White Day – O dia da retribuição!

Você acha injusto o costume japonês de apenas as meninas darem presente no Valentine’s Day? Pois venha conhecer o White Day!

Quem gosta de animes e mangás de romance escolar já viu muito da tradição do Valentine’s Day japonês. Diferente do que acontece nos Estados Unidos – de onde o Japão “importou” o costume -, no dia 14 de fevereiro são só as meninas que dão presente, e deve ser chocolate. Elas oferecem o giri-choco (chocolate de cortesia ou obrigação) para os amigos e colegas de classe, enfim, os rapazes de quem elas gostam mas não têm interesse romântico, e o honmei-choco (chocolate”verdadeiro” ou chocolate de amor) para aquele por quem estão apaixonadas. Geralmente o giri-choco é mais simples, comprado em lojas, enquanto o honmei-choco é feito em casa, pela própria menina. São muito comuns nos animes as cenas em que o garoto mais popular da escola encontra seu armário repleto de chocolates, ou o não-tão-popular que ganha um único, às vezes da própria irmã que ficou com dó dele.

Pois bem, o que não aparece com tanta frequência nos animes é o que acontece um mês depois, no dia 14 de março: o White Day.

whiteday-gintama

Ao contrário do Valentine’s Day, que é uma tradição importada do ocidente, o White Day foi uma invenção local, criada inicialmente para impulsionar a venda de doces. Começou entre o final dos anos 70 e início dos 80. Já o Valentine’s popularizou-se no final dos anos 30.

Manda a tradição que no White Day os rapazes retribuam os chocolates que ganharam no Valentine’s. Os presentes de retribuição devem ter o triplo do valor do que ganharam (三倍返し= sanbai gaeshi => “san” = três, “bai” = vezes, “gaeshi” = retornar, devolver). Os mimos mais comuns são doces, bijuterias e acessórios em geral, chocolate branco e lingerie branca. Mais recentemente os rapazes passaram também a presentear mães, irmãs e amigas no White Day. Neste caso, eles costumam dar flores ou bichinhos de pelúcia.

whiteday-presentes

A retribuição pode seguir o código abaixo:

  • Lenço: significa que ele não está interessado (o lenço seria para “enxugar as lágrimas”);
  • Cookies: ele só quer ser amigo;
  • Marshmallows: é o tão esperado “sim”, ele quer namorar;
  • Balas: ele já tem namorada.

Existem variações, claro. O simbolismo de alguns presentes pode mudar, por influência da moda ou de superstições locais. Também há pessoas que optam por não seguir esse costume por achar que isso só serve para aumentar as vendas de lojas e indústrias e não tem nenhum valor cultural. Entretanto, mesmo sendo de fato uma estratégia de marketing, o Valentine’s e o White Day muito provavelmente foram bem assimilados por servirem de “facilitadores” para os tímidos japoneses conseguirem namorar. Meninas que não têm coragem de se declarar abertamente fazem-no através do chocolate, e para os meninos mais envergonhados fica menos embaraçoso aceitar ou recusar um pedido de namoro através de presentes.

namorados

Parece estranho? Devemos lembrar que, se comparado aos países ocidentais, o Japão parou com os casamentos arranjados há bem pouco tempo, e mesmo hoje algumas famílias recorrem a esse costume. Levará um bom tempo ainda até que os jovens japoneses se acostumem a ter liberdade e aprendam a namorar sem tantos rituais indiretos.

FONTES:

Wikipedia (em inglês, a versão em português está incompleta)
Nipocultura (em português)

Sobre liviasuguihara

Instrutora de inglês, "arteira", amante de animes e mangás. Você também me encontra no Twitter (@lks46), no Deviantart (https://liviaks.deviantart.com/), e no Instagram (liviasuguihara).

Você acha injusto o costume japonês de apenas as meninas […]