Wake Up, Girls! – Primeiras Impressões

[HorribleSubs] Wake Up, Girls! - 01 [720p].mkv_snapshot_01.46_[2014.01.21_15.13.16]Cada temporada possui um anime que de forma surpreendente atiça as discussões e toma o lugar de muitos favoritos. Na temporada de inverno 2014 esse anime é Wake Up, Girls!

Antes, no entanto, precisamos falar um pouco da figura de Yutaka Yamamoto, criador do conceito da história: Polêmico diretor que foi demitido após os quatros primeiros episódios de Lucky Star, era o responsável pela série The Melancholy of Haruhi Suzumiya na época do tão odiado (mas amado por mim) arco Endless Eight da segunda temporada. Após sair em conflito do estúdio Kyoto Animation resolveu criar seu próprio estúdio, o Ordet, que viria fazer tanto o OVA quanto a série de Black Rock Shooter. Já em parceria com com o estúdio A-1 Productions dirigiu a série Fractale o para conceituado bloco noitaminA – que não obteve o sucesso esperado, resultando em um anúncio de aposentadoria por parte de Yamamoto em seu blog após uma briga online com um usuário anônimo. Obviamente ele acabou posteriormente cancelando tudo.

Sim, ele é polêmico. Yutaka “Polêmico” Yamamoto seria um nome mais apropriado.

[HorribleSubs] Wake Up, Girls! - 01 [720p].mkv_snapshot_15.46_[2014.01.21_15.15.39]“Mas no que importa a fama do diretor da série na análise das primeiras impressões de Wake Up, Girls!?” você poderia perguntar e eu diria “Calma, pequeno gafanhoto, chegaremos lá”.

A série, pensada pelo próprio diretor, trata da criação de um grupo de idols por parte de uma pequena agência sediada em Sendai, a Green Leaves Entertainment, após a mesma ir praticamente à falência e sua presidente ver no sucesso de um grupo idol de Tóquio, o I-1 Club, uma forma fácil de ganhar muito dinheiro para salvar a empresa.

Assim, a presidente Junko Tange e o iniciante empresário, Kouhei Matsuda, conseguem juntar sete garotas para formar o grupo que dá nome à série, as Wake Up, Girls!

[Toki-D x Baka-Chi]_Wake_Up,_Girls!_-_02_[720p][89F0B708].mkv_snapshot_07.00_[2014.01.21_15.18.39]Até aqui você deve estar ainda bastante confuso do porquê de eu colocar esse anime como a surpresa da temporada, afinal, apesar da onda de animes sobre grupos de garotas idols ser mais ou menos recente, muitos outros já foram feito com maior ou menor qualidade, mas é justamente aqui que eu vou retomar o lado polêmico do diretor Yamamoto.

A série começa como tudo aquilo que poderíamos esperar de algo desse estilo, com várias garotas moe, o empresário iniciante atrapalhado, mas apaixonado e cuidador, a presidente mandona com seus cigarros na boca, tudo bem clichê. No entanto, aos poucos o que era pra ser apenas uma sucessão de fofices por parte das personagens, incluindo um fanservice aqui e ali, começa a ter alguns tons críticos inesperados e que inicialmente faz você até acreditar estar vendo coisas onde não tem.

[Toki-D x Baka-Chi]_Wake_Up,_Girls!_-_02_[720p][89F0B708].mkv_snapshot_11.14_[2014.01.21_15.19.32]Só que com o passar do tempo o que parecia exceção torna-se o ditame da série e os tons ficam bastante acinzentados. Não quero dar spoilers aqui sobre esses acontecimentos já que estamos apenas em um post de primeiras impressões, mas é impossível não comentar por cima de uma cena das mais desagradáveis que eu já vi em um anime – sendo mais específico, a primeira metade do segundo episódio.

Se os pequenos detalhes que desviavam o anime de ser um clichê ambulante já nos faziam levantar o pescoço, esse segundo episódio tratou de dar um verdadeiro tapa na cara de quem está assistindo, principalmente naqueles que resolveram ver a série pelo fanservice. Existe nessa cena uma crítica retumbante ao mercado de idols no Japão e ao próprio “mundo lolicon” do qual Yamamoto faz parte.

[Toki-D x Baka-Chi]_Wake_Up,_Girls!_-_02_[720p][89F0B708].mkv_snapshot_17.25_[2014.01.21_15.20.21]É como se você pudesse ouvir Yamamoto dizer: “Não é isso que você queria?! Não é isso?! Aqui está! Consuma isso!”. É triste, é desagradável, é crítico, é reflexivo. Até gostaria de perguntar a quem assistiu se de alguma forma foi possível aproveitar o “fanservice” daquelas cenas.

No entanto, e isso certamente merece um post a parte, parece haver no diretor uma clara divisão maniqueísta em quem seriam fãs verdadeiros de idols/animes. Nesse momento – de certa maneira uma boia salva-vidas para os espectadores se segurarem, o anime suaviza algumas questões, deixando dúvidas sobre sua linha de raciocínio. Não acredito, porém, que depois de tudo isso (Wake Up, Girls! começa com um filme prólogo à série) voltaremos à estaca zero.

[HorribleSubs] Wake Up, Girls! - 01 [720p].mkv_snapshot_19.31_[2014.01.21_15.16.03]Com uma animação mediana, mas na medida certa ao que se propõe, personagens que cada vez mais vão se desenvolvendo, diversos subtextos possíveis de serem explorados por quem assiste e todo um potencial reflexivo que gera devo dizer que estou muito animado com o futuro da série e recomendo a todos darem uma olhada pelo menos até o segundo episódio.

Você pode acompanhar Wake Up, Girls! de forma legal pelo Crunchyroll. Clicando AQUI você irá para o filme – e é recomendado iniciar por ele – e AQUI para a série.

Confira outras opiniões sobre o anime em:

Anikenkai

Elfen Lied Brasil

[Toki-D x Baka-Chi]_Wake_Up,_Girls!_-_02_[720p][89F0B708].mkv_snapshot_13.09_[2014.01.21_15.19.57] [HorribleSubs] Wake Up, Girls! - 01 [720p].mkv_snapshot_23.55_[2014.01.21_15.17.00] [HorribleSubs] Wake Up, Girls! - 01 [720p].mkv_snapshot_05.34_[2014.01.21_15.13.50]

Cada temporada possui um anime que de forma surpreendente atiça […]