Beelzebub – Mangá

Dah! Dabuu Da Da Daa! Dabu Daabuuu Dah!

Tradução: Conheçam Beelzebub, o battle shounen que não é battle shounen!

O planeta Terra está com os dias contados. O Grande Rei Demônio decidiu que finalmente vai descer sobre a Terra e destruir tudo, não deixando pedra sobre pedra! E esse grande plano de destruição em massa terá início com o seu filho caçula, Kaizer de Emperana Beelzebub IV, que é enviado para o pobre planeta a fim de iniciar as grande revolução do Rei Demônio! Nisso, somos apresentados a Tatsumi Oga, um jovem que estuda na escola Ishiyama, uma escola só para delinquentes. Sim, existe uma escola só para delinquentes onde as aulas não são nada mais que um mero detalhe e o que interessa mesmo é o ser o mais forte! Apesar disso, Oga não está nem aí para provar aos outros se ele é mais forte ou não, ele só não quer que ninguém pise em seu calo.

Num belo dia, Oga está surrando alguns caras na beira de um rio quando percebe um corpo descendo pela correnteza e vai até a margem para ver melhor. É o corpo de um homem alto e barbudo. Quando Oga começa a pensar que aquilo já estava estranho demais, o corpo do homem é rachado ao meio e um bebê sai de dentro (?)! É um pequeno garoto de cabelos verdes que solta raios quando chora! As coisas vão ficando cada vez mais estranhas: Quando Oga pega o bebê, o pequeno se acalma e então o delinquente conhece Hilda que desce dos céus com um modelito gótico e cabelos loiros só para dizer que aquele é o filho do Grande Rei Demônio que veio dominar a Terra, mas primeiro ele precisa ser criado por um humano que seja considerado forte e malvado pra valer e Oga é escolhido como novo pai do grande carrasco da humanidade!

Beelzebub 2

Com um roteiro pra lá de maluco, Beelzebub teve seu início nas páginas da Weekly Shounen Jump em fevereiro de 2009 e após cinco anos de publicação, com uma queda de rendimento diante dos leitores, foi cancelado em fevereiro de 2014, mas mesmo assim seu final pareceu ser natural. Criado por Ryuhei Tamura, Beelzebub teve ao todo 27 volumes com 240 capítulos e ainda contou com cinco capítulos extras publicados após o seu término para resolver certas questões que ficaram jogadas no ar após seu fim repentino. Beelzebub é encarado muitas vezes como um mangá battle shounen de comédia pelos leitores, graças às frequentes lutas entre demônios, mas na verdade o mangá é um falso representante do gênero.

Em sua grande maioria, battle shounens são baseados em lutas que extrapolam os limites de seus protagonistas, com lutas empolgantes, mensagens sobre amizade, superação e momentos emocionantes. Não que Beelzebub não tenha esses fatores, mas o foco central do mangá não é passar essas mensagens, longe disso! Caso você queira ler um bom battle shounen da Jump, pegue One Piece, Naruto, Dragon Ball, Boku no Hero Academia etc. O foco central de Beelzebub é a comédia e só quem leu mais da metade da obra pode dizer isso com firmeza.

Beelzebub 3

Um caso parecido fácil fazer ligações é Katekyo Hitman Reborn. Quem começou a ler na esperança de achar um battle shounen, se decepcionou pois até o volume 10 ou 11, a comédia era o foco central. A partir daí que Reborn começou a se diferenciar de Beelzebub, transformando-se em um battle shounen, ainda que os leitores já estivessem um pouco cansados de procurar batalhas pelas páginas do mangá. Já Beelzebub continua no foco da comédia e não passa a ser battle shounen, apesar do arco de Behemot que contém algumas lutas bem bacanas.

O começo do mangá é divertido com o Oga fazendo de tudo para se livrar de Beel (Apelido carinhoso de Beelzebub), e uma piada em especial se torna marcante: O choque do trovão que Beel solta toda vez que chora. Aos poucos essa piada vai ficando meio repetitiva, mas parece que o autor percebeu isso e ela começa a ser substituída por outras mais inteligentes com a interação de outros delinquentes de sua escola maluca. As piadas vão se reciclando e o que poderia parecer um mangá de comédia cansativo, acaba se tornando prazeroso de ler e não tem um só capítulo entre os 240 que não dê brecha para uma boa risada.

Beelzebub 4

O traço de Tamura começa meio duro para uma comédia, mas como todo autor vai evoluindo, com ele não foi diferente. Foi sua primeira série e seu traço aos poucos vai se encaixando melhor com expressões cada vez mais hilárias e situações cada vez mais divertidas. Mesmo Beelzebub não sendo um mangá battle shounen, sem dúvida o forte no traço do autor são as cenas de ação, sempre bastante dinâmicas e precisas em linhas de movimento, anatomia e luz e sombra. Isso faz a mescla perfeita de uma comédia com batalhas.

Beelzebub pode não ser a melhor comédia que você pode ter ouvido falar, mas com certeza é um mangá de qualidade que diverte no teor preciso para a sua diversão! O pequeno Beel, Oga, Hilda e sua turma de delinquentes e demônios com certeza vão arrancar diversas gargalhadas de você.

Beelzebub 5

Após tudo isso só resta dizer uma frase: Dah Dah Dah!!

Dah! Dabuu Da Da Daa! Dabu Daabuuu Dah! Tradução: Conheçam […]