De olho na música japonesa – Os instrumentos musicais do Japão

Conheça os instrumentos musicais exclusivos do Japão.

Continuando a nossa viagem pelas terras nipônicas a fim de conhecer mais sobre sua música. Hoje falaremos sobre os instrumentos tradicionais do Japão, suas peculiaridades e como eram usados.

Como são muitos instrumentos, logicamente não falaremos de todos neste post, mas sim dos mais populares que não caíram no total esquecimento com o passar do tempo; o alaúde de pescoço curto (Biwa), a cítara (Koto), a flauta (Shakuhachi) e o alaúde de três cordas (Shamisen).

Esses instrumentos primeiramente vieram da China e juntos com alguns outros estavam totalmente ligados ao Gagaku, integrando boa parte da música tradicional japonesa.

Gyabbo 06 taiko

Apresentação de Taiko, tambor tradicional japonês.

Shamisen

O Shamisen é um alaúde de três cordas, com um braço longo ele pode variar de 1,1m a 1,4m de comprimento. Como se não bastasse, possui um tampo harmônico feito com pele de gato ou de cachorro.  O Shamisen fazia parte da música popular do Japão principalmente no século XVIII onde era associado com o kabuki e o teatro de bonecos do período Edo (1600-1868).

Gyabbo 06 Shamisen

Você sabia? O nome Shamisen quer dizer três cordas saborosas, esse nome substituiu o nome original “Sagen” que significa três cordas.

Shakuhachi

Shakuhachi é uma flauta feita inteiramente de bambu tendo normalmente 56 centímetros de comprimento, mas podendo variar de 33 a 84cm. Sua chegada ao Japão é datada de meados do século VII. Essa flauta possui um estilo bem característico onde geralmente são tocadas melodias longas sem interrupções e com muitas variações de volume entre piano (baixo) e fortíssimo (alto).

Gyabbo 06 Shakuhachi

O nome Shakuhachi provem de uma antiga unidade de medida japonesa chamada issahaku hassun que equivale a 56 centímetros.

Biwa

Variado da Pipa (china), a Biwa é um alaúde com quatro cordas. Sua estrutura é bem semelhante a do Shamisen, variando no corpo do instrumento que tem formato de pera. Também é tocado com uma grande palheta em forma de cunha chamado bachi. Seu uso no Gagaku era de forma simples, acompanhando as histórias narradas.

Gyabbo 06 Biwa

Koto

De todos os quatro instrumentos o Koto é o que mais se destaca, sendo um dos mais importantes instrumentos da música japonesa. Ele possui um corpo de madeira paulownia e cordas de seda ou de nylon, com aproximadamente 1,8 metros de largura e trastes móveis que possibilitam uma maior variedade de tons.

Gyabbo 06 - Koto

Você sabia? Por mais de dois séculos da história japonesa só os cegos podiam tocar profissionalmente o Koto.

Infelizmente esses instrumentos não são tão usados hoje, mesmo no Japão seu uso é muito restrito aos rituais da religião xintoísta. Isso aconteceu por causa da forte influência da música europeia, mas esse assunto fica pra próxima.

Com uma grande variedade de sons, os instrumentos tradicionais japoneses possibilitam uma experiência totalmente nova para nós. Que tal escutar um pouco mais deles?

Glossário:

  • Tampo harmônico é a parte oca do instrumento que serve para projetar o som.
  • Paulownia é um tipo de madeira de árvores muito cultivadas na Ásia.
  • Kabuki é uma antiga forma de teatro japonês.

Fontewww.br.emb-japan.go.jp

Conheça os instrumentos musicais exclusivos do Japão. Continuando a nossa […]