Kyoukai no Rinne – Primeiras Impressões

Kyoukai no Rinne está programado para ter 25 episódios e é baseado no manga homônimo de Rumiko Takahashi, criadora de InuYasha e Ranma ½., venha comigo ver as primeiras impressões desse anime da temporada de primavera 2015!

A vida de Sakura Mamiya muda subitamente quando o colega que deveria sentar-se na mesa ao lado da sua finalmente dá as caras. Sakura é capaz de ver espíritos e ela logo teoriza que ele é um, justamente por ser a única a vê-lo naquele momento. No dia seguinte, Rinne Rokudou aparece de fato para a aula e é visto por todos, para a confusão da garota. Nisso, Sakura acaba por se envolver nos assuntos dele, um guia que leva espíritos para o Círculo da Reencarnação, uma fronteira entre este mundo e o dos mortos.

RinneD

A descrição que remete à mitologia e espiritualidade japonesa à mente InuYasha, entretanto, Kyoukai no Rinne é bem diferente do anime que passou por aqui. Enquanto o primeiro tem elementos de drama, o segundo é uma comédia com elementos sobrenaturais. O que os dois têm realmente em comum é o traço característico de Takahashi, que mesmo em uma adaptação animada ainda é bem reconhecível.

Sakura é capaz de ver fantasmas desde que  desapareceu na floresta e testemunhou o Círculo da Reencarnação pela primeira vez. Ela esqueceu essa experiência graças à vontade de sua avó, mas tem que conviver com a habilidade de “ver gente morta”. A cena que introduz o anime é eficiente por trazer esse momento da infância da protagonista e com ele explicar o conceito do Círculo.

Enquanto isso,  Rinne se esforça para ajudar os espíritos a chegarem lá, embora não tenha qualquer pudor em enganar os colegas de escola pra conseguir doações – mas pelo menos ele cumpre alguns dos pedidos deixados na falsa caixa de desejos, não é? Rinne tem óbvios problemas financeiros e sua pobreza – e avareza – é tema de piadas contínuas. Particularmente, me identifiquei quando ele definiu 500 iene – algo em torno de R$13 – como muito dinheiro. Afinal, dá pra comprar só mangá com essa grana!

RinneB

Esse primeiro episódio focou em dois casos: No primeiro, uma colega de classe recebe ligações misteriosas de um celular possuído chamando-a para se encontrar atrás do ginásio depois da aula.  É terror trash purinho, rendendo bons risos. Já no segundo temos o caso de um temível cachorro chihuahua e um menino rejeitado, onde há a primeira batalha contra um espírito maligno.

A animação do estúdio Brains Base com direção de Seiki Sugawara, por enquanto, não é nada que se destaque. Eu gosto do painel de cores utilizadas, embora talvez combinasse mais com o teor cômico se fosse mais colorido do que já é. A trilha sonora não incomoda nem impressiona. Kyoukai no Rinne é baseado em um manga de 24 volumes ainda em andamento, então resta torcer para que a intenção do estúdio seja uma primeira temporada de 25 episódios, ao invés de terminar a história com um filler.

Kyoukai no Rinne está programado para ter 25 episódios e […]