Review Semanal – Fate/Stay Night: UBW Ep.01

Sábado, mais um episodio de Fate/Stay Night UBW e com ele a segunda Review Semanal!

Antes de mais nada, vou usar a desculpa que esse é o verdadeiro primeiro episodio pra esclarecer alguns conceitos do universo de Fate pras coisas não ficarem muito soltas, assim como ficaram no review do ep.00.

De tempos em tempos 7 magos são escolhidos pelo cálice para disputarem o poder do Santo Graal, a cidade de Fuyuki no Japão serve de palco para a Guerra. Para auxiliar os magos, 7 servos são invocados, sendo eles de classes distintas. Saber, Archer, Lancer, Berserker, Caster, Assassin e Rider.

Esses servos são personalidades lendárias, sejam elas históricas ou ficcionais, que com base em seus feitos são colocadas em uma das classes acima. Ao final da Guerra, só uma dessas duplas poderá usar o Santo Graal para realizar um desejo, seja ele qual for.

A igreja Católica tem parte nisso em supervisionar a Guerra, já que o Santo Graal é uma relíquia sagrada mesmo que invocada por magia, e como eles não teriam poder para parar a guerra, eles mexem os pauzinhos para fazer com que ela permaneça secreta.

Eu sei que a explicação ficou meio confusa, então vamos com desenho que fica mais fácil!
Eu sei que a explicação ficou meio confusa, então vamos com desenho que fica mais fácil!

No episodio dessa semana aconteceu oque eu mais temia: Rin Tohsaka e o Archer só serviram de personagens principais pro epilogo e nesse, que se passa paralelamente ao anterior, o protagonista é o bunda mole do Shirou.

Review do Ep.00

Shirou é o tipo de cara tão bom e gentil que chega ser trouxa, mas muito trouxa mesmo. Ele tem uma sub-magia que ele basicamente conseguir “mapear” algum objeto, dos seus componentes até o estado de conservação em que se encontram. Ele pode manipular minimamente esses materiais e deixá-los mais resistentes, bem parecido com o Nem de reforço do Hunter x Hunter. Mas o que ele faz com isso? Nada. Só se deixa ser explorado por todos os clubes da escola!

O episodio começa com um sonho do Shiro, onde ele se vê, criança, no meio de um incêndio. E agora me deixem ser um pouco fanboy da Ufotable. O Studio tem um grande ponto forte, tanto em Fate/Zero quanto nesse Fate, que são os efeitos especiais. Seja a água, o fogo, os efeitos das magias, eles conseguem deixar tudo mais lindo.

Captura de tela 2014-10-12 13.02.25

Logo somos apresentados a duas personagens com aquele ar de inutilidade. Sabe aquela garota pseudo-namoradinha do protagonista que só aparece pra acordar ele e evitar que ele perca a escola? Essa é a Sakura. A outra, que parece ser ainda mais inútil, é a Fujimura, uma das professoras da escola que aparece do nada, faz uma piada e vai embora. Só.

Captura de tela 2014-10-12 16.47.25

Shirou, suspeitando que o irmão de Sakura, Shinji, a tinha agredido, vai tirar satisfação. E como ele faz isso? Fazendo faxina no dojo que era responsabilidade do Shinji. Parece patético… e é mesmo. O Shirou tem uma breve discussão com o cara e logo depois vai fazer as tarefas dele, entenderam agora por que eu chamei o Shirou de bunda mole la no começo do texto?

Outra coisa que me incomoda muito é que a maioria das coisas relevantes que acontecem com o Shirou nesse episodio são por pura coincidência. Ele ser salvo do incêndio pelo Kiritsugu e ser adotado por ele foi o único motivo dele se tornar um mestre nessa Guerra. Ele só fica, inclusive, sabendo da existência dessa guerra por que tava fazendo o trabalho do Shinji. Nem precisou fazer um ritual como oque a Rin fez pra invocar o Archer, ele simplesmente “não queria morrer”.

Captura de tela 2014-10-13 13.22.53

Falando em servo e o “Eu não quero morrer.” do Shirou, vamos pra parte que eu provavelmente sempre vou pagar pau nesses reviews, as lutas!

No contexto da Guerra do Santo Graal, o ultimo mestre a invocar seu servo tem grandes chances de receber o servo mais fraco entre todos os sete, mas o que a Saber tem a ver com isso? Ela taca essa regra no lixo e prova ser tão badass quanto qualquer outro, mesmo tendo chegado por último.

Captura de tela 2014-10-14 13.43.39

No ultimo review foi dito que o Lancer provavelmente iria até a casa do Shirou mata-lo pois a guerra não pode ter testemunhas de fora. Porém,ca o “não quero morrer” mais um circulo magico de invocação que estava ali no armazém sem explicação nenhuma foi a desculpa para ser formada a ultima dupla da guerra: Saber e Shirou.

Saber tem uma luta relativamente rápida com o Lancer mas muito bem produzida, desmascarando a identidade real do Lancera. Seu nome verdadeiro é Cú Chulainn, da Mitologia Irlandesa, com sua lança Gáe Bulg.

Captura de tela 2014-10-14 13.45.28

Ele ganhou esse nome após, ainda criança, ter matado o feroz cão de guarda de Culann em legítima defesa e se ofereceu para tomar o seu lugar até que um substituto fosse criado. Com a idade de dezessete anos, ele defendeu Ulster sozinho contra os exércitos da rainha Medb de Connacht no épico Táin Bó Cúailnge (“invasão do gado de Cooley “). Foi profetizado que seus grandes feitos lhe dariam fama eterna, mas que sua vida seria curta. Por esta razão, ele é comparado com o herói grego Aquiles. Ele é conhecido por seu terrível modo de batalha em frenesi, ou ríastrad, no qual ele se torna um monstro irreconhecível que não conhece nem amigo nem inimigo. Ele luta do seu carro, dirigido por seu cocheiro leal Láeg e desenhado com seus cavalos, Liath Macha e Dub Sainglend. Em tempos mais modernos, Cú Chulainn é muitas vezes referido como o “Cão de Ulster”

Cuslayshound

O fim do episodio se liga com o fim do ep.00 e dai em diante vai começar a parceria da Rin com o Shirou… ou assim espero pelo menos.

Captura de tela 2014-10-14 13.47.31
Captura de tela 2014-10-14 13.47.51
Captura de tela 2014-10-14 13.38.59

Fonte: Wikipédia.