Fukumenkei Noise – Primeiras Impressões

O PRIMEIRO EPISÓDIO

Nino, uma menina que ama cantar, fez uma promessa na infância com sua primeira paixão Momo e com o compositor Yuzu de que um dia eles encontrariam sua voz. Os três seguiram seus caminhos separados, mas Nino manteve sua promessa e continuou a cantar. Anos mais tarde, os três são agora estudantes do ensino médio e se reencontram de forma inesperada.

>> Confira nossas primeiras impressões de outros animes dessa temporada no Guia de Primeiras Impressões dos ANIMES DE PRIMAVERA 2017 <<

NOSSAS IMPRESSÕES

Denys Almeida – Gyabbo!

Nota: 3

Existe um limite até onde o brega, o exagerado e excessivamente dramático pode ir sem causar vergonha alheia. É ali nesse limite que está Fukumenkei Noise, um dos poucos animes de origem shoujo dessa temporada. Da cena inicial da protagonista Nino cantando uma melodia à beira mar enquanto aguarda esperançosa que seus amigos de infância reapareçam até o surto bizarro que ela tem ao cantar com a banda da escola, o anime funciona justamente na base do exagero, sem medo algum de ser julgado por isso.

Ainda que esses momentos possam parecer um tom além do desejado, a direção do primeiro episódio é muito bem sucedida em apresentar o contexto geral da história, seus personagens, o triângulo amoroso a ser construído e ainda tem espaço para longas sequências musicais. O que em outras obras poderia ser além da conta, em Fukumenkei Noise se encaixa bem e pavimenta o caminho para, pelo menos, a curiosidade pelo que vem pela frente.

Além disso, o traço próprio do original foi muito bem transposto pelo estúdio Brain’s Base e, ainda que seja um pouco diferente (pra não dizer estranho), dá uma singularidade interessante para o anime, algo sempre bem vindo num mar de obras que parecem sair de um gerador automático de designs e traços.

    Textos publicados por vários autores