Ajin – Primeiras Impressões

Se você morrer, entenderá.

Ajin é uma produção da Polygon Pictures (mesmo estúdio de Sidonia no Kishi), adaptação do manga de Gamon Sakurai que vem sendo publicado desde 2012 pela Kodansha. A história é sobre os Ajin, misteriosos seres que não podem morrer. Seu protagonista, o estudante Kei Nagai, tem a sua rotina brutalmente mudada após um acidente.

O fato de Ajin ser um anime totalmente em CG causou comentários desapontados de alguns, principalmente quem já teve experiências ruins com a técnica. De fato, já houve casos em que o CG realmente estragou o que poderia ser uma ótima série, como aconteceu no início de Kingdom. Felizmente isso não aconteceu com Ajin, pelo menos em seu primeiro episódio.

ajin-cityA animação e o design estão bem mais suaves e menos evidentes em comparação com outras obras. Ainda há uns pontos em que os movimentos ficam estranhos, principalmente as expressões faciais, mas não é nada muito gritante. Parece que estão aprendendo a usar melhor a técnica. Além disso, o visual mais chapado e frio serviu para expressar a atmosfera sombria da história. Trilha sonora e efeitos sonoros foram ótimos, pontuando com eficiência e dando peso adequado aos diferentes momentos. A sequência inicial com a desesperada batalha contra um Ajin, por exemplo, é impressionante: os tiros, explosões, gritos, tudo muito bem feito e orquestrado para dar um tom de realismo às cenas.

O episódio transcorreu num ritmo bom, os eventos vão se desenrolando com informações suficientes para entender a história sem exagerar nas explicações, fazendo mistério para segurar o espectador para o próximo episódio. A apresentação do protagonista durou o suficiente para sabermos o essencial sobre ele sem ficar arrastado. E, melhor, o que ficamos sabendo sobre o estudante Kei Nagai é interessante e promissor. O pouco que vemos de seu relacionamento com a irmã, o amigo e a mãe nos deixa curiosos, imaginando o que teria acontecido para terem mudado tanto. As atitudes dos colegas e do professor em relação ao questionamento de Kei sobre os Ajin nos deram, em poucos minutos, uma boa ideia de como a sociedade em geral encara esses seres misteriosos. Enfim, a narrativa foi realmente redondinha, concisa, informativa e instigante, como deve ser um bom início de história.

pajin-keiAjin teve um primeiro episódio muito bom, e promete bastante. Mesmo quem não gosta de CG deveria dar uma chance, pois isso não atrapalhou a experiência. E quem está dizendo isso é uma pessoa que desistiu de ver Sidonia no Kishi e Kingdom por isso!

Ficamos aqui com os dedos cruzados para que os próximos episódios mantenham essa mesma qualidade. Se conseguirem, com certeza Ajin será um dos melhores animes desta temporada.

Sobre liviasuguihara

Instrutora de inglês, "arteira", amante de animes e mangás. Você também me encontra no Twitter (@lks46), no Deviantart (https://liviaks.deviantart.com/), e no Instagram (liviasuguihara).

Se você morrer, entenderá. Ajin é uma produção da Polygon […]