Checklist da editora Panini: Maio/2013

Checklist-Editora-Panini-Maio-2013Onze shounen, cinco shoujo e dois seinen formam o acervo de 18 mangas da editora Panini para o mês de maio.

Leia mais:

Demorou? Sim. Peço desculpas por essa demora, muita coisa tem acontecido na minha vida com o término da faculdade de Psicologia e minha busca pelo mestrado, mas aos poucos vou acertando tudo que está atrasado!

Para começar a falar dos mangas do mês de maio da editora italiano vou aproveitar o número diminuto de títulos seinen para iniciar e terminar com cada um. Blood Lad surpreende a muitos com seu volume #7 já nas bancas, seguindo direitinho sua periodicidade bimestral. É claro que agora que encostamos no Japão (lá o manga está no oitavo) é possível que tenhamos que esperar mais já que o título deve estar tendo seu contrato renovado, o que será interessante pois ele deve aparecer por aqui justamente quando seu anime estiver no ar (confira os detalhes neste post)!

Outros que se mantém próximos dos seus originais são Resident Evil – Biohazard: marhawa desire que chega na sua terceira edição comendo pelas beiradas, mas fazendo sucesso principalmente com um público fora do meio dos mangas. Outro que já chega parando é Deadman Wonderland #11 que encostou no Japão após o hiatus que a série teve pela gravidez da roteirista, Jinsei Kataoka, desde o lançamento do próprio volume #11 em 2011. Voltando agora no começo do ano, a série já está caminhando para seu final, devendo fechar em 13 volumes no total.

Já pelo lado shoujo um que deve demorar para sair, e justo no seu último volume, é Black Bird, chegando ao #17 e que terminou recentemente no Japão, mas que não deve repetir os problemas de Homunculus e Guin Saga que pararam faltando apenas uma edição a ser publicada pela editora. Entrei em contato com eles sobre isso, mas até o momento nenhuma resposta oficial. Enquanto uns estão no quase, outros se despedem: Mad Chase Love chega ao seu quinto volume e termina mais um dos shoujo curtos da editora. Alguém que leu pode comentar se vale a pena comprar futuramente? Pessoalmente não foi uma obra que me atraiu.

Mas se vários estão dando tchau é preciso renovar! Assim temos em maio a estréia de Blood-C, série em quatro volumes que adapta o anime roteirizado pelo famoso grupo CLAMP para a franquia (aguardem que em breve teremos review do movie de Blood-C por aqui). Eu tenho um certo problema com vampiros, não é um tipo de criatura que me atrai e histórias envolvendo eles acabam passando longe. Como o anime teve muitos mais baixos do que altos, esse eu vou passar.

Psychic Detective Yakumo (que nos próximos dias recebe review por aqui também, faz parte do acerto de contas com os posts atrasados) dá seu segundo passo depois de um primeiro volume que conseguiu atrair o público brasileiro com seu shoujo de mistérios sobrenaturais. Só achei a capa tão igual a primeira, até pensei que haviam confundido na hora de enviar o checklist. Dragon Ball chega a um dos seus momentos mais empolgantes de toda série no volume 13 com a batalha contra Piccolo Daimao (com um capa bem sem graça pra ser sincero, além de não ter nada a ver com o momento da série). Outro título da Shounen Jump, Beelzebub alcança seu quinto volume, o que já é praticamente um quarto da série.

E por falar em Jump o mês é de mais uma dobradinha de Naruto com versão pocket chegando no #36 e a edição normal retornando às nossas bancas para minha felicidade com o volume 60 (de buraco como diriam nos bingos da minha família). Ainda torço para a Panini acelerar o lançamento das edições já existentes e encostar no Japão, até para desafogar mais seus leitores. Por outro lado esse é um mês em que temos apenas uma edição de One Piece, a #16 (e eu preciso entrar em contato urgente com o serviço de assinaturas deles, até hoje não vi meu volume #10 e #15).

Kimi ni Todoke vai se aproximando aos poucos do original e esse volume #13 traz uma capa tão fofa, dá vontade de apertar essa Sawako de bonezinho. Fechando a conta dos mangas shoujo temos Vampire Knight #16 que em breve estará se despedindo de todos já que o manga encerrou no volume #18. O mito de Arata que também termina no volume #18 chega na décima primeira edição sem que o anime que está sendo exibido atualmente pareça ter feito algum diferença na popularidade do título tanto aqui quanto no Japão.

Kekkaishi continua sua luta corajosa junto de seus fãs que a cada volume passam por um teste do coração sem saber se a série continue até o final – e olha que falta bastante coisa já que ela termina apenas no volume #35 -, mas depois de muitos boatos o volume #19 chega e continua dependendo de um grande esforço dos fãs para mostrar que a série vende. Qualidade ela tem, mas é difícil concorrer no meio de tantos outros shounen de peso dentro da própria casa e na concorrência. Por fim, Gantz, o outro seinen da lista, chega ao volume #34 e mesmo que demore por questões contratuais, também está próximo do fim já que no Japão a série deve ser encerrada em junho, possivelmente com 37 volumes no total.

Ah! Pensaram que eu ia esquecer do outro lançamento do mês? Highschool of The Dead – Full Color Edition chega em uma edição especial completamente a cores, papel couché, capa cartonada mais rígida, tamanho maior e um preço de R$24.90 (nada mal, convenhamos). É uma ótima forma dos fãs da série matarem saudade já que o manga continua parado no Japão, resultando no fato do anime não dar sinais de que receberá uma segunda temporada tão cedo.

Melhor capa do mês: Naruto #60

Para esse mês é isso. Sei que demorei para postar, mas agora temos algo interessante, é a chance de vocês comentarem em cima do que já compraram, falar dos novos títulos, as expectativas desses mangas que estão próximos de se encerrar, comentem à vontade e até o próximo mês, dessa vez com o checklist mais próximo do começo!

Onze shounen, cinco shoujo e dois seinen formam o acervo […]

14 thoughts on “Checklist da editora Panini: Maio/2013”

  1. A Panini deveria lançar um serviço de assinatura pro Kekkaishi. Assim saberia de antemão quantos estão interessados em comprar até o final.

    1. Bem difícil, a Panini só coloca assinatura pra títulos gigantescos como Naruto, One Piece e Dragon Ball (e esse último ainda quase não recebeu). Se Toriko, Reborn! ou mesmo Kimi ni Todoke não recebem, impossível pensar que fariam isso para Kekkaishi.

      Gyabbo!

    1. Primeiro, obrigado pelo elogio, volte sempre ao blog =)

      E sim, você está correto, foi a roteirista quem engravidou, post atualizado, obrigado pelo toque!

      Gyabbo!

  2. A arte de Blood C é incrível, e essa capa tá bem foda, mas abandonei a Panini, JBC, além da qualidade, está serializando títulos mais interessantes e que se condizem com meus gostos. HOTD vai ter mais versões coloridas de 80 reais? q

  3. Ultimamente tá sendo muitos títulos pro meu bolso aguentar =!

    Desse acho que soh vou comprar o Beelzebub, One Piece, Resident Evil e talvez o Blood C…

    1. Verdade, as editoras estão consumindo meu dinheiro
      Preciso começar a comprar essa edição Pocket do Naruto, já que a normal o 1º volume está uns 80 reais!

Deixe sua opinião