Akuma de Koi Shiyou – Mangá

Nem tudo é o que parece. Nem todas as pessoas são o que aparentam ser. Descubra quem é o mentiroso de Akuma de Koi Shiyou aqui no Gyabbo! 

Akuma de Koi Shiyou é um mangá escrito e ilustrado pela mangaká Anashin, seriado na revista de demografia shoujo Dessert em 2014, contendo apenas um volume formado por 4 capítulos.

O mangá retrata a história de Nanami, uma garota colegial que sonha desde criança em ter um relacionamento, mas nunca obteve sucesso, seja por ter sido várias vezes rejeitada, seja por idealizar demais o que teve quando mais jovem. Certo dia, ao conhecer Sena, o garoto mais popular de sua escola (e pelo qual várias garotas são apaixonadas), nossa heroína também se rende ao seu temperamento dócil e gentil. Mas como o que é bom dura pouco… logo Nanami descobre que ele não é bem assim… Sena guarda em seu tocador de MP3 todas as gravações das garotas que se confessaram para ele. Estranho, não?

E agora? O que Nanami irá fazer?

Akuma02

É uma história bem curtinha e muito interessante pela simplicidade com que foi conduzida. A autora trabalha com muitos clichês, mas sabe como deixá-los dinâmicos a ponto de nos fazer querer continuar a leitura.

Para ser sincera, a cada página que eu folheava, à medida que se desenvolvia a história, nada me deixava surpresa, mas foram seus pequenos detalhes que fizeram a diferença, como os diálogos e o suspense. A narrativa não é linear, mas é bem objetiva e também gostosa de acompanhar. Há outro fato bastante interessante: este romance não é tão melancólico, tal como estamos acostumados a encontrar muitas vezes nos mangas. E por conta disso eu continuei lendo.

Akuma01

No início, a obra se apresentou bem original, com a desconstrução do personagem masculino doce e popular logo de cara, fazendo o leitor suspeitar ou acreditar que ele só tem más intensões com as meninas que se apaixonam por ele. Essa artimanha de deixar Sena com uma imagem dúbia, faz o leitor aguçar a curiosidade para saber como tudo vai acabar. Todavia, a história poderia ter sido melhor conduzida, principalmente se tivesse escrito um maior número de capítulos, pois chega um ponto que a história fica muito apressada, sintetizada até demais. Essa pressa vemos no início do relacionamento entre Nanami e Sena, que chega a ser peculiar, avançando rapidamente, de tal maneira que acaba sendo difícil de acreditar que algo assim pudesse acontecer na vida real.

Outro ponto desagradável está no próprio enredo: a autora chega a ser cruel na maneira que desenvolve Sena, ao ponto de dar a entender que nossa heroína poderia estar numa fria, se envolvendo com alguém de má fé. E ainda assim, os vemos se aproximar cada vez mais. Nanami sempre amando Sena, apesar de tudo de ruim que ela acha que sabe sobre ele. Bem… nesse ponto isso até parece uma história real! Quantas mulheres se envolvem com homens que realmente não deveriam se envolver?

Será que Sena é mesmo bom ou mal? E Nanami encontrará a sua felicidade tão sonhada, com ou sem Sena?

Akuma04

Corajosa em certos momentos, Nanami é, na maioria das vezes, o tipo de personagem submissa que infelizmente já estamos até acostumados a presenciar em romances como esse. Sua contraparte nesse casal não é nada de especial: Sena é bastante vazio e sua falta de motivação acaba sendo um ponto negativo em meio a toda essa correria.

A arte de Anashin é bem usual, mantendo-se ao padrão de sua demografia. É bonita, ainda que não seja espetacular, impressionando mais pelo capricho que a autora coloca quadro a quadro, que pelo traço em si. Mas os cenários são bastante harmoniosos e contextualizam bem os personagens.

Akuma03

No final das contas, o desfecho da trama foi fraco como o resultado geral. Espero que pelo seu tamanho pequeno possa valer a leitura para algumas pessoas que já entrem sem esperar muito. Mas foi bom ver que em poucos capítulos a mangaká ainda conseguiu pincelar temas interessantes como as aparências nos relacionamentos e o quanto não conseguimos conhecer alguém na sua totalidade.

Se você se interessa pelo tema, esse é o seu mangá!

Sobre Karolina

Técnica em comunicação visual, 20 anos, mora em São Paulo. Desde
criança conviveu com animes na sua vida, mas só se interessou mais a fundo na 7ª serie do fundamental e está até hoje presente em sua vida. Fangirl de shoujo, animações clássicas e psicodélicas, também é fã de carteirinha de Evangelion e Noragami.
Twitter: @KarolFacaia

Nem tudo é o que parece. Nem todas as pessoas […]