Gunsmith Cats – Corrente de Reviews

600x150xcorrente_reviews.jpg.pagespeed.ic_.z4aV-DnliTNo seu segundo ano, o Gyabbo! participa mais uma vez da Corrente de Reviews articulada pelo blog parceiro Anikenkai com a adesão de mais de 40 blogs, um crescimento expressivo e que mostra o sucesso da investida.

Se ano passado fui agraciado pela “oportunidade” de assistir ao anime Scrapped Princess (recomendo a lida do post e também o anime, vale muito a pena) indicado pela Mary Vanucchi do blog Across the Starlight. Agora em 2013 fiquei responsável por uma obra que já havia ouvido falar há vários anos, quase um clássico do estilo Guns with Girls: Gunsmith Cats, indicado pelo blog Kyokusen.

cor.extras.gunsmith.cats.opening.[79F3FD75].mkv_snapshot_01.33_[2013.08.28_11.27.22]

Para começarmos a falar de Gunsmith Cats precisamos entender o contexto histórico do qual a obra faz parte para entender a natureza da sua criação. Baseado em um manga de Kenichi Sonoda publicado na revista seinen Afternoon (Vinland Saga, Narutaru, Genshiken, Eden: It’s an Endless World!)  de 1991 até 1997 em um total de nove volumes (posteriormente a série retornou como Gunsmith Cats BURST  para durar mais cinco volumes).

O enredo se passa nos anos 90 no estado americano de Illinois na cidade de Chicago e acompanha a dupla de garotas Rally Vincent e Minnie May Hopkins, aparentemente donas inocentes da loja de armas Gunsmith Cats, mas que na verdade são verdadeiras especialistas no uso de armas de fogo e explosivos, trabalhando como mercenárias, principalmente como apoio em casos que a polícia da cidade não consegue resolver sozinha.

cor.ova.gunsmith.cats.01.[EE1CCCAA].mkv_snapshot_03.33_[2013.08.28_14.16.45]Agora que vocês já conhecem a base da história voltemos para o contexto da sua produção. Os anos 90 foram marcados por um grande boom da animação japonesa que começou a crescer exponencialmente, encontrando na exportação para o ocidente, especialmente para os EUA, uma forma de voltar a lucrar. Estávamos no auge do VHS (que logo depois entraria em declínio com a mudança para o formato digital com o DVD) e tudo isso propiciou um campo fértil para os OVAs – Original Video Animation, produções feitas diretamente para vídeo.

E foi justamente assim que surge a versão animada de Gunsmith Cats entre 1995 e 1996. Se o natural seríamos pensar em uma série, o manga de sucesso mediano foi levado ao acetado com três OVAs que ao invés de adaptar algum material do quadrinho, preferiu criar uma nova história, mas diferente do que vemos hoje onde novas histórias são levadas para OVA apenas para preencher os discos de uma série ou simplesmente criar qualquer coisa e vender mais, Gunsmith Cats teve um alto investimento, incluindo a ida dos produtores do estúdio OLM (Professor Layton and the Eternal Diva, Pokemon – O filme) seguidas vezes para Chicago, onde observaram in loco delegacias, lojas americanas de armas, academias de polícias, tudo para dar à obra um detalhismo poucas vezes visto hoje em dia.

cor.ova.gunsmith.cats.01.[EE1CCCAA].mkv_snapshot_15.26_[2013.08.28_14.19.16]Assim, temos Rally e May envolvidas em um intriga política envolvendo um pesado esquema de tráfico de armas e drogas com doses interessantes de corrupção que são desenvolvidas pouco a pouco em cada um dos três episódios ao ajudar o policial William “Bill” Collins. Tudo isso com ótimas cenas de ação que lembram muito filmes como Duro de Matar e Máquina Mortífera, só que com garotas com armas nas mãos.

Esse por sinal é outro ponto a ser destacado de Gunsmith Cats. Talvez você não conheça como conceito, mas já deve ter visto várias obras do sub-gênero Girls with Guns. Especialmente no Japão e na Ásia em geral, esse conceito de filme de ação é bem popular desde os anos 50 e os animes não ficariam atrás. Séries clássicas como Noir, Bubblegum Crisis (que por sinal teve seu character design feito pelo próprio criador de Gunsmith Cats) ou mesmo os mais recentes Black Lagoon e Canaan são bons exemplos.

cor.ova.gunsmith.cats.02.[B10CBA12].mkv_snapshot_18.00_[2013.08.28_14.25.47]Dessa forma, o anime de Gunsmith cria um caso onde a dupla de garotas se envolve inicialmente de forma bem superficial, precisando flagrar um pequeno traficante de armas, mas que vão entrando mais profundamente nesse esquema corrupto que busca através da política aumentar o preço de armas para que possam lucrar no mercado negro. É difícil falar mais detalhes da história sem dar spoiler já que é tudo bem direto, mais do que essa primeira camada estragaria as surpresas que série busca apresentar – ainda que seja importante falar que elas não são tão impressionantes e podem ser previstas facilmente, nada que prejudique a diversão já que o intuito de Gunsmith Cats não é ser um thriller complexo, mas ser competente e dar a ação que os espectadores querem ver.

Como já disse anteriormente, é perceptível como houve um esmero e investimentos grandes nesse OVA, apresentando uma animação muito boa – mesmo se comparada com os animes de hoje há várias cenas que se sobressaem – e um nível de detalhismo que dão toda uma nova camada de aproveitamento. Desde os locais de trabalho da polícia, passando por cada uma das armas e chegando ao carro Shelby Cobra GT-500 usada por Rally (todo boa produção de ação precisa de um carro estiloso!), tudo é desenhado com perfeição e você acaba dando maior importância para aquilo por ver sua qualidade técnica.

cor.ova.gunsmith.cats.02.[B10CBA12].mkv_snapshot_22.04_[2013.08.28_14.27.19]Gunsmith Cats foi mais uma ótima surpresa que a Corrente de Reviews me permitiu assistir, que apesar de já ter ouvido falar dificilmente pararia para ver. Agradeço ao blog Kyokusen por essa indicação e posso dizer sem problemas que se você busca uma diversão que seja simples e curta, mas sem ser boba ou completamente rasa, esses três OVAs são aquilo que você procura – ainda que alguns momentos sejam melhor aproveitados por quem já leu o manga.

História interessante, personagens carismáticos (e um acréscimo aqui, Rally é uma das poucas protagonistas de cor que eu lembro em animes, resultado da sua descendência indiana, algo que torna a série ainda mais interessante por apresentar algo tão pouco visto), detalhismo impressionante, tudo amarrado sem lentidão ou correria em três OVAs de meia hora.

cor.ova.gunsmith.cats.02.[B10CBA12].mkv_snapshot_09.19_[2013.08.28_01.35.24]Agora continuando a Corrente de Reviews, indiquei para o pessoal do Quadrim Cast o anime Higashi no Eden, um dos meus favoritos e que marcou o início do blog Gyabbo!. A ideia não foi desafiar o pessoal do Quadrim, mas sim ouvir a opinião deles sobre essa que é uma obra tão elogiada pelos fãs de animes.

Não deixe a corrente quebrar e passe para o próximo site!

cor.ova.gunsmith.cats.01.[EE1CCCAA].mkv_snapshot_07.38_[2013.08.28_14.17.23]

No seu segundo ano, o Gyabbo! participa mais uma vez […]