Garo: Guren no Tsuki – Primeiras Impressões

O que um herói de Tokusatsu, um cavaleiro medieval de um reino fictício e um guerreiro da era Heian têm em comum? Descubra com as primeiras impressões de Garo: Guren no Tsuki!

Guia-Completo-Temporada-de-Outono-20151Garo ( 牙狼 ) foi uma série Tokusatsu exibida entre 2005 e 2006. Em 2014 o estúdio MAPPA produziu o anime Garo: Hono no Kokuin e agora em 2015, Garo: Guren no Tsuki, baseados no antigo seriado, mas com histórias completamente diferentes e, aparentemente, nenhuma ligação entre si. Guren no Tsuki é ambientado na era Heian, e tem como personagens principais Seimei, uma bela onmyoji, o jovem guerreiro Raiko e o menino Kintoki.

Garo: Guren no Tsuki chamou a atenção principalmente por ter character design do renomado Masakazu Katsura, autor de Video Girl Ai e Zetman. De fato, o visual dos personagens do anime é muito bonito. A animação está razoável, o CG é bem visível, mas não ao ponto de incomodar. A trilha sonora tem algo de antiquado, com uma sonoridade que lembra um pouco as músicas enka, e um floreado de flamenco que não combina muito com a ambientação, mas, novamente, não chega a estragar a experiência. Na parte técnica, o primeiro episódio é no mínimo, competente.

abe no seimeiA narrativa flui bem, apresentando personagens e cenário com leveza e ritmo, um pouco de explicação, um pouco de humor e batalhas, cada item em doses medidas. Talvez um pouco menos de “coisas acontecendo” e um pouco mais de tempo para uma apresentação de personagens mais aprofundada teria sido melhor, mas está aceitável.

Embora bem ligeiramente, já se desenha o problema de Raiko em relação à armadura de Cavaleiro Dourado, e a natureza de  sua relação com Seimei e Kintoki. Faltou, talvez, um pouquinho mais de presença ao Raiko, não no sentido de “aparecer mais”, mas em personalidade. Muitos heróis de anime começam fracos, inseguros, e até com menos tempo em cena do que os outros, mas têm um charme, alguma coisa que desperta o nosso interesse. Faltou um pouco disso.

raiko e kintokiUma curiosidade é que os três personagens são versões fantasiosas de figuras históricas. O Abe no Seimei real era homem, e foi um onmyoji, que dava conselhos a imperadores, fazia calendários e também era astrólogo. Por causa de sua vida longa e saúde de ferro, muita gente acreditava que ele tinha poderes místicos. Minamoto no Raiko serviu o clã Fujiwara, o mais influente na era Heian. Raiko se tornou conhecido por seus feitos militares. Nas lendas, Minamoto no Raiko tinha um fiel seguidor, o menino Sakata no Kintoki, ou Kintarou, um garoto de força sobrehumana que fora criado por uma bruxa. O Sakata no Kintoki real era um servo de Minamoto no Raiko que ganhou fama por sua bravura e habilidade como guerreiro.

No geral, este primeiro episódio ficou entre médio e bom. O visual é bonito, a animação não tem falhas gritantes e a narrativa tem bom ritmo.  O grande problema de Garo: Guren no Tsuki é que vai decepcionar quem esperava uma continuação de Hono no Kokuin, ou quem queria algo mais próximo da antiga série de Tokusatsu. Em comum, essas três obras têm apenas a armadura do Cavaleiro Dourado e os Horrors. Entretanto, para quem encarar o anime como uma história isolada, sem qualquer ligação com as outras séries, pode ser uma boa diversão ainda que não tenha nada de excepcional.

Sobre liviasuguihara

Instrutora de inglês, "arteira", amante de animes e mangás. Você também me encontra no Twitter (@lks46), no Deviantart (https://liviaks.deviantart.com/), e no Instagram (liviasuguihara).

O que um herói de Tokusatsu, um cavaleiro medieval de […]

2 thoughts on “Garo: Guren no Tsuki – Primeiras Impressões”

  1. O fato do traço ser de responsabildiade do Masakazu Katsura já fez esse anime ganhar pontos comigo, pois acho o traço dessa Mangá-ka muito bonito. Quanto ao enredo, confesso que o mesmo me cativou. Até mesmo pelo fator de que só recentemente eu despertei interesse pela cultura do Japão.

    1. A arte do Katsura é fantástica! *o* Realmente, o uso da ambientação e personagens históricos é bem interessante, principalmente por que o Kintoki ou Kintarou (Menino Dourado) é uma figura lendária muito famosa e querida pelas crianças japonesas ^^

      Valeu por comentar Marcondes! Se assistir até o fim me diga se gostou, eu vi até o terceiro episódio e acabei parando por falta de tempo, mas continua na minha lista, assim que puder vou tirar o atraso ^^

Deixe sua opinião