol. Cheia de programas para participar, músicas para gravar, reuniões a participar, Yuki tem pouquíssimo tempo para o pobre Touya. Mas como as leis gerais da animação japonesa mandam que o protagonista seja assediado por diversas garotas ao mesmo tempo, é óbvio que outras garotas estão de olho em Touya, que carente do jeito que está… imaginem o que pode acontecer!

Se cuida, Yuki!

Produzido pelo estúdio Seven Arcs e contando com 13 episódios, White Album me chamou atenção pela animação detalhada. O traço não é um primor, mas é notório o esforço do diretor Akira Yoshimura em reproduzir movimentos simples, mas que dão vida extra à animação. Tenho que confessar que à primeira vista White Album não me empolgou. Muitos personagens e uma história um pouco confusa. Mas com o passar dos episódios, você acredita no sentimento de ambos, na saudade, na falta que os dois sentem um do outro, acho que essa sinceridade me fez ver o segundo episódio sem nem perceber, passou tão rápido, o que pra mim é sinal de que estou realmente gostando do anime.

Casal feliz! Por enquanto…

Pra quem gosta de dramas românticos, White Album parece ser muito promissor!

Domingo chegou, meu Flamengo ganhou e é dia de post […]

Katekyo Hitman Reborn!

Vou realmente começar o blog com o último manga que realmente me fez ficar empolgado: Katekyo Hitman Reborn!

Reborn. Smoking Bomb Hayato. Tsuna, o Décimo.

Tsunayoshi “Tsuna Sawada é um típico herói de mangas. Um loser. Notas ruins, sem muitos amigos, péssimo em esportes e principalmente, sem chances com as garotas. Para tentar resolver pelo menos o primeiro problema, a mãe de Tsuna contrata um professor particular; “Vamos cuidar do seu filho para que ele seja o líder da próxima geração!”. Mas as coisas começam a ficar estranhas quando o professor aparece: um bebê!

Vestindo um terno italiano e demonstrando grande força e agilidade, o bebê se apresenta como Reborn e logo se revela um assassino profissional, o número 1 da Família Vongola, a mais poderosa Família da Máfia. Reborn tem como missão treinar Tsuna para ser o próximo líder da Família, o Décimo, como é chamado.

O manga é relativamente recente, iniciado em 2004 pelo autor Akira Amano, mas já conta com 22 volumes encadernados. Toda a bizarrice de um bebê treinando um grande perdedor para ser o próximo líder da máfia faz do manga um prato cheio para situações inusitadas e engraçadas. Diversos outros personagens vão entrando na trama, sejam eles aliados ou inimigos de Tsuna, montando-se o submundo das máfias de forma interessante.

O assassino Reborn

Com um traço simples, próprio das obras da Weekly Shonen Jump, onde é publicado, Reborn! conquista justamente por aquilo que já fez de Dragon Ball e One Piece obras de sucesso; personagens carismáticos, situações bizarras, humor ingênuo e boas cenas de luta.

Para aqueles interessados nas lutas, aviso que o manga começa lento nesse quesito, lembrando muito o início de Dragon Ball. O mundo de Reborn! e seus personagens são apresentados em capítulos fechados, sem grande preocupação em seguir um roteiro, mas logo a história é tomada e as disputas entre as máfias começam!

Reborn! ganhou um anime em 2006 pelo estúdio Artland, contando com mais de 114 episódios até o momento. Cheguei a assistir aos 4 primeiros e apesar de ter gostado da versão animada, achei que a infantilizaram um pouco, o que já era esperado, nada que faça um anime ruim.

Para quem ficou interessado, no site OneManga é possível ler até o capítulo 225, todos em inglês. Mas acredito que tem tudo pra chegar ao Brasil logo! UPDATE 08/01/11: O OneManga não tem mais os mangas para leitura online.

Gyabbo!

Vou realmente começar o blog com o último manga que […]

Gyabbo!

Olá a todos! Aqui se inícia o blog Gyabbo!

Me chamo Denys Almeida, mas conhecido na internet pelo nick Fantasma. Moro no meio da selva, em Manaus e tenho 20 anos.

Esse sou eu =P

Depois de um bom tempo resolvi finalmente começar um blog de animes, mangas e afins, meu principal hobby. No Gyabbo! pretendo colocar reviews e impressões sobre os animes e mangas que estou acompanhando, além de comentar notícias interessantes sobre esse mundo, principalmente no que se refere ao Brasil.

O nome do blog vem da expressão tão usada pela personagem Nodame do anime Nodame Cantabile,  um dos melhores animes recentes e que provavelmente será comentado por aqui.  

Tentarei manter uma média de um post por semana, atualizando principalmente nos domingos, então fiquem espertos!

PS: O Layout do blog foi feito pela Janaína do blog Frutila! E eu achei muito bom, muito obrigado Bame! O que vocês acharam?

Olá a todos! Aqui se inícia o blog Gyabbo! Me […]